domingo, 9 de fevereiro de 2014

Resenha: Beijar a um anjo - Susan Elizabeth Phillips

Resenha: Beijar a um anjo - Susan Elizabeth Phillips
Classificação: 5/5 Favorito

Sinopse - Beijar a um anjo - Susan Elizabeth Phillips

A formosa e caprichosa Daisy Devreaux pode ir ao cárcere ou casar-se com o misterioso homem que lhe escolheu seu pai. Os matrimônios arranjados
não acontecem no mundo moderno, assim... como se colocou Daisy nesta confusão? Alex Markov, tão sério como bonito, não tem a menor intenção de fazer o papel de prometido amante de uma consentida cabecinha de vento com certa queda por champanhe. A vida cheia de comodidades de Daisy, o leva a empreitar a ruidosa tarefa de domá-la. Mas este homem sem alma encontrou a fôrma de seu sapato em uma mulher que é todo coração. Não passará muito tempo até que a paixão lhe faça remontar o vôo sem rede de segurança... arriscando-o tudo em busca de um amor que durará para sempre.

''Aromas  de  animais,  feno  e  pó  alargaram  as  fossas  nasais  do  Daisy  logo que  pôs  um  pé  no  chão.  A  brisa  quente  de  finais  de  abril  corria  pelo  recinto,agitando brandamente  as  lonas  laterais  da  carpa  e  as  bandeirolas  multicoloridas.''

Sabem aqueles dias que uma determinada história não sai da sua cabeça? Fica ali te cutucando e te encomendando até você dá uma atenção para ela. Foi o que aconteceu comigo.  Eu li esse livro a quase um ano e de uns dias para cá ele não sai da minha cabeça. Ok! Não me perguntem o motivo! Queria reler, mas infelizmente não tenho tempo agora, então resolvi escrever um pouco sobre ele. O Livro Beijar a um anjo da Autora Susan Elizabeth Phillips  foi uma leitura muito gostosa e deixou muita saudade.

''Ao  Daisy  lhe  acelerou  o  coração  e  soube  que  não  podia  ter escapado embora  tivesse  querido.  Levantou  o  olhar  e  sentiu  como  se  todo  se  desvaneceu  e não existisse nada mais que eles dois. A boca do Alex lhe pareceu extremamente tenra apesar de seu gesto duro. Ele  abriu  os  lábios  e  cobriu  os  o  ela  com  suavidade.  Ao  mesmo  tempo, apertou-lhe as nádegas e a estreitou ainda mais contra seu corpo. Sentiu-o grande e pesado contra  ela. Quando Alex amoldou a boca à  sua, Daisy experimentou um momento de  assombro.  Os  lábios  de  seu  marido  eram  tenros  e  suaves  em  contraste  com  o resto de sua pessoa.''

Foi o primeiro livro da autora que li e virei fã. Conta a história de Daisy que foi obrigada a se casar com um cara que foi escolhido por seu pai. Ela teria que casar ou não receberia a herança de sua mãe. Seu pai - um péssimo pai na verdade - praticamente vende a filha. O livro começa no dia do casamento quando a mocinha conhece seu futuro marido. Até aqui entenderam que é um casamento arranjado, o casal protagonista não se conhece e nem tem a vontade de se conhecer na verdade. Ela está sendo obrigada a casar e ele - Alex - O mocinho tem suas razões para concordar com o casamento. 

''Daisy  se  sentiu  derrotada  e,  justo  nesse  momento,  soube  que  tinha falhado.  Não  poderia  fazê-lo.  Outras  pessoas  pareciam  ter  uma  fortaleza  a  que recorrer  em  tempos  de  crise,  mas  Daisy  não.  Era  débil  e  não  fazia  nada  as  direitas. Tudo o  que seu pai  e Alex haviam dito  dela  era  verdade.  Só servia para  conversar nas  festas  e  isso  não  lhe  valia  de  nada  neste  mundo.  Com  o  sol  caindo  a  chumbo sobre  sua  cabeça,  rebuscou  em  seu  interior,  mas  não  encontrou  nem  um  ápice  de coragem. deu-se por vencida. Atirou a pá sobre a rampa.''

Depois do casamento o marido leva Daisy para seu lar. Nada mais, nada menos que um Circo.
Daisy parece ser estilo menininha mimada. Cheia das vontades e derrepente cai de cabeça numa vida dura e diferente. E  então ela quer provar que é capaz de sobreviver num circo. Ela na verdade é forte e tem muita fibra e mostra isso para todos.
Alex faz o estilo mocinho teimoso e rústico - adoroo!! A convivência dos dois é difícil desde o inicio, pela teimosia do casal. Ele quer domar a fera e ela quer mostrar que pode se virar, QUE É CAPAZ. Claro que eles acabam se apaixonando como um bom romances com direito a cenas bem quentes até.

''Um  grande  rugido  ressonou  no  recinto.  Nesse  momento,  começou-lhe  a arder  a  pele  e  sua  desidratada  garganta,  clamou  por  água.  Viu  uma  mangueira enganchada  ao  caminhão  da  água,  que  serpenteava  até  a  zona  das  feras.  Correu para ela, presa do pânico porque jamais se havia sentido tão acalorada. Uma  vez  mais  ouviu  o  rugido,  e  lhe  surpreendeu  ver  o  Sinjun  em  sua jaula  cozendo-se  sob  o  sol.  Quebras  de  onda  de  calor  ricocheteavam  contra  o asfalto, e as raias laranjas e negras do tigre pareciam brilhar fracamente.''

