segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

[Resenha favorita Charme] Ruby in the Dust: O Amor Numa Xícara de Chá - Ruby in the Dust - Julie Farrell

Resenha: Ruby in the Dust: O Amor Numa Xícara de Chá - Ruby in the Dust - Julie Farrell
Classificação: 5/5 ♥ Favorito
Editora: Charme
Skoob

Sinopse: Ruby in the Dust: O Amor Numa Xícara de Chá - Ruby in the Dust - Julie Farrell
Ruby in the Dust: O Amor Numa Xícara de Chá - Nicky tem um segredo. Ela fugiu de Hamburgo aos quinze anos, e encontrou refúgio na pacata Maidenhead, onde seu café, Ruby in the Dust, tornou-se um sucesso. Mas agora, conforme Maidenhead se moderniza e o Corporista Café engole a cidade, Nicky está perdendo sua renda e tem uma ameaça de despejo. Com todas estas preocupações martelando em seu coração, ela certamente não está à procura de amor.
Quando Alex entra em sua vida com promessas para ajudá-la a transformar seu negócio em algo lucrativo, Nicky se mantém cética. Mas há mais em Alex do que o idiota que ele parece ser. Quando o senhorio desagradável de Nicky desafia Alex a salvar o Café em três meses, Alex não consegue resistir, e eles fazem uma aposta que pode acabar custando caro a Alex.
Pode Nicky colocar o orgulho de lado e trabalhar com Alex para salvar Ruby in the Dust, antes que ele se torne mais um café empresarial? E ela pode superar o seu grave segredo, e se permitir apaixonar por Alex, mesmo que isso signifique enfrentar seus medos mais profundos?

''Ela o amava do jeito que ele era. Se pudéssemos nos ver através dos olhos de quem nos ama, Alex pensou. O que veríamos?''

''O que mais você precisa além de se amar?''

Algumas vezes não conseguimos nos enxergar como realmente somos, vivemos em um mundo que há um padrão para tudo. Como somos, como vivemos, quando casamos, a idade certa para ter filhos, o modo como devemos nos vestir, nos comportar... mas cada pessoa é diferente, é perfeita dentro suas imperfeições, não somos bonequinhos de plástico padronizados! Então cabe a cada pessoas, se aceitar e se amar, gostar de si verdadeiramente para ser feliz! O livro Ruby in the Dust: O Amor Numa Xícara de Chá da autora Julie Farrell levanta essa bandeira. Uma obra que começamos achando que vamos ler uma bonita história de amor e que acaba indo bem além e mais profundo que isso! Fala não só de amar outra pessoa, mas sim de descobrir como se amar! Foi uma leitura deliciosamente encantadora! 

''Mas ele não queria essas memórias; ele queria ser forte, e legal, e poderoso - como Nicky. O metal da maçaneta da porta queimou na palma da sua mão. De um modo geral, a vida se mostra como de costume: decepcionante, insatisfatória. Mas agora... talvez se ele a enfrentasse, deixando de lado sua própria inadequação desprezível, talvez ele pudesse parar com o hábito de fugir sempre que a vida ficasse desconfortável e começasse a respeitar a si mesmo novamente.''

Nicky é a dona de um charmoso e diferente Café, fugiu de Hamburgo na Alemanha aos quinze anos e abriu seu Café Ruby in the Dust, mas com o tempo e a modernização de Maidenhead, Nicky pode perder seu ganha pão, pode ser despejada se não conseguir pagar o aluguel atrasado.

Em meio a uma discussão com o proprietário que aluga o lugar para Nicky, ela conhece o doce Alex que entra no seu mundo com uma promessa que irá transformar Ruby in the Dust em um grande negocio lucrativo, quando David - o senhorio idiota - desafia Alex que é seu velho conhecido, Nicky e ele tem três meses para salvar o lugar. 

Porém Nicky e Alex podem dividir algo bem mais valioso que um projeto e uma xícara de chá...

'' - Quando eu cheguei aqui, vinda da Alemanha, eu já tinha esse sonho de possuir um Café que serviria bolos caseiros e que tocasse boa música. Também dispomos de muitos livros de autodesenvolvimento. Nós somos uma espécie de lugar amigável, positivo.'' 

Ruby in the Dust é muito mais que um lugar, é um ambiente para se perder na alma das pessoas, uma boa conversa entre amigos, uma boa xícara de chá e um rumo em sua vida. 

''-Todos temos as respostas dentro de nós. Eu fui apenas um espelho para ela.''
Em meio a tanta modernização e tecnologia, um mundo onde é tudo muito frio, Nicky criou um lugar caloroso, um lugar onde as pessoas se conhecem, um lugar que te acolhe e te ajuda, não só com música boa, espaço para leitura e um bom café, Ruby in the Dust é humano. Ao ler a descrição do lugar no livro, a forma como Nicky lida com as pessoas, como ela aconselha, ajuda os outros somente ao ouvi-los, quis que tivesse um ambiente assim perto de mim. O livro é tão caloroso quanto o lugar, quanto as reflexões, mensagens e seus personagens!   

''Você precisa encontrar algo que faça com que você sinta que vale a pena levantar da cama. E, então, levantar todos os dias, por isso.'' 

''É na sua cabeça que está o problema. Sua cabeça e a realidade não são iguais. Lembra-se de todas as coisas que você me disse? Sobre como as coisas são como são, e então nossa mente vem e cria uma história sobre as coisas deveriam ser. Quanto mais a nossa história é diferente da realidade, mais sofremos.''

Alex foi um grande mocinho! Me identifiquei demais com ele. Aos vinte sete anos, esta em um momento difícil, ele não tem perspetiva para seu futuro, perdeu a vontade de viver, a vontade de acordar todas as manhas e lutar por seus ideais. Alex é um bom homem, e um homem sonhador, uma pessoa que se importa com os outros, que não entende o mal, que repudia a desumanidade. 
Quando ele se vê frustrado e decepcionado por sua vida, ele se sabota. Mergulha na bebida, na aventura, na velocidade, vive entorpecido, para não sentir a dor! Uma dor que está dentro dele, dentro de sua mente e pensamentos que não conseguia colocar em prática! Ao conhecer Nicky e seu Café humano e caloroso, Alex se encanta e descobre um objetivo na sua vida, mesmo que não ganhe nada monetariamente em troca! 
Meninas!!! Ele é um personagem lindo! Doce, fofo, gentil! Idealista, maravilhoso, amável e carinhoso!!!
Ele é firme naquilo que acredita! Bom caráter, carismático e muito inteligente! Seu único defeito é não conseguir se ver assim!  

''Durante a noite, seus pensamentos o sufocavam, aparecendo como uma nuvens de gafanhotos, mostrando-lhe memórias de fracassos e preocupações sobre o que fazer com sua vida. [...] Esta sala era como uma prisão. Não, seu cérebro era como uma prisão. Ele estava andando para cima e para baixo, preso lá dentro, sem chance nenhuma de fugir.''

Nicky tem um segredo! Esse segredo a rasga por dentro! Ela se esconde, como todos que temos uma fuga em determinada coisa ou lugar, Nicky se esconde atrás da maquiagem carregada, das roupas extravagantes, ela não se acha bonita, suficiente, tem problemas em se aceitar como é! Em mostrar toda a sua verdadeira beleza para o mundo, pois ela não acredita que a possua!  
Quando Alex cai no mundo dela e lhe vem com piadinhas engraçadinhas e promessas de que vai fazer e acontecer, ela fica receosa, tanto por não acreditar que um homem bonito, e carismático como ele possa enxergá-la como também acreditando que aquilo para ele era um passatempo!  

''Por que ela se escondia atrás de batom vermelho e cílios postiços, quando ela era tão naturalmente bonita debaixo de toda aquela maquiagem? E como ela conseguia trabalhar com aquele vestido justo rosa e botas de salto agulha na altura do joelho? Ela definitivamente, não era a cabeça oca que suas roupas e maquiagens sugeriam. Alex não conseguia defini-la; ela era fluida, mudando a toda momento, como quando você olha um holograma - num segundo ela estava sendo dura e severa, e no outro seguinte, ela estava lhe dando conselhos sábios, como fizera ontem. Ele queria aprender com ela, e sobre ela.''  

O legal da obra é que ambos os protagonistas não se aceitavam como pessoas, Alex por se achar um inútil e Nicky por não se ver como mulher!
Em Ruby in the Dust eles conseguem encontrar bem mais que um amor!
Não espere nesse livro um tórrido romance, cheio de paixão e sexo... você não vai encontrar! A proposta da obra não é essa! Foi uma leitura linda, doce, delicada, que amei cada linha!    

'' - Eu odeio falar na frente de muitas pessoas; fico quente e tonto se as pessoas olham para mim... isso me faz sentir esmagado. Eu sei que é irracional. Eu acho que tenho medo de ser rejeitado, ou algo assim.
Com medo de ser rejeitado? Sim, Alex, eu também.''

Sorri muito lendo Ruby in the Dust, me emocionei, me surpreendi realmente com o segredo de Nicky, não esperava o que foi abordado! Amei os personagens secundários também, assim como me apaixonei pelos protagonistas e torci muito, para que eles conseguissem se encontrar na vida, como casal e como pessoas! O bonito conceito de Autorrespeito foi um diferencial para mim, mostrar que o principal é se amar, se respeitar, para assim poder amar e respeitar o outro!   
Amar o outro do jeito que a pessoa é e também aprender a amar a si mesmo!
Se aceitar!
Ruby in the Dust: O Amor Numa Xícara de Chá é uma tremenda lição em forma de livro! Doce, gentil, amável e leal!
Alguém aceita uma xícara de chá?

''- Eu não vou te machucar.
 - Como posso saber isso?
 Ele tomou-lhe as mãos. - Confie em mim, meu anjo. Eu sei que sou um pouco idiota, mas eu nunca falei mais sério na vida. Tudo que eu quero é que você seja feliz, porque quando você sorri, faz minha vida valer a pena.'' 

Paula Juliana

3 comentários:

  1. Quando comecei a ler a resenha achei que era uma história parecida com a de muitos outros livros que tem por aí, mas ao chegar no final, fiquei bem interessada.
    Bjo grande!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Paula!
    Esse livro é tudo di bom né?!
    Adoro ele porque foge dos padrões... é diferente.
    E também é marcante.
    E essa capa é muito amor né?!

    Beijos!
    Taty Assis
    www.aculpaedosleitores.com


    ResponderExcluir
  3. Parece ser bem agradável mesmo. Vlw a dica!
    Bj e fk c Deus
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir