terça-feira, 5 de novembro de 2013

LI ATÉ A PÁGINA 100 # 12: Lua de Sangue - Andrea Cremer

LI ATÉ A PÁGINA 100 # 12


LIVRO: Lua de Sangue - série Nightshade - Andrea Cremer.


Primeira frase da página 100: ''Nós não vamos.''

Do que se trata o livro: Um romance juvenil arrebatador. Ao misturar opressão social e feminismo com um mundo fantástico de feiticeiros e lobisomens, Andrea Cremer chegou à cobiçada lista do New York Times. Neste segundo volume da série Nightshade, que acompanha as aventuras de Calla, líder da alcateia homônima, acompanhamos os acontecimentos logo após Sob a luz da lua. Quando Calla acorda no quartel-general dos Inquisidores, seus maiores inimigos, ela acredita que seus dias estão contados. Mas quando estes oferecem ajuda salvar sua matilha, ela deve decidir em quem confiar. Se nos mestres que a traíram ou nestes novos ‘amigos’. Cabe a Calla lidar com a liberdade de finalmente escolher as próprias batalhas e trilhar seu destino.

O que está achando até agora: Calla está fugida, longe de seu bando. Tudo está mudado e a nossa protagonista esta perdida. Preocupada com o rumo que suas ações tomaram, o que aconteceu com seu bando? Seu irmão, Byan? E Ren? CADE Ren??? To desesperada aqui ele não apareceu ainda.

O que está achando da protagonista: Ta mais perdida que não sei quem! Tadinha! Eu falei para ela casar com o Ren e ficar de boa! Ela foi fugir com o Shay, agora aguenta! (Eumãaqui!).

O que está achando do protagonista: Shay continua a mesma coisa para mim. To formando opinião sobre ele. REN? CADE REN?????????

Melhor quote até agora: "Meu corpo estremeceu com o flash de lembranças. Eu amava Shay. Desde a primeira vez que o toquei, ele despertou partes de mim que eu nem sabia que estavam adormecidas. Nossos segredos, momentos roubados, beijos proibidos, o que ambos arriscamos um pelo outro - tudo isso me havia levado a tomar a decisão que me trouxe até aqui."

Vai continuar lendo: Sim...Procura-se Ren!

Última frase da página 100:
''Que ainda poderia acontecer.''


Veja aqui:

Paula Juliana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário