domingo, 16 de agosto de 2015

Resenha: A Teoria de Tudo - A extraordinária história de Jane e Stephen Hawking - Jane Hawking

Resenha: A Teoria de Tudo - A extraordinária história de Jane e Stephen Hawking - Jane Hawking
Classificação: 3/5
Editora: Única
Skoob

Sinopse: A Teoria de Tudo - A extraordinária história de Jane e Stephen Hawking - Jane Hawking
A Teoria de Tudo - A história de Stephen Hawking é contada pela luz da genialidade e do amor que não vê obstáculos. Quando Jane conhece Stephen, percebe que está entrando para uma família que é pelo menos diferente. Com grande sede de conhecimento, os Hawking possuíam o hábito de levar material de leitura para o jantar, ir a óperas e concertos e estimular o brilhantismo em seus filhos entre eles aquele que seria conhecido como um dos maiores gênios da humanidade, Stephen.
Descubra a história por trás de Stephen Hawking, cientista e autor de sucessos como Uma breve história do tempo, que já vendeu mais de 25 milhões de exemplares. Diagnosticado com esclerose lateral amiotrófica aos 21 anos, enquanto conhecia a jovem tímida Jane, Hawking superou todas as expectativas dos médicos sobre suas chances de sobrevivência a partir da perseverança de sua mulher. Mesmo ao descobrir que a condição de Stephen apenas pioraria, Jane seguiu firme na decisão de compartilhar a vida com aquele que havia lhe encantado. Ao contar uma trajetória de 25 anos de casamento e três filhos, ela mostra uma história universal e tocante, narrada sob um ponto de vista único.
Stephen Hawking chega o mais próximo que alguém já conseguiu de explicar o sentido da vida, enquanto Jane nos mostra que já o conhecia desde sempre: ele está na nossa capacidade de amar e de superar limites em nome daqueles que escolhemos para compartilhar a vida. O livro que inspirou o emocionante filme A Teoria de Tudo.

Uma leitura difícil! 
Minha história com  livro A Teoria de Tudo é de amor e ódio! Foi uma leitura complicada, sou o tipo de leitora que pega uma obra e simplesmente viaja junto com ela, e quando vejo terminei em dois, três dias, demorei um mês para terminar essa, quando comecei a ler A Teoria de tudo, já tinha tido contado com o filme, coisa que geralmente não faço, sempre procuro ler antes os livros para assim assistir os filmes logo em seguida, mas quando surgiu a oportunidade de ler, eu já tinha visto o filme duas vezes, e AMEI o filme, fiquei muito, muito animada para ler, pois o filme tinha me deixado com o gostinho de quero mais, aquela sensação de quero conhecer essa história bem a fundo, quero desvendar tudo, saber todos os detalhes, pois é claro, que muita coisa foi cortada no cinema! Somos leitores viciados, sabemos como funciona, os livros são e sempre vão ser as melhores fontes para sanar a nossa sede!

Então super animada comecei a ler essa história que conta a vida de Stephen Hawking pelos olhos de sua companheira de vinte cinco anos Jane Hawking, só que o livro não funcionou comigo como tinha imaginado, logo no inicio comecei a ver descrições demais, fatos que não me interessavam e a história que imaginei que iria fluir como um rio, não andava, era como se eu lesse e não saísse do lugar! O que me incomodou foi a narrativa, a escrita de Jane, a história é boa, só que não aconteceu aquela magia, aquele amor e principalmente aquela emoção.
Foi como se o filme tivesse contado uma versão da história e o livro outro! No cinema a coisa toda foi muito romantizada, sim, as vezes que assisti terminei INSPIRADA, achando Stephen o máximo, amando seu carisma, seu humor, sua postura perante não só a doença, como a carreira e a sua família. O livro foi um tremendo choque de realidade, vi o que não queria ver, Jane mesmo em meio de descrições fala do amor, família e dos fatos que aconteceram em sua vida de uma forma direta no que se refere aos seus sentimentos durante as situações.

Meu maior problema foi observar como Jane se deixou ser podada, desistiu de muitas coisas, se calou, a história envolve a ciência, sim Hawking é um brilhante cientista, e a religião, Jane tem uma fé muito grande, e algumas vezes até isso colocou de lado por seu marido. Houve amor? Sim, claro que sim, mas não o amor que leio dos romances, o amor que a biografia apresenta é uma amor nada romantizado, onde Jane vê de uma forma clara sua vida, o que fez, o que deixou de fazer, ela analisa diversos pontos, a leitura começou a ser menos massante depois da metade da obra, mas minha visão sobre Hawking permaneceu a mesma, sinceramente não achei ele tão bonzinho durante a leitura, o achei um homem orgulhoso, teimoso e até autoritário, porém um gênio, muito inteligente, e corajoso!
Jane tinha o entendimento que foi por ser esposa de Hawking que conseguiu conquistar várias coisas, o livro e o filme (exemplo) junto com toda a repercussão, não teriam existido se ele não fosse quem é!
Hawking não ficou famoso por sua doença, ficou famoso por suas teorias, seu trabalho, sua mente, que é uma parte que achei bem interessante na obra!      

