Pular para o conteúdo principal

Resenha: Entrevistando o demônio - Tony Ferraz

Resenha: Entrevistando o demônio - Tony Ferraz
Classificação: 5/5 Favorito
Editora: Qualis Editora
Skoob

Sinopse: Entrevistando o demônio - Tony Ferraz

A filosofia do pensador Eric Russel é destrinchada nesta obra, onde Tony Ferraz se vale de personagens de seu livro anterior para criar metáforas ardilosamente costuradas. Após ser capturado, um serial killer é enviado para uma prisão de segurança máxima em Thamesmead, Londres. Nicholas Flamme, um psiquiatra inexperiente, é convocado por motivos obscuros para conduzir por vinte e oito dias as entrevistas que serão utilizadas em seu julgamento. Emily é uma atriz que procura fazer carreira no teatro inglês. Estas tramas serão atadas em uma história surpreendente sobre o sentido da vida.

''Os demônios que os outros enxergam sempre nos parecem pequenos, isso porque, são outros que os enxergam''. 

Como diz Tony Ferraz ''Força de espírito sempre'', e olha que esse comentário não poderia ser mais que condizente com sua obra! Quando peguei Entrevistando o demônio em mãos, sabia que devia me preparar para uma senhora leitura, pois após ler a primeira obra do autor O ARTÍFICE, minhas expectativas estavam nas alturas, o que não sabia é que encontraria velhos conhecidos, personagens que capturaram meu imaginário em uma época passada.

Entrevistando o demônio como esperado por mim como leitora vai além da ficção policial, vai além do que eu tenho como conceito de ficção obscura, de terror por falta de palavras melhores, ele vai muito além por sua técnica, sua linguagem, e por seu enredo. É literatura, pura e coberta de metáforas, apresenta personagens que não são preto no branco, são de um assombroso cinza, e é esse tom que deslumbra o leitor.

Em Londres no passado, treze anos antes do episódio no cemitério, Nicholas é chamado para trabalhar no caso de um famoso assassino em série. Haryel está preso em prisão de segurança máxima, Nicholas psiquiatra forense tem 28 dias para conseguir entrevistas que vão ser usadas no julgamento, o que será um desafio pois o serial killer está em estado catatônico desde sua prisão. Nicholas irá usar um método peculiar para seu trabalho a filosofia de Eric Russel, pensador que estuda e que se encontra meio que afastado do mundo naquele momento. Será que um psicopata pode ser curado?!

A história de Nicholas ainda se mistura com a de sua esposa Emily, uma mulher que após deixar de atuar em sua área como publicitária, mergulha na vida do teatro e no seu sonho de trabalhar como atriz.

''... a vida é um rio; seu sentido é o sentido em que ela corre.'' 

Consegui observar a obra em três belas partes, na primeira Nicholas Flamme, um psiquiatra importante se encontra no presente dos fatos, nele conta sua história a um inusitado rapaz que digamos que foi pego no flagra, no corte a seguir, voltamos no passado com Nicholas para entender os fatos que se apresentaram de inicio, e no que eu separei como a terceira parte temos a participação de um narrador observador que vai nos mostrar o ângulo de uma personagem muito importante na trama.

A linguagem do autor é fantástica, ele usa de um elemento que só vi em literaturas antigas, que é quando o narrador conversa diretamente com seu leitor, e várias vezes brinca com o vai e vem entre narrador em primeira pessoa quando Nicholas fala, e narrador observador. Tudo extremamente condizente com o enredo geral e seu objetivo.

Destaque para a edição que está caprichadíssima, capa linda demais, ilustrado por dentro, capítulos impecáveis, o que só deixa a leitura ainda mais prazerosa. 

Em meio a filosofia, e um enredo muito original o leitor entra nesse caso juntamente com Nicholas, somos levados a um toque quase que íntimo com o interior do demônio, a obra é muito bem amarrada, surpreendente ao fim e me pegou pega curiosidade, EU QUERIA saber o que iria acontecer, queria ver Nicholas interagindo com Haryel, queria ver o método Russel em prática. A obra te deixa muito perto dos personagens, até perto demais! O teor reflexivo do homem quanto ao seu caráter, sua abertura pra os meios externos, a forma que tem seus estopins é incrível. Entrevistando o demônio é interessante, profundo, e intenso. Uma obra espetacularmente habilidosa!

''... Eu vendi a minha alma 
Em um dia de outono''

Paula Juliana

Comentários

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Li - Gostei e Indico! SÉRIE NIGHT HUNTRESS

Li - Gostei e Indico! SÉRIE NIGHT HUNTRESS 

1º Livro da Série Night Huntress – Jeaniene Frost

Título Nacional: A Caminho da Sepultura

Sinopse: A meia vampira Catherine Crawfield persegue os mortos-vivos atrás de vingança, esperando que um destes seres seja seu pai. Capturada por Bones, um vampiro caçador de recompensas, é forçada a uma parceria profana. Em troca de encontrar o pai, Cat concorda em treinar com o sexy caçador noturno até que seus reflexos de combate estejam tão afiados quanto os dentes dele.


2º Livro da Série Night Huntress – Jeaniene Frost

Título Nacional: Com um Pé na Sepultura

Sinopse: A meio-vampira Cat Crawfield é agora a Agente Especial Cat Crawfield, trabalhando para o governo para livrar o mundo de mortos-vivos mal intencionados. Ela ainda usa tudo o que Bones, seu ex-namorado sexy e perigoso, ensinou a ela. Mas quando Cat torna-se alvo de assassinos, o único homem que pode ajudá-la é justamente o vampiro que ela abandonou. Estar perto dele desperta todas as suas emoç…

Resenha: Dominados - Mila Wander

Resenha: Dominados - Mila Wander Classificação: 5/5 ♥ Favorito ♥   Editora: Qualis editora Skoob
Sinopse: Dominados - Mila Wander Dominados - Laura Diniz está concorrendo a um cargo na diretoria da Construtora Marcos Delacox.  Henrique Farias também. Laura Diniz é orgulhosa, ambiciosa, poderosa e viciada em desafios.  Henrique Farias também. Laura Diniz é uma dominatrix fatal.  Henrique Farias é um dominador intenso.  O JOGO DE PODER E SEDUÇÃO SÓ ESTÁ COMEÇANDO...

'' - No fim, todo mundo dominará todo mundo...''
O que  dizer de DOMINADOS? Começando esse resenha com aquela maravilhosa e angustiante sensação de ''não sei como descrever, como esse livro é incrível!!!'' Sinceramente, essa obra da autora Mila Wander, foi uma surpresa maravilhosa, uma leitura que me prendeu e ME DOMINOU em suas quase 500 páginas! Gosto muito de romances eróticos, mas depois de um tempo lendo muitos desse tipo, nós leitores acabamos caindo daquela ''receitinha de bolo'', sabe…

Resenha: Amante Finalmente - Irmandade da Adaga Negra, Livro 11 - J. R. Ward

Resenha: Amante Finalmente - Irmandade da Adaga Negra, Livro 11 - J. R. Ward
Classificação: 5/5 ♥ Favorito
Editora: Universo dos Livros
Skoob

Sinopse - Amante Finalmente - Irmandade da Adaga Negra, Livro 11 - J. R. Ward

Qhuinn está acostumado à solidão. Repudiado por sua linhagem e evitado pela aristocracia, ele finalmente encontrou uma identidade como um dos lutadores mais brutais na guerra contra a Sociedade Redutora. Mas sua vida não está completa. Mesmo que a perspectiva de ter uma família esteja ao seu alcance, ele está vazio por dentro, com o coração entregue a outra pessoa... Blay, depois de anos de amor não correspondido, acredita já ter superado Qhuinn. E já era hora: o homem parece ter encontrado o seu par ideal em uma fêmea Escolhida, e eles terão um filho, exatamente como Qhuinn sempre quis. O destino parece ter levado a vida desses vampiros soldados em direções diferentes... Mas a batalha pela liderança da raça se intensifica, e os novos jogadores na cena de Caldwell estão cri…