Bem... Por mais que eu tenha gostado do casal protagonista e do romance. O que mais me marcou e me emocionou ao ler esse livro foi a relação de Daisy com os animais do circo e em especial com um certo Tigre. Foi realmente muito bonito e tocante a ligação que ela criou com o animal. Ele que roubou a cena diversas vezes, me vez me apaixonar pela história e pela mensagem central. Acredito que todas as pessoas que gostem muito de animais quando lerem esse livro vão se sentir abraçadas e encantadas também. 

''Daisy  odiava  esse  lugar  onde  os  animais  se  exibiam  em  jaulas.  O estranho  som  da  chama  reverberou  em  seus  ouvidos.  ''

Indico essa Obra aos amantes de um bom romance. Para quem quer rir - tem partes muito engraçadas - para quem quer se emocionar - Sim! Eu chorei! Para quem quer amar e gosta de comédias românticas leves gostosas e emocionantes. Lindo do começo ao fim. Um super queridinho meu!

''Daisy  nunca  havia  sentido  tanto  terror.  Sinjun  ia  atacar  Neeco  e  ela não podia detê-lo de maneira nenhuma. —Sinjun!—gritou desesperada.
Para surpresa da jovem, o tigre elevou a  cabeça. Daisy não sabia se tinha respondido a sua voz ou a outro tipo de instinto. aproximou-se dele, apesar de que lhe  tremiam  tanto  os  joelhos  que  logo  que  podia  manter-se  em  pé.  Não  sabia  o que ia fazer. Só sabia que tinha que atuar. O  tigre  permaneceu  curvado  sobre  o  corpo  imóvel  de  Neeco.  Por  um momento  Daisy  pensou  que  o  treinador  estava  morto,  mas  logo  se  deu  conta  de que permanecia quieto à espera de que o tigre se esquecesse dele. Ela ouviu a tranquila mas autoritária voz do Alex.
—Daisy, não dê um passo mais.
''

Paula Juliana

28 comentários:

  1. Não conhecia, legal suas dicas :)

    http://www.metadefutil.com/

    ResponderExcluir
  2. Olha, desculpa, mas não consegui entender muito bem a sinopse não.
    Gosto do jeito que você escreve, mas a tradução ficou estranha pra mim :/
    Tomara que o livro seja bom! hehe. Beijos ♥

    www.mabeato.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flor! Eu li o livro em espanhol! Essa foi a melhor tradução que consegui!
      Mas acho que pelo que falei na resenha da de entender direitinho a premissa da história!
      Beijos

      Excluir
  3. Nossa que horror de pai não é? E ainda por cima não deixa ela ter o que lhe é de direito.
    http://leitecombiscotos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! Mas foi graças a ele que ela conheceu o Alex!
      Um mal que fez bem! haha
      Beijos

      Excluir
  4. Gostei desse livro, me lembrou aquelas novelas mexicanas... ^^
    Ahn, estou lendo o livro que ganhei no sorteio e estou gostando... hehe
    Beijos minha linda. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Le Querida!
      Se não me engano a autora é espanhola - não tenho certeza! Mas me parece também!
      Enfim é um livro muito bonito!
      Que bom que esta gostando! Fico feliz!
      Beijos

      Excluir
  5. Oi..
    Confesso que sou assim também, tenho um livro em especial que já reli umas quatro vezes, por a história não saia da minha cabeça.
    Mas parece ser uma boa história, quem sabe daqui uns dias voce rele ele.

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Le!
      Vou fazer o possível, mas minha lista desse mês ta cheinha! Obrigada pelo comentário!
      Beijos

      Excluir
  6. Parece uma linda história.
    Gostei do resumo.
    Beijinhos...
    Jana Nogueira| Fanpage| Youtube
    >>Insta @blogjananogueira

    ResponderExcluir
  7. Mas que pai é esse? Pelo menos fez algo sem querer, graça a ele, ela conheceu o carinha. Adorei a resenha.

    http://simpleseagradavel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Não é o meu estilo de leitura....
    Beijos, E.
    http://apenasmaisumaxicaradecafe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Preciso de ler! Estou louca por este livro!! Quero ele agora hahaha.
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Parece ser muito gostoso amiga!
    Um mocinho rústico né?
    Sempre adoro suas resenhas, parabéns!
    Beijos,

    ResponderExcluir
  11. Oi Paula!

    O livro até parece ser legal, nunca tinha ouvido falar. A capa é linda ^^ Mas dispenso, não sou muito fã de romances.

    Beijos,
    biblioteca-de-resenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Viva,

    Para teres vontade de comentar o livro passado este tempo todo dá para perceber que foi um livro que te marcou, parece interessante sem duvida ;)

    Bjs e boas leituras

    ResponderExcluir
  13. Essa sua resenha foi tão fofa quanto a história parece ser!
    Amei! Parabéns! Logo vou procurar pra ler, fiquei muita curiosa com essa relação dela com os animais! Isso me chama muito atenção nos livros e esse mocinho rústico também! KKKKK
    Parabéns pela resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir