sábado, 20 de julho de 2013

Resenha: A Culpa é das Estrelas - John Green

Resenha: A Culpa é das Estrelas - John Green
Classificação: 5/5 Favorito

Sinopse - A Culpa é das Estrelas - John Green
A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.
 Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.


'' Não dá para escolher se você vai ou não se ferir neste mundo, meu velho. mas é possível escolher quem vai feri-lo. Eu aceito as minhas escolhas.''

A culpa é das estrelas é um livro que eu ouvi falar tanto que apesar de o tema ser para mim, não minha primeira escolha, resolvi ver porque tanto alvoroço quanto ao livro e pela primeira vez assim que acabo de ler uma obra sinto que talvez não consiga escrever sobre tal.

Simplesmente porque me tocou tão profundamente que vou me emocionar escrevendo, ou porque tenho medo de não conseguir passar para o papel como é grandiosa e ao mesmo tempo simples, o quanto me vez mudar uma opinião e o quanto me deu uma nova visão da vida. Eu sei que é uma obra de ficção. Mas só quem já teve um momento da vida que ficou com medo de perder muito uma pessoa, que já teve medo de simplesmente ir dormir e perder um minuto a mais com essa pessoa que você ama, e sabe que tem a possibilidade de que não vai estar com você no dia seguinte, ou na semana seguinte vai entender o que o Autor na sua grande magnitude tentou passar para quem estava lendo. Eu entendi um pouco. Eu senti intensamente cada emoção e sentimento que Hazel e nosso doce Augustus me contaram.

“Alguns infinitos são maiores que outros. [...]. Queria mais números do que provavelmente vou ter... Mas, (...), meu amor, você não imagina o tamanho da minha gratidão pelo nosso pequeno infinito. Eu não o trocaria por nada nesse mundo. Você me deu uma eternidade dentro dos nossos dias numerados...”

Eles me contaram tudo com um quê de conversa entre amigos, aqueles que discutem livros, escutam músicas juntos, dão apoio em momentos difíceis e que compartilham opiniões e sonhos.

''Hazel é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.''

O romance do livro é sutil, belo e inocente. O significado do livro é inexplicável.

Hazel é forte, uma lutadora. Augustus é o responsável pelos momentos mais engraçados (muitos risos aqui!) e os momentos mais tristes da obra. Ele é iluminado, uma daquelas pessoas que vêm ao mundo para marcar as pessoas.

''O bom da Hazel é o seguinte: quase todo mundo é obcecado por deixar uma marca no mundo. Transmitir um legado. Sobreviver a morte. Todos queremos ser lembrados. Eu também. É isso o que me incomoda mais, ser mais uma vítima esquecida na guerra milenar e inglorioso contra a doença.'' Augustus Pg.280.

Se eu pudesse escrever uma carta para o Autor John Green, começaria perguntando para ele o que acontece com Hazel após a página 283, falaria que meu medo durante o livro todo era esse livro terminasse parecido ou igual ao livro preferido de Hazel, perguntaria para ele se Augutus esta bem e feliz, mas sei que ele não me daria essas respostas, pois elas estão no meu coração e lá no fundo eu sei o que aconteceu. Falaria para ele que Augustus não precisava ter medo de ser esquecido, ser mais um entre os bilhões de pessoas por aí, porque ele jamais será esquecido, agora ele foi eternizado entre essas lindas páginas e que no final felizmente esta tudo Okay. Obrigada John Green!!

''Tá, Talvez eu não seja um escritor tão de merda assim. Mas não consigo organizar as minhas ideias, Van Houten. Meus pensamentos são estrelas que eu não consigo arrumar em constelações.'' Augustus Pg. 281.

Por fim... Eu entendi porque A Culpa é das estrelas! E todos deveriam descobrir também!

“Às vezes, um livro enche você de um estranho fervor religioso, e você se convence de que esse mundo despedaçado só vai se tornar inteiro de novo a menos que, e até que, todos os seres humanos o leiam. E aí tem livros como (...), do qual você não consegue falar - livros tão especiais e raros e seus que fazer propaganda da sua adoração por eles parece traição.”


