Pular para o conteúdo principal

[RESENHA] O Teorema Katherine - John Green

Oi amores;

Oh eu roubando o lugar da Paulinha aqui kkkk Quando estava viajando pude ler o livro O Teorema Katherine - John Green



Autor: John Green 

Páginas: 304 páginas

Editora: Intrínseca

Sinopse: Colin conhece Katherine. Katherine gosta de Colin. Colin e Katherine namoram. Katherine termina com Colin. É sempre assim. Até se mais recente e traumático pé na bunda, o Colin que namora Katherines resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã (o nome do carro dele), com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-garoto prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, com pura matemática, o desfecho de qualquer relacionamento, antes mesmo que as duas pessoas se conheçam. 


O livro começa com o 19º pé na bunda d Colin Singleton, um garoto prodígio, que só namora basicamente com Katherines - e tem que se K-A-T-H-E-R-I-N-E mesmo -, e depois do acontecimento literalmente fica "na fossa" e com seu amigo Hassam, o muçulmano mais engraçado do mundo, coloca o pé na estrada e atraídos para verem o túmulo do Arquiduque Ferdinando acabam parando em uma cidadezinha no Tenessee, chamada Gutshot.
Vou parar por aqui né, se não conto toda a história kkkkk 







Esse foi o primeiro livro do John Green que li (pasmem, ainda estou lendo A Culpa é das Estrelas rs) e eu simplesmente AMEI o livro, a narrativa do John é realmente contagiante e simplesmente você não consegue parar de ler! Os personagens são super bem escritos e os personagens secundários são tão brilhantes quanto os principais (talvez até mais!), o Hassam sem sombra de dúvidas foi o meu personagem queridinho do livro, mas sim, eu adorei o Colin, a Lindsey, a Hollis... enfim, um livro 5 estrelas com certeza!

Bom, espero que tenham gostado, foi a primeira resenha que fiz (estou em aprendizado rs ). Ah não esqueçam de me mandar dicas de como melhorar algumas coisinhas.

Meu blog: Penduricalhos



Comentários

  1. Eu gostei do livro também, mas termine A Culpa é das Estrelas que tenho certeza que irá amar!
    Realmente Hassan é muito mais interessante que Colin, amei ele, rs.
    Adorei a resenha, parabéns!

    depoisdeumlivro.blogspot.com
    espero a sua visita (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Ju, ri demais com Hassan =D
      Obrigada, ainda estou aprendendo!

      Beijso

      Excluir
  2. Oi Minha Flor!

    Ainda não li esse do nosso John, mas eu amo A Culpa é das estrelas e O Quem é você Alasca? esta na minha lista de próximas leituras!

    Sua primeira resenha e muito boa!

    Beijos s2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paulinha
      Vale a pena ler também, é muito bom!

      Obrigada, vou aprender mais com suas dicas =D

      Beijos

      Excluir
  3. Animada... gostei da resenha! Parabéns! Quero ler...
    bjs,

    ResponderExcluir
  4. Gostei de "A Culpa é das Estrelas", mas esse outro livro do autor não me chamou atenção. Estou querendo ler "Cidades de Papel". Ótima resenha. Beijos!

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Classificação: 4/5
Editora: Companhia Editora Nacional
Skoob

Sinopse: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Chamas na Escuridão - Essa série provocante vai cativar, envolver e, até mesmo, ‘intoxicar’ a leitora como nenhuma outra. Perfeita para aqueles que amaram 50 Tons de Cinza, mas ficaram querendo mais... A história central se passa em Londres, nos bairros mais badalados dessa encantadora cidade. Mas os protagonistas, Beth - graduada em História da Arte, e Dominic – consultor do mercado financeiro, vão se aventurar também na Croácia, Turquia e NY. Profundamente intensa, romântica, provocante e sensual, essa série vai levar a leitora a um lugar onde o amor e o sexo são liberados de seus limites. Fãs de E.L. James e Sylvia Day vão se manter acordados até tarde da noite com “Chamas na Escuridão”.


''Não há prazer sem dor. Não há paixão sem sofrimento. Prefiro me sentir viva a viver em seguran…

Resenha: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma

Resenha: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 
Editora: Editora Valentina
Skoob

Sinopse: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma
Proibido - Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis. Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.
Eles são irmão e irmã. Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dram…

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Classificação: 5/5 ♥ Favorito  Editora: Companhia das Letras Skoob
Sinopse: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Vem da Suécia um dos maiores êxitos no gênero de mistério dos últimos anos: a trilogia Millennium - da qual este romance, Os homens que não amavam as mulheres, é o primeiro volume. Seu autor, Stieg Larsson, jornalista e ativista político muito respeitado na Suécia, morreu subitamente em 2004, aos cinqüenta anos, vítima de enfarte, e não pôde desfrutar do sucesso estrondoso de sua obra. Seus livros não só alcançaram o topo das vendas nos países em que foram lançados (além da própria Suécia, onde uma em cada quatro pessoas leu pelo menos um exemplar da série, a Alemanha, a Noruega, a Itália, a Dinamarca, a França, a Espanha, a Itália, a Espanha e a Inglaterra), como receberam críticas entusiasmadas. O motivo do sucesso reside em vá…