sábado, 18 de outubro de 2014

Resenha: Rendição - Trilogia Surrender - Livro 01 - Maya Banks

Resenha: Rendição - Trilogia Surrender - Livro 01 - Maya Banks
Classificação: 4/5 
Ebook  - Cortesia Editora Leya.

Sinopse - Rendição - Trilogia Surrender - Livro 01 - Maya Banks
NESTA NOVA SÉRIE, MAYA BANKS ULTRAPASSA OS LIMITES DO DESEJO... 
Em sua sensacional trilogia erótica, Breathless, a autora best-seller do The New York Times Maya Banks, testou os limites do desejo. Nesta nova coleção, a trilogia Surrender, só há uma coisa a fazer: ultrapassá-los. E nunca as consequências da descoberta do prazer foram tão irresistivelmente convidativas, surpreendentemente íntimas e totalmente inesperadas... 
Josslyn encontrou perfeição uma vez, e ela sabe que não vai encontrá-la novamente. Viúva, ela procura a única coisa que seu amado marido, Carson, não pôde dar a ela: dominação. Solitária e em busca de uma saída para seu luto, Joss encontra um clube exclusivo, que recebe pessoas a fim de realizarem suas fantasias mais hedonistas. Ela nunca imaginou que encontraria lá o único homem que tem sido, por muito tempo, sua fonte de conforto e desejo secreto o melhor amigo de Carson. 
Dash viveu uma situação insustentável por anos, apaixonou-se pela esposa de seu melhor amigo, mas reprimiu essa atração. Tudo começa a mudar quando ele encontra Joss em um clube dedicado aos mais obscuros limites do desejo. Por que ela estaria num lugar como aquele? Ela faz alguma ideia de onde estaria se metendo? Mas Joss sabe exatamente aquilo que quer e precisa! 
Para Dash só resta uma alternativa: se ela quer dominação, ele é o único homem que vai guiá-la por este mundo. O único que vai tocá-la, apreciá-la, amá-la... E o único a quem ela vai se submeter para sempre!

''-Esperei muito tempo por você, Joss. Pensei que você nunca seria minha e aceitei, porque você e Carson eram felizes. Mas, como você mesma disse, ele se foi e eu esperei uma eternidade pelo momento certo, até você estar pronta. Talvez tenha esperado demais, ou talvez o momento certo tenha chegado. Mas se acho que vou ficar de lado e permitir que outro homem coloque as mãos no que considero meu, você está enganada.''

Entrega não apenas física. Entrega emocional! Coração. Mente. Alma!
Se entregar e arriscar. Mesmo sem garantias. Sem medo. Se sentir bonita, feminina, mulher novamente! Viver!
VIVER é correr riscos!

Amo a autora Maya Banks. Já faz anos que leio os livros da autora, ela sempre me conquista por sua originalidade, e pelo modo que escreve, sem medo de ser criticada, de uma forma direta e muitas vezes forte, pesada e até chocante. Então quando comecei Rendição, esperava mais disso, porém, eu encontrei um romance bem mais leve e romântico dos que estava acostumada a ler da escritora!  Podem me perguntar, isso é uma coisa ruim, Paulinha? Não! Não foi ruim, foi um bom romance adulto, apenas foi diferente, e pude conhecer um novo lado da autora, um lado mais leve e sutil.

Rendição fala de uma forma bem simples do relacionamento de Dominação e Submissão. Quase como se a autora, quisesse explicar como isso funciona. O porque de uma mulher querer esse tipo de relação, a sutil diferença, entre precisar de algo assim e o querer algo assim, para se sentir completa.

Maya foi muito Boazinha. O apelo do livro é muito mais emocional, do que físico. Claro, que sendo um livro adulto, temos sim, sexo, e sendo sobre Dominação, temos uns elementos não tão convencionais. Mas para mim, foi um livro estritamente romântico e leve. Com o foco totalmente ligado no emocional dos personagens e seus medos, aflições e desejos românticos. 

''Ele era o dominante e ela era a submissa, mas agora todo o poder estava com ela. Isso porque, sem Joss, o poder dele não significava nada. Sem o precioso dom da submissão dela, a posição dominante de Dash não queria dizer nada. Sua vida não fazia sentido.''

Joss não acreditava que poderia encontrar o amor verdadeiro duas vezes na mesma vida, depois da morte de Carson - seu marido, ela viveu seu luto por três anos, até que chegou um momento que isso estava a matando. Chegou a hora de seguir em frente! 

Ela precisava de algo mais, Joss sentia que faltava uma parte de si que precisava ser preenchida, e que não pode ser prioridade em seu primeiro casamento. Submissão. Joss queria se entregar plenamente para alguém, queria ser cuidada, protegida e amada, da forma mais intensa que um ser humano pode se entregar. Ela queria ser Adorada. E testar todos os seus limites! 

Carson, o falecido, era um homem que sofreu muito na sua infância, juntamente com sua irmã, com um pai abusivo que usava de todos os modos cruéis de violência e tortura. Então, para Carson era impossível, usar de qualquer forma de dominação com Joss, sendo ela na cama, ou fora dela. E Joss sabendo dos traumas do marido, nunca pediu ou exigiu isso dele. Com a morte de Carson. Joss agora, anos mais tarde, quer se encontrar, em esse outro lado de seus desejos. Sendo que isso, esse desejo, faz parte de quem ela realmente é!   

O mocinho:
Dash. Um homem atormentado por amar a mulher de seu melhor amigo!
Dash. Amou Joss, desde o primeiro momento que a viu pela primeira vez. Ele se sentia culpado e traindo seu melhor amigo, por desejar de forma tão intensa sua mulher; até que semanas antes do acidente de carro que matou Carson, o amigo pediu a Dash, que se acontecesse algo com ele, Dash cuidasse e amasse, Joss com todo o seu coração. Carson sabia do amor de Dash por Joss, e também sabia, que nunca Dash iria o trair.

CONFIANÇA! 
Carson amava e confiava em Joss e Dash. E esse sentimento, era comum em todos os lados desse triangulo. Quando Carson morreu, Dash foi o amigo que Joss precisava que ele fosse. Porém, agora que Dash encontrou com Joss no clube de Dominação e submissão que ele frequentava, Dash iria ser muito mais, era chegada a hora de Dash conquistar a mulher que sempre quis.
Isso mesmo! Joss, depois de meses pesquisando, achou um clube onde podia procurar o que tanto desejava. Ela só não esperava ser arrastada do lugar, por um Dash furioso e ciumento! 
Cartas na mesa. Joss explica o que busca para sua vida. E Dash declara seu amor para a moça, com o bônus extra, de ''Sim! Sou um Dominador Joss! E agora que você sabe e quer isso, você será minha, e de mais ninguém.'' 

Intensidades a parte! É ai que nossa história desabrocha! 

Carson é uma frequente no livro, ele está lá o tempo todo na mente dos dois protagonistas. Dash sente ciumes, Joss se sente culpada. E ao mesmo tempo, ela descobre que ama Dash e quer que o relacionamento siga em frente. Joss me irritou muito, ela repetia a mesma ladainha, sabia o que queria e se culpava por isso, Dash por amar ela, parecia que sempre estava tratando de uma boneca, mais marido fofo do que dominador sedutor. E isso me irritou constantemente. Pois eu queria que a história andasse mais rápido, fosse mais direta. Em comparação, Maya arrasou no desenrolar da história, nos detalhes de personalidade dos personagens. Deixando bem claro, que nessa obra, não temos uma grande vilã, ou um grande vilão, os próprios mocinhos fazem esse papel, ao se sabotarem com seus sentimentos e pensamentos.

Por isso foi um livro interessante. Um drama bem elaborado que já abriu introduções para os seguintes livros, que ira contar as histórias dos personagens secundários, que convivem no grupo de amizades de Joss e Dash. E com toda a certeza estou, muito ansiosa para o segundo livro que vai contar a história da irmã de Carson e de Jensen - o sócio de Dash, que foi o personagem que mais gostei nessa obra.

Rendição fala de confiança, de amor, de entrega. Fala do medo de viver a vida e de se concentrar em nós mesmos, deixando quem nós somos e o que queremos em primeiro lugar. Indico essa obra, para quem gosta do gênero, quem quer conhecer uma Maya Banks, mais leve, sutil e muito romântica.    

''- Você dormirá na minha cama toda noite. Haverá noites em que vou amarrá-la para que fique indefesa e dependente de mim para tudo. Farei amor com você enquanto estiver espalhada e amarrada nas colunas da minha cama, seu corpo disponível para mim quando eu resolver tomá-lo. E vou possuir você com frequência, Joss. Antes de irmos dormir. Durante a noite. E será a primeira coisa de manha, antes mesmo que você esteja completamente acordada. Vou penetrar em seu lindo corpo e serei a primeira coisa que vai sentir de manha. Serei a última coisa que vai sentir antes de dormir a noite. E irá para cama sabendo que é minha que me pertence, de coração e alma. Não terá como duvidar disso, porque não passará um dia sem que eu prove isso para você.''

Paula Juliana

28 comentários:

  1. Ainda não li nada da autora acredita? Mas se for começar vou começar por esse. Prefiro os romances mais leves hehehe. E fiquei interessada no "romantica" hehehe. Parabéns pela resenha.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Não li ainda e eu jurava que não era "hot", na verdade não leio sinopse só vejo criticas, agora fiquei meia assim, mas darei chance pq sempre tive curiosidade
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Paulinha linda, recebi o livro tbm, e morro de curiosidade de conhecer Maya Banks, só preciso daquele tempinho!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  4. Oieeeeeeeeeeeeeeee!
    Ainda não li nada da Banks mas adoro essas capas hehe, não sabia que era do gênero erótico, não sou fã massua resenha me despertou enooooorme curiosidade. LINDA RESENHA (♥)

    Beeijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Lindonaaaa
    a historia e bem legal,o tipo de leitura que nos prende...
    Mais aqui o cara e tarado heim?
    kkkkk
    uma mistura de amor e obsessão foi o que senti nele..To certa?
    mais que o livro parece bom isso sim..adorei a resenha amiga
    Mil beijos
    www.zilandramakes.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Paulinha tudo bem ?
    Gostei da resenha e me fez pensar em algumas coisas sobre este livro.
    Fiquei confusa se leria ou não . Mesmo assim parabéns !!
    Gostei muito de saber mais do livro e de conhecer a autora.

    Beijinhos da Lêeh

    ResponderExcluir
  7. parece ser muito bom... estou precisando mesmo de livros novos, vou procurar sobre este!

    Ótima semana ;)
    Blog da Cristtine

    Fan page

    ResponderExcluir
  8. Paula, tudo bem?
    Eu ainda não tinha lido resenhas desse livro, e sou super fan da Maya Banks. Devorei sua resenha e fiquei doida pelo livro, corri no submarino pra ver preços e tal. Logo que puder vou comprar e ler.
    Obrigada pela dica. Amo romances eróticos.
    Beijos
    Viviane
    Razão e Resenhas

    http://vivianeblood.blogspot.com.br/2014/10/resenha-outlander-viajante-do-tempo.html

    ResponderExcluir
  9. Oi Paula, tudo bem ?
    Eu adorei a sua resenha. Não conhecia essa autora tampouco gostava desse gênero mas sua resenha foi muito cativante e mde deixou com uma pontada de curiosidade sobre os livros dela.Vou procurar saber mais.
    Adorei sua resenha.
    Abraços

    Italo T.
    http://www.ler-e-ser-feliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Paula!Tudo bem?
    Nossa suas resenhas me deixam louca de curiosidade para saber mais um pouco da história hehehehe
    Acredita que não li nada dessa autora?Apesar dela ser super recomendada não tive interesse de ler nada dela e pela sua resenha fiquei encantada com o livro.
    Adorei o jeito que você escreveu sobre os personagens e quero ler Rendição agora! kkkk
    Ótima resenha,meus parabéns.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  11. Oi amiga
    Não li nada da autora ainda, mas esse livro não me chamou atenção, mesmo sendo um tipo de leitura que adoro.
    Quem sabe futuramente me interesse por algum livro dela.
    Sua resenha como sempre está ótima!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Gosto desse tipo de leitura, adorei a dica e a resenha
    bjs
    www.grazielamendes.com

    ResponderExcluir
  13. Paulinha lindona a autora é conhecida mesmo por cenas fortes e eróticas, já li algum livro dela e gostei, esse pelo visto veio mais suave na parte caliente rss. Vou colocar na lista para ler e me encantar pelo casal protagonistas em suas descobertas. beijos l

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  14. Oi, Paula-flor!
    Eu já li vários livros sobre essa relação de poder e submissão. Alguns até conseguiam elevar isso a um nível mais profundo do que apenas ao erótico, mas a maioria se mantém apenas entre quatro paredes. Pelo que percebi, esse livro não é assim. É um livro que consegue desvendar os mistérios psicológicos e afetivos por detrás desse tipo de relacionamento, sem perder com isso o erotismo. Gostei! Vou procurar conferir. :)
    Beijos, flor!

    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. já ouvi falar dessa autora mas não li nada dela ainda gostei da resenha e da capa do livro bjus

    ResponderExcluir
  16. Pelo ótimo post o livro parece que pode prender nossa atenção
    da primeira à última página, e com fortes emoções.
    Estou enganada?
    ;)

    ResponderExcluir
  17. Paulinha, você sabe que não sou lá muito fã do gênero... mas quando você disse que esse livro é mais leve e romântico fiquei até interessada. Achei bem interessante essa abordagem da dominação feita pela autora, diferenciando o precisar e o querer algo do tipo, e curti bastante o foco estar no emocional. Você me fez querer ler um livro da Maya Banks! =)

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  18. Também não sou fã do gênero, mas pela ótima resenha, me interessei pelo livro, eu não conhecia a autora. Obrigada pele dica!
    Bjús
    http://quadrofeminino.com/

    ResponderExcluir
  19. Oi,

    Eu tenho apenas um livro dessa autora, mas ainda não criei coragem de ler. Esse me parece mais minha praia, talvez tenha comprado o primeiro livro errado! rs
    Adoro esses romances com muito drama, então com certeza vou gostar! ;)

    Mil beijos
    Silêncio Que Eu To Lendo

    ResponderExcluir
  20. Oi Paulinha, tudo bem???
    Sabe que nunca li nada da autora??? Confesso que não gosto muito do assunto de dominação e submissão, não me sinto confortável, mesmo que a autora tenha abordado esse tema com um diferencial. Esse tema virou moda, sabemos quem é o culpado, risos...
    Só por causa do tema, eu não leria.
    Mas isso é uma escolha pessoal, não tem nada a ver com o livro. E independentemente disso, sua resenha como sempre está ótima, se não fosse por esse detalhe, com certeza teria me convencido a ler.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Achei a capa um pouco sem graça, não conseguiu despertar minha curiosidade, mas como fui vendo que tua resenha estava sendo bem construída, me rendi e li tudo para conhecer a obra kkk

    O livro não faz muito meu estilo. Esse negócio de dominação e submissão não prendem minha atenção, não consigo manter o foco :( Por este motivo acho que não vou ler o livro, apesar da nota boa que tu deu pra ele!

    Bjs
    www.confraria-cultural.com

    ResponderExcluir
  22. Oi Paulinha,
    adoro suas resenhas.. já disse que são sempre apaixonadas né. Deixam a gente sempre com um gostinho de querer ler e apreciar o livro. Mesmo não sendo um livro que da minha preferência, é capaz de eu acabar lendo sim.
    bjs
    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Oi moça, tudo bem por aí?
    Que bom que a autora te conquistou mesmo com uma pegada mais leve no romance, sinal que ela sabe como envolver seu leitor.
    Apesar do livro tratar assuntos como confiança e amor, ainda não tenho a intenção de ler porque o assunto principal não é um dos meus preferidos: erótico, dominação, submissão, os temas ainda não conseguiram me conquistar.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  24. Eu amo os livros da Maya Banks,mas esse ainda não li e fco imaginando a mistura super excitante de dominação e amor.

    Preciso desse livro!!!!

    bjsss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir
  25. Oi Paulinha, tudo bem?

    Menina, jurava que esse era um lançamento de Novembro, porque acabei pedindo o ebook da Leya só agora D: . E sabe o porque solicitei ele? Uma só palavra define: PUTARIA <3
    DSAHUIDHUIASHUIDHUASHUASHUIDHSAHD

    Estou super curiosa. Espero lê-lo em breve!

    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Olá!!

    Fui procurar alguma resenha antes de efetuar a compra do e-book e olha, convenceu!! Não sou muito fã de literatura erótica, pois me sinto sei lá, envergonhado por lê-los (é, já tive certo preconceito literário com esse gênero e ainda não me rendi a 50 tons, embora tenha no Kobo Glo). rsrsrs

    Até mais

    ResponderExcluir
  27. Olá Paula,
    estou a ler este livro, mas em inglês e confesso que não estou a gostar muito... Por isso decidi pesquisar opiniões e encontrei a sua e a dos leitores que comentaram. Ainda só vou a meio, mas acho a história demasiado narrativa e repetida. Não sei se o mesmo acontece com a versão traduzida, mas os diálogos são repetidos n vezes ao longo dos vários capítulos. Parece-me haver falta de originalidade, ao ponto de a autora estar sempre a repetir as mesmas frases, expressões. Também acho que a história enrola demasiado... Alguém acha o mesmo?

    ResponderExcluir
  28. Ola!!!

    Adorei sua resenha. Ja li o primeiro e o segundo volume dessa serie. Nao consigo encontrar em lugar nenhum o terceiro volume, que seria Veneraçao. Sera qie vc poderia me indicar algum linkin ou site que eu posso encontrar???


    Obrigada, bjs

    ResponderExcluir