Paula Juliana

43 comentários:

  1. Oi!

    Acabei de ver seu post no grupo Li e Indico e vim conferir. Já favoritei e segui no Google +! Sucesso e bela resenha, hein. Não sei se estou pronta pra ler este livro, estou me amarrando.

    Beijos,
    Carolina.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flor!
      Muito Obrigada!!

      O livro é maravilhoso,indico para todo mundo, pq é muita emoção mesmo!

      Beijão!!
      Paulinha

      Excluir
  2. Amei demais esse livro, se tornou um dos meu preferidos *-* Ótima resenha :)

    Beijos,
    Carol

    http://viciosdeumabaiana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Carol!!
      Um dos meus preferidos também!

      Vou lá Seguir seu Blog!

      Bjus

      Excluir
  3. Oi Paula...
    O livro é mesmo lindo.
    Parabéns pela resenha!
    Bjs,
    Marissa
    http://cladoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Juliana,
    tudo bem?
    Essa é uma história muito difícil de se ler. Lidar com a perda é algo que ninguém quer. Por isso, acho que ficaria me sentindo mal se lesse esse livro, apesar de saber que ele é inigualável. Não quero sofrer com uma leitura, quero rir, ficar feliz.
    Mas gostei da resenha.
    Beijos.
    Cila- leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe Cila!
      O tema é pesado, mas eu não fiquei triste, eu fiquei emocionada, o Autor escreve com um delicadeza, uma sutileza, que é tão, mas tão bonito!
      Que vale tudo! Sabe!
      Eu Totalmente Indico!
      Obrigada! S2
      Bjus

      Excluir
  5. Eu não quero ler esse livro, não gosto de livro tristes e só pelos desenhos que fazem já me dá dor no coração, acho que vou assistir o filme primeiro quando sair kkkkk se eu não chorar muito ai eu leio o livro kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mai!
      Eu te digo a mesmo coisa que escrevi para Cila no comentário a cima, o Autor é delicado, sutil, em toda a leitura eu dei tanta gargalhada, que eu nunca iria esperar, mas me emocionei também, só que não de tristeza, não é um livro pesado, é lindo!!!

      Agora a gente espera o Filme! s2

      Bjus

      Excluir
  6. Acho que foi um dos livros mais emocionantes que eu já li esse ano.
    Simplesmente AMEI ler A Culpa é das Estrelas <3
    Beijos <3

    garotamodamh.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi! Estou retribuindo o comentário no meu blog. Você comentou o post sobre a resenha tripla da Trilogia Jogos Vorazes e pediu para que eu retribuísse o post sobre a Trilogia Estilhaça-me, mas como não li ainda Liberta-me, decidi não retribuir aquele post, mas vou comentar este =)

    Tinha um pé atrás com A Culpa é das Estrelas. Achava que o entusiasmo do povo era exagerado, mas mudei de opinião quando li.
    A história me envolveu tanto que li em dois dias e depois fiquei com aquela carga de adrenalina, misturada com a tristeza pelo fim da trama.

    A Culpa é das Estrelas pode ter um tema batido, mas o autor soube como abordar. Muito boa a resenha.

    Tentei seguir o blog, mas o blogger está de sacanagem. Vou tentar mais tarde. Vamos ver se consigo.

    www.catalinaterrassa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahhahahha

      Oi Catalina!!
      Tudo bem!!

      Então!! Eu também fiquei com esse sentimento quando li o livro!
      Mas super me conquistou!
      Bjão
      s2

      Excluir
  8. Sabe que todas as vezes que leu sobre esse livro os meus olhos se enchem de agua?!!
    Menina você me vez chorar agora! POxa!
    Linda Resenha! Super emocional! Fala com o Coração!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Minha amiga ama esse livro!
    http://gabywishes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Eu amo esse livro!
    s2
    Chorei com sua resenha!
    Linda!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Ual, é isso que eu tenho que dizer sobre o livro e a resenha, nossa que incrivel!
    Desculpe a ignorância, mas de onde vem essas imagens? Existe um filme? Pq , é como eu os imagino, nossa, que surpresa para mim.
    E novamente, perdoe a ignorância que tenho em mim, mas palavras nao descrevem o que eu sinto a cada coisa que leio sobre esse magnifico livro, ou talvez descrevam e eu que não saiba usar.
    Bjs, obrigada por proporcionar essa leitura, parabéns!

    Rafa B,
    http://doceeloucuraa.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/doceeloucuraa?ref=hl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Minha Flor!
      Primeiro muito Obrigada pelos elogios!
      Segundo sim vai ter um filme, já estão gravando, não sei quando vai sair, mas é a mesmo menina que vai fazer divergente que vai fazer nossa protagonista aqui!
      Beijãoao s2

      Excluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Esse livro é lindo! com uma temática que sempre me interessa, li mês passado e me apaixonei.
    Hazel e Augustus conseguem encantar. É incrível como John Green conseguiu com uma linguagem tão simples passar mensagens tão grandiosas e profundas. Pretendo ler os outros livros desse autor e estou muito curiosa para ver o filme...

    ResponderExcluir
  14. Oi Paula!

    Sua resenha foi comovedora, como a história.
    Também li esse ano e me apaixonei pelo livro.
    Gus é dos personagens mais carismáticos que já li.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oii amiga!
    Eu estou louca para ler esse livro, acho que irei me emocionar muito... pelo que li das resenhas
    Pelo que li, esse livro me lembra muito de um filme que assiste a um tempo atrás, se puder assista
    "Cartas para Deus" é emocionante....

    Beijos!
    http://lendocomaolly.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Olá, ganhei esse livro recentemente e espero logo,
    ter um tempinho para ler. Mas é certo ler antes de assistir
    ao filme. Adorei a resenha
    bjs

    http://www.loveebookss.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá Paula!

    Sou suspeita para falar desse livro, pois amei de paixão! Chorei muito com Hazel e Gus.
    Um dos livros mais emocionantes que li esse ano!

    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  18. OI, eu tenho que parar de ler as resenhas deste livro kkk, cada vez que eu leio mais resenhas, mais vontade que eu tenho de ler este livro kkk, eu tenho ele aqui na minha estante, e de 2014 ele não passa kkkk

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahha
      Leia logo Gu! O meu também ficou um tempinho na minha estante antes de eu ler e me arrependo de não ter lido antes!
      Beijos

      Excluir
  19. Eu sou apaixonaaaada por esse livro <3
    Foi um livro que me tocou muito, uma leitura emocionante e profunda e linda e triste e inspiradora!
    Beijos e boas leituras.

    ResponderExcluir
  20. Impressionante como todo mundo gosta desse livro! rs... Quero ler logo pra me emocionar também, tenho certeza que vou chorar horrores... hehe...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahahha
      Não vi uma pessoa que não tenho gostado! hah
      Eu chorei!
      Beijos

      Excluir
  21. Ai bonita... eu to doida pra ler esse livro, ainda mais agora
    sei que vou chorar litros =/ vou pegá-lo quando eu estiver down e quiser liberar logo tudo daqui de dentro. É um livro que sei como começa e termina, mas quero acompanhar a etapa também, entender pq esse alvoroço sobre a obra. òtima resenha flor!
    Bjus bjus!
    Pan
    Pan's Mind - Sorteio Amazônia - Arquivo das Almas
    Gincana de Filmes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Pan! Leia quando estiver no clima para ele!
      Não vai se arrepender!
      Obrigada Flor!!
      Beijão!!

      Excluir
  22. Gente eu amo esse livro nossa você achou que não ia gostar dele? hehe, ah eu amo o Gus mas meu preferido é o Isacc quando ele tem aquela crise com os troféus eu achei hilario

    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahhahahahha

      Poxa o Isacc é lindo também! Tadinho eu lembro! Não sabia se ria ou se chorava por ele!
      Incrível!

      Mas o Guss é xodó! hahaha

      Beijos!

      Excluir