domingo, 13 de março de 2016

[Deu a louca no Overdose] Especial Trilogia O Teste - Única Editora!

[Deu a louca no Overdose] Especial Trilogia O Teste - Única Editora!


''Eles não nos desejaram sorte.''

Sete estágios da guerra. Quatro estágios de destruição que os humanos lançaram uns sobre os outros e os três estágios subsequentes - em que a terra lutou de volta. 
UM MUNDO DESTRUÍDO!

Recomeço. Um novo mundo. Divididos em colônias. 
A chance de ser LÍDER e fazer a diferença na reconstrução!

Um teste. O TESTE!

Uma seleção mortal que vai levar os mais aptos para a chamada universidade! 
#NuncaUmVestibularFoiTãoDifícil

[...]

Malencia Vale. Cia passou da infância/adolescência e agora é oficialmente uma adulta. Está com medo não ser aceita para fazer o teste seu grande objetivo de vida. Geralmente confiante e forte, nunca se sentiu tão insegura. Vivi na pequena e esquecida colônia de Cinco Lagos com seus pais e seus quatro irmãos mais velhos. Nenhum dos irmãos passou para fazer o teste. Seu pai foi o única da família a ir para a faculdade. Cia quer essa chance, e para sua grande surpresa conseguiu, porém seu pai não ficou tão feliz como a moça esperava. Era decepção? Medo? Terror em seu olhar? Em um momento de confissão antes de Cia viajar para a capital, seu pai conta seu segredo. E agora Cia não sabe onde se meteu! Muitas coisas não estão às claras! Mas uma dica ficou marcada na mente da garota: NUNCA CONFIE EM NINGUÉM!  

[...]

O Teste foi uma leitura incrível. Ela é envolvente e terrivelmente tensa, somos incorporados a trama de uma tal maneira que em certo tempo no enredo, não somos mais leitores, nós somos a própria Cia, passamos e sofremos com tudo que acontece, não sabemos quem é quem, não sabemos se podemos gostar de determinada pessoa, porque a atmosfera é tão palpável que simplesmente não confiamos em ninguém. Lembro que fui me identificando com os personagens, mas então, lembrava do que estava acontecendo e travava, ficava com o pezinho atrás. Eu só conseguia acreditar na protagonista, porque eu estava dentro da cabeça dela, eu não sabia o que os outros estavam pensado, não sabia suas intenções, não sabia se a fachada de bonzinho(a) era verdadeira ou não. E é claro que como a Cia, tive várias surpresas e decepções.     

''As coisas nem sempre acontecem como a gente espera. Você só precisa se recompor e encontrar uma nova direção para seguir.''

Joelle Charbonneau fala sobre a destruição do homem contra si próprio. O fim justifica os meios? A habilidade de confiar, montar estratégias, cooperar com os outros, usar armas para a SOBREVIVÊNCIA... ou para ferir, avaliar suas escolhas. Aprender com os erros e usar a informação para conseguir o sucesso. Você mataria por medo do desconhecido? Quem ou o que é a verdadeira ameaça? NÃO PODEMOS CONFIAR EM NINGUÉM! 

''Alguém está nos observando...''


Veja Resenha completa:
Resenha: O Teste - The Testing - O Teste # 01 - Joelle Charbonneau




Essa obra foi super esclarecedora, enquanto no primeiro volume, é tanta tensão e medo, que já criamos uma barreira de proteção para não acreditar em nenhum personagem, nessa obra as fichas estão na mesa, o caráter das pessoas estão mais a mostra, sabemos em quem podemos confiar e em quem não podemos, tanto pelos atos dos competidores durante o primeiro teste, como também que inúmeras questões são esclarecidas e começamos finalmente a acreditar em algumas pessoas e a se proteger de outras, juntamente com Cia! 

Um livro intenso, inteligente, mais político que o primeiro volume, mas sem perder a ação, a adrenalina da narrativa! 
Se eu já tinha gostado de Cia como personagem e como pessoa, nessa obra eu me entreguei totalmente aos seus valores, aos seus medos, as suas desconfianças, até porque em determinado momento da história nós leitores sabemos mais que ela, nós sabemos o que aconteceu durante todo o primeiro livro, mas Cia não sabe! Ela age por instinto e por inteligencia durante todo o enredo, todas as decisões que ela toma durante a história como um todo, tem suas consequências, nós leitores sabemos disso e ela tem plena consciência no que seus atos podem acarretar! Para sua família, seus amigos e para sua própria vida... ou morte!

''O fato de a gente pensar que uma coisa é verdadeira não faz com que ela seja. A percepção é quase tão importante quanto a realidade.''

[...]

Medo! Todos sentimos medo em vários momentos de nossa vida, Estudo Independente não fala só de superar medos e procurar um sistema que seja justo e consciente! Fala de amizade, de moralidade, de valores que muitas vezes os seres humanos se esquecem quando estão sobre pressão... mas não é nesse momento que libertamos quem realmente somos? Que demostramos nosso caráter na integra? Joelle Charbonneau é uma grande autora, nessa distopia não só me coloquei no lugar das pessoas, como também sofri, me indignei junto, vivi momentos de companheirismo, de amizade, aprendi que mesmo em momentos difíceis temos que aprender a confiar nos outros, mas temos também que saber em quem confiar, seguir nossos instintos! Ter certeza em que acreditamos! Uma leitura incrível, cheia de tensão e aventura, um livro para apreciar cada segundo! 
Sobrevivência e humanidade! Até quando eles caminham lado a lado? 

''Você é esperta, Cia. Você é forte. Há pessoas como eu que estão ao seu lado e sabem que você vai conseguir. Por favor, prove que estou certo!'' 


Veja Resenha completa:
Resenha: Estudo Independente - Trilogia O Teste # 02 - Joelle Charbonneau



O enredo geral da trilogia conta a história de Cia, uma garota que é selecionada para o Teste que leva só os mais brilhantes estudantes para a faculdade! Cia é idealista, mesmo vindo de uma colônia pequena, ela quer fazer a diferença, quer ser como o pai que foi para a faculdade e depois foi para Cinco Lagos para ser uma grande Líder e fazer o bem para as pessoas! 
Então quando conseguiu, essa uma grande vitória, entrar na competição, viajar para a capital Tosu City e competir pela sua vaga para ser essa grande líder que tanto queria ser, não poderia nunca imaginar o que estava por vir.

A primeira pista foi seu pai que não ficou nem um pouco feliz com sua conquista, segunda o conselho que lhe deu, que nunca deveria confira em ninguém. Quando chega a capital logo vê que esse Teste não é bem a grande prova que ela esperava! É muito mais cruel e MORTAL!

Cia não pode confiar em ninguém, não conhece ninguém verdadeiramente, está longe de casa, com estranhos que fariam tudo por uma vaga... até mesmo matar!  

E agora a questão não é passar para a universidade é SOBREVIVER a universidade! E então esperar que chegue o fim.. a tão esperada FORMATURA!  

[...]

Cia sofreu. Cresceu. Viveu uma aventura mortal. Descobriu que podia ser mais, que podia ser forte, uma verdadeira líder quando fosse preciso. Nesse volume, depois de tanto se convencer que o Teste é cruel, desumano e tem que acabar, Cia começa a se questionar. Ela questiona tudo. Os valores do Teste, a forma que ele é empregada, a forma que apesar dos pesares ele funciona, ela consegue ver a PARTE POSITIVA, que antes não conseguia, isso deixar o próprio leitor confuso, e nós mesmos começar a nos questionar. Começamos a fechar a história na nossa cabeça, a fechar o perfil dos personagens, estamos acostumados a separar mocinhos e vilões na nossa mente, queremos escolher e torcer para a pessoa certa, a boa mocinha, a idealista, a forte, a que faz o que é CERTO!

''O medo. O desespero de sobreviver a todo custo...''

Mas quando o certo se mistura com o errado? Quando aquilo que tem que ser feito não é moralmente a coisa certa? Muda tudo? Faz a pessoa em questão virar a vilã? Essa é uma boa pegadinha para nós que estamos acompanhando a série. Cia muda, ela amadurece, ela endurece. Como é bom e simples ser a garota sonhadora, amada e protegida por todos que ama, mas quando essa garota vai para mundo real, o mundo deixa marcas. Coisas ruins acontecem, e não podem ser apagadas, as cicatrizes podem ou não ser visíveis, mas elas vão sempre existir!  

[...]

Em A formatura, temos essa Cia. A mocinha que tem seus valores e que acredita neles, mas que não tem mais a inocência de pensar que todas as pessoas são como ela. Que todas as pessoas vão fazer o que ela acha correto. Mas é nesse livro principalmente que ela tem a chance de ver que apesar das pessoas serem imprevisíveis e algumas valorizarem só o seu bem maior e não o do mundo, ela tem a chance de ser a líder que sempre imaginou poder ser, e vê que um líder não é nada sozinho, que para fazer a diferença, ela vai precisar de outras pessoas junto com ela. E voltamos a primeira questão... em quem confiar? Em nas mãos de que entregar sua vida? 

''Cheguei a Tosu City sem marcas. Pensava que soubesse o que significava liderança, e o que enfrentaria se fosse selecionada para 0 Teste. As cinco cicatrizes em relevo me lembram de quanto fui longe e de quanto mudei. Porque não é apenas o exterior que ficou marcado. Onde minhas crenças eram, um dia, preto no branco, agora vejo tons de cinza.''

As escolhas de Cia são feitas em cima de seu conhecimento, de seus valores, do que viu no Teste, no perfil que moldou de cada um. E apesar de precisar entregar sua confiança, muito mais está em jogo, destruir o TESTE É O OBJETIVO, e as armas usadas podem ser qualquer uma, até matar.

[...]

''Ele me abraça com força. Envolta em seus braços estou segura, mas sinto um fogo começar a arder. Minhas mãos tocam seu rosto, seu pescoço, seus braços, memorizando a sensação do seu toque. Minha respiração se acelera. Permito-me um último beijo, e então saio do aconchego dos seus braços.
Respirando compassadamente, digo:
- Quero que você diga que vai embora.
- Só vou quando você for. Até lá, estamos juntos nisto.''

A Formatura foi uma GRANDE obra. Me causou várias reações, me desligou totalmente do mundo, levei alguns sustos literalmente, durante a leitura, alguns pulos do nada, por estar tão absorvida na história que não via o que estava acontecendo a minha volta no mundo real. Liderança, fazer o certo e o errado, no momento que estamos vivendo no Brasil é um grande tópico a ser discutido, mesmo sendo ficção, a série ultrapassa essa barreira, as mensagens e questionamentos são reais, as qualidades dos líderes, a forma que agem, que pensam e lidam com vidas são perguntas reais. Emoção, política, humanidade, poder, vidas e mortes em um mundo onde a guerra pode ser fora e dentro de paredes ou começando dentro de nós mesmos! LEIAM!   

''Aprendi que, quando sou pressionada, posso contra-atacar; que sou mais forte e tenho mais iniciativa do que jamais pensei ser possível; que minha disposição em acreditar que todo mundo confia nos valores com os quais este país foi formado, e eu fui criada, é infundada.''

''Dois raios, dois times. O fim da ignorância, o começo da esperança.''   
   
Veja Resenha completa:
Resenha: A Formatura - Trilogia O Teste # 03 - Joelle Charbonneau


Paula Juliana

6 comentários:

  1. Oi Paula.

    Ainda não tive oportunidade de ler essa trilogia. Pelo Especial que você fez para eles, os livro devem ser muito bons, só não gostei muito das capas.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu já li várias resenhas sobre essa trilogia, algumas elogiando, e outras nem tanto... Mas gostei da sua resenha, faz com que eu queira cada vez mais ler eles. Só uma dúvida, só são esses três livros mesmo ou tem spin-off? Gosto de séries com pouco livros.
    https://nerdbookblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, eu tenho uma vontade imensa de ler essa trilogia, porque eu amo distopias e vi quando lançou o primeiro e já fiquei curiosa e aqui você trouxe um resumo dos três e pelo que você disse os livros parecem ser incriveis. Eu com certeza vou ler essa trilogia ainda esse ano.
    bjus
    http://recantoliterarioeversos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oiee ^^
    Essa foi uma das melhores trilogias distópicas que eu já li, e olha que li muitas...hehe' até agora não consigo ler Malencia sem pensar ou pronunciar Melancia, mas eu gostei muito dessa personagem, só achei o romance que a autora enfiou na história um pouco forçado. Fico feliz que você também tenha gostado dos livros, são mesmo muito incríveis, né?
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia essa triologia, mas o plot me lembrou um pouco de Divergente e Jogos Vorazes. Gosto muito das duas obras, então gostei da dica heheeheheh
    beijos
    www.prateleirasemfim.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oii!
    Não tive como ler a trilogia, mas parece muito legal! Parabéns, adorei o blog!

    Vitória, www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir