sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Resenha: A Condessa de Assis - Romance, vingança e ambição no Segundo Reinado - João Paulo Foschi

Resenha: A Condessa de Assis - Romance, vingança e ambição no Segundo Reinado - João Paulo Foschi
Classificação: 5/5
Editora: Schoba
Skoob

Sinopse: A Condessa de Assis - Romance, vingança e ambição no Segundo Reinado - Da ascensão ao apogeu # Tomo I - João Paulo Foschi
A Condessa de Assis - Rio de Janeiro. Século XIX. Lorena Duarte Valão é uma jovem de extraordinária beleza e cheia de ideais romanescos que deseja a qualquer preço ascender socialmente. No grande baile do Cassino Fluminense, após reencontrar-se com o galanteador Rafael Abrantes, nasce uma paixão que acabará por consumir essa ambiciosa arrivista no intuito de conquistá-lo. Porém, o que a moça não contava é que o aristocrata Atílio Santiago, o Conde de Assis, está perdidamente apaixonado por ela, formando um intrigante triângulo amoroso que mudará radicalmente a vida de todos os envolvidos. Após entregar-se a Rafael e ser por ele desprezada, Lorena iniciará um plano de vingança para destruir o homem que a rechaçou, nem que para isso ela tenha que mentir, trair ou até mesmo matar...

''A filha do senhor Gaspar foi tomada de uma súbita raiva por causa da cobrança. Ela se casaria, sim, mas somente com aquele que ela escolhesse! E, na verdade, esse homem era Rafael! Percebeu então que nesse jogo de conquista ela deveria ser bastante astuta. Saberia movimentar com destreza as peças desse tabuleiro, e, na hora certa, ela daria o xeque-mate. E Lorena começou a movimentar os seus peões...''

Pare o que está fazendo nesse momento! Abra sua mente! Deixe sua imaginação aflorar! Quando você pensa em romances históricos o que vêm em sua mente? Uma mocinha romântica, boazinha e ingênua? O encontro perfeito? O mocinho que bate os olhos na bela jovem e se convence que ela, tão pura é o amor de sua vida? É isso que espera encontrar? Não?! Pois em A Condessa de Assis a história é bem DIFERENTE! João Paulo Foschi apresenta uma intensa trama de traições, vingança, inveja, e morte! E tudo isso com as participações ilustres de D. Pedro II e Princesa Isabel como personagens secundários nessa história Imperial que coloca ambiguidade, sociedade, status, poder em grande estima no nosso Brasil!

Lorena é uma moça sonhadora, apaixonada por romances, os seus folhetins, como uma boa leitora encontrou na literatura um mundo de sonhos e a principio queria que esse mundo fosse sua realidade. Extremamente bonita, já se encontra na idade de começar a pensar em casamento, com uma mãe rígida e controladora, e um pai comerciante que não liga para convenções, que só quer a felicidade da filha, Lorena espera para sua vida TUDO aquilo que merece! Pela sua beleza e educação, e também inteligencia! 

Suas melhores amigas são a sonhadora Mercedes e a arrogante Carolina que apesar de não ser exatamente encantadora está para ficar noiva do cobiçado Rafael Abrantes. Lorena se sente incomodada pelo arranjo entre Carolina e Rafael... Inveja? Ciumes? Sendo ela a mais linda e interessante não seria de se esperar que fosse a primeira a casar? Ou que Rafael tão bonito e de boa posição não deveria ter caído de amores pela jovem? 
Essa é a nossa primeira pista que Lorena não será uma mocinha exatamente romântica, boazinha e convencional!

Foi durante o baile do Cassino Fluminense que Atílio Santiago, O Conde de Assis se entregou aos suspiros pela formosa Lorena, o que resulta em Lorena instigada a conquistar Rafael que é noivo de sua amiga Carolina e Atílio a conquistar Lorena... só conseguia pensar em uma coisa!!! Vixiiiiii... isso não vai prestar!   

Dito e feito! É aí que começa uma história de romances, vinganças, traições, ambições no Segundo Reinado! 

'' Ele, surpreendido pela inesperado abraço, tocou-lhe nas mechas de cabelos negros e sedosos. Ousou aproximar suas narinas daquele delicioso perfume de malva que exalava do corpo de Lorena, agora tão junto ao seu. Ela levantou o olhar, e aproximando- se do rosto gracioso de seu admirador, beijou-lhe a a face. Foi então a vez de Atílio enrubescer. Ele notou que uma lágrima escorria pelo rosto de Lorena, e essa, somente ela sabia que não era fingida.''

A Obra é muito rica, gostei muito da escrita do autor, achei bem madura e impecável. Me encantei principalmente com as referências literárias, mitológicas, artísticas que encontrei no livro, aprendi bastante detalhes daquela época, não tinha ideia que o almoço era servido as oito da manha e o jantar as duas da tarde, por exemplo, ou palavras que não usamos hoje, é uma obra muito rica
Sem falar da parte histórica, ver D. Pedro II, a Família Real e Princesa Isabel fazendo parte da história na própria história, as questões das campanhas abolicionistas em 1887, a politica, os liberais e conservadores deram um diferencial no livro!

Personagens:

Lorena se sentia inferior perante as pessoas da sociedade mais abastadas e era descriminada pela sua condição social. Isso influenciou muito na postura que ela adotou durante a história, ela é uma personagem bem ambígua, no começo sonhadora, depois começa a se mostrar ambiciosa, até chegar a sua parte vingativa! Com toda certeza não foi uma personagem politicamente correta. Não sei dizer se gostei exatamente dela, ou que concordei com todos os atos que ela faz, mas posso afirmar que em determinados momentos estava tão envolvida na história que torci por ela, que odiei algumas pessoas por causa dela e que consegui entende-la, não como a mocinha perfeita ou a vilã maldosa, mas como uma pessoa que foi ferida/rejeitada e que usou o que tinha no momento que precisou! 

O nosso Conde de Assis, Atílio é um homem bom, gostei muito dele, queria muito que conquistasse o amor da protagonista, achei que em alguns momentos foi bonzinho demais e em outros um pouco mole, talvez no próximo livro eu veja um outro lado dele, mas mesmo com suas imperfeições foi um dos personagens que mais gostei!

Rafael é um conquistador, apesar de ele ter sido sempre bem claro com Lorena sobre tudo que ele podia ou não dar a ela, não gostei dele, talvez não tenha conhecido o verdadeiro Rafael, muito do que aparece é uma grande idealização de homem que Lorena sonha. Para mim ele não foi homem suficiente em nenhuma parte da obra, com certeza fez um ótimo par com Carolina que também de amiga não tinha nada da protagonista!

Como leitora gosto de obras que são diferentes, que fogem do clichê, apesar de ter meus momentos que amo ler livros assim também, mas principalmente gosto de bons personagens, aqueles que gosto de não gostar, que gosto de criticar e xingar, e aprender a amar e a entender. A Condessa de Assis tem isso, um belo cenário, uma época que amo ler, conhecer/entender/aprender, e personagens que mexem com o leitor moralmente falando... ou não, uma ótima história com um fim chocante que deixa com o gostinho de quero mais! E que vire o jogo... da vida!

''Lorena viu-o chegando, belo e ao mesmo tempo desprezível, como ela o idealizava. No entanto, se o passado a colocou numa situação inferior, hoje a situação se invertera. Agora, era ela a senhora, a que ditava as regras, a que humilhava sem compaixão.''  

Paula Juliana

20 comentários:

  1. Oie, Paula!
    Amei sua resenha. Amei os quotes que você destacou, mas não leria porque não gosto de romances. Talvez um dia abra exceção para romances de época, no entanto não me sinto muito inclinada no momento. De qualquer forma, amei sua resenha! E muito legal o cenário do livro ser nosso querido Rio.
    Com carinho,
    Celly.

    Me Livrando

    ResponderExcluir
  2. Oiii Paula...
    Parabéns pela sua resenha, muito boa mesmo... o livro parece bem legal, ainda nao tive a oportunidade de saber mais sobre ele... quem sabe agora que o conheço...

    Beijos
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oiee ^^
    Esse livro me pegou de jeito e não parou de me surpreender, é uma das minhas obras nacionais favoritas. Gosto muito de romances que se passam em épocas mais antigas, e nem sei o que dizer da protagonista. Lorena é incrível em diversas formas.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oláá :D
    Não conhecia o livro, mas de cara ele já chamou minha atenção.
    Ao ler tua resenha a vontade de conhecer a história só aumentou, gostei dos personagens, do ambiente, enfim, gostei de tudo o que tu apresentou por aqui. Agora quero ler e conhecer tuuudo hehehe

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro e sua resenha está otima, mas não sei o que achar, o livro realmente parece bom, mas não chamou atenção assim de primeiro. Apesar que ver Princesa Isabel fazendo parte da história me fez ficar com a pulga atras da orelha :)
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Paula!
    Não conhecia o livro, fiquei sabendo dele porque o autor seguiu o meu instagram e fiquei curiosa para saber sobre ele. Agora que li sua resenha fiquei super com vontade de ler <3

    http://loucurasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Paula
    Não gosto de romances históricos. Quer dizer que nunca nada do gênero, mas confesso que o livro não me agradou, mesmo você tendo amado. Não curto enredos que retomem eventos históricos. Até hoje, o único que li com um cenário parecido foi Anjo Mecanico, mas a parte sobrenatural foi a q mais me agradou. Mesmo a personagem parecendo legal, vou passar a leitura.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  8. Oii, tudo bem?
    Eu não tenho uma experiencia muito boa com romances históricos, mas premissa e a capa da historia me chamaram a atenção, ele já está na minha lista de desejados :)

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Paula, sua resenha está ótima...
    Adoro livros de época. Já trabalhei como professora de história e esse sempre foi meu momento histórico favorito de trabalhar... Só nisso, o livro já me ganhou..
    Outros pontos que achei interessante é essa descrição da Lorena.. É interessante encontrar protagonistas que não são santos perfeitos e sim seres humanos... E com certeza esse enredo nos faz refletir sobre nossas próprias vidas...
    Uma coisa que eu queria saber é se esse livro faz parte de uma série?

    Bjos
    Amei sua resenha
    escritaseleituras.weebly.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Paula, tudo bem?

    Eu nunca li nenhum romance histórico, não sei dizer se por falta de oportunidade ou interesse mesmo. Mas eu gosto muito de filmes assim, sabe? Mas a sua resenha me deixou com vontade de ler esse livro! Acho que está na minha lista de desejados hahahaha!

    Beijos, Be
    www.clubedas6.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bom?
    Eu adoro romances históricos que mesclam com a história real. A protagonista tem um caráter bem diferente e achei isso interessante nessa leitura.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Acredita que eu nunca tinha ouvido falar desse livro? Na verdade eu quase não conheço nenhum título da Schoba :/ Confesso que não costumo ler romances de época e nem livros com esse tipo de trama do A Condessa, mas parece ser um livro bem diferente do que eu costumo ler, por isso fico curiosa. Acredito que eu eu iria adorar a Lorena, por essa questão dela ser sonhadora e apaixonada por romances, me identifico, sabe? Mas não gostei dessa coisa dela querer conquistar o noivo da amiga. Enfim, gostei bastante da resenha, como disse é um livro bem um tanto diferente do que estou acostumada a ler, mas parece valer a pena o/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Paula, flor!
    Menina, que livro é esse? Eu me apaixonei pela história. Fiquei me questionando como nunca ouvi falar nele antes. Parece ser o tipo de romance que encanta, mas ao mesmo tempo surpreende o leitor. Eu achei genial o autor ambientar a história com personagens reais do nosso país. Fiquei curiosa sobre o desfecho e, para descobri-lo, já anotei a dica de leitura desse livro. 😄
    Beijos!
    www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá, rsrs, apesar de amar romance histórico, sou mais para os comuns, rsrsrs, esse dai não me chamou muito o interesse, e no momento estou a fugindo de nacionais, rsrs, mas adorei a resenha ^^
    www.muchdreamer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá Paula!!!!
    Eu adoro romances de época, ainda mais sabendo que se passa no nosso lindo Rio de Janeiro!
    Adorei as quotes que você separou, principalmente as que dizem respeito à personagem principal, Lorena, pois mostram as marcas que a vida pode nos deixar.
    Não tinha lido nada sobre esse livro ainda. Mas sua resenha acendeu a chama da curiosidade e vou dar uma olhadinha na internet!
    Beijos
    Nica

    ResponderExcluir
  16. Paula do céu!!!! Que livro é esse??? Menina, estou apaixonada por essa história, como não sou fã de romances/romances históricos eu sempre fico cabreira quando encontro alguma resenha desse gênero, mas A Condessa de Assis me pareceu algo novo e sem clichê. Adorei a resenha e já vou procurar por esse livro.

    Bjs flor
    Jéssica - Coração Leitor

    ResponderExcluir
  17. Oi, Paula!
    Eu me interesso bastante por romances de época.
    E já tinha ouvido falar bem deste, mas com a sua resenha fiquei ainda mais instigada.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  18. Resenha maravilhosa, esses quotes então nem se fala , mas romances de época não faz meu estilo de leitura , mas mesmo a sim eu fiquei bem interessado !

    ResponderExcluir
  19. Olá Paula!
    Eu adorei a sua resenha.
    A história parece ser muito legal, fiquei muito interessada.
    Adoro romances de época.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Eu amo romances de época e sempre fico encantada com eles,os quotes que você separou já me deixaram louca para ler o livro e a rama toda parecer ser muito boa. Mais uma dica ,e mais um livro para a minha enorme lista de desejados.

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir