segunda-feira, 28 de julho de 2014

[Vale a Pena Ver de Novo] Especial Irmandade da Adaga Negra - Ward - Editora Universo dos livros - Parte Três

[Vale a Pena Ver de Novo] Especial Irmandade da Adaga Negra - Ward - Editora Universo dos livros - Parte Três


Parte Três

Resolvi criar uma nova coluna aqui no blog! Espero que gostem e seja bem aceita!
A minha ideia inicial é recordar de uma forma diferente e original resenhas e postagens antigas do blog, aquelas que fizeram sucesso e foram ficando para traz ao longo desses um ano e pouquinho do Overdose! Passando minha experiência com certas obras!
Em especial falando das minhas séries preferidas! Eu acompanho vários seriados e tenho um carinho especial por algumas. Vamos começar com meu querido IAN - Irmandade da Adaga Negra - que vou dividir em algumas partes para que o post não fique imenso já que a série é grande!
Espero que curtam essa nova coluna!
Beijinhos

Veja PARTE UM! 
E a parte Dois!

APRESENTANDO - Irmandade da Adaga Negra!

A SÉRIE:



Livro Seis: Amante consagrado

Lembro que quando li, entrei numa super maratona, entre o livro cinco até o sete. Foram semanas só no mundo da Irmandade! Eita Saudades!!!
Essa Obra é toda muito emoção! Phury foi uma surpresa, eu não poderia nunca imaginar o lado que é apresentado dele na obra, é um aguenta coração. O livro em si é incrível!

Confesso que se fosse para reler hoje eu releria Amante Consagrado e Amante Vingado! Porque eles tem finais e um enredo tão envolvente e espetacular que é muito difícil desapegar!   

'' Dane-se. Você acha que estou me divertindo assistindo você antecipar sua morte fumando e bebendo? Você acha que eu gostei do que vi aquela noite no beco? - Z praguejou. - Dane-se, não vou participar disso. Acorde, Phury. Você está se matando. Pare de arranjar muletas e espalhar mentiras, e olhe para si mesmo com atenção.'' 

Até esse volume eu tinha uma visão diferente de Phury, ele sempre foi todo queridinho e prestativo para com todos, então, nunca imaginei que ele tinha uma visão tão depreciativa de si mesmo. Ele se vê culpado pela morte dos pais, pela infelicidade do irmão, por ter ficado com a família enquanto Z era sequestrado e transformado em escravo de sangue. Ele se sente culpado por ter salvado o corpo do irmão e não sua alma.

Phury é atormentado, ele escuta uma voz em sua mente que ele diz ser, o Mago, por isso se afundou em drogas (fumaça vermelha) e bebidas, estando sempre chapado. Desenvolveu uma conduta sadomasoquista consigo mesmo, se deixando apanhar (muito) nas batalhas com redutores e não simplesmente matando, começou a torturar o inimigo. Phury chegou ao fundo do poço!

''Em sua mente, o mago aparecia na forma de um espectro do Anel, usando uma túnica sombria que escondia seu rosto, parado em meio a um deserto cinza cheia de ossos e crânios.'' 



Trechinho da resenha - AMO essa resenha!

''O mago, a consciência de Phury ou o próprio lado depredativo do guerreiro é o pior vilão que já foi apresentado na saga, é cruel.
Para ajudar Phury  foi intitulado Primaz da raça, aquele cara que irá engravidar as 40 escolhidas da virgem escriba.
O problema é que o irmão é virgem, celibatário desde sempre. E foi nessa loucura que ele conheceu a escolhida Cormia.

Cormia é uma fofa e é um prazer assistir ela descobrindo o mundo. Ela vivia do outro lado onde as escolhidas ficam e onde onde tudo é brando, nada tem cor! Então é lindo ver ela admirando as cores, os sons, a comida  e tudo o mais que era desconhecido. É claro que ela se apaixonou pelo Primaz e Phury por ela. Mas o relacionamento deles simplesmente não andava para frente. Me dava uma agonia, eu fiquei xingando o Phury muitas vezes.

Amei a relação de amizade entre Cormia e John, foi essencial na história para o crescimento dos dois personagens.

'' - Se não tivesse tido sapatos, vocês teriam ficado onde quer que estivessem por outra razão. Teria sido outra pessoa colocando outra coisa. Ou uma conversa. Ou uma porta que não ia abrir. Por mais que tenhamos livre - arbítrio, o destino absoluto é imutável. O que tem que acontecer acontece de uma maneira ou outra.''


O romance é pura emoção na reta final, não tem como não se emocionar lendo o reencontro de Tour e John (pai e filho) ou as cenas de Phury com seu irmão Z. Me peguei com lágrimas nos olhos três ou quatro cenas do final e foi lindo.
A introdução a história de Rehvenge, também acontece e o próximo livro promete ser pura emoção.

'' O Demônio que ela enfrentava não era nada com que seu irmão mais velho pudesse ajudar. Não havia uma cova aberta em que ele pudesse jogar os restos surrados e cheios de sangue do destino.''

J R Ward abusou das citações e eu amei; Edgar Allan Poe, Bram Stokor, Jack - O estripador e o Senhor dos Anéis foram citados para o meu divertimento. Desculpem a palavra, mas a autora é muito foda e eu amo ela.
Enquanto o lado do mau ganhou um vilão a altura da Irmandade (Graças a Deus!!) - o lado dos guerreiros ganhou um anjo, Lassiter o anjo irônico promete ser um dos melhores personagens a vir por ai.

'' Com aquela linda voz, Lassiter murmurou:
- Você não tem nada com que se preocupar. Os corretos nem sempre fazem o certo, mas suas almas permanecem puras. Você é puro no Âmago. Agora feche os olhos, imbecil, estou prestes a acender uma fogueira.''


Bem... Tenho paixão por anjos e vampiros, então esse série é um prato dos Deuses para mim. Para terminar uma salva de palmas para a relação Quinn e Blay e também para as futuras cenas Xhex e John, estou super ansiosa para o Amante Meu. No mais, adorei Amante Consagrado ele é essencial para a história e tem um dos melhores finais da Saga.

'' Quando encontrou o olhar azul- escuro de Tour, John sentiu como se os joelhos estivessem soltos. Tour fechou os olhos e abriu os braços. John correu até a cama e abraçou o pai com toda a força. O garoto enterrou o rosto no que costumava ser um peito largo e ouviu o coração que batia lá dentro... Os dois choravam até que não houvesse mais ar para respirar.'' 


Livro SETE: Amante Vingado!

'' Todos os Reis são cegos. Os bons enxergam isso e utilizam mais que sua visão para governar.''

Eu amo tanto esse livro! Acho que eu livro que se refere a personagens tão poderosos e fodástico, tem que ter um espacinho nas minhas releituras! Revh foi um protagonista tão bom, foi tão gostoso entender esse personagem. Ele que era todo malvadão, mostra que toda moeda tem seus dois lados e que a pessoal é capaz de mudar, de se superar!

Whath me fez sofrer loucamente nesse volume, esse foi outro livro que chorei muito! Um livro top!

'' Onde estava a verdade nas mentiras de Rehv? Havia alguma? Enquanto as imagens dele flutuavam diante de seus olhos, sondou suas lembranças, perguntando-se onde estava a divisão entre a realidade e a ficção. (...) Com uma dor que se espalhava, recordou seu corpo quente e agitado sobre o seu aroma de vinculação, seus enormes ombros se aproximavam e ficavam tensos enquanto faziam amor. Tinha sido lindo naqueles momentos, um amante muito generoso...
As vezes, o fato de ser obrigado a ser forte é suficiente para que realmente seja forte.''

Trechinho:

Amante Vingado é o livro dos poderosos, os personagens mais fortes, carismáticos e lideres são o foco da literatura. Os caras são realmente bons, temos três grandes sofredores no sétimo livro da Irmandade, O Reverendo - Rehvenge, o Rei Whath e o queridinho John.

Rehvenge ou Rehv era para ser a personificação do mal. O cara é traficante de drogas, cafetão e assassino. É o dono do Zerosun, um dos mais badalados e quentes '' Clube de dança'' de New york e para completar é um Sympatho ( Ou metade!).

''Sympatho: Subespécie dentro da raça vampira, caracterizada pela capacidade e desejo de manipular emoções nos outros.''

Um Devorador de Pecados como é chamado. Mas apesar de ele ser tudo isso os leitores já começam a história com uma simpatia pelo personagem, por causa dos livros anteriores, a devoção de Rehv pela sua mãe, pela sua irmã, a amizade fiel da Xhex (a Chefe da Segurança e melhor amiga de Rehv), a lealdade para com o Rei Whath e a Irmandade, e por fim o amor pela doce e boa Ehlena.
Tem como não amar Rehv? Tem como não torcer por ele? Tem como não entende-lo?

Rehv é chantageado e abusado pela princesa Sympato e sua meia- irmã para proteger seu segredo e de Xhex e para proteger as pessoas que ama. Vive dia e noite sobre efeito da dopamina para que seu lado mau fique adormecido, e a vinte anos matou seu padrasto por espancar sua mãe durante sua vida toda.
Quando ele conhece Ehlena (enfermeira) ele não se acha merecedor dela e ela não sabe os segredos dele. Mas a paixão e o amor acontecem e como resultado temos a aceitação de ambas as partes. Ehlena é o bem e Rehv (deveria) ser o mal. Juntos se completam, Uma parte de um grande todo.

John ganha cenas fortes e hots nesse volume e também uma bela introdução para seu livro o próximo da saga, Amante Meu, que promete ser intenso. Entre a rejeição de seu pai adotivo Tour e sua fixação por Xhex ,o garoto deu uma bela pirada, mostrando seu lado Bad Boy que não tem nada haver com nosso fofinho menino John, mas promete ser um grande guerreiro.

O Terceiro sofredor de Amante Vingado é o nosso Lindo Rei Whath, nosso amado rei que teve sua história apresentada lá no primeiro volume, Amante Sombrio, e que volta com tudo nesse livro.
Whath esta passando por um momento muito difícil... Chorei com ele!! E é essencial a presença de sua ''Shellen'' Beth e de toda a Irmandade. Para quem estava com saudades do casal vai ficar muito, muito feliz com as cenas bonitinhas e hots dos dois (Eu fiquei!).

'' George ficou sentado enquanto Whath procurava o Céu que ele não podia ver. Será que iria nevar, Será que o Céu estava nublado? Será que era possível ver as estrelas? Em que fase a lua estaria?'' Pg 656.
'' As vezes, sem aviso, alguém alcança esse lugar quieto onde você passa seu tempo sozinho e muda a forma como vê a si mesmo.
(...) - O futuro. - Beth sussurrou. - Esta em seus olhos.'' Pg 658.

O Livro é lindo, é envolvente, é rápido e ágil, apesar das suas 716 paginas é difícil parar de ler. Amante Vingado tem uma das capas mais bonitas da Saga e é ação, emoção, dor e amor em todas as suas linhas.
 

 Paula Juliana

24 comentários:

  1. Umas das minhas série preferidas em todo o mundo! <3
    AMo Wrath e Zsadist, mas tb amo os outros. Não tem como não amar cada um dos Irmãos e de suas Shelans. :3
    Phury foi uma surpresa, mas no fundo eu sabia que ele era incrível como a autora relatou na sua história.
    Fico um pouco chateada qndo ouço as pessoas dizendo que nem vão começar essa série, pq é enorme. Mas mal sabem elas o quanto estão perdendo com esses pensamentos bestas. São histórias incríveis e completamente viciantes.
    Parei em Amante Meu, e fiquei ainda mais apaixonada pelo John. <3
    Pretendo logo ler Amante Libertada, logo mesmo. Pq já quero ler O Rei. :p
    Adorei a nova coluna, começou com grande estilo. :)
    Resenha #158 - Manhã de Núpcias - Os Hathaways - Livro 4 - Lisa Kleypas .
    Confere lá!
    http://manuscritodecabeceira.blogspot.com.br
    Bjs.

    ResponderExcluir
  2. lINDONA SO UMA DUVIDA...
    WUANTOS LIVROS VC TEM EM SUA COLEÇÃO?
    KLKKK
    CURIOSA EU NE?
    MAIS COMO DISSE ANTES EM OUTRO POST,LEGAL PRA GENT QUE TA CHEGANDO AGORA,E LEGAL P VC VER A SUA EVOLUÇÃO...
    AMO ESTAR AQUI
    MIL BEIJOS
    www.zilandramakes.com.br

    ResponderExcluir
  3. Goatei da dica !!! bjs
    www.graziela-mendes.com

    ResponderExcluir
  4. Paula, adorei sua nova coluna!! Livros nunca saem de moda, e, os seguidores de hoje podem não ver o que você aprontou lá atrás. Super aprovo!!!
    Beijos gatona!!
    aculpaedosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Estava adorando sua resenha até a hora que você falou que estava adorando o fato de ter anjos e vampiros...
    A parte vampiresca me "brochou".... Não faz meu tipo!
    Beijos

    Little Bit of Glamour

    ResponderExcluir
  6. nossa que série enorme! hahahaha
    Confesso que eu fico com uma certa preguiça de ler séries, principalmente se elas ainda estiverem sendo publicadas!
    Prefiro esperar pra ler tudo junto! hahaha

    www.umbigosemfundo.com.br

    ResponderExcluir
  7. Essa coleção parece ser legal, fiquei curiosa.
    XoXo
    Mah
    http://mah-in-wonderland.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Adoro quando posso fazer mini-maratonas de séries que amo! rs... deve ter sido uma delícia mesmo pra você ler três livros em sequência. Pelo que conheço da série, acho que não curtiria, mas que bom que você ama tanto esses amantes! =)

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  9. Que série grande! Acho as sequências sempre instigantes, você acaba um e já quer o próximo. Essa coluna bem legal, pois são muitos lançamentos e assim dá um destaque maior às leituras favoritas.
    Bjús, Cih
    http://quadrofeminino.com/

    ResponderExcluir
  10. A resenha é tão interessante que eu acho que necessito de todos os livros da série pra ficar por dentro de tudo.

    ResponderExcluir
  11. A resenha está incrível!
    Mesmo não sendo o meu estilo de livro até deu vontade de ler depois de ler esta resenha.
    Bjs
    www.satisfashionbrazil.com

    ResponderExcluir
  12. Olá, não sabia que essa saga tinha citações de Edgar Allan Poe. Achei isso muito bacana, mas infelizmente não me interesso por essa série. No mais, eu sempre surto quando vejo citações de Poe mundo afora. Quando vi 'Ninfomaníaca' do von Trier e ele citou Poe, quis ama-lo pra sempre!

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, Paula.
    Essa série tem uma gama imensa de fãs e claro, para quem gosta essa é uma oportunidade incrível de dar uma relembrada na série. Porém eu não me sinto instigado pela série e não tenho nenhuma curiosidade em ler! Sabe, quando o livro não te chama? Pois é, acontece comigo e essa série! rsrs

    Abraços
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi,
    A coluna é super interessante tanto para você se lembrar dos momentos bons, no blog quanto para os seus leitores que, junto com você, vão passear nos seus amores literários. Nesse caso um universo enorme de uma saga longa.
    Eu não leria essa saga por duas razões 1) Ela é muito longa; 2) Não faz meu estilo literário. Mas fico feliz que você tenha colocado o Vale a pena ver de novo para ficar nostálgica com tudo aquilo que você já realizou no Overdose literária.

    Parabéns

    ResponderExcluir
  15. Oi Paula.
    Essa série está causando em mim a mesma sensação que JV: de tanto ouvir falar e ler sobre, tenho cada vez menos vontade de conhecer a história....é sou dessas, do contra, e quando vejo muito frisson em cima meu interesse foge.
    Sabe que pensando agora, acho nunca li uma série seguida, sempre leio os livros de uma série alternando com outros, tenho com medo de ficar saturada e abandonar tudo rsrs.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  16. Oie Paula,

    Sempre que venho aqui, você está falando dessa série, mulher quantos livros tem? Assim eu desisito de ler ela ahahah, muito livro pouco dinheiro, acho que alguém vai ter que me patrocinar essa série pra mim.

    Mayla
    http://meulivromeutudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Paulinhaaaaa
    Já disse que amo essa coluna, mas nunca li IAN, né?! Claro que já!
    Mas tenho que confessar que simplesmente amo algumas capas, como por exemplo a de Amante vingado!!!
    Eu acho que por mais que os fãs falem tão bem, ainda não me senti atraída por ele!
    Beijos
    Chrys Audi
    Blog Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir
  18. Hahahaha! Paula se empolgou mesmo com Irmandade da Adaga Negra. Vale a pena ver de novo e de novo e de novo. kkkkkkkk
    As fãs devem estar amando, mas pra mim não faz diferença porque sou antivampiro. =P
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  19. Eu adoro vampiros , li o primeiro da série e ameiiiiiiii o rei . Pena que são tantos livros que ainda não consegui continuar a série mas vou me atualizar . Eu sou fã incondicional de vampiros adoro . Paulinha adorei o vale a pena ver de novo. beijos
    Joyce

    ResponderExcluir
  20. Olá Paula!
    Eu sou suspeita pra falar dessa série pois amei todos os livros.
    O Amante Consagrado eu achei meio chato. O Phury é um fofo, super protetor, mas certinho demais. Por isso acho que a leitura demorou a fluir, mas isso não quer dizer que não amei a história. Amante Vingado foi tudo de bom, me entreguei na história de corpo e alma. Revh é muito intenso, MEU DEUS. Que saudade dessas histórias. Acho que vou reler todos. kkkkkkkk
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Paulinha, para tudo!!!!!!
    Sabe aonde estive esse fim de semana??? Em um evento da editora que falou da sua série tão amada, Irmandade da adaga negra!!!!! Pensei logo em você, se morasse por aqui te levava comigo, nem precisaria pedir não é mesmo??? Acho que você iria correr para lá, risos...
    E eles falaram que a autora vai continuar escrevendo enquanto so fãs quiserem, então, prepare-se para novos volumes.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi Paula,

    Eu amo a série e queria esses vampiros todos só para mim, rsrssrsrsrsrs. Eu gostei muito do livro do Phury, embora o meu preferido seja o Z, que eu amo de paixão. E do Revhe também gostei, ele é foda, rsrsrssrsrsrsrs.
    Eu estou querendo agora O Rei, afff, meu coração.
    Estou adorando o seu Vale a Pena ver de novo com IAN.

    Beijos,

    --
    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Paula do cééu. Para de me fazer passar vontade de ler essa série.
    Preciso logo ficar rica, sabia? hahaha

    Beijo

    ResponderExcluir
  24. Olá Paula
    Agora vou te falar.... Comprei a série quase toda só faltam os dois últimos, por sua causa, não tem como não se contagiar lendo suas resenhas e adoro essa sua coluna.
    Beijos

    ResponderExcluir