quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Resenha: O Teste - The Testing - O Teste # 01 - Joelle Charbonneau

Resenha: O Teste - The Testing - O Teste # 01 - Joelle Charbonneau
Classificação: 5/5 ♥ Favorito - LEIAM!!!!!
Editora: Única
Skoob

Sinopse: O Teste - The Testing - O Teste # 01 - Joelle Charbonneau
No dia de formatura de Malencia ‘Cia’ Vale e dos jovens da Colônia Cinco Lagos, tudo o que ela consegue imaginar – e esperar – é ser escolhida para O Teste, um programa elaborado pela Comunidade das Nações Unificadas, que seleciona os melhores e mais brilhantes recém-formados para que se tornem líderes na demorada reconstrução do mundo pós-guerra. Ela sabe que é um caminho árduo, mas existe pouca informação a respeito dessa seleção. Então, ela é finalmente escolhida e seu pai, que também havia participado da seleção, se mostra preocupado. Desconfiada de seu futuro, ela corajosamente segue para longe dos amigos e da família, talvez para sempre. O perigo e o terror a aguardam.
Será que uma jovem é capaz de enfrentar um governo que a escolheu para se defender?

''Eles não nos desejaram sorte.''

Sete estágios da guerra. Quatro estágios de destruição que os humanos lançaram uns sobre os outros e os três estágios subsequentes - em que a terra lutou de volta
UM MUNDO DESTRUÍDO!

Recomeço. Um novo mundo. Divididos em colônias. 
A chance de ser LÍDER e fazer a diferença na reconstrução!

Um teste. O TESTE!

Uma seleção mortal que vai levar os mais aptos para a chamada universidade
#NuncaUmVestibularFoiTãoDifícil

Deixar seu lar! Amigos! Inimigos! Em quem confiar? Simplesmente deixar para trás as pessoas que convivemos? Aqueles que fazemos as refeições, que dividimos confissões, que ajudamos quando podemos, que dividimos a mesma experiência!? Mas você confiaria sua vida a alguém? Quando tudo é um jogo de mata-mata! 

O tempo está acabando. Não confie em ninguém! Pois a autora Joelle Charbonneau em uma distopia de tirar totalmente nosso ar, nos conta com o primeiro volume dessa trilogia tensa e inteligente como sobreviver ao O Teste!

Malencia Vale. Cia passou da infância/adolescência e agora é oficialmente uma adulta. Está com medo não ser aceita para fazer o teste seu grande objetivo de vida. Geralmente confiante e forte, nunca se sentiu tão insegura. Vivi na pequena e esquecida colônia de Cinco Lagos com seus pais e seus quatro irmãos mais velhos. Nenhum dos irmãos passou para fazer o teste. Seu pai foi o única da família a ir para a faculdade. Cia quer essa chance, e para sua grande surpresa conseguiu, porém seu pai não ficou tão feliz como a moça esperava. Era decepção? Medo? Terror em seu olhar? Em um momento de confissão antes de Cia viajar para a capital, seu pai conta seu segredo. E agora Cia não sabe onde se meteu! Muitas coisas não estão às claras! Mas uma dica ficou marcada na mente da garota: NUNCA CONFIE EM NINGUÉM!  

'' Todo ano a comunidade das Nações analisa as conquistas de todos os formandos em todas as 18 colônias. Os melhores alunos desse grupo de formandos são levados a Tosu City para um teste da universidade. Ser escolhido é uma honra. Os formandos da universidade são nossa grande esperança - aqueles com os quais todos contamos para ajudar a regenerar a terra e melhorar nossa qualidade de vida. São os futuros cientistas, médicos, professores, e oficiais do governo.''


Como uma boa distopia o sistema de governo nesse mundo pós guerra também é falho. Não somente isso, o chamado O Teste é cruel. É mortal. Quando Cia sai de sua colônia e parte para Tosu City ao lado de mais três competidores de sua região, se sente mais aliviada por ter conhecidos por perto, mas ela nem imagina as quatro etapas do teste que terá que suportar para conseguir chegar em seu objetivo.     

''Terror. É a única palavra em que posso pensar para descrever o que sinto. Sozinha numa parte não familiar do país. Ou não sozinha. Não realmente. Animais. Mutações causadas pela guerra em animais que outrora eram inofensivos, mas agora não são mais. E os andarilhos - aqueles que escolheram não fazer parte da Comunidade Unida. Pessoas que acreditaram que governos estruturados levaram aos sete Estágios da Guerra e abandonaram aqueles que buscavam organização . Essas pessoas devem estar lá fora também. E apenas eu, sozinha, para encará-los.'' 

A história criada em cima da guerra é genial e faz totalmente sentido dentro do universo da obra. Logo nas primeiras páginas me emocionei, já comecei chorando, a relação de Cia e seu pai, a relação dela com seu irmão Zeen. Todo o desapontamento que a protagonista sente de inicio, então a surpresa, a esperança e o medo foram sentidos por mim ao longo da leitura.

O livro ainda explica um sistemas de cores, exemplo: adultos se vestem em cerimonias de vermelho, jovens de rosa, crianças de verde e amarelo... achei esse esquema de cores bem criativo e inusitado.

A escrita da autora é muito gostosa, é fluída do tipo que não vemos o tempo passar e que de repente o livro já está acabando. 
O livro é lindo, a edição da Única é impecável, a capa totalmente condizente com a história!E o enredo é incrivelmente fodásticoooo! 

''Tiro meu kit médico da sacola e mando que Tomas se deite no chão. Ele me abre um sorriso dolorido. - Diga a uma menina que você a ama e ela automaticamente fica toda mandona. Bem, acho que não posso reclamar, já que você está pedindo para eu tirar as calças.''

O personagem masculino principal!
Como toda boa história sempre tem um romance de fundo, para mim o romance apesar de estar sempre presente, não foi o foco do enredo! Tomas é nosso ''aparentemente'' mocinho, ele foi selecionado assim como Cia para o teste, eles já tinha um flerte antes da seleção, e quando o ''jogo'' começa, eles logo se juntam, como um time, uma parceria!
Tive muitos problemas para confiar nos personagens, mesmo Cia acreditando nele, fiquei com medo de me apaixonar pelo personagem e quebrar a cara, posso dizer que ainda não construí uma opinião completa sobre ele. 
Tomas é um personagem importante e de destaque. Causa inúmeros sentimos no leitor, eu torci por ele em várias partes, senti medo por sua segurança e rezei para que ele não me desapontasse. Resultado? Não posso contar aqui! 

''Chicago. A terceira cidade destruída durante o Quarto estágio da Guerra. As primeiras duas cidades tiveram certo aviso: anunciaram evacuação. Centenas de milhares de pessoas morreram, mas podia ter sido pior. Como foi aqui. Os livros disseram que o ataque foi rápido. Não foi detectado antes da primeira bomba cair. Quem foi o inimigo que penetrou nas defesas do país e destruiu uma cidade despreparada nunca foi confirmado, apesar de o presidente e seus conselheiros acreditarem que soubessem. Eles atacaram de volta, e o mundo despencou.''

O final é de matar, não só pelas surpresas e os medos, mas pelo fechamento, preciso urgentemente ler o segundo volume! Já me sinto viciada na história, a leitura é intensa, a sensação de tensão influencia a todos! Cia me conquistou, posso dizer que me apaixonei novamente pela força de uma protagonista! Ela começou a história de uma forma, e terminou de outra, o teste mudou ela, a fez ter uma visão menos romantizada do mundo, a garota cheia de esperanças e amada por sua família, viu a dor, a morte, o medo, a destruição muito de perto! Viu as piores faces do homem! Isso deixou o crescimento psicológico de Cia evidente! 
Entre o gênero distópico sempre encontramos comparações entre outras séries. O enredo de O Teste é único, ele é bem original e está agora nos meus favoritos do ladinho de Divergente, A Seleção e Estilhaça-me! É um time de peso! AMO Distopias e esse livro me lembrou o porquê!    

O Teste foi uma leitura incrível. Ela é envolvente e terrivelmente tensa, somos incorporados a trama de uma tal maneira que em certo tempo no enredo, não somos mais leitores, nós somos a própria Cia, passamos e sofremos com tudo que acontece, não sabemos quem é quem, não sabemos se podemos gostar de determinada pessoa, porque a atmosfera é tão palpável que simplesmente não confiamos em ninguém. Lembro que fui me identificando com os personagens, mas então, lembrava do que estava acontecendo e travava, ficava com o pezinho atrás. Eu só conseguia acreditar na protagonista, porque eu estava dentro da cabeça dela, eu não sabia o que os outros estavam pensado, não sabia suas intenções, não sabia se a fachada de bonzinho(a) era verdadeira ou não. E é claro que como a Cia, tive várias surpresas e decepções.     

''As coisas nem sempre acontecem como a gente espera. Você só precisa se recompor e encontrar uma nova direção para seguir.''

Joelle Charbonneau fala sobre a destruição do homem contra si próprio. O fim justifica os meios? A habilidade de confiar, montar estratégias, cooperar com os outros, usar armas para a SOBREVIVÊNCIA... ou para ferir, avaliar suas escolhas. Aprender com os erros e usar a informação para conseguir o sucesso. Você mataria por medo do desconhecido? Quem ou o que é a verdadeira ameaça? NÃO PODEMOS CONFIAR EM NINGUÉM! 

''Alguém está nos observando...''

Paula Juliana

28 comentários:

  1. Desde Jogos vorazes venho procurando algo parecido pra ler, apesar de varias distopias lançadas nenhuma foi como jogos vorazes.
    lendo sua resenha imaginei que agora sem encontrei o livro que estava procurando.

    BEIJOSsss...

    http://sonhosdeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie, Paula.
    Acho que nunca me empolguei tanto com uma possível leitura quanto quando li uma resenha de Jogos Vorazes, a melhor distopia pra mim até agora. O Teste parece ter a dose certa de todos os elementos necessários pra ser uma boa história - nada de romance em excesso, ponto que me decepcionou em A Seleção, e nada de a história tomar rumos comerciais demais, como Divergente. Vi que você amou esses dois, mas eles me decepcionaram <3 Espero gostar da Cia, a propósito. Geralmente as protagonistas de distopia me fazem querer entrar no livro pra estapea-las (isso aconteceu bastante com a Katniss).
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não tive vontade de estapear ela! Em compensação lendo A Seleção e JV, quis matar as protagonistas! haha
      Beijos flor!

      Excluir
  3. Paula, sua resenha ficou extremamente instigante e agora eu estou morrendo de vontade de ler essa trilogia! Parabéns, ficou também muito completa. Fiquei muito curiosa para saber qual é a desse teste, quais são as provas pelas quais ela tem que passar. Deve ser realmente de tirar o fôlego! Os três livros já foram lançados? Se sim, lerei ainda este ano. Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amada!
      Cami os três já foram lançados e vai ter resenha aqui no blog das continuações! Beijossss

      Excluir
  4. Paula, sua resenha ficou extremamente instigante e agora eu estou morrendo de vontade de ler essa trilogia! Parabéns, ficou também muito completa. Fiquei muito curiosa para saber qual é a desse teste, quais são as provas pelas quais ela tem que passar. Deve ser realmente de tirar o fôlego! Os três livros já foram lançados? Se sim, lerei ainda este ano. Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amada!
      Cami os três já foram lançados e vai ter resenha aqui no blog das continuações! Beijossss

      Excluir
  5. Paulinha eu já estava com vontade de ler esse livro e depois de sua resenha maravilhosa não posso deixar de lê-lo. Mês que vem lerei O Teste - certeza. Estou necessitando de uma leitura louca e cheia de adrenalina


    Beijos Fê
    www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
  6. Oiee ^^
    Não confie em ninguém, ninguém mesmo! Essa é uma das minhas trilogias favoritas, adoro a Cia e acho que ela é uma das personagens mais corajosas que eu já conheci. A autora conseguiu me surpreender diversas vezes nesse livro, e mais ainda nos outros.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai fiquei curiosa agora!! Também entrou para as minhas protagonistas preferidas flor!!
      Beijos

      Excluir
  7. Waaaa, Paulinha, preciso ler esse livro para ontem! Eu adorei cada resenha que li sobre ele e a sua, minha flor, vem com o bônus da sua opinião empolgada e empolgante, como sempre. Eu adoro o gênero distopia e espero MESMO ter condições de ler a trilogia O TESTE ainda esse ano. Parece que os personagens são incríveis, assim como o enredo (nesse mundo destruído)! <3 <3 <3

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Frannnnnnn para nós amantes de distopia, essa não pode falar!!! Amei flor! Leia e me conte depois! Beijos

      Excluir
  8. Nossa, parece ser bem legal, retrata um pouco do que acontece com quem acaba de formar, fica louco por uma oportunidade. Beijos
    www.textododia.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Paula, tudo bem?

    Eu já li O teste, achei uma leitura ótima, uma das melhores distopias que eu já li, o final é realmente de matar e o desejo de ler o segundo livro é enlouquecedor, se eu soubesse disso antes, teria esperado para ter os três livros antes de começar a leitura. adoreeei a resenha.

    Beijos,
    Fernanda Faria,

    www.lendoeesmaltando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Fernanda! Espero ler todos agora de forma seguida! Sou uma dessas que fica louca sem uma continuação! Beijos

      Excluir
  10. Oi Paula, tudo bem?
    Li o livro e gostei bastante, tive a mesma opinião que você, é muuuito bom.
    O que me deixou de cabeça quente em várias partes é que Cia é uma personagem inteligente que fecha os olhos quando eles mais deveriam estar abertos. O livro é muito envolvente.

    ResponderExcluir
  11. Paulinha lindona mais uma resenha que me faz querer sair e já começar a ler o livro, amos distopias, e não vejo a hora de começar essa trilogia. Adorei os pontos positivos do livro. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Paula, tudo bem???

    Claro que adorei a resenha... vou começar a ler a série em Março porque preciso de mais distopia na minha vida... e como já tenho os dois primeiros livros... posso ler sossegada até poder comprar o terceiro... eu achei a premissa da história bem incentivadora... e gostei de saber que Cia é forte e que ela cresce durante a leitura.... Xero!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Di! Eu sou assim também, preciso de uma saga de distopia na minha vida, um dos meus estilos preferidos, se não o maior queridinho de todos! Muito amor por esses mundos destruídos! ahhahaha Grande beijo!

      Excluir
  13. Menina, essas suas resenhas de distopias me deixam louquinha! Parabéns pelo texto, me deixou com vontade de correr e ler como é esse teste, o que ela passou, qual é a do mocinho, ver essa tenção e curtir esse mundo pós guerra! Parabéns beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amada!! Espero que leia e descubra tudinho! Beijos

      Excluir
  14. A muito tempo quero ler esse livro,e a cada resenha que leio uma nova gama de sentimentos me inunda,pois em sua resenha você ressaltou o medo e a emoçao que sentiu saltar da página em relação ao que a Cia sentia,e a crueldade do teste.Amo distopias e esses mundo caóticos futuristas em que o governo é sempre falho me conquistam sempre,preciso conferir esse livro.

    Adorei a resenha...

    bjssss

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir