segunda-feira, 9 de março de 2015

[Informativo] Lançamento Editora Quatro Cantos - O labatruz e outras desventuras - Judith Nogueira

[Informativo] Lançamento Editora Quatro Cantos - O labatruz e outras desventuras - Judith Nogueira

TRILOGIA DE FÁBULAS APRESENTA AO PÚBLICO JUVENIL TEMAS INDIGESTOS QUE PERMEIAM A EXISTÊNCIA HUMANA:


SOLIDÃO, FRUSTRAÇÃO E MORTE

Se a intenção ao ler O labatruz e outras desventuras é a de apreciar fábulas que tenham o que chamamos comumente de “finais felizes”, esqueça.  Este livro contém uma trilogia de contos que falam de temas tão indigestos quanto frequentes na existência humana: “O labatruz” (solidão),  “O construtor de navios” (frustração) e “O homem que fazia luz” (morte). Os personagens são exaustivamente testados em seus específicos infortúnios. É neste exato ponto que as histórias tocam o real e provocam identificação, afinal, não é sempre que aparecem fadas com suas varinhas mágicas para nos valer.



O labatruz e outras desventuras é constituído por uma trilogia de contos que abordam três das questões que mais afligem os seres humanos. Judith Nogueira escreveu esses contos, a princípio para crianças e adolescentes, sobre questões importantes de nossa existência, mas geralmente evitadas em uma tentativa talvez equivocada por parte dos adultos de poupá-los de sofrimento. 

A autora acredita que não oferecer ficção com esses temas aos indivíduos em formação aparentemente contribuiria para que o confronto com situações reais se tornasse ainda mais difícil. Em “O labatruz”, que é o primeiro conto e tem características de fábula, o personagem central acaba sendo exposto exaustivamente à solidão por não encontrar outro de sua espécie. É imediata a identificação com os questionamentos da adolescência, como a aceitação em um grupo e as dificuldades do início da vida amorosa. 

No segundo, “O construtor de navios”, o sentimento de frustração aparece no personagem que, a princípio, era bem-sucedido em todos os aspectos e possuía todos os bens materiais e afetivos de que necessitava. A última história, “O homem que fazia luz”, aborda poeticamente a finitude. Ao construir contos delicados com tais temas, Judith oferece uma leitura prazerosa que acaba por alcançar também os adultos.


Paula Juliana

18 comentários:

  1. Paulinha lindona adorei o lançamento. Gostei muito dos contos. A capa está linda. beijos Vou aguardar sua maravilhaosa resenha . beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  2. Oiee ^^
    Também gostei do lançamento, afinal, não existe felizes para sempre para todo mundo, né? Não curti muito a capa, mas fiquei bastante curiosa para ler.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oiiiii!
    Paula, gostei do lançamento... Amo livro de contos e com certeza irei ler esse.

    Bjs
    Jéssica - Coração Leitor

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro ler contos em intervalo de leitura de um livro para outro, esses contos são bem diferentes dos temas que estou acostumada a ler, mas leria o livro só por curiosidade.

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia a editora, eu infelizmente não gostei muito da premissa do livro, porém vou ficar de olho nos lançamentos da editora.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Não conhecia a editora, mas gostei bastante da premissa do livro. A capa que não me agradou, não sei, achei um pouco estranha demais hahahahaha
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Adorei a proposta dos livros, acho importantíssimo disseminar entre crianças e jovens não só as boas lições das fábulas, mas também ensiná-las a lidar com os problemas mais sérios da vida, como a morte.

    Não conhecia a editora mas fiquei bastante curiosa pra conferir as releituras!

    Beijos ^-^
    Ana - www.poesiadestilada.com

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia a editora, pelo menos não lembro de ter visto algo, sobre o lançamento, não curti não.
    Mas sucesso :D
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá ^^
    Nunca tinha ouvido falr nessa editora '-'
    O livro não é bem meu estilo, rsrsrs, então n me interessei :p
    www.muchdreamer.blogspot.com

    ResponderExcluir