terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Resenha: Doce Perseguição - Janethe Fontes

Resenha: Doce Perseguição - Janethe Fontes
Classificação: 5/5  Favorito 
Sinopse - Doce Perseguição - Janethe Fontes
Uma jovem brutalmente assassinada...
Um homem frio e perigoso...
Uma promessa de vingança...
Graziela tinha apenas quatorze anos de idade quando a irmã fora violentamente assassinada, e ela jurou vingança ao assassino. Essa, porém, seria a missão mais difícil de sua vida, pois, por mais que renegasse seus sentimentos, ela amava o principal suspeito do assassinato...
Mas Graziela está disposta a ir até as últimas consequências para descobrir a verdade e cumprir sua promessa. Afinal, a paz de seu coração depende exclusivamente disso... 
Este é o 3º livro de Janethe Fontes. Um romance policial que combina ingredientes como drama, aventura, sedução e muito mistério.

''Não estava sendo fácil para Felipe resistir ao impulso que de repente sentiu de beijá-la, (...)
Teria esquecido que ela era irmã de sua namorada e também esquecido a diferença de idade de quase dez anos que existia entre eles; embora esses não fossem os únicos problemas.''

A Paixão é um sentimento forte, intenso e inebriante. Um sentimento tão difícil de definir quanto o amor. Em um misto de paixão, obsessão e dominação, eu me pergunto o que as pessoas são capazes de fazer. Passei essa madrugada em companhia a um alucinante romance policial. Traição, amor, sexo, paixão. Intensidade. Doce Perseguição da autora Janethe Fontes me deixou sem ar, vidrada, sem dormir - literalmente - e com o coração e a razão combinando uma guerra mundial de sentimentos dentro de mim.  

'' Eu... Você... - Felipe ainda não conseguia compreender o que se passara com ele. Talvez precisasse descobrir, mas sabia que naquele momento em diante não poderia  mais simplesmente ignorar aquele sentimento que despertara em seu coração. - Desculpe. Eu...- e voltou a beijá-la, pois quanto mais beijava, mais sua ânsia aumentava. Não conseguia controlar.''

Grazi é uma menina quando perde os pais e seu irmãozinho mais novo em um acidente de carro. Aos treze anos tudo que tem na vida é sua maravilhosa irmã Helena. A Irmã cria Grazi como se fosse sua filha; por ser linda e extrovertida, Helena chama muita atenção no mundo da moda e entre os homens. Ela começa a namorar o gato também modelo Felipe. Quando Grazi e Felipe se conhecem ela é uma criança. Ao se encantar com ele, ela começa a pensar em coisas que antes não pensava. Felipe começa a despertar o lado mulher de Grazi, que é muito, muito tímida. Claro que ela luta contra esse sentimento, essa atração, no seu coração isso é uma traição para com sua irmã, mas mesmo lutando e reprimindo esse sentimento Grazi se vê apaixonada pelo namorado da irmã. Helena por sua vez se vê divida entro o amor de dois homens. Felipe, seu namorado, e Rodrigo, seu primo, divida entre a paixão e o desejo Helena brinca com fogo e acaba se queimando. 
Helena é brutalmente assassinada e o principal suspeito é Felipe.
Helena morre. Felipe vai preso. Grazi se muda para Paris.  

'' Mas Graziela estava disposta a enfrentar o que o destino lhe reservara. Viver ou morrer já não importava muito naquele momento. Talvez a morte fosse até um alívio para aquela dor que consumia sua alma...''

Após oito anos Grazi volta para sua terra em busca de vingança. Acredita com todo o seu ser que Felipe é o assassino de sua irmã e não suporta saber que ele foi solto, após pouco tempo de prisão. Ela quer ouvir da sua própria boca que ele matou sua irmã. Ela precisa disso. Ela precisa saber o porquê para assim conseguir seguir em frente. Ela precisa vê-lo e ter certeza que aquela paixão adolescente virou odeio. Ela quer ter certeza que superou o seu amor pelo assassino de sua irmã. E ela vai ser capaz de tudo para conseguir o que quer nessaDoce Perseguição.    

'' - Vá para o inferno você e esse maldito animal! 
  - Desse jeito, você chegará lá muito antes de nós.''

Em alguns momentos fiquei assustada com a intensidade dessa história. A forma como te prende, te faz querer gritar e sacudir determinados personagens. A forma que fiquei desesperada e ansiosa em alguns momentos. Mesmo não sabendo ao certo, não tendo nenhuma prova concreta da inocência ou culpa de uma certa pessoa. A forma que fui conquistada foi uma mistura rápida, gostosa e doce de adrenalina e paixão.

Em algumas vezes me senti como se torcendo para o bandido. Pensava ''Como pode ter sido ele? Um homem tão doce! Tão maravilhoso!''. Grazi acredita que ele é o culpado e ela o ama e odeia. Eu amei Grazi, queria projete-la e queria que ela estivesse errada, Torci por essa paixão que ela sentia por Felipe. Culpado ou não - sem saber - me vi torcendo e querendo essa relação. Não é novidade para ninguém que tenho uma queda pelos vilões, anti-heróis, os politicamente incorretos, mas Felipe é uma grande incógnita. Poderia ele ser o Assassino? Um homem que parece tão cuidadoso, tão sexy, tão sedutor, apaixonante ser um homem frio e perigoso?

A Autora trata de um tema pesado como os crimes passionais, como os que são movidos por ciúme, traição, dominação com maestria e delicadeza. Eu amei. Um dos melhores livros do gênero romance policial que li na minha vida com toda a certeza. Comecei a ler a obra e ela me pegou, me conquistou, mexeu com minha cabeça, com os meus sentimentos, percepções. Me envolveu em mistério, desejo e sedução.

Em alguns momentos, analisando o perfil de cada personagem, criei teorias e mais teorias. Horas com o Felipe como mocinho, horas como vilão. Horas vi a Grazi como uma menina mimada e infantil, mas logo me coloquei no seu lugar e me imaginei perdendo minha família tão cedo e me vendo no meio de um crime tão brutal, por mais que tenha xingado ela, xingado ele, observado todos em volta, me peguei totalmente envolvida com essa história. Simplesmente não conseguia largar a obra, precisava desvendar essa história. Li no quarto, na cama, no sofá, na cozinha, na sacada, no ônibus e quando vi tinha terminado o livro em menos de seis horas. Irresistíveis e maravilhosas horas.    

'' A verdade é que sempre achou  que esse sentimento era uma traição a irmã que tanto idolatrava - disse ele angustiado. - Por isso, nunca via me perdoar, não é mesmo? Despertei em você uma paixão pecaminosa.'' 

Como uma grande e bela surpresa a história se passa aqui na minha terra, Floripa. Me senti homenageada e maravilhada quando encontrei uma das citações do mestre Cruz e Souza na Obra.

Eu espero com essa resenha, passar um pouco do quão bom foi essa livro para mim. Tem vezes que pegamos um livro para ler e tem vezes que o livro te pega. Te pega, te seduz, te prende e brinca com seu coração e sua mente! Esse foi um deles.
É um livro que eu mais que indico! é um livro imperdível! Se você é fã de romances do estilo tem que ler - É obrigação! Se você não é fã, se ler com toda certeza vai virar. Um cinco estrelas! Um livro top! 
Apaixonante, sedutor, intrigante, com um tema forte e intenso, com um enredo e uma escrita que vai te fazer ver e rever suas concepções, seus sentimentos e seus desejos. Em uma busca pela verdade e uma Doce Perseguição

''Ele não parecia ameaçador e pronunciava seu nome com carinho, conforme se aproximava lentamente. Mas ela sabia que tal como o rio a sua frente, aquele homem, também sereno, escondia um perigo muito grande.''

'' O amor cega as pessoas, sobrepuja a razão.''

Continue lendo: http://overdoselite.blogspot.com.br/2014/03/resenha-doce-perseguicao-janethe-fontes.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário