quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Resenha: Mentiras que Confortam - Uma Ação, uma Reação e uma Decisão Podem Mudar o Mundo - Randy Susan Meyers

Resenha: Mentiras que Confortam - Uma Ação, uma Reação e uma Decisão Podem Mudar o Mundo - Randy Susan Meyers
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 
Editora: Novo Conceito
Skoob

Sinopse: Mentiras que Confortam - Uma Ação, uma Reação e uma Decisão Podem Mudar o Mundo - Randy Susan Meyers
Mentiras que Confortam - Cinco anos atrás... Tia apaixonou-se obsessivamente por um homem por quem nunca deveria ter se apaixonado. Quando engravidou, Nathan desapareceu, e ela entregou seu bebê para a adoção. Caroline adotou um bebê para agradar o marido. Agora ela questiona se está preparada para o papel de esposa e mãe. Juliette considerava sua vida perfeita: tinha um casamento sólido, dois lindos filhos e um negócio próspero. E então ela descobre o caso de Nathan. Ele prometeu que nunca a trairia novamente, e ela confiou nele. Hoje... Tia ainda não superou o fim do seu caso com Nathan. Todos os anos ela recebe fotos de sua garotinha, e desta vez, em um impulso, decide enviar algumas delas para a casa do ex-amante. É Juliette quem abre o envelope. Ela nunca soube da existência da criança, e agora precisa desesperadamente descobrir quantas outras mentiras sustentaram o seu casamento até hoje.

Hoje o assunto é sério, polêmico, e é com vocês mulherada que quero conversar! Vamos falar de traição! De relacionamentos! De família! E de MENTIRAS! As mentiras que mascaradas ou não, confortam e também... machucam! Minha última boa leitura foi a obra: Mentiras que Confortam da autora: Randy Susan Meyers, não conhecia a autora, foi minha primeira experiência com uma obra dela e devo dizer que me agradou, e ao mesmo tempo me incomodou, mexeu com meu lado feminista interior, que queria entrar na obra e pular no pescoço de um dos protagonistas!

Se fosse para descrever a obra em uma palavra seria a palavra: incomodo, ou até magoa, não sei se é só comigo, ou acontece com vocês também, mas sempre que leio um livro que lide com o tema relacionamentos/traições, se foge do bom e velho triangulo, o que não é o caso desse bonito, que fala muito mais que isso, lida com o tema família, me sinto super mexida e tentada a querer que a protagonista se inspire em uma ''Garota Exemplar'' da vida e se vingue no maior estilo! 

Aqui encontramos, três mulheres fortes, três protagonistas totalmente diferentes, que ao narrar suas histórias criam uma grande teia que contam o enredo de uma grande traição que deu vida a uma doce e séria menininha! Savannah, com três mães e dois pais! Muito adulto para pouca criança! Tadinha! Mas antes disso, devo contar o que deu origem ao drama central!      

Tia é uma garota de 24 anos, com sonhos românticos e ilusões sobre o amor e os homens, acabou se envolvendo um um homem mais velho, mais experiente e muito, muito casado! Tia a doce e romântica insegura Tia, virou a outra, e depois de um ano de relacionamento, Tia descobre que está gravida! 

Juliette é a boa garota, mãe exemplar, mulher e esposa exemplar, sempre disposta e alerta, a mulher que todo o homem pediu a Deus, a profissional sempre alerta, a boa filha e mãe dedicada! Casada com Nathan, eles se amam, tem dois filhos lindos, uma relação invejável, se não fosse o caso que Nathan escondeu durante um ano inteiro que vai abalar a família dessa forte mulher! 

E então, conhecemos Caroline, casada e feliz, uma profissional nota dez que vive para estudar e ajudar a encontrar a cura do câncer, tudo vai muito bem, e agora seu marido quer adotar uma criança, ela não se sente preparada para ser mãe, mas como é a vontade de todos, Caroline acaba adotando a bebezinha da abandonada Tia!  

A vida dessas três mulheres se entrelaçam por causa da linda menina Savannah

O livro fala da traição de Nanhan, do papel dos pais e mães na vida dessa menina, mas ele tem como destaque, como foco as mulheres! E as ações que levaram a esse emaranhado de mentiras! 
Fala das mulheres que se anulam por causa dos homens, as mulheres que fazem mil papéis durante seus dias, suas vidas e que mesmo se desdobrando acabam não sendo boas suficientes. 
As mulheres que não enxergam seu valor, tem atitudes destrutivas com suas vidas, ou simplesmente as que trabalham demais, que não se dão de presente o tempo, um tempo para si mesma!

Juliette não esperava quando Nathan entrou em casa daquele determinado dia contando que teve um caso de um ano com outra mulher, e cinco anos depois ela não esperava receber uma carta de Tia com fotos de uma menina de cinco anos, que supostamente era filha de seu marido, então sua perfeita família feliz está ameaçada novamente, não só tendo que lidar com os fantasmas de uma dolorida traição como também tendo que aceitar que agora seu marido tem outra filha, uma filha que ele nunca contou sobre sua existência! Senti as dores, as emoções de Juliette, acredito que foi a personagem que mais me marcou pela narrativa emocionante que nos mostra! 

Tia é a outra, ao contrário do que eu acreditava, fiquei comovida com ela, Nathan foi um golpe na vida da moça, ela se envolveu com um homem que não era para ela, se apaixonou, perdeu a mãe, ficou sozinha, perdeu as esperanças, perdeu a filha! Não aguentou ficar com a criança e se lembrar do pai dela, um pai que a mandou tirar o bebê! Não concordei com a atitude dela, mas entendi tudo que a levou a tomar. Tia não via seu valor, o tipo de mulher que quem olha acha que além de linda tem tudo, mas Tia não se sentia assim, nunca se sentiu, ela era vazia! 

Caroline não sabia como ser mãe, adotou a menina que amava, sim, mas não sabia como lidar, dura demais, séria demais, trabalhando demais, Savannah por mais amada que fosse não estava nos planos dessa mulher!

Meu lado feminista queria chacoalhar essa obra, sacudir cada uma dessas fortes personagens, entrar na história e falar diretamente com cada uma delas, achei genial como a autora por meio de uma drama muito bem elaborado conduz uma história criticando e levantando assuntos polêmicos sobre família e relacionamentos!   
Mentiras que Confortam é uma obra que recomendo! Ela é gostosa e envolvente, com personagens muito bem elaboradas, com homens que eu queria matar, com assuntos que nos fazem pensar e refletir sobre valores e conceitos de nossa atual sociedade. Espero que conheçam a menina Savannah e sua GRANDE e louca família! 
Mentiras são uma maldição, em alguns momentos podem ser uma benção!!! Muita emoção e magoa em um drama cheio de amor!
Leiam!!

Paula Juliana

82 comentários:

  1. Nossa gostei muito da resenha e do assunto tratado no livro ><
    http://geoaraujoand.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Paula. Quero muito ler esse livro e sua resenha só me deixou mais ansiosa ainda. A capa desse livro, pode ser estranha para alguns, mas eu achei bem diferente e bonita. Fico feliz que tenha gostado tanto do livro!
    Beijo,
    http://www.pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi Paula...
    Este livro parece ter muito drama mesmo. Ainda pretendo ler, mas não é uma prioridade.
    A resenha ficou ótima.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. eu tinha visto ele logo quando a NC lançou mas n~ao me interessei em solicitar...
    não curti a premissa e a capa tbm não ajudou muito... como tenho várias leituras pendentes, achei melhor não arriscar a pedi-lo...

    ResponderExcluir
  5. Olha eu ia ler esse livro esse mês, mas uma das minhas colaboradoras se ofereceu.
    Me parece ser uma história incrivel mesmo pelo que você falou. Espero ter a oportunidade de fazer a leitura assim que tiver chance, mas um livro que estou lendo e que vi que você também está é SOLDIER. Estou lutando para continuar a leitura, porque hora ou outra eu fico com sono menina. E você como tá lidando com a leitura? Eu até acho fofo e tudo, mas sinceramente tem me dado muito sono ==/ Enfim...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/dia-de-quote-7.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sil! Também comecei a ler Soldier e guria, to bem lerda com ele, ainda não engrenou a leitura!!! Espero que aconteça a magica logo! hhahaha
      Beijos

      Excluir
  6. Estou louca para ler esse livro!! Ele está aqui na minha estante me chamando para lê-lo mas antes preciso ler outros... Solicitei por AMAR um bom drama e esse parece ser realmente maravilhoso. Sua resenha ficou show, adorei.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Paulinhaaa!

    Não conhecia o livro, parei de acompanhar os lançamentos da Editora. Faz tempo que não me interesso por algum. ( Eu pareço um disco arranhado falando isso de novo, mas é a realidade. )
    Me surpreendi com a resenha, fiquei bem curiosa para ler.

    Beijos!

    Cintia
    http://www.theniceage.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Paula! Tudo bem? Não ando acompanhando muito os lançamentos da Novo Conceito, mas parece que a editora vem acertando muito né... Eu não conhecia o livro e apesar do drama não ser o meu gênero favorito de leitura, eu gostei de saber da complexidade da história. Lidar com livros que falam de relacionamento, família e traição sempre mexe um pouco com aquilo que acreditamos ou esperamos, esse tipo de provocação pode ser uma boa pedida. A dica está anotada! Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada flor!!! Eu to curtindo vários dos lançamentos da editora e me divertindo muito!!!! Espero que leia e ame esse lindo!

      Excluir
  9. Paula, muito interessante esse livro. Não conhecia. Dica anotada! ;-) Sei que às vezes as mentiras são necessárias, mas acho que a verdade é a melhor saída, sempre. Por mais dolorosa que seja. Ah! Já fiquei com raiva desse Nathan. Essas histórias sempre nos ensinam, né? ♥

    Beijos,
    Carol
    www.pequenajornalista,com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também flor, apesar que ele se arrepende mesmo, mas ainda traição é traição para mim! Beijos

      Excluir
  10. Bom dia, Paula!
    Já é a segunda resenha desse livro que esbarro por aqui nos blogs.
    Sempre acumulo títulos para ler, conforme leio as resenhas, mas este foi um dos que não foi pra lista, ainda. Assim como vc, o tema relacionamentos me incomoda. Não gosto de ler sobre lares destruídos, traições etc, ainda mais numa época em que tudo é tão normal... Lógico, sempre há livros, onde este tema entra, mas fazendo parte de outro contexto. Quem sabe, ainda não o coloque na lista ... minhas leituras são de época.
    Mandou super bem na resenha!

    Abraços e ótima semana.
    Márcia.

    ResponderExcluir
  11. Estava super ansiosa para que você resenhasse esse livro .
    Adorei sua resenha e adorei mais ainda a história do livro , fiquei com muita vontade de o ler .
    Beijos ...

    http://coisasdediane.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oii Paula..
    Que resenha incrível!
    Amei de verdade... esse livro me chamou a atenção, mas estava em dúvida se o leria ou não.Sua resenha foi a primeira que eu li sobre ele e me chamou muito a atenção. Quero conhecer esse emaranhado de histórias que se resume a uma criança.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Maya, é muito adulto pra uma menininha só! ahaha
      Obrigada!

      Excluir
  13. Achei o máximo a história, você resenha tão bem que fiquei com vontade de ler, vou colocar na minha lista de próximas leituras!!! Gosto de livros assim. haha legal! beijos <3
    caeentrenos.wordpress.com Espero que goste, tá cheio de posts legais! <3 ou @caentrenosblog no IG <3

    ResponderExcluir
  14. Tudo ou qualquer assunto relacionado a mentiras e traições sempre mexem comigo de uma forma ou de outra, sei que isso é comum hoje em dia, sei que existe algo chamado perdão etc ... mas não sei explicar, quando leio algo do tipo e não vejo não diria vingança, mas justiça, me sinto incomodada ...

    Gostei da resenha!

    Bjos Paula!
    <Minda

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha.. hj vou no shopping e vou ver se tem esse livro.. bjs e sucesso
    www.karinapadilha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. oi linda gostei da resenha.
    beijinhos
    rahtuber.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Não tenho palavras para agradecer.

    att. Alexandre Santos

    ResponderExcluir
  18. Nossa mexeu com o seu lado feminista interior? Ah então eu tenho que ler. Adoro esses livros que cutucam a gente e nos colocam pra pensar sabe?

    http://www.arianebaldassin.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada flor!! É verdade, e é o mais importante! Beijos

      Excluir
  19. parabéns depois me em´presta pra eu ler srrsrsr adorei sua resenha deu vontade de quero mais
    http://artmelzinha.blogspot.com.br/#_

    ResponderExcluir
  20. Oi Paulinha, sua linda, tudo bem
    Dói não é verdade? Histórias de traição também mechem muito comigo, me afetam. E mentiras, nossa, as pessoas ainda não perceberam que manter uma mentira é mais destrutivo do que contar uma verdade. Eu não vou julgar Paulinha, mas acredito que todo mundo tem a escolha de dizer sim ou não e quando Tia disse sim, tudo isso aconteceu. Não teria nenhum problema, se fossem apenas os adultos envolvidos para arcar com as conseqüências, mas eles geraram uma vida que é inocente nessa história. Só você mesmo para me abalar com essa resenha e me fazer refletir a essa hora. Adorei a resenha, não vejo a hora de ler o livro.
    Beijinho.
    Cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cilinha linda!! Obrigada e também acredito nisso e sinceramente Tia e Nathan que moldaram a história com a traição, sou bem rancorosa com esse assunto e dificilmente perdoo, por isso e muito mais que mexeu comigo!! OBRIGADA sempre! Beijinhos!

      Excluir
  21. Ótima a resenha, o livro deve ser muito bom. Beijos!
    Blog Menina Descolada

    ResponderExcluir
  22. Eu ainda não resenhei esse livro, mas não foi uma leitura que me agradou. Acho que eu sou muito prática nessas situações, e as mulheres do livro simplesmente não falam o que estão sentindo. Elas guardam, mentem e isso faz com que o enredo se desenvolva da forma que desenvolveu. Não gostei disso.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Débora, elas se reprimem e isso faz que tudo aconteça na forma que aconteceu, eu realmente gostei da crítica da história e do enredo também, curto um bom drama! Beijos

      Excluir
  23. Olaaa
    Muito boa a resenha e estou curiosa depois de ler tantos elogios, que bom que gostou tanto, o enredo é ótimo e chamativo. Boa dica.

    Beijos
    Reality of Books

    ResponderExcluir
  24. Boa noite!
    amei a resenha,lendo sua resenha dá até vontade de ler o livro...
    Bjsss

    ResponderExcluir
  25. Oi Paula.
    A resenha é ótima, e quanto ao livro, quem sabe um dia.Não é o meu tipo preferido, mas eu o leria.
    Boa noite! Bjs.

    ResponderExcluir
  26. Sei que às vezes as mentiras são necessárias, mas acho que a verdade é a melhor saída. Por mais dolorosa que seja.bjs

    ResponderExcluir
  27. Que livro interessante, tenho que comprar. adorei seu post <3
    www.wetbf.com

    ResponderExcluir
  28. Amo ler resenhas que me trazem bastante do filme ou livro (neste caso). Acaba me dando mais vontade de conhecer a historia. Gostei a partir da primeira parte da sua resenha que conta o entrelace da vida das 3 mulheres. Muito interessante e quero ter a oportunidade de poder ler esta obra. Bjus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que leia Tyci! É um ótimo enredo e espero que goste muito tmbm, muito obrigada! Beijos

      Excluir
  29. Gente do céu, não pisquei o olho lendo essa resenha, e já coloquei na minha lista de livros para comprar kkkkkkkkkkkkkkk, amei.
    Beijos!
    www.julifelix.com

    ResponderExcluir
  30. Preciso ler esse livro pra ontem
    http://eesmaltecia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Pelo título e sua resenha, deve ser um livro bem agradável de se ler, acredito até que seja bem atual
    Gostei, anotei

    Beijos
    Rafael

    ResponderExcluir
  32. Lendo as suas resenhas , vejo que estou precisando muito recomeçar com uma boa leitura. Você dá ótimas dicas de livros, gosto muito do seu blog.
    www.viproveigostei.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  33. Gostei muito da resenha fiquei bem curiosa, bjs
    pontosecoresg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  34. O livro deve ser bacana, mentira é algo muito polêmico, mas detesto de qualquer jeito!
    Beijos

    ResponderExcluir
  35. Gostei bastante das suas palavras na resenha, mas n~~ao ´´e o tipo de livro que eu gosto.Abraços

    ResponderExcluir
  36. Um bom drama é muito interessante! Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  37. O livro parece ser muito interessante desde a sinopse. Apesar do tema ser difícil para várias pessoas, e mais ainda para aquelas que já passaram por situações semelhantes. Realmente mentiras nunca são boas, ainda mais quando escondem algo tão sério. Sua resenha ficou ótima. Beijos, Érika

    >> www.queroseralice.com.br <<

    ResponderExcluir
  38. Ola
    Sua resenha está ótima, deu vontade de correr para a livraria e comprar...heheheeee
    Semana abençoada
    www.atelierarteunica.blogspot.com

    ResponderExcluir
  39. Eu estou com esse livro aqui para ler, mas eu confesso que não estou muito animada para ler, mesmo depois da sua resenha. Você pontou muito bem todos os aspectos do livro, mas como eu gosto de personagens feminis mais ativa, então acho que vou morrer de raiva dessas do livro.
    Traição é sempre um tema polêmico, né?!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  40. Gostei da postagem parabéns, este livro deve ser ótimo =)
    bjs.

    fotoxt.blogspot.com

    ResponderExcluir
  41. Oii!

    Não conhecia o livro, mas fiquei bem interessado nele! Amei a capa e a sinopse é maravilhosa ^^
    Já vou anotar a dica!

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  42. Oi Paulinha,
    Traição é um tema que não deixa de ser atual.. sempre. Infelizmente temos que conviver com essa sombra em nossos relacionamentos. Independente de ser um homem ou mulher que trai. Os motivos variam, mas as inseguranças não, os medos e as consequências que atingem a família, ou famílias, pois sempre há no mínimo dois lados. Não suporto a traição, pois se uma das partes trai é porque nunca pensou na outra, deixou de respeitar e aí o relacionamento está a um décimo de desabar. Como sempre uma ótima resenha.
    bjs

    Antonio Henrique
    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir