Pular para o conteúdo principal

Resenha:RICO E JOANA - em O PIRULITO ASSASSINO - MARIA IZABEL GOMES SILVA

Resenha:RICO E JOANA - em O PIRULITO ASSASSINO - MARIA IZABEL GOMES SILVA
Classificação: 5/5 Favorito


RICO E JOANA - em O PIRULITO ASSASSINO - MARIA IZABEL GOMES SILVA
Com um enredo dinâmico, surpreendente e diálogos recheados de humor, o romance policial prende a atenção do leitor do início ao fim. Em um estilo próprio do narrador, as cenas inusitadas vão pouco a pouco desnudando a trama central ao longo de todo o romance. Quando então, nos capítulos finais, é revelada a verdadeira identidade do palhaço assassino e os motivos que o levaram a matar suas vítimas à pirulitadas, em um desfecho surpreendente que impressionará até o mais atento dos leitores.

''Rico estava feliz, pois, apesar do pouco tempo que estivera ao lado de Joana aquele dia, ele pode perceber que a intuição não o havia enganado. Joana parecia ser mesmo tudo aquilo que imaginou assim que colocou os olhos nela pela primeira vez na escada. Ela reunia características que Rico apreciava bastante em uma mulher: era inteligente, autentica, perspicaz, bem humorada e sensata.

É elementar meus caros leitores que hoje eu vim falar sobre um dos livros mais engraçados que li nos últimos tempos. Um livro que só de começar a lembrar para escrever essa resenha, já vem um belo sorriso nos meus lábios e uma grande alegria no meu coração. O Overdose Literária hoje apresenta as aventuras de um casal para lá de espertos e queridos: Rico e Joana em O Pirulito Assassino da nossa autora parceira Maria Izabel Gomes Silva

''- O que você acha disso, detetive? O homem estava deprimido, mas morreu sorrindo!É verdade que vemos os anjos na hora de nossa ''passage'' pro céu ou pro inferno?''

Esse livro foi uma surpresa muito grande! Já tinha visto resenhas muito positivas o elogiando, mas não esperava me divertir tanto com a leitura. Depois de vários livros mais densos e mais pesados, caiu em minhas mãos um romance policial leve, gostoso e divertido.

''Eu nem preciso dizer a vocês, meus caros leitores que, se Rico pretendia impressionar Joana, ele conseguiu. E ela pode comprovar que, como já imaginava, Rico não era apenas um rostinho bonito.''

Temos uma querida família Coquinho - Sim! Esse é o sobrenome da nossa família. Temos o chefe da família, seu Ronald Coquinho em grave perigo de vida! Ronald Coquinho é o dono de uma importante empresa de rapadura, estava tudo indo muito bem até seu funcionário ser assassinado... com uma pirulitada! Sim meus caros leitores! O assassino matava as pessoas batendo nelas com um grande e duro pirulito de Rapadura! Chocados? Também fiquei!
E para investigar esses assassinatos que eram cometidos por uma pessoa vestida de Palhaço foi contratado para proteger Ronald o nossa querido detetive Rico Dantas. Ele que é maravilhoso logo se encantou com a filha de Seu Coquinho a forte e teimosa Joana. Ela que sempre teve uma grande veia para a investigação e a curiosidade, não poderia ficar longe da investigação e do nosso Loiro detetive de polícia! E quem ainda diz que doce não mata?

'' - Segredo de dois, tem que morrer um meu caro! - disse Rico, interrompendo a narrativa do entalado.''

Adorei os personagens, todos bem construídos e com características bem definidas.
Rico é um personagem muito engraçado, todas as tiradas mais engraçadas vem dele. Ele é o perfil do personagem bonzão, ele é o cara, ele se acha bastante, mas ele é realmente bom, querido e tem um humor maravilhoso. E é fã de Sherlock Holmes! Não poderia não ser!
Joana é a filha querida, a menina certinha, mas é curiosa, teimosa e muito divertida. Claro que quando se viram já rolou aquela química entre nossos protagonistas. E o romance veio, mas o Beijo minha gente... esse demorou! Ai meu coração!!! Uma fofura.

Personagens como o pai e a mãe da Joana me agradaram, Melissa e Arnoldo me irritaram muitas vezes, Arnoldo mesmo...que cara sem noção!! 

Alguns avisos quanto a essa maravilhosa história e algumas lições:

1 - Não se entra no velório errado e consola a viúva traída!
2 - Cuidado quando for comer rapadura! Não é infarto é engasgo!
3 - Nem sempre defunto no caixão ou enterrado é defunto morto!
4 - Nem sempre uma bela loira é uma...bela loira!
5 - Nunca conheci um Josisvaldo com ''s'', quem me dera 105!
6 - E proteja todos nosso senhor Jesus Malverde!

Com uma narrativa fluída e uma conversa direta entre o narrador e o leitor. Somos apresentados a disfarces, perucas, gafes e situações para lá de inusitadas. Nossos detetives nos apresentam fatos e pistas ao decorrer da narrativa que no fim... nos levam para uma grande surpresa! Afinal, quem é o assassino? Nesse jogo de gato e rato, quem vai sair vivo? Ou melhor... melado? Docinho, docinho!

'' - Já estou imaginando, eu, ao lado da tumba, entrevistando Josisvaldo, o encaixotado!
  - Quem criptografou aquela carta?
  - Qual é a informação do além que o senhor tem para nos dar?''

Então é elementar meus caros que eu indico essa obra! Sorri muito, me emocionei, fiquei curiosa, surpresa e no fim satisfeita! Louca para acompanhar mais as aventuras dessa dubla incrível e divertidíssima em mais uma trama maravilhosa e bem amarrada.

'' Eu estou vendo que a senhorita está muito feliz neste exato momento, pois seus olhos estão com um brilho que ofuscariam até o mais brilhante dos diamantes.''

 
PS: Todos os ''Elementares'', ''meus caros'' e ''leitores'' foram em homenagem ao detetive mais lindo e bem humorado da literatura.

Paula Juliana

Comentários

  1. Paula, super curti a sua resenha e a avaliação que deu para o livro! Não levaria o livro muito a serio pelo título... rs

    Beijos,
    Caroline, do criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Carol!
      As vezes esperamos uma coisa e é uma surpresa diferente!
      Beijos

      Excluir
  2. Que legal esse livro.
    Amo esse tipo de leitura e essa parece ser realmente bom
    http://surejustnot.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Adorei você começar a resenha com "É elementar meus caros leitores"... rs... Nunca ia imaginar que o livro era tão divertido assim, é sempre bom saber de livros leves e divertidos para ler em caso de emergência (entenda-se por emergência o início de uma depressão gerada por várias histórias pesadas ou o início de uma ressaca literária...rs...). Vou ler se tiver oportunidade!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo mesmo Ju! Sempre pego um livro mais leve e divertido para me tirar desse tipo de depre! s2
      Obrigada!
      Beijos

      Excluir
  4. Olá Paula!
    É a resenha mais divertida que leio desse livro, a autora é minha parceira e em breve vou ler o livro e já vou com expectativas altas com relação a obra. Imaginando aqui o tipo de assassinato, que é hilário.
    Será que uma rapadura é capaz de matar mesmo? hehehehehe
    Adorei a resenha!
    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  5. Ai Mi!
    Você vai dar boas risadas! Eu estava precisando de uma obra assim! Muito legal mesmo! Espero a sua resenha, vou ler com certeza e muito obrigada!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Adorei a sua resenha...como sempre! Me divirto lendo e percebi que o livro tb é bem-humorado!
    Me interessei =)

    beijos,

    ResponderExcluir
  7. Já tinha visto outras resenhas, mas nenhuma tão divertida como a sua. Confesso que fiquei bem curiosa em relação ao livro, ainda mais depois de ver isso:
    "Afinal, quem é o assassino? Nesse jogo de gato e rato, quem vai sair vivo? Ou melhor... melado? Docinho, docinho! "
    Curiosidade em nível máximo rsrs
    Adoro detetives, ainda mais se ele for o' mais lindo e bem humorado da literatura."
    Quero muito ler!
    O livro faz parte de um série?

    Beijos!
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Flor!!
      Muito Obrigada Taty! Ele faz sim! Estou ansiosa para ler e dar boas risadas! s2
      Fiquei muito feliz com seu comentário! Espero que leia!
      Beijos

      Excluir
  8. A melhor resenha que li desse livro! Mesmo, mesmo! Parabéns! Só de ler a resenha já dei boas risadas, imagino que o livro deve ser muito gostoso de ler, com toda certeza!
    Parabéns pela resenha e louca pra ver se doce pode mesmo matar! Kkkkkkkkkk
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. OI Juliana!
    Gostei muito da resenha e a forma que vc a construiu, muito bem humorada e bem escrita. Me encantei com suas resenhas e espero voltar muito a seu blog e pegar várias dicas dessas!
    Parabéns!
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que volte muitas vezes José!
      Muito Obrigada! Beijos

      Excluir
  10. Vi este livro em outro blog e achei ele o máximo. Sério. Que trama mais diferente. Um pahaço, um pirulito gigante e assassinatos através do mesmo pirulito. Romance policial não é meu gênero favorito, embora leia todos eles para o blog, mas com certeza darei uma chance para este!

    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Nossa, não imaginei que esse fosse um livro assim tão engraçado. Confesso que não dava muita coisa por ele, mas sua resenha me interessou tanto que fiquei louca de vontade de lê-lo. Valeu a dica. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi!
      Espero que leia sim! É muito engraçado, traçado e bem escrito! Adorei!
      Beijos

      Excluir
  12. Gostei muito da resenha,achei o título bem engraçado!!Beijos
    sckittyworld.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Paula! Já tinha lido uma resenha super positiva sobre esse livro no blog Devorador de Letras... agora lendo a tua ainda fiquei mais curiosa para conhecer essa história diferente. Um abraço!

