Pular para o conteúdo principal

[Você conhece? - Overdose Apresenta!] O céu é logo ali - Encontros para liberdade - Lilian Farias

[Você conhece? - Overdose Apresenta!] O céu é logo ali - Encontros para liberdade - Lilian Farias

“ O coração de uma mulher nunca deveria deixar de ser menina.”


Sinopse - O céu é logo ali - Encontros para liberdade - Lilian Farias

“O céu é logo ali” se desenvolve em um turbilhão de sentimentos, em facetas representadas por duas personagens e o que as cercam, com desejos, sonhos, lembranças, descobertas e inquietações marcando um encontro em que histórias paralelas se unem pelo mesmo ideal: liberdade! 

Mas, o que é a liberdade? O que aprisionava Dolores e Clarice para que o encontro pudesse salvar suas almas encarceradas? Ao adentrarmos nos mundos distintos dessas duas jovens, mergulhamos numa profusa miscigenação de anseios, lutas, estratégias de sobrevivência. 

A história de duas mulheres que unidas pelo destino resolvem aflorar todo fluxo de sobrevivência do "ser", do corpo, da alma, da mente, que advém quando se é permitido ser livre. Liberdade, essa, assemelhada a quem saboreia o voo das borboletas.

"...caminho do fracasso segue o da vitória, por isso nunca devemos baixar a guarda imaginando que vencemos a batalha..."


“ Foram para um motel. Quem diria, Dolores em um motel? Ela estava se sentindo uma prostituta, adorou a sensação, queria saber tudo o que elas sabiam, o mais rápido possível, queria todos os segredos de mulheres. Não compreendia porque via as prostitutas com caras tão tristes, mas isso era muito para a sua mente limitada compreender...”


“Quem criou as gaiolas vendeu a própria alma, quem se submete a uma gaiola não possui alma. Os caminhos podem parecer estranhos, mas são o batismo do homem para consigo, calar-se para si é suicídio mórbido e gradual, que pode ser abruptamente corrigido quando nos permitimos “ser”. E para “ser” é necessário, cá dentro, o perdão contínuo por tudo que deixamos de fazer.”



"...Que para o erro não existia justificativa, mas que todo erro era proposital a um acerto...".


AUTORA:

Lilian Farias nasceu em 1985, é formada em Letras/Português pela UPE- Universidade de Pernambuco. Dá aula e ama escrever poesias. Autora do romance O céu é logo ali e Mulheres que não sabem chorar, além de blogueira literária. "Amo escrever sobre aquilo que incomoda, não tenho medo do preconceito!" Trabalha no movimento Social.


Curta as pages no face:


''Deduziu que todas as palavras de sua vida nunca foram desprovidas de sentimentos! Que nunca encontrou um grito sem resposta! Que o silencio também é um grito! Que todas as vezes que remou contra a maré, a maré a guiava! Que para o erro não existia justificativa, mas que todo erro era proposital a um acerto! Que a saudade doía, mas que pertencia aos bons! Que a noite é bela e profunda, e que o dia brilha para todos! Que todo suicida é louco! Que a vida é curta! Que os poetas interpretam a sabedoria divina!''

A sutileza. A poesia. As palavras. Os sentimentos. As metáforas. Dor, perda, família, relações. Se conhecer. Se encontrar.
A Obra O céu é logo ali - Encontros para liberdade, da autora, Lilian Farias, fala sobre isso e muito mais. Aproveitar e viver intensamente o aqui e o agora. Se descobrir. Se transformar. Se libertar das nossas próprias gaiolas.
Ser podada. E Passar por dificuldades para assim achar a força que há em si mesma.Se sentir Borboleta, isso é: Se sentir livre. LIBERDADE! Seja fiel a você e seus princípios! Se transforme!

O livro é um tremendo show e um tapa na cara. Talvez não vá agradar a todos, ele tem que ser lido de coração aberto, e é feito não exatamente para ser entendido, mas sim, sentido! Sentir cada palavra e linha! 
Duas mulheres que fizeram o caminho inverso na jornada de suas vidas, e no fim, mesmo com as trajetórias e destinos totalmente diferentes, o resultado foi a transformação e a liberdade.

'' O coração de uma mulher nunca deveria deixar de ser menina.''
Continue lendo: http://overdoselite.blogspot.com.br/2014/10/resenha-o-ceu-e-logo-ali-encontros-para.html

Paula Juliana

Comentários

  1. Esse livro é tão meigo né?
    Gostei muito da sua resenha, deu tanta vontade de ler =)
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  2. Achei a capa e todas as imagens lindíssimas!
    Fiquei com vontade de ler, valeu mesmo a dica!!

    Beijos
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Paula!
    Eu quero muito ler o livro da Lilian de tanto que as minhas amigas indicam! Esse post ficou um amorzinho com as quotes e tudo mais. Agora eu tenho mais certeza ainda de querer lê-lo!
    Beijão
    http://www.sarahmarques.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi flor!
    O livro parece lindo, doce, encantador e reflexivo.
    E os quotes, maravilhosos!
    Quero muito lê-lo!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oiee ^^
    Ainda não li esse livro, mas quero muuito conhecer ♥ A Lilian Farias é uma das minhas autoras nacionais favoritas ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Só vejo coisa boa sobre o livro e a autora, quero ler :DDD
    Essa imagem da borboleta e o quote <3
    http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie, tudo bom?
    Não li nenhuma obra da autora, mas ela parece escrever narrativas emocionantes e sensíveis. Não é o tipo de livro que leio com frequência, mas parece ser bem cativante.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá, nunca li nada da autora, só acompanho os debates polêmicos sobre os livros dela. O livro parece ser bem interessante, não é um tema que costumo ler com frequência, mas tem um enredo interessante.

    Bjks

    Patty Santos
    Blog Coração de Tinta

    ResponderExcluir
  9. Olá Paula!
    Eu já tinha visto esse livro. Ele me pareceu bem poético. A capa e os quotes são bem bonitos. Obrigada pela dica.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Não conhecia a autora e esse não é o estilo de livro que costumo ler.
    Curti as imagens!

    Gabriel - umpapoentrepaginas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Paula, tudo bem?

    Conheço a autora, mas não me interessei pelos livros dela não.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oieeeeeeeee Paulinha, tudo bem???

    ADORO NACIONAAAAAAAAAAAAIS HAUAHAAHU. Acredita que eu nunca li nada da Lilian, apesar de ser uma autora bastante falada na blogosfera? Preciso muuuuuuito, mas acho que vou me aventurar primeiro em "Mulheres que não sabem chorar" por conta daquela sua resenha maravilhosaaaaaaaaaa <3 As capas dos livros dela são lindas, não é mesmo? E nossa, adorei os trechos do livro <33

    Beeeijos!!

    ResponderExcluir
  13. Oi Paula!
    Não conhecia, mas gente, adorei a premissa do livro <3 Parece ser tão reflexiva e emocionante <3 E esses quotes <3 Sem sombra de dúvidas, esse da metamorfose é o melhor. Lindo, tanto a capa, quando o título.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá Paula, gostei muito da premissa do livro e esta capa é simplesmente muito fofa... Amo livros que expressam a liberdade e a história parece ser bem bacana.

    Beijos e muito sucesso.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: MAYBE SOMEDAY - Talvez algum dia - Colleen Hoover

Resenha: Talvez algum dia - Colleen Hoover
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 

Editora: Record
Skoob

Sinopse - Talvez algum dia - Colleen Hoover
Aos vinte e dois anos de idade, Sydney está desfrutando de uma grande vida: Ela está na faculdade, trabalhando em um emprego estável, apaixonada por seu maravilhoso namorado, Hunter, e é colega de quarto de sua melhor amiga, Tori. Mas tudo muda quando ela descobre que Hunter está traindo ela e ela é forçada a decidir qual será seu próximo movimento. Logo, Sydney encontra-se fascinada por seu vizinho misterioso e atraente, Ridge. Ela não consegue tirar os olhos dele ou parar de ouvir o jeito que ele toca seu violão todas as noites em sua varanda. E há algo sobre Sydney que Ridge não consegue ignorar, também. Após seu encontro inevitável acontecer, Sydney e Ridge encontram-se necessitando um do outro em mais do que uma maneira.

''Ótimo. Estou chorando  agora.  Eu sou uma sem bolsa,  chorona, violenta, garota sem-teto. E por mais que eu não queira …

Li - Gostei e Indico! SÉRIE NIGHT HUNTRESS

Li - Gostei e Indico! SÉRIE NIGHT HUNTRESS 

1º Livro da Série Night Huntress – Jeaniene Frost

Título Nacional: A Caminho da Sepultura

Sinopse: A meia vampira Catherine Crawfield persegue os mortos-vivos atrás de vingança, esperando que um destes seres seja seu pai. Capturada por Bones, um vampiro caçador de recompensas, é forçada a uma parceria profana. Em troca de encontrar o pai, Cat concorda em treinar com o sexy caçador noturno até que seus reflexos de combate estejam tão afiados quanto os dentes dele.


2º Livro da Série Night Huntress – Jeaniene Frost

Título Nacional: Com um Pé na Sepultura

Sinopse: A meio-vampira Cat Crawfield é agora a Agente Especial Cat Crawfield, trabalhando para o governo para livrar o mundo de mortos-vivos mal intencionados. Ela ainda usa tudo o que Bones, seu ex-namorado sexy e perigoso, ensinou a ela. Mas quando Cat torna-se alvo de assassinos, o único homem que pode ajudá-la é justamente o vampiro que ela abandonou. Estar perto dele desperta todas as suas emoç…

Resenha: Amante Finalmente - Irmandade da Adaga Negra, Livro 11 - J. R. Ward

Resenha: Amante Finalmente - Irmandade da Adaga Negra, Livro 11 - J. R. Ward
Classificação: 5/5 ♥ Favorito
Editora: Universo dos Livros
Skoob

Sinopse - Amante Finalmente - Irmandade da Adaga Negra, Livro 11 - J. R. Ward

Qhuinn está acostumado à solidão. Repudiado por sua linhagem e evitado pela aristocracia, ele finalmente encontrou uma identidade como um dos lutadores mais brutais na guerra contra a Sociedade Redutora. Mas sua vida não está completa. Mesmo que a perspectiva de ter uma família esteja ao seu alcance, ele está vazio por dentro, com o coração entregue a outra pessoa... Blay, depois de anos de amor não correspondido, acredita já ter superado Qhuinn. E já era hora: o homem parece ter encontrado o seu par ideal em uma fêmea Escolhida, e eles terão um filho, exatamente como Qhuinn sempre quis. O destino parece ter levado a vida desses vampiros soldados em direções diferentes... Mas a batalha pela liderança da raça se intensifica, e os novos jogadores na cena de Caldwell estão cri…