terça-feira, 31 de maio de 2016

Resenha: Conserte-me - Wricked # 2 - J. L. Mac

Resenha: Conserte-me - Wricked # 2 - J. L. Mac
Classificação: 5/5 
Editora: Charme

Sinopse: Conserte-me - Wricked # 2 - J. L. Mac
Viver sozinha no mundo é tudo o que Josephine Geroux já conheceu. Sua vida mudou drasticamente depois de uma tragédia quando ainda era criança. Ela enfrentou a juventude com admirável esforço e aprendeu da maneira mais difícil como se adaptar e sobreviver. Apesar de tudo, ela conseguiu chegar à idade adulta sã e salva. Após tal caos, manter uma vida livre de complicações é sua maior prioridade. Tudo mudou quando um homem com olhos cor de âmbar invadiu seu mundo e reivindicou seu coração. Ela se entregou em mais de um sentido. A atração entre Jo e Damon parecia ser o destino fechando um círculo. Com outra perda devastadora, Jo luta para se manter de pé. Ela se vê dividida entre um futuro promissor e agarrada a um passado devastador. Mas esse não é o problema mais preocupante em suas mãos. Ela deve se convencer a deixar o passado para trás, onde ele pertence. Mas, em sua jornada para encontrar a coragem e o encerramento, ela faz exatamente o oposto. Uma velha ferida causada por um ato hediondo fica exposta. A verdade é catastrófica e Jo fica impotente observando as ruínas de seu mundo frágil suportarem mais turbulências. Pode algo concebido da tragédia e da maldade terminar bem? Pode algo tão completamente envenenado conquistar a adversidade? Jo tem que tomar uma decisão: aceitar as circunstâncias na qual se encontra ou lutar com uma ferocidade inabalável para consertar o que foi destruído.

Conserte-me  foi o tipo de livro que me tirou do planeta terra, foi só começar a ler que logo nas primeiras páginas me vi submersa na história, me veio a mente aquele pensamento feliz: Esse é um livro DAQUELES! Um daqueles que te faz ficar grudadinha, que te faz não querer comer, dormir, sair, tudo que você quer fazer é continuar lendo e lendo, até você descobrir tudo que o enredo tem para te contar, tudo que esses personagens tem para te contar, te surpreender, te emocionar e te inspirar! 

Lembraram de algo??? Foi exatamente assim que comecei a resenha de Destrua-me o primeiro livro da saga que conta a história de amor e superação de Jo e Damon! Perdão Jo, voce foi maravilhosa, mas esse segundo livro foi do nosso Damon, e que dor, que sofrimento, que sequencia! Obrigada Senhor!!!!!! Obrigada autora linda!!!!!

''Josephine Geroux é a nossa Jo! Apenas Jo, porque como ela mesmo diz, é uma ninguém, uma garota de 25 anos que tira seu sustento trabalhando em uma livraria falida, que tem um passado terrível, perdeu seus pais em um trágico acidente de carro aos nove anos, de uma menina mega amada e protegida a uma vida cheia de horrores e privações. Jo após o acidente foi encaminhada para lares adotivos, e para fugir dos abusos e da piedade, a ''atenção'' em excesso, ela acaba nas ruas, sendo uma sem-teto que tinha como seu grande refugio de vida a biblioteca publica e seus livros, autores e histórias.

Foi por esse amor e esse conhecimento que resolveu puxar as rédeas de sua vida, e seu caminho cruzou com o senhor Capitão Sutton, o ''velhote'' proprietário da livraria que Jo trabalha, o homem que deu uma oportunidade para a menina sem-teto. Que lhe deu uma muda de roupa, um emprego e uma direção, essa que Jo agarrou com todas as suas forças. Hoje ela tem um lugar seu, uma cama, roupas e comidas compradas com seu trabalho e dedicação. Capitão seu chefe é sua companhia constante, quase um pai, mesmo que Jo não admita isso!''

Nesse segundo livro Jo lida também com as consequências do que houve com nosso Velhote no fim do primeiro volume! 

''Foi em um dia de trabalho, logo após colocar um ladrão para ''correr'', que Jo conhece o misterioso e atraente Damon Cole, atração imediata, alucinada e sem sentido e uma estranha sensação de familiaridade! Da onde ela conhece esse homem? Não foi de seus sonhos com toda certeza, apesar que é verdade que seriam ótimos sonhos!!!

Damon e Jo protagonizam uma história de amor linda, envolvente e de tirar o fôlego!''  

Conserte-me é bonito, romântico, quente, é um pouco clichê, um daqueles livro que consegui saber mais ou menos o rumo que a história iria trilhar, mas também é surpreendente, é envolvente, ao ponto de te desesperar e te dar aquele aperto no coração. Fala de dor, perda e superação. Uma mocinha que perdeu a ilusão na vida, que vive para sobreviver, que não se importa com bobagens, é direta, boca suja, não tem papas na linguá, fala o que pensa e senti, se envolve, se entrega e é verdadeira! Sincera! Com ela e com os outros! 

''Damon é um homem maravilhoso, claro que ele tem seus fantasma, todos temos, uma família quebrada, um pai alcoólatra, uma mãe que o entregou quando criança, tem que lidar com o sentimento de rejeição, e até culpa todos os dias. E apesar dessa parte escura de sua alma, ele é incrível, o homem que mamãe pediu como genro, um homem forte, dominante, mas não no sentido Grey da vida, ele apenas é uma figura autoritária, acostumado a estar no comando. Rico, bonito, gostoso, quente e solitário!
Quando Damon se envolveu com Jo, ele simplesmente se entregou e foi uma entrega linda de se acompanhar!''

Conserte-me  teve todos os elementos que considero viciantes em uma boa leitura, ele com certeza foi para a minha listinha de queridinhos, aqueles que vou ler, reler, acompanhar os livros da autora e ficar ansiosa esperando as continuações - E QUE VENHA LOGO O TERCEIRO VOLUME! Um banquete de emoções e sentimentos, e uma linda história de amor, perdão e superação! Quente como o inferno, envolvente como a paixão e doce como o amor! Recomendadíssimo!

Sobre a sequencia desse segundo volume realmente me surpreendeu, não pensei que iria conseguir me envolver ainda mais que o primeiro livro, principalmente que já fazia um tempo que tinha lido o Destrua-me, Jo mostrou uma força e perseverança que a maioria das mulheres por mais apaixonadas que possam estar não demonstrariam. Foi uma caminhada árdua para o casal e a grande espera do final feliz que pode ser derrubado a qualquer momento.
Damon roubou a cena pelo apelo psicológico do personagem, pela força também que demostrou e pelo que foi desvendado do seu passado traumático. Destaque para a vó, para a irmã que enfim tomou jeito e pelo humor empregado no meio de tanto drama!

Conserte-me é uma leitura gostosa, muito envolvente que mexe com os sentimentos do leitor e vicia, é impossível não esperar o terceiro volume, é impossível não entrar na história e curtir, se apaixonar por esses personagens! Recomendadíssimo!!!

Paula Juliana

5 comentários:

  1. Oi, não conhecia a série e confesso que a historia não me atraiu e mesmo achando a sua resenha muito bem construída, acho que não leria, ainda por cima, por ser uma série onde geralmente tem muita enrolação e eu não estou na vibe de ler esse tipo de livro, por isso, deixo passar a dica.
    bjus

    ResponderExcluir
  2. Paulinha sua linda e maravilhosa, que saudade! No terceiro parágrafo da sua resenha já me apaixonei pela Jo, não tenho culpa se sempre fui defensora dos frascos e comprimidos que se superam, hahaha!!! Sou solidária e mexe comigo pessoas que para fugir de um destino cruel, preferem as ruas e outra coisa que me encantou na Jo foi ela se refugiar nos livros. Também já me apaixonei por Damon, ele deve ser daqueles de fazer um quarteirão inteiro de mulheres e gays suspirarem. Hahahaha

    Bjo
    Tânia Bueno
    Faces da Leitura

    ResponderExcluir
  3. Olá, Paula. Apesar de seu empolgamento todo com o livro, eu não consegui me interessar por ele. Talvez possa ser pelo fato deste ser o segundo volume. Mas mesmo assim reconheço que gostaria bastante da personagem principal, por conta de sua força.

    Beijo,
    http://pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
  4. Oieee!
    Tudo bem??
    A premissa do livro realmente me parece muito legal, mas não é o tipo de leitura pela qual estou interessada no momento. Mas vou deixar salvo o link da sua resenha, pra poder pegar o nome do livro em um futuro próximo.

    Beijinhos da Mady.
    http://mdl-magodoslivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oieee! É tão bom quando o livro te prende e você não tem nem vontade de comer e dormir, rsrsrs acontece muito comigo. Curti bastante o enredo e vou procurar pelo primeiro livro. Valeu pela dica ;)

    ResponderExcluir