domingo, 25 de janeiro de 2015

Resenha: Brilho da Minh'alma - Joyce Xavier

Resenha: Brilho da Minh'alma - Joyce Xavier
Classificação: 5/5 
Skoob

Sinopse: Brilho da Minh'alma - Joyce Xavier
Autêntica e ousada, sem perder a sensibilidade. É assim que defino JoyceXavier, se é que ela é capaz de ser definida pelo principal instrumento de seu maior talento: as palavras. 
É difícil definir alguém que consegue transmitir sentimentos e pensamentos para o papel a ponto de nos fazer sentir que somos os personagens dos seus textos. Assim, é inevitável não se identificar com o que ela escreve, já que seus textos são exatamente o equilíbrio entre uma acidez espontânea, que transborda sua sinceridade sem censura, e a delicadeza de uma notável e surpreendente doçura, que torna a sua arte ainda mais bonita e admirável!
A tal da Joyce Xavier é uma escritora que rabisca o que a alma vive... Ao lermos os seus escritos, sentimos não só a sua alma magnífica, mas, a nossa própria alma, devido às suas vivências e boas doses de verdade. Enfim, mergulhamos em suas reflexões, que se tornam nossas. O que ela escreve, muitas vezes, é o que o nosso coração sente e a nossa voz não encontrou palavras para expressar. Sou uma grande fã do seu trabalho e agradeço muito pela honra de acompanhar o seu incrível potencial, que tantas vezes me ajuda a encontrar as respostas das perguntas que a vida me faz. E, apesar do brilhantismo como escritora, sou ainda mais fã da essência de menina mulher, que não tem medo de dizer o que realmente pensa, que nunca hesita em ser o que realmente é. E é isso que os aguarda em “Brilho da minh’alma”. Por Beatriz Zanzini.

''Eu andava com um cemitério nas costas, ferida e com mágoa do passado. Sempre fui uma pessoa louca, porém, boa demais para conviver com sorrisos em forma de maldade e resolvi resgatar o que tinha de bom em mim. Fiz minhas malas, juntei todo o amor que sempre morou em mim e mudei a trilha.''

Paixão, compaixão, solidão, sobre o fim, sobre mudanças,  sobre o amor, amor, mais amor, fé, Deus, Liberdade, passado, saudade, humanidade!

Falhas, opiniões, decepções... crescimento!

Tudo vale ser vivido!

Se amar!

Algumas Metáforas, vezes camufladas, vezes claras e diretas!

Falsidade!

Brilho da Minh'alma da autora Joyce Xavier é sensível, romântico, e estritamente pessoal

Essa obra é uma coletânea de textos pequenos, cronicas, citações, emoções da autora falando sobre inúmeros assuntos! Sobre ela! Sobre a vida! Sobre pessoas!    

Parece que alguns textos são direcionados para uma pessoa em especial. Quem? Eu!? Você?! Um amor?! Uma dor?! Só Deus sabe! É um sentimento! É tudo sentimento!

A obra fala sobre dar chance para você mesma, não se sabotar, se perdoar e perdoar os outros!
Se mostrar! Se conhecer! Se respeitar!
Abrir o coração, baixar as barreiras e enfrentar a vida, as pessoas e seus sentimentos de peito aberto, cabeça erguida, com segurança na vida e coragem, respeito por si mesma!

Brilho da Minh'alma vai muito além dos pequenos textos e pensamentos! Muito além das palavras!

''Gente que encara a guerra diária como pagamento somente para engolir os livros no meio de tanta gente.''

Algumas pessoas acham que não tem muito o que dizer, ou que não devem abrir o coração e falar, algumas pessoas não conseguem falar, então, escrevem! Mostram sua alma, soltam seus bichos, seus medos, suas frustrações, gritam, sangram em cima de suas páginas, choram sobre suas linhas e se libertam de tudo que os fazem mal! Daquilo que não é digno de estar dentro de si!

Com um texto claro! Forte! Verdadeiro!

Com a dualidade da alma humana!
Furioso, magoado e arrogante.
Leve, positivo e encorajador.

Brilho da Minh'alma é direto, crítico, desbocado, um grito em palavra, vezes ríspido, vezes doce! Amoroso!
Me identifiquei com várias partes, senti em alguns momentos que eu própria poderia estar falando! Me fundi com as emoções da autora! No livro não encontrei uma mocinha em perigo, ou um grande sonho de príncipe encantado, mas encontrei muita verdade e muito sentimento! Um livro corajoso e fiel, sincero! 

''A menina do jardim aprendeu que a felicidade não se comprava, não se comprava, não se falsificava e não se inventava. Que fingir ser algo ou estar bem para impressionar era inútil. Ela compreendeu que plantando com amor, a alma se acalma, a mágoa se vai e a paz se sobressai.''

Paula Juliana    

25 comentários:

  1. Adorei a mescla de sentimentos que o livro trás Paulinha! Com certeza fiquei interessada, como sempre sua resenha está perfeita!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  2. Oiee

    O livro parece ser bem interessante, livros que tem vários textos é bom porque sempre agrada um ou outro a gente acaba se identificando né.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, flor.
    A sensação que tive ao ler sua resenha é que se trata de um livro parecido com um diário, algo tão pessoal que se torna impossível não se sentir próxima da autora.
    Fiquei muito curiosa em ler. Espero ter essa oportunidade.

    Beijos.
    www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, Paula!
    Tudo bem?
    Gosto de livros introspectivos que nos levam a refletir sobre o que acontece com as nossas vidas, mesmo sendo um relato pessoal da autora.
    bjs!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Paula!
    Esse livro deve ser emoção pura.
    Uma coletânea de textos sobre as vivências da autora, com certeza, nos levam a refletir e nos sentirmos próximos destas, como se realmente fossem situações vividas por nós.
    Muito interessante este livro. Gostei!

    Beijos!
    http://fabi-expressoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi gosto de textos que nos fazem refletir um pouco sobre nós,acho que a autora pelo que descreve nos estiga a vivenciar no texto uma sensação de paz.
    Achei uma boa dica de leitura,ainda não li nada da autora mas achei interessante o livro valeu pela dica.
    http://magiasbook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bom?
    Gosto de livros como esse em que o autor fala sobre vários assuntos que fazem o leitor refletir sobre situações da nossa própria vida. Realmente a obra parece ter muita emoção.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Ola, como vai?
    Ao ler a resenha o livro parece apaixonante, ela transforma os sentimentos em palavras de forma encantadora, fiquei com muita vontade de ler!
    Adorei, bjos

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bem?
    Pelo que li da resenha o livro é apaixonante e a Joyce é uma escritora fantástica, espero que em breve eu poça conhecer um pouco mais da escrita dela.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oiee ^^
    Não conhecia esse livro, mas fiquei muito curiosa depois da sua resenha. Sem princesas esperando o príncipe do cavalo branco? Preciso ler esse livro! Não gosto muito de crônicas e livros de contos, mas quero muito ler Brilho da minh'alma.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Nossa, muito legal, eu não tenho muito interesse em livros nesse estilo, sem ter uma história msm, com textos "fragmentados", mas pelos seus elogios fiquei curiosa em conhecer essa obra.
    www.muchdreamer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Paula! Gostei da resenha, mesmo sendo um livro de crônicas e contos, acredito que vou gostar pois pela sua resenha teremos um enredo com muito sentimento, a qual o leitor vai se sentir parte da história! Fiquei muito interessada.

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  13. Paulinha lindona , amei a resenha e sou apaixonada por textos que falam para nós, SOBRE nós por isso nos identificamos tanto, e pelo visto minha xará tem esse dom. Mais uma resenha me faz sair correndo para comprar o livro. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  14. Oi flor, tudo bem?
    O livro parece contar com textos que acrescentam algo à vida do leitor. Gostei bastante da premissa dele :D

    bjs

    ResponderExcluir
  15. O livro parece ser lindo!!! Eu gosto de livros nessa pegada de contos, sei lá parece que toca mais fundo :)
    Livros de Cabeceira

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    não conhecia o livro, mas parece ser ótimo e super reflexivo mesmo. Para falar certas coisas, às vezes é preciso ser direto, ríspido e desbocado mesmo, rs
    e que capa primorosa! muito linda mesmo
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Um enredo profundo tem esse livro hein Paula!
    Gosto dessas reflexões implícitas numa história, geralmente leituras assim são mesmo emocionantes.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  18. Oi Paula,

    Achei muito interessante a obra que como você colocou e pelo que entendi foi uma forma de a autora expressar muito do seu sentimento, aliás como você também colocou muitas pessoas não conseguem verbalizar tudo que sentem e a forma que encontram para diminuir um pouco o peso de muita coisa é escrever, é uma forma super válida na minha opinião.
    Amei o trecho "A obra fala sobre dar chance para você mesma, não se sabotar, se perdoar e perdoar os outros!
    Se mostrar! Se conhecer! Se respeitar!
    Abrir o coração, baixar as barreiras e enfrentar a vida, as pessoas e seus sentimentos de peito aberto, cabeça erguida, com segurança na vida e coragem, respeito por si mesma!!" Que baita mensagem.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Oi Paula *-*
    Gente, livros com textos tocantes, como não amar? Não conhecia, mas adorei. Acho que só os quotes que você separou na resenha já falam por si. Achei a capa e a premissa lindas. Várias textos geralmente encantam o leitor, pq mesmo que você não goste de um, pode gostar de outro. Esse, só a sinopse me deu uma vontade profunda de ler :)

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  20. Oi Paula,
    Menina acabei me identificando com esse livro, eu faço isso algumas vezes, escrevo pra desabafa, com alguns contos e poemas.
    O livro me ganhou, com toda essa mensagem de não se sabota .. de acredita em si!
    Com toda certeza adicionei as minhas leituras desse ano.
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  21. Olá!

    Adorei a sua resenha, fiquei doida pra ler o livro. Achei demais a proposta, além de pelo jeito, ser um livro bem direto. Sem muito mimi hahaha

    Beijos, Kamila
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  22. Oiee, tudo bem?

    Achei a premissa do livro bem interessante. Falar da dualidade humana é sempre um bom tema. Não conhecia o livro e nem a autora

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  23. A tal da Joyce Xavier é uma escritora que rabisca o que a alma vive.

    Acho que só com uma frase dessa o livro já sai na frente e ganha o coração das pessoas!! Amei a resenha, é a primeira sobre o livro que leio, e espero que venham mais por aí, pois a sensibilidade que ele parece ter merece ser transmitida para todos!!

    Beijos
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
  24. Alguém sabe me dizer o blog da Joyce Xavier ? Ou website?

    ResponderExcluir
  25. Olá Paula!
    Eu adorei a sua resenha.
    O livro parece ser bem intenso e que prende o leitor.
    Pelo que vi na sua resenha a história é bem construída e que a escritora escreve muito bem.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir