segunda-feira, 25 de maio de 2015

Resenha: O Segredo de Indie - Tara Taylor e Lorna Schultz Nicholson

Resenha: O Segredo de Indie - Tara Taylor e Lorna Schultz Nicholson
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 
Editora: Butterfly
Skoob 

Sinopse: O Segredo de Indie - Tara Taylor e Lorna Schultz Nicholson
O Segredo de Indie - O que você faria para se encaixar em padrões estabelecidos?
Mais do que qualquer outra coisa, Indigo Russell anseia para se encaixar. E se ela não pode fazer isso, então ela vai se contentar em esconder-se no fundo, o que ela conseguiu fazer muito bem ao longo dos últimos anos. Para a maioria de seu colégio, o Ridgemont High, ela é apenas mais uma adolescente andando pelos corredores, rabiscando em seu caderno durante a aula, sem nunca levantar a mão. Um aluno médio. Isso é o que ela gostaria que você pensasse. Mas Indie não é média; ela é diferente. Ela tem visões, e visões que lhe permitem ver o futuro. Somente sua família e sua melhor amiga, Lacey, sabem sobre isso. Mas quando ela vê o namorado de Lacey com outra garota, Indie tem de decidir se passa a confiar em seus instintos ou em suas amigas. Como ela se aproxima de John, um solitário e enigmático garoto, recém-transferido para sua escola, as visões se intensificam, ameaçando não só para alterar a vida dos outros, mas também expor seu segredo tão bem guardado até agora.

''Mas a história ainda não acabou, Indie'', disse suavemente a voz masculina de sempre, em minha cabeça. Aquela voz também não se manifestava há um bom tempo. Achei que tinha finalmente resolvido me deixar em paz.''

Leve e forte. Divertido e dramático. Jovem e maduro! 
O Segredo de Indie foi uma grata surpresa, uma leitura muito gostosa, cheia de mistérios e sobrenatural. Vocês acreditam em paranormalidade, em videntes, pessoas sensitivas? Pessoas que vêem, ouvem e sentem mais que nós? Bem... eu acredito! Indie é especial! Ela não é como as demais adolescentes da sua idade, mesmo fazendo de tudo para se encaixar, e aparentemente se encaixando, a grande verdade é que ela sabe que não é exatamente como as outras pessoas. O Segredo de Indie vai falar sobre morte, vida, missões, amores, família e amizade em meio a um pano de fundo bem jovem, contando a trajetória dessa garota em ruma a sua própria aceitação e seu caminho onde ajudar os outros pode ser questão de vida e morte!

''Encontrei minha vó tomando chá com minha mãe, que estava tirando biscoitos da assadeira de alumínio. A cozinha estava deliciosamente perfumada com o aroma dos biscoitos. Mas, de repente, senti cheiros de rosas. Olhei ao redor, para ver se vovó tinha trazido um buquê ou algo assim. Mas não havia flores por ali. Não era a primeira vez que eu sentia cheiro de rosas em casa.''

Índigo Russell já era diferente até no nome! Afinal o que tinha na cabeça desses pais para colocarem um nome desses em uma menina? Indie é nossa mocinha! Divertida, 17 aninhos, descolada, ou tentando ser, ela só difere dos outros jovens por um pequeno detalhe... Indie vê pessoas mortas, ouve vozes em sua cabeça, tem sensações e visões do futuro, ela é sensitiva, ou como alguns podem até chamar uma espécia de vidente, Indie sempre foi assim, só que com 7 anos não sabia que via coisas que os outros não conseguiam enxergar, acabou descobrindo quando seu vô morreu e após o enterro apareceu para ela. Papa, aparece até hoje, ele e as vozes em sua cabeça são presenças constantes na vida de Indie. Afinal... de quem será a voz de homem que fala com Indie nos momentos mais tensos, que a guia, e a ajuda a salvar pessoas? Será que ele é um espírito bom? Será que Indie está fazendo a coisa certa o escutando? Será que vai aprender a confiar? 

''Ele me amava. Só podia ser. Nunca tinha verbalizado, mas aquele presente era um prova. Eu queria ficar para sempre ao lado dele. Dizer que meu coração estava disparado naquele momento era pouco. Ele quase saltava do peito.''

Vozes e mortos a parte, temos ainda as visões que sempre incomodam a mocinha e aparecem nos momentos mais inoportunos. A última não foi agradável. Indie vê o namorado da sua melhor amiga Lancy com outra mulher, a oferecida da Amber. E agora, o que deve fazer? Contar a sua amiga e acabar com seu namoro? Ou melhor será que a doce Lancy apaixonada irá acreditar no que Indie lhe contar? 
Deixando os problemas místicos de lado, ainda temos o carinha novo da escola que está mexendo com a cabeça de Indie, John, todo descolado, estudioso, e um tanto misterioso, será que Indie conseguirá ser ''normal'' e ir conversar com sua nova paixão?

''Eu me odiava. Odiava ser daquele jeito. Odiava aquelas visões. Odiava ver pessoas mortas. E odiava magoar as pessoas a quem amava.''

A obra tem um ritmo próprio. A escrita das autoras é leve e gostosa, me amarrou desde o inicio, gostei muito de Indie, achei ela uma protagonista muito boa, mesmo jovem, achei ela madura, sem aquele lenga lenga, mesmo quando apaixonada Indie sabia a diferença do certo e errado. John é um personagem peculiar, ele acredita muito nesse lado paranormal, em alguns momentos parece até um pouco obcecado,  isso me incomodou um pouco, e me fez ficar sempre desconfiando do personagem. 

Achei as partes paranormais muito boas e bem exploradas, acredito muito em vários dos elementos que se mostram na obra, vi bem mais do que uma leitura de ficção, mesmo porque logo descobri que Tara Taylor, que é uma das autoras, é paranormal, e tem muito da história dela na própria obra! É uma leitura leve e rica, acreditando ou não no assunto, é uma bela dica para quem gosta de sobrenatural, me lembrou muito uma série que li quando menina, da autora Meg Cabot, e estou muito ansiosa para os próximos volumes! 

O livro é muito bonito, tanto na parte física, como na história, o romance é fofo, mas tem seus toques reais, também fala da paixão na juventude, e como pode ser saudável  ou não, a massagem da obra é clara, fala muito da missão de cada pessoa na terra, chega a abordar questões como o suicídio, e como é importante se aceitar, para ser feliz e cumprir sua parte! O Segredo de Indie mostra que a morte não é o fim, e que a vida tem que ser vivida com intensidade e respeito, pelos outros e por si próprio também, ansiosa para descobrir onde Indie irá me levar nessa jornada! Recomendadíssimo! 

''Estava cantando para mim mesma. E era isso o que realmente importava. Cada passo, cada respiração do meu corpo, era para me manter viva e seguindo em frente. Se eu estava no mundo, era por algum motivo. E eu tinha a capacidade de fazer e construir algo, mesmo que ainda não soubesse o que poderia ser.''

Paula Juliana

40 comentários:

  1. Oi Paula, nossa nunca li nada nem parecido rss, parece ser uma história muito boa e que prende o leitor a todo tempo! :) Bela resenha!

    ^^

    Abraços!

    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. adorei! é bem o tipo de história que eu gosto!
    já vou colocar na minha lista de livros! :D

    xoxo
    Guria do Século Passado

    ResponderExcluir
  3. Mais uma excelente partilha!
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia. Parece ser bom, apesar de não ser o tipo de leitura que eu gosto.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia, obrigada pela partilha!

    r: Muito, muito obrigada. É ótimo ler isso *.*

    ResponderExcluir
  6. Já li algumas resenhas positivas sobre a obra, o que me deixa bem entusiasmado para desbravar o livro. Parece ser uma boa leitura.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de maio. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  7. Oi Paula, tudo bem ???
    Confesso que ainda não conhecia esse livro, e também não conhecia nenhuma das autoras, mas parece ser um ótimo livro !!!
    Gosto muito de romances sobrenaturais, por isso me encantei bastante com esse livro, e pude ver que você também curtiu bastante a leitura. Concordo contigo flor, o nome da protagonista é bem estranho, mas o apelido dela é bem fofo, gostei bastante.
    A única coisa que me decepcionou um pouco, e isso nem chega a ser um problema da história em si, é que se trata de uma série. Estou tentando dar uma pausa com as séries mas a coisa tá difícil, rsrsrs, toda vez encontro um novo livro que eu quero ler e acho que nunca vou conseguir fugir das séries, rsrsrs.

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então flor! To com o mesmo problema, estava evitando começar novas e novas séries, mas agora parece que sempre vem uma coleção ou trilogia, então cansei de resistir e resolvi abraçar mesmo, se gostar vou lendo, se não gostar pulo pra outro! Essa é uma série que pretendo companhar! Também amo essa pegada sobrenatural, e acredito, então vou postar! Obrigada pelo comentário lindo! Beijos

      Excluir
  8. Oi Paula,
    Esse livro tem uma capa bem bonita mesmo e fiquei interessada em ler. Sua resenha ficou ótima, você conseguiu transmitir tudo o que sentiu durante a leitura e ainda me deixou curiosa para conhecer o enredo!
    Personagens bobas e desastradas são comuns, mas prefiro quando o autora consegue criar um mocinha madura e responsável que é o caso da Indie, né? rs
    Ps. Te encontrei no instagram e twitter :) Fique a vontade se quiser conhecer os meus, ajudaria muito! @barbara_carollo e @BrbaraCarollo
    Beijos!

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bárbara! MUITO obrigada! Era bem o que eu gostaria de passar mesmo! Então gostei muito da Indie, mesmo quando apaixonada, senti a personalidade e consegui entender tudo que ela passou! Vou lá sim! Obrigada por me procurar! Beijos

      Excluir
  9. Não conhecia o livro e fiquei bem interessada! Ótima resenha.
    Um beijo

    Dicas para Todas

    ResponderExcluir
  10. Resenha maravilhosa amei a dica do livro
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=eNNlFtDc1-o
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Confesso que não conhecia o livro, mas parece um livro interessante. É sem dúvida uma bela partilha :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
  12. Esse livro parece ser ótimo. Gosto muito desse tipo de história, mas nunca tinha ouvido falar sobre ele. Já fiquei com vontade ler. <3

    www.revistadarafa.com.br

    ResponderExcluir
  13. Parece ser ótimo esse livro, fiquei com vontda em ler.
    Beijos!
    www.mahmaquiagens.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Parece ser maravilhoso. O tipo de leitura que prende minha atenção.

    Beijos
    http://pimentasdeacucar.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oiii, tudo bem??? Esse é um livro que eu já queria muito ler, depois desta resenha, quero mais ainda, heheh. Eu acredito em algumas coisas e desacredito de outras, mesmo assim, acho que eu ia curtir pra caramba o livro. Bom saber que a protagonista não é cheia de mimimi. Isso sempre me irrita, ahhah
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gih! Sim, tem protagonistas que a gente gostaria de matar! ahahah Obrigada flor e espero que leia logo, ele é muito bom e interessante! Beijos

      Excluir
  16. me pareceu muito interessante! não conhecia!

    www.blogamorarosa.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Paula :3
    Ahh, parece um livro bem legal. Já tinha visto a resenha dele e fiquei curioso. O sobrenatural dele com certeza é um ponto que me cativa. E os personagens também. Parece tão legais *-* Você falando tão bem dos protagonistas. Como não querer D:

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  18. Que bom que gostou!!! também adorei o livro!!!

    Fora que ele é lindo né?!!

    Adorei a resenha!! ♥

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Achei engraçado o nome da personagem! >.< Também gosto desses assuntos de paranormalidade, mas confesso que não dava nada para esse livro :/ Sua resenha me deixou curiosa e foi muito legal conhecer a sua opinião positiva, já estou um pouco mais interessada nele do que antes! \o/ Bjoss

    Tici | www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir