sábado, 2 de agosto de 2014

Resenha: Um Ano Bom - Ana Faria

Resenha: Um Ano Bom - Ana Faria
Classificação: 5/5 Favorito

Sinopse - Um Ano Bom - Ana Faria
Christopher é um aluno querido na escola, sempre cercado de amigos e garotas. Vivendo seu último ano do Ensino Médio, com uma vida confortável até então, Chris vê seu mundo abalado quando uma nova aluna surge na classe, atraindo seu interesse e despertando em seu coração sentimentos nunca antes experimentados. A princípio Chris e Clara pareciam ser incompatíveis, mas na medida em que vão se conhecendo, muito do que acreditavam começa a ser questionado e o amor surge inexplicavelmente.

''Certamente nós leitores sempre buscamos um ponto final nas histórias. Queremos que elas tenham início, meio e fim. Mas a vida real nem sempre é assim, as coisas muitas vezes terminam antes mesmo de começar, ou acabam sem mais nem menos. E, quando pensamos que terá um meio, um enredo, algo que poderemos recordar com carinho, o destino dá um basta. Dificilmente nossos sonhos são realizados e, quando há um fim, nem sempre é feliz.''

Confesso, que não sei bem como começar essa resenha. Passei o dia de ontem com um livro, que foi uma grande surpresa para mim. Ele é um romance juvenil, um romance que vêm com um gostinho de ''Um amor para recordar'', um romance que de tão simples, sincero e bonito. Se fez um desafio para resenhar. Estou falando do gostoso romance Um ano Bom, da talentosa autora nacional Ana Faria.

Esse foi meu primeiro contato com a autora e espero que venha muitos trabalhos dela por aí para que eu possa apreciar.

Um ano Bom, conta como Clara e Christopher se apaixonam. 
Chris um garoto popular. Bem sucedido em tudo socialmente. Ele é aquele garoto! Aquele que sempre tem no colégio de todo mundo. O atleta, popular, o líder do grupinho fechado, o mais bonito, o que todas as meninas suspiram. O que pode ter a garota que quiser!

Clara! É a novata. Vinda para a nova escola porque foi convidada a se retirar da antiga escola - leia-se EXPULSA. Ela não é a menina convencional, não é a patricinha, a bonitinha, a riquenha. Ela é toda diferente, com seu cabelo tingido de vermelho, com sua personalidade quieta - meia raivosa, com suas roupas ''não to nem aí''. Ela não é uma menina que não se olhe. E Chris a olhou!

Enquanto a menina mais bonita da escola a tachou de a Esquisita e o grupinho dos populares a olha torto. Chris se vê instigado a chegar perto dessa garota. Ele quer conhece-la melhor, e não é para pregar uma peça, humilha-la, ou zombar. Ele não é nenhum babaca, ele quer decifrar essa menina. A sua menina! E é aí que nosso romance mega fofo começa.

''Sim. Ele é bonito, diferente dos outros, único, é disciplinado e inteligente, mas ao mesmo tempo é rebelde e feroz. Mesmo quando está rodeado de pessoas e companheiros de jornada, ele se senti sozinho e nunca confia em ninguém totalmente.''

É um livro muito gostoso mesmo de se ler. Ele me conquistou e me fez ir lendo, lendo e lendo e terminei em um dia! A Autora fala de muitos assuntos, tendo como pano de fundo o romance. 

Clare é atacada na escola, sofre preconceito porque é diferente da maioria. Acho que todo mundo já conheceu alguém que sofreu, ou presenciou alguma cena de humilhação na vida. Sabem como o ''ser diferente'' incomoda as pessoas?   

É triste! Mas a adolescência é um período difícil para alguns! Sempre vai ter o cara mais bonito da escola - nem sempre ele vai olhar para você como nos filmes e livros. Sempre vai ter aquela vadia que vai te incomodar. Algumas vezes você vai ser ridicularizada, ou porque você é nerd demais, ou porque é tímido demais, ou podre, ou você não se veste como as demais pessoas, ou se comporta como as demais, ou sua família é estranha, você é estranho, ou você não é bom o suficiente em esportes, ou é gordo, ou magro demais. O fato é que as pessoas podem ser cruéis.

Clara foi abandonada pela mãe quando ainda era pequena. Criada pelo pai, que por causa da rejeição - ou não, ficou cada vez mais frio. Ela sempre teve problemas de aceitação. Não se achava bonita, antissocial, introspectiva, mais muito, muito inteligente! Gostava de ler, de escrever, tinha suas notas sempre boas.

Tudo que ela queria nesse ano, era que ele passasse logo! Para que ela enfim se tornasse adulta e livre! Um ano Bom!
Bem... O relacionamento com Chris, a descoberta do amor, próprio inclusive, a família, a fé, as descobertas e superações que a vida pode proporcionar fazem Clara mudar e dar uma bela lição para nós leitores. 

Chris é um fofo! O típico menino da literatura, dos filme fofo de cinema, enfim... Ele deu UMA mancadinha durante a história toda e de resto, foi um amor sempre! Apaixonante!  

Uma coisa que gostei muito foi a relação dos personagens com Deus. Como a autora soube falar de Deus, da fé sem parecer piegas, foi muito especial e transmitiu uma mensagem muito bonita. 

Os personagens são muito bons e divertidos. O casal protagonista apaixonante. A vilã um pé na bunda, mas muito legal o final, principalmente o dela. Os secundários fofos também, aproveitando para levantar a bandeira da gravidez na adolescência e a importância da amizade!     
         
Super Indico! Para mim foi uma leitura leve, gostosa e agradável. Me fez refletir sobre muitos temas, aproveitando as situações algumas boas e divertidas do último ano do colégio e abordando temas mais polêmicos e que devem ser discutidos! Um livro sobre crescimento, amizade, família, amor, perdão e liberdade!    

''Eu amo você! Você é a única garota que eu amo e a única que eu quero. Quero sonhar, fazer planos, viver, confiar, me entregar. Quero você cem por cento.''

Paula Juliana

21 comentários:

  1. Olá Paula, não costumo ler livros do tipo, essas histórias funcionam melhor comigo em um filme, mas confesso que fiquei um pouco curioso com a história. A adolescência é realmente um período conturbado, pra mim é uma fase triste e cheia de novidades no mínimo chatas. Gostei da resenha e quem sabe eu acabe dando uma chance ao livro.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  2. Oi,Paulinha.*-*

    Pela sua resenha parece ser um livro fácil de se ler e que nos deixa querendo mais. Fiquei muito interessada na leitura dele.
    Passar a adolescência não é fácil pra alguns jovens e adorei a construção da personagem principal, Clara. Quero saber porque ela foi expulsa da outra escola.

    Visite: Paradise Bookss

    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paula, entre em contato comigo para adquirir o livro. Acredito que você vai gostar muito da história. Aproveite o preço da Bienal do Livro de Minas. Vem com bóton e marcador. Abração.
      https://www.facebook.com/AnaFariaescritora

      Excluir
  3. Olá! Este livro me chamou atenção por ser de um gênero que eu gosto: romance. Ah, eu não recuso uma leitura de romance, principalmente entre adolescentes. Tudo na adolescência é mais divertido - e louco - rsrs.

    Abraço, www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Amiga, esse livro parece uma delícia de ser ler :P
    Ultimamente quase não tenho lido romances fofos (estou mais para romances quentes), mas tem dias que me dá uma vontade de ler algo assim, mais leve, mais puro rsrs
    Adorei a resenha, e quem sabe se eu tiver a oportunidade eu o leia :)

    Mega Beijos!
    http://aculpaedosleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Adolescentes podem ser terríveis né? Gostam de humilhar uns aos outros, e as vezes machucam alguém sem motivo. Sendo um livro voltado para eles acho super interessante que discuta pontos que estão presentes no dia a dia deles! Esses livros são bons para aqueles pais que têm dificuldade em conversar com os filhos né?
    Beijos
    Porão da Liesel
    Facebook: Porão da Liesel

    ResponderExcluir
  6. Oi, Paula.
    Confesso: não sou muito fã de romances fofos e doces e meigos! hahaha Gosto mais daquela pequena de ação, adrenalina. Enfim, porém daria uma chance ao livro só pela sua resenha. Acho que acabaria devorando o livro por ter essa pegada juvenil que eu aprecio em um livro!

    Adorei sua resenha! E quero conhecer o Chris e a Clara! *0*

    Abraços
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom....

    ResponderExcluir
  7. Oie Paula,

    Assim que vi essa capa fiquei louca pra lê-lo, depois da resenha fiquei ainda mais apaixonada e com a comparação com Um Amora para Recordar, só me fez ter ainda mais vontade de ter esse livro, parece clichê, mas é aquele clichê, que eu gosto de ler!

    Mayla
    http://meulivromeutudo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mayla,
      se gostou de Um Amor para Recordar vai amar UM ANO BOM. Entre em contato comigo e aproveite a promoção da BIenal do Livro de Minas. Vem com bóton e marcador.
      https://www.facebook.com/AnaFariaescritora

      Excluir
  8. Olá, amo livros que trazem dramas reais, coisas do cotidiano, livros assim tendem a me ganhar, e com esse não foi diferente. Acho que toda escola devia adotar algum livro do gênero, para ensinar a importância do respeito com aquele taxado de "anormal".
    Ótima resenha!

    Beijooos!
    Vivendo em Livros

    ResponderExcluir
  9. Sou fã de livros juvenis por muitas vezes serem leves, com sua resenha já está anotado aqui para ler e pelo jeito será uma leitura rápida e muito prazerosa. Não conhecia esse livro ainda , ótima dica . Qual será a mancado do mocinho hein , já fiquei curiosa rs. beijos
    Joyce

    ResponderExcluir
  10. Uma palavra pra definir a sinopse: CLICHÊ. Essa história tá hipermanjada, mas se ela fez um bom trabalho dá pra gente ler sem ficar enjoativo. Se não me engano, o selo Ases tem a curadoria da Lycia, e eu amo a escrita dela; de repente ela aprovou/orientou de forma a ficar bom.
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  11. Não seria um livro que eu compraria, mas se alguem me emprestasse, eu leria hahaha! A história parece meio clichê, mas pelo visto a escrita da Ana faz com que a leitura seja bem mais simples de completar! Fiquei mais curiosa sobre os assuntos abordados alem do romance, afinal a adolescencia tem tanta coisa pra ser discutida né? =D Aguardo resenhas de outras obras dela, para eu poder acompanhar melhor ^^

    ResponderExcluir
  12. Eu diria o mesmo que a Ligia não compraria esse livro, mas se ganhasse ou alguém me emprestasse iria ler e também indicaria para adolescentes. Beijos!

    http://www.blogvivereaprender.com/

    ResponderExcluir
  13. Ótima resenha!!!
    Livros juvenis sempre é bom, dá para lembrar da adolescencia
    Bjs
    www.satisfashionbrazil.com

    ResponderExcluir
  14. Super lembrei do meu colégio, lá as pessoas não eram expulsas, e sim convidadas a se retirar! rs... sem comentários. mas sei lá, faltou algo para o livro me interessar de verdade. Não consegui perceber um diferencial. Mesmo que o menino tenha dado só uma mancada, que o romance tenha sido fofo e que sirva pra gente refletir sobre temas importantes, por enquanto não vou ler.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  15. Já gostei! Esse menino merece aplausos cara. E a autora também por fugir do convencional..
    Sempre que a 'estranha' e o popular se conhecem é por causa de algo que deveria ser para sacaneá-la.
    Enfim. Adoro o gênero e pelo que você falou acredito que eu já gostar do livro =))

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  16. Olá Paula, bom flor vejo que você gostou bastante da leitura do livro, contudo lendo a sinopse e depois sua resenha, eu não consegui gostar. Sei lá acho que o motivo de ser um romance juvenil,foi o que não me agradou muito. E quando você ressaltou ali sobre religião... ai que realmente não interessou. Li estes dias um livro que trouxe um romance e forçou muito o negocio de religião e acabei que não gostando da leitura e por isso acho que depois disso, eu meio que corro disto. hahahahahaha
    Contudo sua resenha esta incrível e tenho certeza que haverá muito leitores interessado na historia. Parabéns pela resenha flor.

    Beijokas Ana Zuky

    ResponderExcluir
  17. Olá Paula, tudo bem???
    Menina já gostei do livro pela capa... achei a arte muito bonita e principalmente as pinturas das unhas. Só não fiquei curiosa com o nome do livro, mas depois da leitura de sua resenha fiquei encantada pela história e realmente não tive como não pensar no filme um amor para recordar... e posso te dizer que quero esse livro... porque gostei do enredo proposto, da premissa e de tudo mais... Xero!!!

    ResponderExcluir
  18. Olá Paula!
    Que livro fofo.
    Parece ser uma história muito boa e leve como você mesmo falou. Adorei a questão de abordar temas polêmicos, por que isso nos faz refletir. Outra coisa que gosto nesse tipo de livros é você voltar na sua época de colégio. É muito bom você relembrar.
    Amei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://www.eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Amigos, quem quiser o livro UM ANO BOM entre em contato comigo e aproveite o preço promocional da Bienal do LIvro de Minas.
    https://www.facebook.com/AnaFariaescritora
    Abração.

    ResponderExcluir