Pular para o conteúdo principal

Resenha: Os Bons Segredos - É impossível provar que não se é uma bruxa - Ann Leary

Resenha: Os Bons Segredos - É impossível provar que não se é uma bruxa - Ann Leary
Classificação: 4/5
Editora: Companhia Editora Nacional
Skoob

Sinopse: Os Bons Segredos - É impossível provar que não se é uma bruxa - Ann Leary
Hildy Good é uma caipira chique que sempre viveu numa histórica comunidade da região da costa norte de Boston. Ela sabe quase tudo sobre todo mundo. Hildy é descendente de uma das bruxas de Salém, e acredita-se que ela possa ter herdado alguns dons paranormais. Não é verdade, claro; ela apenas é boa em decifrar as pessoas. Hildy é boa em várias coisas, aliás. É uma bem-sucedida corretora de imóveis, mãe e avó. Seus dias são atarefados, mas suas noites têm sido solitárias desde que suas filhas, convencidas de que a mãe estava bebendo além da conta, a mandaram para uma clínica. Agora ela está em recuperação — ou não.  Os Bons Segredos é ao mesmo tempo cômico, triste e mordaz. Um clássico tipo de história que revela os segredos de uma cidade pequena, esse espirituoso romance vai ficar na memória do leitor até muito tempo depois de terminada sua leitura.

'' Posso andar por uma casa apenas uma vez e saber mais sobre seus moradores do que um psiquiatra poderia saber sobre seu paciente após um ano de terapia.''

Eis um fato na vida de todo o ser humano... TODOS temos segredos, esses que guardamos a sete chaves, as vezes dentro do coração, ou não... segredos que descobertos podem mudar a vida de uma pessoa, ou de uma família.
O que você faria se fosse descendente de uma das bruxas de Salem? E se todos conhecessem essa história? Como provar que é somente uma história?

''Sou uma velha caipira, a oitava bisneta de Sarah Good, uma das bruxas acusadas, julgadas e enforcadas em Salem.''

Hildy Good é uma mulher a sua maneira, chique, mulher do ''campo'', vivida e SOLITÁRIA, ela mora em uma antiga comunidade em Boston! Mãe de duas filhas, avô, uma vez esposa, agora separada, Hildy durante o dia está cercada de pessoas e a noite é uma mulher só!
Como uma boa corretora de imóveis ela é ótima em decifrar as pessoas e isso não tem nada haver com sua árvore genealógica, pelo menos isso é o que ela tenta deixar bem claro!    

''Meu marido, Scoot, costumava me dizer que eu teria sido enforcada como uma bruxa se tivesse vivido em outra época. Dizia isso como uma espécie de elogio, acredite ou não, e é verdade, eu realmente me encaixo no perfil, especialmente agora que estou no lado mais escuro da meia-idade.''

O Alcoolismo
Hildy acaba se deixando mergulhar na bebida para aplacar a solidão!
Até que suas filhas fazem uma intervenção e a mandam para uma clinica de recuperação.

Os bons Segredos é um drama muito bem detalhado. Conhecemos muitos personagens, são apresentados familiares, vizinhos, as pessoas que convivem e conhecem essa mulher especial, conhecemos essas pessoas por seus olhos!

A solidão é o tema central, a família, a sensibilidade, a sutileza na vida das pessoas. 
Hildy era ótima em ler os outros, mas a si mesma e seus problemas não era tão fácil. 
A parte física do livro é incrível, sempre acho o trabalha da Companhia editora Nacional impecável. Lindo!
A escrita de Ann Leary é lenta, porém gostosa e descritiva, DETALHADA! Gostei muito de Os Bons Segredos, inicialmente pensei que o enredo iria tender para o sobrenatural, mas encontrei um romance sensível e melancólico, uma busca pela cura e amor!

''Meu primeiro nome é Hilda. Meus filhos sempre me disseram que esse nome soa como o de uma bruxa, mas sou chamada de Hildy. Moro sozinha, minhas filhas estão crescidas e meu marido não é mais meu marido. Falo com animais. Acho que isso já era um aviso.''

Paula Juliana

Comentários

  1. Ótima resenha,e realmente temos segredos que guardamos as setes chaves e que podem mudar a nossas vidas.
    www.estilosamorena.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Classificação: 4/5
Editora: Companhia Editora Nacional
Skoob

Sinopse: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Chamas na Escuridão - Essa série provocante vai cativar, envolver e, até mesmo, ‘intoxicar’ a leitora como nenhuma outra. Perfeita para aqueles que amaram 50 Tons de Cinza, mas ficaram querendo mais... A história central se passa em Londres, nos bairros mais badalados dessa encantadora cidade. Mas os protagonistas, Beth - graduada em História da Arte, e Dominic – consultor do mercado financeiro, vão se aventurar também na Croácia, Turquia e NY. Profundamente intensa, romântica, provocante e sensual, essa série vai levar a leitora a um lugar onde o amor e o sexo são liberados de seus limites. Fãs de E.L. James e Sylvia Day vão se manter acordados até tarde da noite com “Chamas na Escuridão”.


''Não há prazer sem dor. Não há paixão sem sofrimento. Prefiro me sentir viva a viver em seguran…

Resenha: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma

Resenha: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 
Editora: Editora Valentina
Skoob

Sinopse: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma
Proibido - Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis. Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.
Eles são irmão e irmã. Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dram…

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Classificação: 5/5 ♥ Favorito  Editora: Companhia das Letras Skoob
Sinopse: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Vem da Suécia um dos maiores êxitos no gênero de mistério dos últimos anos: a trilogia Millennium - da qual este romance, Os homens que não amavam as mulheres, é o primeiro volume. Seu autor, Stieg Larsson, jornalista e ativista político muito respeitado na Suécia, morreu subitamente em 2004, aos cinqüenta anos, vítima de enfarte, e não pôde desfrutar do sucesso estrondoso de sua obra. Seus livros não só alcançaram o topo das vendas nos países em que foram lançados (além da própria Suécia, onde uma em cada quatro pessoas leu pelo menos um exemplar da série, a Alemanha, a Noruega, a Itália, a Dinamarca, a França, a Espanha, a Itália, a Espanha e a Inglaterra), como receberam críticas entusiasmadas. O motivo do sucesso reside em vá…