sábado, 12 de dezembro de 2015

Resenha: Beije-me Antes de Morrer - Série Love Me to Death - Volume 2 - Allison Brennan

Resenha: Beije-me Antes de Morrer - Série Love Me to Death - Volume 2 - Allison Brennan
Classificação: 5/5 ♥ Favorito
Editora: Universo dos Livros

Sinopse - Beije-me Antes de Morrer - Série Love Me to Death - Volume 2 - Allison Brennan
Parecia bem típico: uma adolescente fugiu de casa para curtir uma festa, como fazia todos os fins de semana. O problema é que, dessa vez, ela não voltou. Enquanto isso, um serial killer apelidado de Estrangulador de Cinderelas, frequentador assíduo das festas mais undergrounds de Nova York, está se aproveitando da vulnerabilidade de mulheres drogadas. Já são três vítimas friamente assassinadas. A agente do FBI Suzanne Madeaux está na caça desse assassino, e o investigador particular Sean Rogan está tentando encontrar a garota desaparecida. Para isso, ele conta com a ajuda de sua namorada, Lucy Kincaid. Atormentada por lembranças cruéis, Lucy está determinada a impedir que mais inocentes se deparem com o destino do qual ela mesma escapou por pouco. Sondando a psique distorcida de um assassino desumano, ela precisa confrontar os próprios medos – mesmo que isso ponha em risco o futuro emprego no FBI e a felicidade ao lado de Sean.

''Talvez  fosse aí  que ele entrasse. Quando ela não tivesse nada mais, ela poderia se preencher com  ele. Sean queria desesperadamente que Lucy enxergasse que precisava dele, não porque ele era um  macho grande e forte e ela era uma fêmea fraca que precisava de um  homem  – nada disso. Ela precisava dele porque ele poderia ser seu  porto seguro;  ele precisava dela porque ela lhe dava um  propósito, um significado que sua vida nunca tivera antes. Sean  segurou-a pelo rosto.
– Você faz  tudo pelos outros e, às vezes, também  precisa receber. Tome de mim . Tudo o que precisar, tudo o que quiser é seu.
Ela beijou-o. Não foi  um  dos beijos hesitantes a que ele se acostumara a receber dela. Ele não precisou  coagir a paixão reprimida dela;  aquele beijo foi audaz  e sedutor. Um  beijo de corpo inteiro, o peito dela pressionado ao seu, uma perna entre as suas, as mãos em  sua cabeça, em  seu  rosto, seu  toque incendiando-o por inteiro.''


Voltei com mais um livro da série Love Me to Death, o volume 2, da autora Allison Brennan, a obra Beije-me Antes de Morrer. Um livro muito bom para os amante de romances policiais. Essa série me deixou dias lendo igual a uma maluca, viciada, tentando descobrir quem eram os assassinos, apaixonada pelo romance do casal principal e louca pela escrita da autora. Super recomendo! 

''O Estrangulador de Cinderelas sufoca sua vítima e pega um de seus sapatos. As autoridades se recusam a comentar o que o sapato possa representar, mas a psiquiatra Elime DeFelice disse que o assassino pode ter fetiche por pés ou usar o sapato num rito sexual bizarro. Alguns especialistas alegam que assassinos em série levam i tens pessoais - normalmente lingerie e joias - de suas vítimas como uma espécie de souvenir, a fim de reencenar seus crimes mais tarde.''

Tudo começa com o desaparecimento de uma adolescente problemática. Kirsten estava acostumada a dar suas escapadas de fim de semana, mas nunca tinha ficado tanto tempo fora de casa sem dar noticias. Então, a pedido de uma mãe preocupada e seu irmão mais velho, Sean Rogan foi contratado, juntamente com seu sócio Patrick Kincaid para descobrir o que aconteceu com a garota. 

Ao conhecer o quarto de Kirsten, Sean nota que alguma coisa não esta certa, mas não sabe o que é. Sem conseguir descobrir o que estava errado, Sean pede ajuda de Lucy Kincaid, sua namorada e irmã de Patrick. Lucy está ansiosa esperando seu resultado da entrevista para entrar para o FBI como uma agente especial. Ao mesmo tempo que Lucy espera o resultado que pode mudar seu futuro, ela tenta superar antigos traumas de sua vida e lidar com a aceitação - ou falta - de Patrick para com seu namoro com Sean, que parece ser um ótimo sócio e melhor amigo, mais não serve para sua irmãzinha!

No outro lado da história, temos em Nova York, a agente Suzanne Madeaux, que investiga um caso muito sério. Temos um assassino em série a solta. A imprensa o apelidou de Estrangulador de Cinderelas, ele sempre mata suas vítimas asfixiadas, todas moças novas, bonitas, que frequentavam festas raves e estavam drogadas. Depois de matá-las, o Serial Killer levava com ele, apenas um par de sapatos da morta.           

Dois casos separados que se entrelaçam logo no início da trama. Sean e Lucy descobrem que a nossa jovem desaparecida, tinha um perfil com nome falso em um site de sexo online, analisando o perfil das ''amigas'' de Kirsten no site, encontram também algumas das meninas que foram mortas pelo Estrangulador de Cinderelas. Coincidências? Será que Kirsten está morta? Se não, será que corre perigo? Logo, Sean e Lucy vão para Nova York em busca de respostas e começa todo o suspense e mistério. 

'' No início, ela não o enxergou. O medo em seu olhar era real; era como se ela estivesse enfrentando um agressor. Mas, logo em seguida, seus olhos se arregalaram ao reconhece-lo, e seus lábios estremeceram. Lançou os braços ao redor de seus pescoço, deixando que as lágrimas rolarem enquanto o corpo todo tremia com soluços.
Ele suspendeu-a e levou-a até o sofá do outro lado da suíte. Sentou-se com ela no colo, enquanto ela o agarrava.
- Não me solte. Não me solte - repetiu ela.
- Nunca...''

O Livro é um muito bom suspense policial com toques de romance e ação. É tão bem escrito que ao longo da investigação, o leitor participa ativamente do livro e do caso por meio das pistas que a autora lança. É uma história forte e intensa, mas em momento nenhum, as cenas de assassinato ou violência são mostradas de forma inadequada ou forçadas para que sejam chocantes e bizarras. Muito pelo contrario, os fatos estão presentes mais de uma maneira muito bem escrita e bem colocada.   

E eu tenho que falar, que eu acertei quem era o Serial Killer antes de aparecer no livro quem era!!!!

''Sean  era passional  em  tudo o que fazia – desde dirigir até trabalhar e se divertir. Nada era feito pela metade, e isso incluía fazer amor. Sua intensidade e consciência corporal  – tanto do corpo dele com o do dela – eram  excitantes e irresistíveis. Mas também  assustadores.''

A Autora faz uma crítica muito grande quanto a internet, como ela pode ser usada para o bem e o mal. E lança uma bandeira, para que acima de tudo tenhamos cuidado. Cuidado em conversar com pessoas desconhecidas, nem sempre o que parece, é. Cuidado com o tipo de exposição pessoal que colocamos na rede. Lança uma crítica quanto a essas raves que são feita em lugares abandonados e sem segurança, regadas a bebidas e a drogas.

Quanto ao romance Lucy e Sean, eu não poderia suspirar mais, eles protagonizaram cenas lindas ao longo da história, assim como no primeiro livro, - Se eu morrer antes de você - essa parte deles, está presente para dar uma suavidade na trama. Sean é um lindo, fofo, maravilhoso, companheiro. Sempre presente para o que der e vier. Lucy, é uma protagonista que eu gosto cada vez mais, ela é forte, guerreira e uma lutadora. 
O que me irritou um pouco, foi a participação do irmão dela, Patrick, achei muito chato ele tentando o tempo inteiro colocar o relacionamento dela com o Sean para baixo! Achei que eu ia gostar mais dele. Enfim, não aconteceu. Os meus aplausos nesse livro ficaram mesmo para o casal protagonista e alguns secundários que não tinham aparecido no primeiro livro!  

''Sussurrou  em  seu  ouvido:
– É só me dizer, Lucy . Sou todo seu, do jeito que quiser.
Ela beijou-o com  vontade, a compreensão e a fé que ele sentia por ela eram  tão irresistíveis e tão apreciadas.'' 


Super recomendo essa obra! Recomendo essa série! Espero que a Universo dos Livros, lance mais livros da autora aqui no Brasil, eu com certeza virei uma fã. Aos amantes dos romances policiais, ele é uma prato cheio e gostoso. Um livro muito bem traçado, muito bem fechado e amarrado, com uma linda história de amor e superação, cheio de surpresas e mistérios! LEIAM!

''Ele fungou.
- Ela não estava correndo. Ela tinha caído. Foi aí que saí do carro e a peguei no colo.
- O que ela disse?
- Ela disse: ''Não o deixe me pegar''.''


Série Love Me to Death - Allison Brennan:



Paula Juliana

34 comentários:

  1. OI!!
    Eu gosto de literatura policial por que contém muito suspense e isso prende a gente do começo ao fim do livro.
    Gostei da resenha :D
    bjo

    ResponderExcluir
  2. muito legal a tua resenha, super informativa
    passando para desejar
    Que o Papai Noel traga um saco cheio de presentes e que cada pacote contenha um tanto de saúde, amor, paz, alegrias, amizades, novas conquistas, sucesso, R$ e U$$, realizações, carinho e felicidades!
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Adorei sua resenha, gosto muito desse tipo de livro que não dá vontade de párar de ler hehehe Beijos

    ResponderExcluir
  4. Adoro suas dicas de livros! Amei essa dica e gostaria de saber se você pode indicar algum livro sobre islamismo.
    Bjs

    Erika Magalhães
    http://www.blogtodavaidosa.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Amei a resenha, não gosto desse tipo de livro amo romance mas não esse não é meu tipo.

    continue lendo bastante.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Amei a resenha
    Fique louca para ler
    Beijokas

    ResponderExcluir
  7. Nossa que resenha boa você mandou muito bem na escrita conseguiu envolver o publico de uma forma muito interessante. Eu já estou curiosa em ler esse livro.
    Bjos ❤

    www.blogdawanessacosta.com

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Tudo que envolve policial, seja filme, livros, eu tenho interesse e esse me deu vontade de ler, sua resenha é muito boa. bjs

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha,apesar de gostar muito dos livros de romances,os policiais tbm me atrai.
    Parabéns pela resenha amiga,continues assim ok?
    Bjss

    ResponderExcluir
  11. Você consegue nos envolver completamente na historia, você é dimais mesmo mais uma excelente indicação sua eu gostei..

    www.studiocriativoarteemeva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Eita que fiquei doidinha para ler essa história, me envolveu completamente essa resenha, parabéns!

    Beijos
    www.mariaulhoa.com

    ResponderExcluir
  13. Olá, esse título é bem chamativo haha, é bem interessante mas ainda prefiro os de romance!

    ResponderExcluir
  14. Uau!!!
    Que resenha empolgante!
    Não conhecia esse livro
    Quero muito ver como é
    E claro ou recomendar a uma amiga para dar uma olhada já que ela adora romance policial!
    Gostei muito do post!
    :)

    ResponderExcluir
  15. Paula suas resenhas são incríveis mas romance policial não seria um tipo de livro que escolheria para ler. Seria killer não gosto kkkk bjss

    ResponderExcluir
  16. Eu gosto de literatura policial, é um tema que a gente gruda no livro e não solta até o final
    òtima resenha

    ResponderExcluir
  17. Gostei da resenha, mas esse deixarei pra ler em outra ocasião tem uns que estão bem na frente

    Beijos e Boas Festas
    Rafael

    ResponderExcluir