A Teoria de tudo não foi a leitura que acreditei que fosse, confesso que geralmente não me dou bem com biografias mesmo, foi uma leitura densa, e se arrastou bastante, mas por não ter funcionado comigo não quer dizer que seja um livro ruim, é uma boa história, tenho certeza que tem a capacidade de cativar vários leitores, meu conselho é que leiam e tirem suas próprias conclusões, particularmente e exclusivamente nesse caso prefiro ficar com o romance das telonas!   

Paula Juliana

30 comentários:

  1. Olá, como vai? Sou do blog WID e nós mexemos com design de blogs. Caso esteja interessada em mudar o visual do seu blog, dê uma olhadinha aki → http://worldimperialdesign.blogspot.com.br/ obrigada ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Emmanuelle! Por enquanto estou feliz com o visual do blog, ele é original, mas quando quiser dar uma carinha nova para ele te chamo! Beijos

      Excluir
  2. Oi Paula! Vi o filme e adorei, mas já vi resenhas sobre o livro que comentam justamente coisas que comentou, no livro muda algumas coisas mas eu entendo plenamente. Sem dúvidas é uma história linda, e que merecia ser vista pelos olhos da Jane!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Joi, várias pessoas vieram comentar comigo que sentiram a mesma coisa lendo e vendo o filme! Beijos

      Excluir
  3. Oi Paula! Até hoje não assisti ao filme, exatamente por querer ter contato com o livro primeiro. Já estou um pouco acostumada que livros desse tipo, que relata a vida real de alguém e etc, seja pelos olhos da pessoa, ou por uma terceira, eu acabo enrolando para ler, para não cansar. Exatamente um motivo do qual até agora não peguei para ler Teoria de Tudo. O último livro que li deste tipo faz pouco mais de um ano e eu demorei um mês e meio, porque não é que nem as histórias fictícias, que fluem rápido, que faz e acontece, haha. Mas eu acabo gostando bastante desde que eu não force. Espero conseguir ler algum dia... Pensando seriamente em dar o braço a torcer e simplesmente assistir o filme, todos falam que é lindo, hahaha.

    the blue blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Hels! Acredito que nem é tanto culpa do livro, e sim do meu gosto, que sou bem chata para biografias e histórias reais! Assista o filme é lindo mesmo, e se tiver vontade de aprofundar na história e ter uma visão diferenciada não deixe de ler, também demorei um tempo o que não é de meu feitio, mas li, e como toda a leitura vale o tempo! Beijos

      Excluir
  4. Estou louca para ver o filme, e confesso que queria o livro, mas eu tb não me dou bem com biografias, então vou desistir de ler rsrs Mas espero poder assistir ao filme..

    Beijos! :*
    www.aculpaedosleitores.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Eu também costumo ler o livro antes de ver o filme, mas não assisti ainda A Teoria de Tudo, mas nem sabia que tinha o livro, se eu me interessar procuraria o livro antes, mas achei interessante sua opnião, não sei se faria a mesma coisa agora.. Bom saber que o filme possui mais emoção e consegue ser melhor, tentarei ver o filme e se gostar muito mesmo e quiser saber mais e ter uma visão diferente lerei o livro..

    Abraços
    www.entrepaginasdelivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma boa escolha na minha opinião Caique, espero que leia também e tire as suas conclusões! Beijão e obrigada!

      Excluir
  6. Oi Paula
    Desisti de ler esse livro, pois só vejo pessoas falando que é denso e chato.
    Assim como o filme.
    Nas acho legal para os fãs de Hawking.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei do filme Rizia, o livro é uma leitura densa, mas acredito que um prato cheio para os fãs de Jane e do físico! Beijos

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ari, eu sempre sigo essa receitinha, leio as obras e depois vou ver o filme, os filmes e geralmente dá certo, esse por uma ironia assisti primeiro e me dei mal, provavelmente se tivesse feito como sempre não teria esperado tanto sobre os personagens e romance! Beijos

      Excluir
  8. Eu tenho visto muitas resenhas desse livro e emocionadas, mas mesmo assim, por enquanto e até por questão de tempo, vou ficar com o filme, gostei da história e tudo mais, só que estou com tanta leitura na frente e o filme é tão convidativo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Lilian, é mesmo, a história em si é bem convidativa mesmo! Obrigada!

      Excluir
  9. Eu tenho visto muitas resenhas desse livro e emocionadas, mas mesmo assim, por enquanto e até por questão de tempo, vou ficar com o filme, gostei da história e tudo mais, só que estou com tanta leitura na frente e o filme é tão convidativo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Lilian, é mesmo, a história em si é bem convidativa mesmo! Obrigada!