    ResponderExcluir
  14. Nossa...quando eu li esse livro eu pensei ... uau, poderia ter uma capa menos infantil haha...
    nao podemos jugar o livro pela capa, se não, iremos perder muitas coisas boas...
    livro super impressionante e divertido.
    Adorei sua resenha :3

    sonholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Olá, minha querida Paula!

    Fiquei imensamente feliz e lisonjeada ao ler a sua resenha!! Por vários motivos a considero maravilhosa: bem construída, criativa e super divertida (me tirou boas risadas, principalmente, quanto aos avisos, pois... os entendedores entenderão... rsss). Parabéns mesmo e obrigada pelas palavras!

    Também fique muito feliz por saber que gostou da obra! Em breve teremos muitas fortes emoções, aventuras e muita diversão com o próximo volume da série :)

    Muito sucesso ao seu lindo blog!

    Beijos querida,
    Maria Izabel Gomes Silva


    ResponderExcluir

Postar um comentário

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: MAYBE SOMEDAY - Talvez algum dia - Colleen Hoover

Resenha: Talvez algum dia - Colleen Hoover
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 

Editora: Record
Skoob

Sinopse - Talvez algum dia - Colleen Hoover
Aos vinte e dois anos de idade, Sydney está desfrutando de uma grande vida: Ela está na faculdade, trabalhando em um emprego estável, apaixonada por seu maravilhoso namorado, Hunter, e é colega de quarto de sua melhor amiga, Tori. Mas tudo muda quando ela descobre que Hunter está traindo ela e ela é forçada a decidir qual será seu próximo movimento. Logo, Sydney encontra-se fascinada por seu vizinho misterioso e atraente, Ridge. Ela não consegue tirar os olhos dele ou parar de ouvir o jeito que ele toca seu violão todas as noites em sua varanda. E há algo sobre Sydney que Ridge não consegue ignorar, também. Após seu encontro inevitável acontecer, Sydney e Ridge encontram-se necessitando um do outro em mais do que uma maneira.

''Ótimo. Estou chorando  agora.  Eu sou uma sem bolsa,  chorona, violenta, garota sem-teto. E por mais que eu não queira …

Resenha: Amante Finalmente - Irmandade da Adaga Negra, Livro 11 - J. R. Ward

Resenha: Amante Finalmente - Irmandade da Adaga Negra, Livro 11 - J. R. Ward
Classificação: 5/5 ♥ Favorito
Editora: Universo dos Livros
Skoob

Sinopse - Amante Finalmente - Irmandade da Adaga Negra, Livro 11 - J. R. Ward

Qhuinn está acostumado à solidão. Repudiado por sua linhagem e evitado pela aristocracia, ele finalmente encontrou uma identidade como um dos lutadores mais brutais na guerra contra a Sociedade Redutora. Mas sua vida não está completa. Mesmo que a perspectiva de ter uma família esteja ao seu alcance, ele está vazio por dentro, com o coração entregue a outra pessoa... Blay, depois de anos de amor não correspondido, acredita já ter superado Qhuinn. E já era hora: o homem parece ter encontrado o seu par ideal em uma fêmea Escolhida, e eles terão um filho, exatamente como Qhuinn sempre quis. O destino parece ter levado a vida desses vampiros soldados em direções diferentes... Mas a batalha pela liderança da raça se intensifica, e os novos jogadores na cena de Caldwell estão cri…

Li - Gostei e Indico! SÉRIE NIGHT HUNTRESS

Li - Gostei e Indico! SÉRIE NIGHT HUNTRESS 

1º Livro da Série Night Huntress – Jeaniene Frost

Título Nacional: A Caminho da Sepultura

Sinopse: A meia vampira Catherine Crawfield persegue os mortos-vivos atrás de vingança, esperando que um destes seres seja seu pai. Capturada por Bones, um vampiro caçador de recompensas, é forçada a uma parceria profana. Em troca de encontrar o pai, Cat concorda em treinar com o sexy caçador noturno até que seus reflexos de combate estejam tão afiados quanto os dentes dele.


2º Livro da Série Night Huntress – Jeaniene Frost

Título Nacional: Com um Pé na Sepultura

Sinopse: A meio-vampira Cat Crawfield é agora a Agente Especial Cat Crawfield, trabalhando para o governo para livrar o mundo de mortos-vivos mal intencionados. Ela ainda usa tudo o que Bones, seu ex-namorado sexy e perigoso, ensinou a ela. Mas quando Cat torna-se alvo de assassinos, o único homem que pode ajudá-la é justamente o vampiro que ela abandonou. Estar perto dele desperta todas as suas emoç…