sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Resenha: Como Ser Feliz - Ou, no Mínimo, Menos Triste - Lee Crutchley

Resenha: Como Ser Feliz - Ou, no Mínimo, Menos Triste - Lee Crutchley
Classificação: 4/5
Editora: Paralela

Sinopse: Como Ser Feliz - Ou, no Mínimo, Menos Triste - Lee Crutchley
Como Ser Feliz - Com perguntas divertidas e instruções surpreendentes, Como ser feliz (ou, no mínimo, menos triste) ajuda os leitores a verem a vida com novos olhos e redescobrir os prazeres simples que trazem alegria.

''Uma luz constante em um mundo às vezes sombrio.''

Você está em busca da felicidade? Acredita que a felicidade tem uma receita, um manual e que você vai encontrá-la nesse lindo livro? Sinto desapontá-los, espero que você feche o link ou desligue o computador, pois não vamos apresentar aqui nessa obra, nem nessa resenha nenhum milagre!  

Confesso que não tenho muita experiência com livros interativos, que tenho até uma dó muito grande de escrever, colorir ou colar nessas obras, pois livro bonito para mim é os perfeitinhos, sem arranhões, porém,  já começamos com o assunto, perfeição, NÃO EXISTE, sendo ele na literatura ou na vida real! Meu primeiro pensamento quando comecei a ler e olhar as perguntas, os exercícios que tinha que fazer, foi... não vou fazer isso! Me senti incomodada! Achei que não ia conseguir fazer/responder, e para minha surpresa, depois de responder a primeira página, a segunda foi mais fácil, a terceira mais ainda e assim por diante, fiz no meu caminho de volta para casa no ônibus depois de um dia de trabalho bem dizer meio livro e me surpreendi com o resultado!

A proposta do livro não é uma cura para a infelicidade, não é a cura da depressão e da ansiedade, mas é um modo de se conhecer, de ver o que esta acontecendo e de tentar ser menos triste! Não estou em uma época triste, bem dizer, minha época negra já passou, mas ninguém é feliz o tempo todo, nada é super perfeito e temos sempre algum campo da nossa vida que estamos ou ficamos mais sensíveis!

Lee Crutchley nosso autor não é médico, não é psicologo, é um pesquisador que passou por momentos complicados e de tanto buscar a felicidade, descobriu que essa busca incansável não estava funcionando, quando queremos, tentamos muito algo, esse algo não vem, não acontece! Você só vai se estressar se tentar controlar tudo e todos sempre, de buscar algo de forma mecânica e simplesmente é fato que o perfeito não existe! Esse negocio de tentar o tempo todo ser a bonequinha perfeita, feliz e contente não é natural, não é verdadeiro e não deixa ninguém feliz!

Fazendo os exercícios do livro consegui lembrar e escrever coisas que não sabia que tinha, que poderia colocar para fora, pesadelos antigos que marcaram minha vida, situações e medos que me deixam e me deixaram ansiosa. Fiz listas, sou uma pessoa de listas, sempre fui, acho mais fácil de me organizar, mais fácil de conseguir visualizar coisas, fiz listas de sentimentos, de qualidades, de imperfeições/defeitos, consegui observar gostos, cheiros, vi e senti sentidos que na correria do dia-a-dia ficam esquecidos ou passam batidos.
Observei pessoas, olhei em volta e olhei para mim mesma!

Contra todos os meus preconceitos, foi uma experiência muito legal e um aprendizado e tanto! Com uma edição lindíssima e caprichada Como Ser Feliz - Ou, no Mínimo, Menos Triste de Lee Crutchley, foi uma grande e ótima surpresa! Recomendado para o público que curte um lance mais autoconhecimento, gosta de livros interativos e quer ser menos triste e criativo!!! 


Conhecendo Como Ser Feliz - Ou, no Mínimo, Menos Triste - Lee Crutchley por dentro:


Paula Juliana

20 comentários:

  1. Olá Julia, tudo bem?
    Gostei muito da premissa como você escreveu e também achei muito legal tirar fotos de páginas do livro!
    Um abraço

    Www.doctorleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Paula! Tudo bem? Adorei a premissa do livro e essa capa linda! Eu gosto muito de livros interativos, então logo me interessei por "Como ser feliz - ou, no mínimo, menos triste". Adorei as suas respostas em algumas páginas e fiquei com muita vontade de completar o livro também! :3

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Tony! Espero que seja uma experiencia mega feliz para você! Beijos

      Excluir
  3. Nossa, morro de pena de livros interativos também. hahaha

    Seguindo o blog!
    http://postandotrechos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Que legal! Eu tenho o Livro do bem e adoro!
    Só de abrir ele e ler suas mensagens e tarefas, já me sinto mais feliz :)

    Beijos,
    www.naestradadafantasia.com

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Ainda não tinha visto falar desse livro! A resenha ficou ótima!
    Quero tentar ler ele um dia!
    Beijos
    sonhardevaneios.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Paula, tudo bem?
    Eu adorei a sua resenha! Confesso que no inicio o livro não tinha chamado a minha atenção, porém fiquei bastante interessada na proposta do livro, ele deve ser muito bom para o auto conhecimento.

    www,fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim Gi! Acabamos dando o braço a torcer! Gostei! Beijos

      Excluir
  7. Oi Paula.
    Não conhecia esse livro ainda. Eu gosto de livros interativos, não dos tipos Destrua esse Diário que não consegui fazer hehe, mas dos outros que trabalham a mente da gente. Gostei das imagens que você postou e só não compro porque tenho 3 aqui em casa e tempo que é bom nada hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei como é Sil! Meu tempo ultimamente está sagrado! ahahha
      Obrigada! Beijos

      Excluir
  8. Esse estilo de livro estão fazendo sucesso cada vez mais.
    Não são o meu forte apesar de ter uns dois rs
    Muito bom ilustrar a resenha com fotos das "passagens" do livro, já que se trata de um livro interativo.
    Beijos
    Dri

    ResponderExcluir
  9. Oie
    Achei bem interessante a premissa do livro, quem nunca passou por uma fase dessas, não é mesmo?
    Gostei de ver a diagramação do livro e achei legal ele ser interativo.

    Beijos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Nessa, as pessoas passam por momentos difíceis, é complicado! Beijos

      Excluir
  10. Oi!
    Não conhecia esse livro, adoro livros interativos e gostei da proposta desse, parece ser muito bom.
    Abraço!
    Leitura Fora De Série

    ResponderExcluir
  11. Que livro legal, me lembra um pouco "Destrua esse Diário" que eu tenho e amo. Acho que irei comprar esse livro em breve, parece ser ótimo. Um grande beijo.
    Fique à vontade para visitar meu blog. http://palavrasambulantes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir