Pular para o conteúdo principal

Resenha: Asher - conto 01 - Raquel Pagno

Resenha: Asher - conto 01 - Raquel Pagno  
Classificação: 4/5

Asher - conto 01 - Raquel Pagno  
''Kenora era diferente dos outros humanos. Ela era doce demais,inocente demais. Eu jamais reconhecera em nenhum outro ser, humano ou não, uma mísera fração da pureza que habitava Kenora quando a envolvi em meus braços. Foi aquele momento, exatamente aquele momento que guardei através dos séculos, como se o tempo houvesse parado e se recusasse a passar. Kenora inverteu nossos papéis, tornando-me sua presa e ela, meu guia para sempre.''

''Estendi-lhe a mão e dessa forma, ele se tornou um verdadeiro mestre, substituindo com louvor, o perverso ser que me transformara em imortal, e que tivera-me, por direito, como seu súdito.''


''Dos meus olhos escorriam tantas lágrimas... lágrimas de sangue que eu não sabia serem capazes de brotar dos olhos de um demônio. Mas brotavam em abundância e logo se transformaram em um soluço incontido, um choro de agonia.''


Vamos falar de sobrenatural? Sim! Isso mesmo! VAMPIROS! Eu sei, nem gosto, né?! Mas hoje trago um conto para vocês. Asher da escritora Raquel Pagno! Como vocês já devem ter percebido eu gosto muito da escrita dessa autora. Asher é um conto bem curtinho, tem 26 páginas, conta em poucos capítulos, um pouca da ''vida'' do vampiro Asher, que é um caçador da própria espécie.

''Antes de partir, o demônio deu uma gargalhada e, impondo-nos a penitência de presenciar a morte um do outro, sumiu conforme chegou, em uma nuvem espessa de fumaça negra, como se seu corpo fosse capaz de se desintegrar.''

Os vampiros da Raquel tem uma mitologia peculiar e única. Geralmente são o tipo de ''vamps'' eu se veem como monstros e tem atitudes nada politicamente corretas. Porém, o que eu pude perceber lendo Asher é que ele é um pouco diferente, tanto por ser um vampiro muito velho, o conto conta a história da criação dele, como ele se transformou no ''mostro'' que é - como ele mesmo se chama. Conta como Efrat seu mestre entra em sua história. Como ele se apaixonou por uma mulher misteriosa. Kenora. Uma mistura de amor e até obsessão ao meu ver. Mas sempre despertando a curiosidade do leitor! Porque Kenora tem um cheio tão provocante para ele? O que faz dela tão especial? Por que de toda essa paixão repentina? Respostas que a autora responde ao longo do conto! 

''Adramelech, o demônio que me transformara no que sou, surgira em meio à fumaça, envolvido em sua capa negra como uma noite sem luar. Seus olhos eram mais cruéis que os dos leões famintos que habitavam as redondezas, sua crueldade trans passava o limite do imaginável, e havia mais sangue em suas mãos do que nas mãos de qualquer outro dos Primeiros. ''


O Conto ainda nos mostra um vilão que tem tudo para ser um forte candidato a ser muito odiado. Adramelech, o criador de Asher, o vampiro sem coração que o transformou! Isso tudo misturado com uma mitologia sobre os Quatro primeiros! Curiosos? Leiam! 
Anjos e demônios, passado e presente se entrelaçando! Quando que o caçador vira a caça? 

Super indico o conto, assim como indico os outros livros da Raquel que li - Legado de Sangue e Herdeiro da Névoa. Com uma linguagem fluída e gostosa, quando eu vi já tinha terminado, ficou até com um gostinho de quero mais, gostaria muito de ver um pouco da história de Asher como caçador nos dias atuais, por exemplo! Misterioso, diferente e intrigante! Espero que todos conheçam essa nova história!     

''Eu nunca desejara tanto o anjo da morte quanto naquele momento, e nunca tornei a deseja-lo tão veementemente. Talvez por conta deste desejo, é que eu tenha reconhecido o cavaleiro negro que arrancou-lhe a alma, cortando o fio prateado que a prendia àquele corpo débil, ou talvez, isso tenha sido apenas um delírio.''


 Obras Raquel Pagno:


Paula Juliana

Comentários

  1. Paula, obrigada por mais esse resenha. Resenhar conto não deve ser nada fácil, pois a estória é tão curta, não é mesmo?
    Asher voltará em breve... rsrsrs
    Beijocas! ;)

    ResponderExcluir
  2. Oi,
    Nunca li nada da autora, mas fiquei interessada.
    Parecem ótimos os livros e o conto.
    bjs

    http://entrepaginasesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Parece ser ótimo... me interessei! Amei o blog viu flor! Vou segui-lo!
    Convido você e as suas leitoras a conhecerem meu blog:
    vctodabella.blogspot.com

    Tenho tambem um blog onde trabalho com personalização de blogs a custo super baixo. Se algum dia precisar personalizar seu blog entre em contato comigo atraves deste blog:
    blogkimberlydesign.blogspot.com

    Beijos até mais... aguardo sua visita

    ResponderExcluir
  4. gostei muito
    resenha ótima beijos
    livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá Paula!
    Gostei da resenha! O conto prece ser bem interessante, e apesar de ter poucas páginas tem muito conteúdo!!
    Vou procurar pra ler!
    Misael
    http://devoradoresde-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha!
    Parecem ser contos bem legais!

    beijos!

    autoapaixonada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oláaa!
    O conto parece bem sombrio, né?! Ao ler sua resenha eu quase pude ver uma nuvem espessa de fumaça negra me envolvendo! hahah #aloka
    Nunca li nada da autora, mas me parece que a escrita dela traz um diferencial ao gênero sobrenatural. Acho que vale a pena conferir e o conto, po ser curtinho, deve ser uma boa maneira de começar.

    Beijos,
    Amanda
    http://minhasconfissoesfemininas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Paulinha! Nao conhecia este livro! Nem a autora é claro, mas eu amo qualquer historia com vampiros, acho que em outra vida eu deveria ser uma hahahha

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  9. Que legal conseguir escrever um romance sobrenatural só em 26 páginas, fiquei muito curiosa aqui com esse toque sombrio! Vou procurar conhecer mais outros trabalhos da autora com certeza! :]
    Beijos!

    bibliophiliarium.com
    @bibliblog

    ResponderExcluir
  10. Gosto bastante da escrita da Raquel, mas ainda não li esse conto dela. Espero ler em breve.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de Maio

    ResponderExcluir
  11. Oi, Paula!
    Não conhecia o conto, mas fiquei curiosa porque também adoro vampiros. Estou lendo Legado de Sangue e gostando bastante quero conhecer também outras outras da autora. ;)

    Beijos,

    Rafa {Fascinada por Histórias}

    ResponderExcluir
  12. Eu me sinto totalmente errada porque não gosto de vampiros. Pra eu ler, tem que ser mais romance do que sobrenatural (mas nunca vi e nem me interesso por Crepúsculo).
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  13. Oiee Paula tudo bem??? o/
    Para dizer a verdade eu nunca li uma história "verdadeira" sobre vampiros sabe, então não defini ainda se gosto ou ñ deles husahusahusahusahusa mas pelo jeito apaixonado q vc falou do livro fiquei curiosa! Quem sabe ainda ñ pego pra ler!
    To seguindo o blog ok? ;)
    Bjinhos
    /closettgarden.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. AAAAAAAAAI, MEU DEUS! Quero ler esse conto! Com certeza! \õ/ A Raquel é mesmo muito boa para criar vampiros. E assim como você, adoooooro um bom romance sobrenatural. <3333 Estou animada para conhecer o Asher e ver se ele encontrará nessa humana fofa sua redenção. Os quotes estão divos demais! \õ/
    Anotei a dica, Paula!

    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Paulinha tudo bem?
    Como você adoro vampiros, não me canso deles e sempre fico impressionada como os autores ainda conseguem nos surpreender com histórias diferentes de um assunto tão batido. Achei muito interessante trazer a visão de um vampiro velho, pois embora todos eles tenham anos de existência, sempre são retratados como jovens.Fiquei curiosa com essa dama misteriosa que irá dominar o coração dele.
    Sucesso para a Raquel, estou torcendo por ela e super ansiosa para ler Herdeiros da Nevoa que já está comigo aqui na fila.
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá paula, eu tenho este conto aqui no computador, mas não tive aquele tempo para ler, mas como uma fanática por esses seres sobrenaturais, aposto e tenho quase certeza que vou amar este conto, pois comecei a ler ele no blog da Mi, ai o negocio desandou e tive que parar, mas assim que der eu pego e termino.
    Eu adorei sua resenha.

    Beijokas Ana Zuky

    http://www.sanguecomamor.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi Paula,

    Eu amo contos, acho super legal saber da vida dos personagens antes de começar o livro, parece que só assim iremos compreender um pouco mais dos personagens agora, não achei essa capa tão linda, sei lá, gosto de vampiros, mas agora estou apenas assistindo TVD, depois que terminar de assistir irei partir para os livros, pois senão irei abusar um pouco.

    Mayla

    ResponderExcluir
  18. Olá

    Achei as capas lindas. Não conhecia esse conto, mas já tinha ouvido falar da autora por aqui. Não sei se leria o mesmo, apesar de gostar bastante de contos, quem sabe eu dê uma chance e conheça um pouco sobre a mitologia de vampiros criada pela autora.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  19. Oie Paula
    Então, eu estou super curiosa para conhecer a escrita da autora. Estou participando do booktour de Legado de Sangue e estou ansiosa para chegar minha vez. Eu adoro livros que tenham vampiros, sobrenatural.. isso me encanta. Sempre que posso estou lendo um livro com essa temática. Não conhecia o conto, mas quero ler agora.

    Ah.. uma dica de série: Você conhece a série Irmandade da Adaga Negra e Night Huntress? São perfeitas. Eu recomendo a leitura das duas séries sobrenaturais.

    Beijos,
    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  20. Acho que já falei que não muito chegada a vampiros né, nem mesmo lendo aqui que a autora soube criá-los de uma forma única.
    Eu só fiquei curiosa pra saber porque Kenora despertava o descontrole de Asher.
    Vou esperar uma próxima oportunidade pra conhecer a narrativa da autora.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  21. Não curto muito vampiros, mas achei interessante o fato desse ser um caçador da própria espécie. Fiquei bem curiosa sobre o efeito da Kenora sobre ele, e confesso que ele ganharia um pouco da minha simpatia por se considerar um monstro... rs...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  22. Sempre amei tudo sobre vampiros e esta história me encantou. O personagem é cativante e envolvente. Vou procurar por este conto pra ler. Obrigada pela indicação. Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Olá Paula
    Tenho um carinho especial por Asher, pois foi o primeiro conto que a Raquel postou lá no blog e como a coluna é semanal, me desesperava para saber tudo.
    Asher é mega cativante, adorei mesmo. Gostei bastante da sua resenha.
    Beijinhos vampirescos hehehehe

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  24. Olá Paula, tudo bem?

    Estou um pouco saturada do "vampiro" sobrenatural, ligado sempre ao romance. Prefiro o bom e velho Drácula <3

    Beijo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Classificação: 4/5
Editora: Companhia Editora Nacional
Skoob

Sinopse: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Chamas na Escuridão - Essa série provocante vai cativar, envolver e, até mesmo, ‘intoxicar’ a leitora como nenhuma outra. Perfeita para aqueles que amaram 50 Tons de Cinza, mas ficaram querendo mais... A história central se passa em Londres, nos bairros mais badalados dessa encantadora cidade. Mas os protagonistas, Beth - graduada em História da Arte, e Dominic – consultor do mercado financeiro, vão se aventurar também na Croácia, Turquia e NY. Profundamente intensa, romântica, provocante e sensual, essa série vai levar a leitora a um lugar onde o amor e o sexo são liberados de seus limites. Fãs de E.L. James e Sylvia Day vão se manter acordados até tarde da noite com “Chamas na Escuridão”.


''Não há prazer sem dor. Não há paixão sem sofrimento. Prefiro me sentir viva a viver em seguran…

Li - Gostei e Indico! SÉRIE NIGHT HUNTRESS

Li - Gostei e Indico! SÉRIE NIGHT HUNTRESS 

1º Livro da Série Night Huntress – Jeaniene Frost

Título Nacional: A Caminho da Sepultura

Sinopse: A meia vampira Catherine Crawfield persegue os mortos-vivos atrás de vingança, esperando que um destes seres seja seu pai. Capturada por Bones, um vampiro caçador de recompensas, é forçada a uma parceria profana. Em troca de encontrar o pai, Cat concorda em treinar com o sexy caçador noturno até que seus reflexos de combate estejam tão afiados quanto os dentes dele.


2º Livro da Série Night Huntress – Jeaniene Frost

Título Nacional: Com um Pé na Sepultura

Sinopse: A meio-vampira Cat Crawfield é agora a Agente Especial Cat Crawfield, trabalhando para o governo para livrar o mundo de mortos-vivos mal intencionados. Ela ainda usa tudo o que Bones, seu ex-namorado sexy e perigoso, ensinou a ela. Mas quando Cat torna-se alvo de assassinos, o único homem que pode ajudá-la é justamente o vampiro que ela abandonou. Estar perto dele desperta todas as suas emoç…

Resenha: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma

Resenha: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 
Editora: Editora Valentina
Skoob

Sinopse: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma
Proibido - Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis. Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.
Eles são irmão e irmã. Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dram…