segunda-feira, 14 de março de 2016

Resenha: Um Perfeito Cavalheiro - Familia Bridgerton - Livro 03 - Julia Quinn

Resenha: Um Perfeito Cavalheiro - Familia Bridgerton - Livro 03 - Julia Quinn
Classificação: 5/5 Favorito
Editora: Arqueiro  

Sinopse - Um Perfeito Cavalheiro - Familia Bridgerton - Livro 03 - Julia Quinn
Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse é um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, ela consegue entrar às escondidas no baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhece o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois, Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica.

''Quando ele a olhava nos olhos, tinha a curiosa sensação de que lhe via até a alma.''


''Agarrou-lhe as mãos, levou-as até seus lábios e beijou suavemente cada uma.
-Então começaremos imediatamente. – prometeu - E amanhã estará transformada.

-Esta noite estou transformada. - sussurrou ela - Amanhã já teria desaparecido.
Benedict a atraiu para ele e depositou o mais muito suave e fugaz beijo em sua testa.
-Então temos que envolver toda uma vida nesta noite.''


Julia Quinn é Julia Quinn! Não tem como ler um livro dela e não ficar suspirando pelos cantos, ou ter ataques de risos nos momentos mais inusitados, ou então, não sofrer e torcer como uma louca para o que o belo mocinho enfim se case com a mocinha apresentada!

Esse é o terceiro livro da série que eu leio e a autora novamente me surpreendeu. Sempre que leio um livro dela, quando acabo, eu penso - ''Esse é o melhor!'' - e ai vem o próximo da série e eu tenho o mesmo pensamento. 

Aconteceu quando eu li ''O Duque e Eu'' e conheci a louca e temperamental Daphne e o apaixonante Duque Simon, Logo em seguida com ''O Visconde que me amava'' apresentando a história do irmão mais velho e chefe da família Anthony - nunca vou me esquecer como quis sacudir ele de tão teimoso que era, quando encasquetou que ia morrer jovem! - e a mocinha sem auto estima Kate!
E agora com o maravilhosos terceiro livro da Série Os Bridgertons, ''Um Perfeito Cavalheiro'' Apresentando o honrado, gentil e bom irmão - número dois - O mais alto dos Bridgertons e o nosso cavalheiro, Benedict e a nossa Cinderela, e linda bastarda/Criada Sophie Beckett.

O Romance começa como uma releitura do conto de fadas Cinderela. Com direito a baile de máscaras, vestidos prateados, correria a meia-noite e no lugar do nosso sapatinho, uma luva com iniciais. Benedict é um dos solteiros mais cobiçados de Londres, chega a idade de 30 anos e com ela aumenta a expectativa que logo vá se casar. Em um baile ele conhece uma linda mulher de vestido prateado e sem nome que o deixa loucamente apaixonado. Mas para a tristeza do nosso mocinho nossa Cinderela some da face da terra depois daquela linda noite e Benedict passa meses a sua procura.

Do outro lado da história temos Sophie. Uma filha bastarda de um conde que a cria, sob a visão dela sem amor e atenção. Para a sociedade ela é sua pupila. O Conde se casa com a Condessa Má e de quebra Sophie ganha duas ''irmãs''. Após a morte do conde Sophie vira a empregada da casa, sofrendo maus tratos da madrasta e da irmã má mais velha! Reconhecem a História?!! Era uma das minhas preferidas na minha infância!!

Um fio de esperança nasce na vida de Sophie quando ela vai a um baile de máscara que esta sendo dado pela nossa Violet Bridgerton - a sogra que eu pedi a Deus e uma personagem MARAVILHOSA! Lá Sophie é outra pessoa e vive a noite mais linda de sua vida!

O romance Sophie e Benedict  demora a acontecer! Benedict fica obcecado pela mulher de vestido prateado, mais se passam dois anos e nada de encontrar ela. Em um jogo do destino, após Sophie sair de Londres, Benedict como o bom príncipe encantado que é, salva Sophie de uma situação horrível, mas não reconhece a sua princesa na criada que vê!

E Ele se apaixona pela segunda vez, pela mesma mulher sem saber de nada!

E é ai que começa todo o drama e o desenrolar lindo da história. Eu ficava agonia pensando que ele ia descobrir em qualquer momento que ela era a mulher do baile. Ao mesmo tempo torcia para os dois se acertarem. Torcia para ele dar uma banana para a sociedade e se casar com a criada. Ria das tiradas geniais, dos diálogos incríveis, das respostas tortas dela e das palavras que Benedict dizia justamente para irritar a boa moça. 

Senti que Benedict queria ser visto, ser notado, não só pelo nome da sua família ou sobre ser mais um deles. Ele queria ser visto por ele mesmo e não como as pessoas o tachavam. Senti que o que mais Sophie queria no mundo era ser amada, ter uma família, pertencer a alguém e não ficar mais sozinha. Me emocionei, fiz caras e bocas lendo - não tem como manter uma expressão só, lendo Julia Quinn! RI muito, Alimentei minha curiosidade por nossa fofoqueira Lady Whistledown e por fim acho que finalmente matei quem ela é! Espero confirmar no próximo livro que é do meu queridinho Colin e da invisível Penelope!

Enfim... essa resenha é só para gritar para o mundo meu amor pela série, pela autora e sua escrita, pelas suas histórias, agradecer os momentos de risos e aflições e confirmar mais uma vez que amo essa família. Acho os personagens únicos, carismáticos e incríveis. Sou louca por romances históricos e esses são livros que tenho muito carinho e considero uma das melhores séries do gênero que já li!
Espero que o mundo leia e conheça a relação de amor, cumplicidade e carinho dessa maravilhosa família dos Bridgertons.

''Sentia-se como uma princesa, uma princesa temerária, de modo que quando ele a convidou a dançar, ela colocou sua mão na dele. E embora soubesse que toda essa noite era uma mentira, que ela era a filha bastarda de um nobre e a criada de uma condessa, que seu vestido era emprestado e seus sapatos virtualmente roubados, nada disso pareceu importar quando entrelaçou seus dedos com os dele.

Por umas poucas horas ao menos podia simular que esse cavalheiro era "seu" cavalheiro e que a partir desse momento sua vida mudaria para sempre.Não era outra coisa que um sonho, mas fazia tanto tempo que não se permitia sonhar...'' 


Paula Juliana

8 comentários:

  1. Oi!
    Não costumo ler romances, mas gostei da resenha e a capa do livro é muito bonita. Gostei da dica de leitura ;)
    Bjo

    ResponderExcluir
  2. Tem livros que são especiais, alguns a gente lê gosta e pronto, mas outros a gente lê e quer ler sempre mais. Sou uma eterna apaixonada por romances, e esse me pareceu bem interessante, eu preciso me reorganizar e arrumar tempo e voltar a ler. Amei a resenha Paula, louca pra ler o livro.

    Bjos
    Minda =D

    ResponderExcluir
  3. Amo romance, ao ler a sinopse pensei na hora poxa vai contar a história da Cinderela e confesso fiquei triste, mais continuei a ler e super me agradou, amei sua resenha e fiquei louca para ler o livro.

    Beijos
    www.mariaulhoa.com

    ResponderExcluir
  4. Sou apaixonada por romances, adorei a sua resenha. Quero muito comprar esse livro. *-* <3
    Um grande beijo

    www.mundoyoung.com.br

    ResponderExcluir
  5. Muito emocionante a historia, um romance para ler varias vezes e se apaixonar...Adoraria ler este livro agora neste momento..Muito boa sua resenha querida.

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha, só leio romances e adorei esse livro já quero ler!
    Bjcas
    http://www.estou-crescendo.com/

    ResponderExcluir
  7. Gostei da sinopse. As vezes em ver muitos filmes e ler livros assim.
    Sempre a meia noite anos depois. Não gosto muito. Kkk bjs

    ResponderExcluir
  8. Bem legal, já ouvi falar desse livro, adorei a resenha beeijos

    ResponderExcluir