      Excluir
  10. Oi Paula!
    Ainda não tive contato com o livro e muito menos com o filme... Mas fiquei muito interessada em conhecer a história, a capa me chamou muito atenção :D Que pena que o livro não funcionou muito contigo.... Criamos sempre uma expectativa que o livro sempre será melhor do que o filme... Mas no caso, vi que não funcionou com você. Te agradeço por me avisar kkkk Vou ler o livro primeiro.... e depois acabo comparando com o filme.

    beijos
    Ariana Silva
    Blog: ariabooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ari, eu sempre sigo essa receitinha, leio as obras e depois vou ver o filme, os filmes e geralmente dá certo, esse por uma ironia assisti primeiro e me dei mal, provavelmente se tivesse feito como sempre não teria esperado tanto sobre os personagens e romance! Beijos

      Excluir
  11. Oi Paula, Tudo bem?
    Não conhecia o livro muito menos o filme, gostei muito da sua resenha!
    Adorei a capa, inclusive "Houve amor? Sim, claro que sim, mas não o amor que leio dos romances", sinto vontade de ler pela forma que você abordou tudo no livro. Quero ler! quando? Só Deus sabe kkkk preciso de money
    beijos
    Bruna
    http://vampleitores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá Paula,
    Já todos os tipos de críticas de todo tipo e fico indecisa se compro ou não.
    Acho que vou comprar no próximo mês para ter minha conclusão,
    o filme já está no Now e não vou ver. Irei ler primeiro e depois vejo o filme.

    Beijos.
    Karine
    Lendo no Inverno

    ResponderExcluir
  13. Olha eu já li várias resenhas de blogueiros comentando muito bem sobre o livro
    mas eu não tive muito interesse de solicitar ele não. Espero poder ler assim que puder sabe?
    Me parece ser interessante, mas eu acho que vou acabar vendo o filme primeiro =x

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/resenha-de-volta-para-casa.html

    ResponderExcluir
  14. Oi, flor.
    Eu gostei da sua resenha, mas percebo que você se chocou com o que, para mim, foi uma extrema demonstração de lealdade por parte de Jane. O amor do casal, em certo ponto da vida, se transformou. Não era mais o amor romântico, mas um amor fraternal. Um amor que fazia Jane colocar as necessidades de Hawking em primeiro lugar. Se ele não foi bonzinho? Acho que ele foi um pouco influenciado pela cultura da época, assim como a própria Jane ao decidir permanecer como sua esposa mesmo na infelicidade. Acho que Hawking mostrou amá-la quando a libertou. Se ele nunca tomasse a iniciativa, Jane ainda estaria com ele. E, francamente, se não fosse por ela, Hawking não teria produzido tão importante legado científico. Ele teria definhado. Deixar alguém partir da sua vida, quando foi o seu pilar de sustentação, também não é fácil. Não estou defendendo ninguém, hahaha. Longe de mim. Só estou partilhando com você a minha interpretação sobre as circunstâncias do casal.

    Beijos, flor! Estava com saudades do seu blog.
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oie!!!
    li o livro lá para meados de Abril, e concordo contigo a leitura e extremamente descritiva e arrastada.
    De modo geral ele é incrível, eu pessoalmente gostei bastante, mas acho que não encaro lê-lo de novo não kkk
    bjs.

    ResponderExcluir
  16. Oiee.

    Paulinha eu até queria ler essa obra, no entanto, sei que será uma leitura muito arrastada e por essa razão o deixo de lado e provavelmente terei a mesma percepção que vc.

    Beijos
    http://www.amorliterariooriginal.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Eu não vi o filme, mas nunca tive vontade de ler o livro. Achei que seria dessa forma mesmo, meio maçante com detalhes desnecessários. Eu como você se fosse ler demoraria séculos. Então esse livro não funciona para mim.
    Adorei a sua sinceridade.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Eu não li o livro ainda, mas vi o filme e achei muito bom. A princípio detestei eles terem se separado, mas dá pra entender os motivos de ambos pra não ficarem mais juntos.
    Mesmo o livro tendo um ritmo meio devagar, quero muito ler!
    Beijo

    ResponderExcluir
  19. Oi Paulinha,
    Quero fazer a dupla filme - livro o mais breve possível, já que eu gosto de livros biográficos e este parece ser bem interessante. Também já tive problemas com livros que achei que ia ser uma leitura rápida e quando vi já estava há vários dias lendo e parecia que não ia acabar nunca. E acho que vale a pena saber como foi e é a vida de um dos maiores cientistas da atualidade.
    bjs.

    Antonio Henrique
    www.navioerrante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Eu estou doida para ver o filme e ler o livro, mas confesso que a sua resenha me deu uma boa desanimada na leitura por causa da nota, mas continuo querendo ler para dar a minha opinião sobre os livros.

    http://loucurasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir