quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Resenha: Da Guerra dos Mares e das Areias - Fábula sobre as marés - Pedro Veludo

Resenha: Da Guerra dos Mares e das Areias - Fábula sobre as marés - Pedro Veludo
Classificação: 5/5 ♥ Favorito
Editora Quatro cantos - Skoob

Sinopse: Da Guerra dos Mares e das Areias - Fábula sobre as marés - Pedro Veludo
Em "Da Guerra dos Mares e das Areias" Pedro Veludo conta uma fábula encantadora sobre o mecanismo das marés nos primórdios da Terra. O eterno ir e vir das ondas sobre as areias aparece como um conflito, uma batalha entre os personagens. Mas o búzio rosado propõe uma conciliação entre os barulhentos mares e as silenciosas areias. A pequena concha também sugere a Lua como mediadora do acordo de paz, ficando responsável pela regulação das marés. Murilo Silva, para ilustrar o poético texto de Veludo, embarcou nos movimentos espirais dos búzios e criou patterns para os personagens. As lindas cores da natureza, expressas nestas espirais que se multiplicam, criam uma deliciosa sensação de movimento e tridimensionalidade. "Da Guerra dos Mares e das Areias" foi especialmente criado para encantar os pequenos, mas os adultos sairão igualmente maravilhados pela obra depois de leitura compartilhada.

Imagine-se perdido em uma praia, seus pés tocando aquela areia fofo, gostosa, macia... Olhe para a frente e enxergue com os olhos do coração a magnitude e longevidade das escuras águas do mar. O doce silencio da areia, o doce som das ondas do mar. Você não tem ideia de tudo que aconteceu desde o inicio dessa história, para você sentir, se deslumbrar e sonhar apreciando essa linda e cheia de paz maré. Mas Pedro veludo veio com tudo para contar essa fábula tão cheia de sensibilidade para nós, com o livro: Da Guerra dos Mares e das Areias - Fábula sobre as marés!

Eu fico realmente encantada quando leio contos, fábulas, textos infantis, e como eles são bonitos, cheios de significados e magia. Esse é o tipo de livro que quero guardar com muito carinho para um dia ler para meus filhos. Sim, é um livro infantil, mas eu como adulta posso afirmar que ele esconde muito em suas páginas e que não existe idade ou rótulos para apreciar uma obra assim!

É um livro puro, curtinho, muito bem ilustrado. Com cores e desenhos que lembram as areias e os mares. Recebi em parceria com a Editora Quatro Cantos, o peguei  ontem e vim lendo no ônibus mesmo, estava com minha mãe, e juntas embarcamos nessa história. Uns dez minutinhos lendo, terminamos, olhamos uma para outra e exclamamos o quanto lindo é esse pequeno livro!

A obra conta a história da formação das marés, conta como a areia e o mar entraram em guerra porque cada um queria encontrar seus espaços nesse grande mundo. E no fundo, não é o que cada pessoa quer? Encontrar seu caminho? Seu lugar no mundo? E nós também não causamos guerras para isso? A areia e o mar não se aceitavam. Um era silencioso demais, outro era barulhento demais, eles não queriam ceder, não queriam aceitar um ao outro, não queriam dividir! Até que um dia alguém encontrou uma solução! Para descobrir vocês terão que entrar nessa fábula maravilhosa e viver esse dilema junto com nossos personagens!

Nessa guerra ninguém ganhava, ou perdia. Mas nós quando entramos em guerra com alguém, com algo, ou mesmo com nós mesmos somos grandes candidatos ao sofrimento. Então seja você a areia, seja um pouquinho mar também, aceite as pessoas e a si mesmo, seja um Búzio e seja a Lua. E leia essa doce história, um livro que é lindo por dentro e por fora, uma grande lição, uma fábula sensível é bonita que sabe tocar dentro do nosso coração! 




''Todos procuravam seus lugares, com harmonia, ou melhor... Quase todos.
Os mares viviam em guerra com as areias.
As areias queixavam-se que não podiam descansar, que os mares faziam muito barulho... Era aquele marulhar as ondas a toda a hora, sem parar.''



''Por seu lado, os mares reclamavam da dificuldade em conviver com o silencio das areias. Um silencio tão profundo que os deixava sempre alerta, ansiosos, aguardando um som que o quebrasse.''




Paula Juliana

12 comentários:

  1. Olá Paulinha
    Não conhecia esse livro e achei a história bem interessante
    As ilustrações me chamaram a atenção e fiquei curiosa para ler pra minha baixinha.
    Dica mais que anotada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo o livro, pelo menos é o que vejo nas imagens que você postou. Também adorei a resenha, é o tipo de livro que faz sucesso com meus filhos aqui em casa. Ótima dica para o Natal, obrigada.
    Beijos
    Vivi
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito da sua resenha, vou procurar ele pela internet para da-lo de presente para a minha priminha, acho que ela vai gostar!
    Bjss!

    ResponderExcluir
  4. Ainnn que livro amor Paula! COnfesso que nem passo perto deles na livraria, mas você vem fazendo gostar, já é o segundo livro que vejo aqui que me chama a atenção! Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  5. Oi, Paula!
    Adoro as lições que as fábulas nos ensinam :)
    Com certeza é uma dica que vou anotar porque tenho sobrinho pequenos e sempre compro livros assim para ler para eles.
    Fora que a capa é muito bonita!
    Obrigada pela dica!
    bjs!

    ResponderExcluir
  6. Paulinha, eu não conhecia o livro ainda, mas o achei tão fofinho e lindinho que quero ele na minha estante, mesmo que eu demore para ler *-*

    bjs♥

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia o livro e sinceramente, pela capa e sinopse eu não me interessaria por ele nem um pouco, mas lendo sua resenha é impossível não ficar com vontade de ler esse livro!

    ResponderExcluir
  8. Oi Flor!
    Encantada é a palavra que define como estou após ler sua resenha. Eu não conhecia o livro, mas simplesmente me apaixonei pela história. Geralmente fábulas são simples, mas o ensinamento que nos trazem são sempre profundos.
    "E no fundo, não é o que cada pessoa quer? Encontrar seu caminho? Seu lugar no mundo? E nós também não causamos guerras para isso? A areia e o mar não se aceitavam. " Por esse trecho percebe-se como somos como mar e areia, todos buscando seu espaço, com a diferença que alguns se adaptam ao ambiente e as situações, e outros fazem guerra...
    Adorei!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Adoro livros voltados para o público infantil, tenho uma coleção, quais leio para os meus sobrinhos e acabo também aproveitando a história. Da Guerra dos Mares e das Areias parece ser muito legal, e assim que eu tiver oportunidade vou procurar.
    Beijos!
    https://cantaremverso.wordpress.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, Paula!
    Eu li a sinopse desse livro entre os lançamentos que um blog anunciava e achei muito interessante. Então, não esperava menos elogios para a obra (rs). Parece que o autor realmente encanta com as palavras e as ilustrações só dão ao livro maior qualidade. :) Espero ter a chance de ler um dia.

    Beijos, flor!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Paula!

    Amo literatura infantil! E concordo, elas são mágicas, com reflexão e muito bonitas! Gostei de Guerra dos Mares e que fotos lindas! O enredo me parece ser muito fofinho e com certeza uma ótima pedida para ler para as crianças!

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  12. Oi, Paulinha. Não conhecia o livro, mas achei super bonito.
    E claro já quero para meus pequenos.

    Beijos
    http://www.amorliterario.com

    ResponderExcluir