quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Resenha: Dois Mundos - Tesouro da tribo de Dana # 1 - Simone O. Marques

Resenha: Dois Mundos - Tesouro da tribo de Dana # 1 - Simone O. Marques
Classificação: 4/5
Editora: Butterfly editora

Sinopse: Dois Mundos - Tesouro da tribo de Dana # 1 - Simone O. Marques
Num futuro distópico, Marina é uma jovem brasileira que carrega a força e os poderes de três grandes deusas celtas. Ela é aquela que cria, acolhe e mata. Protegida por guerreiros, perseguida por mortais e desejada por deuses, precisa encontrar os míticos tesouros da Tribo de Dana se quiser salvar o que restou do mundo...
Ano de 2021. A Terra está devastada e poucos são os sobreviventes. No Brasil, grupos se reúnem em pequenas vilas em torno da água potável. O oásis neste caos fica na Chapada dos Veadeiros, na Fazenda Tribo de Dana, onde vive um povo guerreiro que acredita tudo ser parte dos planos da Grande Mãe. Neste paraíso vive Marina. Considerada o avatar de três grandes deusas celtas, precisa lidar com poderes diversos de cura, vida e morte. Ao abrir o véu que separa o mundo de mortais e deuses, a jovem liberta antigas divindades. E dois domínios distintos estão prestes a colidir quando ela descobre que detém nas mãos o destino da humanidade.

Não faço ideia de como começar essa resenha. Não é segredo para ninguém que amo de paixão fantasia e que 90% das minhas autoras preferidas escrevem esse gênero. Então quando recebi em parceria com a Editora Butterfly: Dois Mundos - Tesouro da tribo de Dana # 1 -  de Simone O. Marquese, com essa capa lindíssima, e essa sinopse que consta uma promessa de fantasia, mitologia e distopia, é claro que eu fiquei maluca e fui correndo ler. Não me arrependi em momento algum. 
Dois mundos mistura estilos, é uma história criativa e original, que com uma protagonista geniosa e juvenil promete proteger o mundo, ou melhor, proteger o que restou dele após a terceira onda!

Vamos começar do início, a leitura é daquelas que começa aguçando nossa curiosidade, uma narrativa envolvente e caótica, nos é apresentado um personagem, Pedro, que logo descobrimos ser o oráculo da história, com Pedro vêm a profecia, pois o que é uma boa história mitológica sem uma profecia? Impossível não ter, principalmente na mitologia Celta que tem inúmeros Deuses, druidas e uma ligação harmoniosa entre todos os elementos.

Porém, essa obra não é somente mitologia e fantasia, é uma distopia, e como sabemos o que prevalece no estilo é o caos e a destruição. Cinco anos antes do Dia da Aurora, Marina essa menina de 13 anos é uma jovem Brasileira que carrega dentro de si o poder de 3 Deusas, não sendo o bastante Marina é o avatar delas, podendo ser digamos que usada pelas Deusas para transmitir suas mensagens, Dana - a Grande Mãe, Morrigan - Deusa da Guerra e da destruição e Brigitte - Deusa da Luz

Cura e morte!
São em três ondas que chega a destruição da terra. Então, chegamos a 2021 - cinco anos depois do Dia da Aurora ou o apocalipse. A Terra está devastada, apenas alguns grupos de sobreviventes, entre eles está a Fazenda onde aos 18 anos Marina vive. A moça está completamente descontente de sua vida, viver sem modernidades e presa, seguida sempre de perto por seus guardiões, guerreiros que chama de Os Sombras. Entre eles estão Brian e Arthur que logo embarcam em uma louca aventura com Marina e descobrem UM NOVO MUNDO.

O livro é simples, direto e envolvente. Original, cheio de nuances que elevam a história que poderia ser simplesmente um romance fantástico. Adorei a escrita da autora, a diagramação e o capricho da obra são palpáveis. Os personagens são envolventes, temos aquela busca pela salvação do mundo, misturado com a mitologia das Deusas e a busca pelos tesouros de Dana, é um primeiro volume, acredito que a história ainda vai crescer muito e espero continuar acompanhando. 

Indico Dois Mundos - Tesouro da tribo de Dana # 1 - de Simone O. Marques para os apaixonados pela Mitologia Celta, sei que não é tão popular quanto a Mitologia Grega e Nórdica, e pelo seu diferencial é uma das minhas preferidas, indico para os fãs de distopia e fantasia, é um prato cheio. E principalmente é muito rica por seus personagens e misturas de estilos, com certeza adorei passar um tempo em companhia da pequena Dana. Recomendo!

Paula Juliana

Nenhum comentário:

Postar um comentário