quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Resenha: Os Bons Segredos - Sarah Dessen

Resenha: Os Bons Segredos - Sarah Dessen
Classificação: 5/5 ♥ Favorito
Editora: Seguinte

Sinopse: Os Bons Segredos - Sarah Dessen
Há segredos muito bons para serem guardados — e livros muito bons para serem esquecidos Sydney sempre viveu à sombra do irmão mais velho, o queridinho da família. Até que ele causa um acidente por dirigir bêbado, deixando um garoto paraplégico, e vai parar na prisão. Sem a referência do irmão, a garota muda de escola e passa a questionar seu papel dentro da família e no mundo. Então ela conhece os Chatham. Inserida no círculo caótico e acolhedor dessa família, Sydney pela primeira vez encontra pessoas que finalmente parecem enxergá-la de verdade. Com uma série de personagens inesquecíveis e descrições gastronômicas de dar água na boca, Os bons segredos conta a história de uma garota que tenta encontrar seu lugar no mundo e acaba descobrindo a amizade, o amor e uma nova família no caminho.

''A cada instante, havia infinitas chances de caminhos se cruzarem e vidas se chocarem, se unirem ou algo do tipo. Era incrível que fôssemos capazes de viver sabendo que tudo podia ocorrer por puro acaso. Mas qual era a alternativa?''

Terminar um bom livro sempre nós dá uma sensação de dever cumprido, e com uma boa história criamos um compartimento, com aquela bagagem emocional que é ativada com alguma citação, um objeto, uma palavra, uma lembrança. Os bons segredos foi uma obra CHEIA, recheada de sensações e emoções, situações que por tão simples fazem o leitor se identificar e criar uma ligação com a história!  

Quem nunca se sentiu invisível? Se sentiu em segundo plano, um mero observador em sua própria vida? Quando convivemos com pessoas, sendo na família, grupo de amigos, estudos ou trabalho é normal em algum momento não ser a pessoa em primeiro plano, todos temos problemas, ou dramas que não esperam você se curar, apenas batem em sua porta. Sidney nossa protagonista se considera uma pessoa invisível, passou a vida toda a sombra de seu irmão Peyton. Era sempre ele o mais bonito, carismático, popular, o grande filho, irmão, amigo, até que em determinado momento virou o grande problema, se metendo com pequenos crimes e drogas, porém continuando mesmo que de forma negativa a ser o centro de todas as atenções.

Como que em uma volta de carrossel a vida fez sua trajetória e Peyton fez algo que não tinha mais concerto. 
Uma noite. Um menino atropelado por um motorista bêbado. Um garoto presso em uma cadeira de rodas. Outro garoto trancado na prisão, pagando por seus erros.

Foi assim que Sidney se viu em um momento difícil de vida, sua convivência com seus pais estava cada dia mais complicada, uma mãe super protetora que não via o filho como um culpado, e sim como uma vítima, um pai que não tomava partido de nada, o irmão presso - esse agora um desconhecido, não o menino que cresceu com ela e um garoto que perdeu os movimentos das pernas. Sidney tomou a culpa toda para si, pois afinal alguém teria que fazer isso, não é?!

Apesar de tudo, um dia a menina invisível é notada, é em uma pizzaria, no meu de uma família tão unida e tão real que Sidney finalmente se sente parte de algo. Conhece Layla uma maluquinha menina apaixonada por batatas fritas, conhece Mac o irmão de Layla que não é só um rostinho bonito, entre pizzas, músicas, dramas, brincadeiras e muita amizade uma linda história se forma e Sidney passa finalmente a ser a grande protagonista de sua vida!

Sarah Dessen tem uma escrita despretensiosamente deliciosa. Comecei o livro sem expetativas nenhuma, sem saber muito bem o que iria encontrar e aos poucos fui sendo cativada, conquistada pelo drama e pelos personagens. É um livro jovem, mostra realidades e situações que poderiam facilmente acontecer com qualquer um. É uma obra madura, apesar da premissa com personagens novinhos ainda no ensino médio, os pensamentos, a narrativa, os assuntos abordados são ''coisas de gente grande''!

Três grandes destaques durante a leitura. 
Primeiro a relação de amizade entre Layla e Sidney e como ambas floresceram durante a história por causa dessa amizade. Segundo, as relações familiares e tantos temas que foram abordados, como a relação mãe e filha, a confiança, os limites de espaço que são muitas vezes ultrapassadas de ambos os lados, foi muito fácil entender e enxergar os pontos de Sidney, já que estávamos dentro de sua mente, vendo suas aflições, medos, culpas, e ao mesmo tempo sentindo que queria ser vista naquela família, ser entendida, ser escutada. Afinal, quem nunca? E terceiro, o romance mega fofo que se mostrou uma ponte firme entre toda a história e suas nuances. Mac é um personagem apaixonante, menino doce, esforçado, inteligente que até pouco tempo era o gordinho da família, o menino invisível, que se transformou no bonitão tímido que não gostava dos holofotes.

Os Bons Segredos é uma obra sensível. Mergulhei na leitura, nem senti suas 400 páginas, me envolvi com cada um dos personagens, ficando do lado de uns e totalmente contra outros, tomando as dores e seus amores. A simbologia da obra, suas fases, seu final calmo e ao mesmo tempo agoniante me fizeram amar a história e a escrita envolvente de Sarah Dessen. Uma história profunda, coberta de gentilezas e sutilezas que conquistam qualquer leitor! Recomendadíssimo!

''Quando nos vemos diante da coisa mais assustadora, só queremos voltar atrás, nos esconder no nosso lugar invisível. Mas não podemos. É por isso que o importante não é apenas sermos vistos, mas ter alguém que nos veja também.''

Paula Juliana

37 comentários:

  1. A sinopse me deixou curiosa sua descrição sobre melhor ainda parece ser um livro muito empolgante eu leria facilmente mt bom

    ResponderExcluir
  2. Minha neta esta louca para ler esse livro já faz um tempo,semana que vem iremos ao RJ e vamos ver se encontramos lá. É que aqui onde moro nem tudo encontramos Região dos Lagos.
    Parabéns pela resenha,show como sempre!
    Bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que sua neta ame Célia, é uma leitura muito gostosa e de qualidade! Beijos

      Excluir
  3. Olá,

    fiquei curioso com o livro por essa sinopse e sua resenha. Confesso que não conhecia essa obra e a autora, parece ser de fato bem legal o livro, bem empolgante. www.sagaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oie, tudo bem ?
    Já gostei do título de cara, lendo a sinopse achei interessante, mas ao ler a resenha me encantei!
    O livro é meio "grande" mas qnd a história é boa nem sentimos msm rsrs fiquei curiosa para ler tbm, como sempre perfeita suas resenhas Paula. bjo

    www.somandoconhecimento.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzi!
      Ele é grandinho com suas 400 páginas, mas vale a leitura, é gostosa demais e nem sentimos!
      Beijos

      Excluir
  5. Olá
    Gostei muito da premissa do livro, já li algumas resenhas dele e achei que a mensagem que o livro passa é muito real, e gostaria de saber como se desenrola essa história, já tenho ele anotado nas dicas, espero poder ler em breve
    Beijos

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Sua resenha da obra despertou a vontade de se envolver mais na história, parabéns!

    Beijos
    www.mariaulhoa.com

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Gostei muito do livro, parece ser bem interessante. Gostei da resenha 😊 muito boa.
    Bjo

    ResponderExcluir
  8. Oie! Eu conhecia essa obra apenas por sinopse, mas sua resenha me deixou encantada. A forma como contou todos os acontecimentos, todos os problemas enfrentados por Sidney, me deixaram com uma vontade louca de ler a obra. Essa questão da falta de envolvimento no círculo familiar é um assunto bem pesado. E é tão bom quando conseguimos nos conectar com os personagens. Deixa a história bem mais fantástica ♥ Sua resenha ficou incrível, parabéns!

    Beijos,
    Fernanda F. Goulart,
    Império Imaginário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda!

      Obrigada pelo comentário gostoso!!! Essa obra é encantadora mesmo, ela é daquelas que é sutil e sensível e que aprendemos a amar os personagens! Vale cada minuto de leitura! Aborda temas complicados, alguns que bem pude colocar na resenha, espero que goste!

      Beijão

      Excluir
  9. Adorei sua resenha e louca pra ler o livro. Realmente em alguma parte da nossa vida nos sentimos invisíveis. Vou adicionar a minha listinha tb! rs Bjs

    ResponderExcluir
  10. Nossa! Que interessante, já fiquei com vontade de ler só pelo trecho "quem nunca se sentiu invisível"... Ótima resenha literária!
    www.universomacherie.com

    ResponderExcluir
  11. Nossa! Que interessante, já fiquei com vontade de ler só pelo trecho "quem nunca se sentiu invisível"... Ótima resenha literária!
    www.universomacherie.com

    ResponderExcluir
  12. Adorei sua sinopse bem envolvente esta historia quem não tem seus segredos que não podem ser revelados eu mesma tenho rsrsrs...

    ResponderExcluir
  13. Fiquei curiosa, esse é um tipo de leitura que me agrada, afinal quem nunca se sentiu assim?
    Com certeza esse nome já anotei!

    Bjos Paula!
    Minda =D

    ResponderExcluir
  14. Que história boaaaaaaa! me apaixonei pela sinopse!
    Eu vou comprar esse livro pra mim!
    Amei a resenha! você é top menina!
    beijos!

    ResponderExcluir
  15. Uau, adoro as sincronias da vida... Estava exatamente com esses pensamentos na cabeça e, então, resolvi comentar os blogs e olha só o que encontro...
    Sugestão mais que anotada... Com certeza estará entre minhas próximas leituras...

    Excelente resenha!
    Bjo =]

    ResponderExcluir
  16. Gostei da história!
    Fiquei com vontade de ler.
    Adorei a resenha!
    Bjus

    ResponderExcluir
  17. Nem me lembro a última vez que verdadeiramente tive vontade de ler um livro e esse eu realmente me deu vontade de ler e entender a história e ver como ela termina.
    Me identifiquei com a história durante 22 anos da minha vida meu irmão sempre foi o centro das atenções na minha casa é como se eu não existisse para minha família então imagino o que o personagem viveu e passou.


    Bjos ❤

    www.blogdawanessacosta.com

    ResponderExcluir
  18. Já conhecia a autora, porém não conhecia essa obra. A sua resenha ficou muito boa e despertou em mim a vontade de ler esse livro. Vou procurar o livro para ler com certeza, bjos!

    www.mulherdeatitude.com

    ResponderExcluir
  19. Amei a resenha, e o livro parece ótimo! História assim nos fazem questionar o que estamos fazendo com nossa vida e nosso lugar no mundo!

    Vitória, www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  20. Ameii a resenha, vou tentar baixar em pdf para ler, ou será que tem no amazon?
    Beijoss!
    http://carolinapaivaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi paula gostei da sinopsedo livro, a sua resenha esta otima, deve ser muito bom como vc disse pena que nao sou adapta a leitura de livros bjs

    ResponderExcluir
  22. Olá Paula,
    Gostei muito da sua resenha e fiquei realmente interessada em conhecer essa história.
    Parabéns!
    www.prateleirasemfim.com.br

    ResponderExcluir
  23. nossa amei a sua resenha a minha cunhada adorou tambem
    ela disse que vai comprar
    bjs
    http://clubedabelezaemaquiagem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Mais uma vez ótima resenha, vou agendar esse, pois me despertou interesse
    Obrigado por compartilhar

    Beijos
    Rafael

    ResponderExcluir
  25. Oiee tudo bom? adoreiii e me instigou a ler, a história parece bem envolvente e interessante, quem nunca tem segredos né? beijos

    ResponderExcluir
  26. Olá, tudo bom? O primeiro contato que tive com a autora foi com o livro O que aconteceu com o adeus? e era exatamente o que você falou em sua resenha: um livro com personagens adolescentes que trás uma carga emocional madura na leitura e que é escrito com uma sensibilidade ímpar. Gostei muito daquela obra e não vejo a hora de poder conhecer os bons segredos. Adoro histórias com dramas reais e como você mesma disse: quem nunca se sentiu em segundo plano, não é mesmo? Enfim! Parabéns pela resenha ^^

    Beijos!
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  27. Paula, estou querendo muito ler esse livro! Ele me traz lembranças boas, me remete a pensamentos profundos e reconstrutores.. Me lembra um pouco "Dançando sobre cacos de vidro", te indico viu? É de chorar, mas é de refletir.
    bjss
    http://umavidaliteraria1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Sempre ouço coisas bacanas sobre esse livro. Tenho muita vontade de lê-lo por conta disso. Você disse que é um livro sensível, achei engraçado pois não é a primeira vez que leio isso sobre o livro. Estou cada vez mais curiosa.

    Historiar

    ResponderExcluir
  29. Paula, já conhecia este livro e nutri muita vontade de lê-lo. Mas a grana pra livros está curta e tenho muitos outros livros na frente, vai ficar pra depois ;)
    Bela resenha, e amei o layout da sua página. Parabéns!

    ResponderExcluir