quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Resenha: Risco Calculado - Elaine Elesbão

Resenha: Risco Calculado - Elaine Elesbão
Classificação: 5/5 ♥ Favorito
Editora: Tribo das Letras
Skoob

Sinopse: Risco Calculado - Elaine Elesbão
Quando Valentina completou doze anos, seus pais a entregaram a um padrinho para que ela pudesse receber uma boa educação e desfrutasse de uma vida melhor. 
Os anos se passaram e Valentina se transformou em uma bela mulher. O seu padrinho, Hugo, sempre tão atencioso, tornou-se a sua grande paixão e em seus braços ela descobriu o prazer. 
A questão é que Hugo Rosenthal, que utiliza o sexo como forma de demonstrar força e superioridade, sente um amor doentio por Valentina e é capaz de qualquer coisa para não perder o domínio que tem sobre ela. 
Determinada a conquistar a sua independência e a trilhar o seu próprio caminho, Valentina elabora um arriscado plano e foge, mas sabe que o seu passado não a deixará em paz. Conhece muito bem Hugo e os métodos que ele utiliza para conseguir o que quer e teme que o pior aconteça.
Enquanto Valentina luta para chegar ao seu propósito, conhece Max, um doce e gentil veterinário, e todas as suas certezas são abaladas. Se o sexo para ela já foi jogo, armadilha, dominação, o fundo do poço... Com ele é abrigo, aconchego, paz, plenitude, lar. 

Risco Calculado é uma história de amor, de vários tipos de amor, mas é também uma história de ódio. E quando esses dois sentimentos se confundem ou se confrontam tudo pode acontecer...

''Quando amor e ódio se confundem ou se confrontam, tudo pode acontecer...''

Paixão. Superação. Amor. Ódio. Nojo. 
Como colocar em palavras a intensidade dessa história tão forte e até complexa?! Risco Calculado foi uma senhora leitura, rápida e que me prendeu a cada linha, Valentina uma personagem protagonista estritamente surpreendente, uma mocinha além das palavras que sofreu de todas as formas possíveis, Max um mocinho apaixonante, e Hugo?! Nossa! O que dizer desse antagonista, vilão, ser humano da pior especie que existe?! Nunca pensei que sentiria tanto nojo, tanta raiva de um personagem. Elaine Elesbão com todo o seu enredo, sua escrita e personagens controversos me fez engolir essa trama.

Valentina tem uma história de vida difícil.
Vindo de uma realidade pobre, quando completa doze anos é vendida para seu padrinho, de forma que é a partir desse momento criada por ele, e de um certo modo sua propriedade. Seus pais a entregam para esse ''padrinho'' achando que assim terá melhores chances de vida, que Hugo dará para a menina o que eles em suas condições financeiras nunca poderiam dar. 

Comida. Educação. Formação. Uma vida melhor. 
E ao longo dos anos é o que Hugo dá para Valentina. Porém, a menina vai crescendo e se tornando uma linda mulher e as motivações das ações desse homem ficam mais claras. Valentina agora é a mulher troféu. Antes a menina criada e educada pelo padrinho, dindo, agora a mulher que deve ser tratada como uma moça, antes o padrinho, agora o homem Hugo. Valentina é levada pelas circunstancias e começa a ver o homem Hugo e se envolver por ele. 

Hugo Rosenthal é um homem controlador, autoritário, que criou Valentina para o abate. Quase como quando uma refém se apaixona por seu sequestrador, a moça é induzida a ter também seu inicio de vida sexual com o homem, esse até agora o único que sempre lhe deu tudo, desde conforto até o que entende por afeto. 

Claro, que quando a moça cresce e consegue visualizar que tudo o que conhece é pouco e restrito e que existe um mundo de possibilidades lá fora, o homem que até agora foi seu mundo, se torna seu algoz e então Valentina o vê como é verdadeiramente. Um homem que a controla de todas as formas, que não a ama - de uma forma saudável - e que simplesmente quer lhe possuir em todos os sentidos. 

Valentina é uma personagem forte, logo no inicio da obra podemos até achar que é uma menininha bobinha, que aceita tudo e não faz nada para mudar sua situação, mas ao longo da leitura vemos que é esperta, fodona, que não vai deixar por menos o que Hugo lhe fez. 
O livro trata por meio de Valentina e Hugo de inúmeras questões, abuso sexual, violência física e psicológica, a questão da estética, de como Hugo queria a mostrar, fazer de Valentina seu troféu, como sempre tinha que estar perfeita, ''uma mulher que sabe seu lugar''. O Controle é elemento principal da trama, Hugo controla tudo, Valentina não tem voz ativa, não tem opção de escolha,  ele dita desde o que ela vai comer, até estudar, vestir e fazer. 

Como a história é contada por Valentina com capítulos intercalados entre o presente e o passado, conhecemos também o mocinho Max que é um personagem lindo e intensamente apaixonante. Me identifiquei muito com Max, seu amor livre, sem ciúmes e amarras, um amor seguro, tranquilo, parceiro, sem jogos amorosos ou guerras por poder. Totalmente o oposto de Hugo, Valentina por sua vez como foi criada pelo vilão tem uma visão distorcida do amor, por vezes começa a agir com Max da mesma forma que foi ensinada por Hugo no sentido psicológico e não físico.

É um turbilhão de enredo! Romance! Vingança! Sexo! Violência! Algumas vezes a aflição foi tão forte que tive que parar, respirar e assim continuar a leitura. A escrita da autora é fácil, rápida e gostosa, as cenas de sexo não são escrachadas, e mesmo sendo fortes e tratando de assuntos polêmicos como estupro e violência a leitura não fica pesada e complicada. 

Risco Calculado é uma obra sobre superação, mostra a força desta mulher - que assim como milhares de mulheres convivem diretamente com as violências em suas relações, mostra a forma que a mocinha agiu durante a história, se ''comportando'' como deveria, engolindo tudo, sendo perfeita, e na verdade fazendo o que tinha que fazer para sobreviver, passar por tudo aquilo e VENCER! Recomendo para todos que gostam de romances fortes e para maiores, com finais surpreendentes e muito bem fechados! 

Paula Juliana e Katiane Antunes.

4 comentários:

  1. Oi meninas,
    Nossa confesso que achei que esse livro seria mais um 50 tons com variações, mas ver que a protagonista fugiu e foi em busca da sua liberdade me faz bater palmas para a autora, pois é importante mostrar que as mulheres podem sim lutar para sair dessas situações, só me incomoda um pouco esse lance de já ter um mocinho esperando por ela, como se fosse uma muleta. =/
    Mas a história parece valer a pena. Parabéns pela resenha!
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Menina que livro é esse? Fico louca para lê-lo. Tenho que conhecer essa Valentina e ver como ela consegue resolver essa vida tão complicada. Amei a sua resenha, como sempre escreveu super bem.
    Vou anotar a sua dica e ler em breve.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  3. Caeamba, que livro diferente e forte, não conhecia mas me despertou muito interesse em saber como Valentina se sente com a diferença entre as relações que ela teve! Amei sua resenha e irei procurar saber mais sobre o livro!

    ResponderExcluir
  4. O Livro mudou de editora, agora é publicado pela Trampolim: https://www.amazon.com.br/gp/product/8592864119/ref=as_li_tl?ie=UTF8&camp=1789&creative=9325&creativeASIN=8592864119&linkCode=as2&tag=tagoedit-20&linkId=78a9b39719e82ea05f787c49af519846

    ResponderExcluir