Pular para o conteúdo principal

Resenha: As Garotas de Corona del Mar - Rufi Thorpe

Resenha: As Garotas de Corona del Mar - Rufi Thorpe
Classificação: 5/5
Editora: Novo Conceito
Skoob

Sinopse: As Garotas de Corona del Mar - Rufi Thorpe

Amizade entre garotas pode ser intensa e, no caso de Mia e Lorrie Ann, não há dúvidas de que isso é verdade.
À medida que crescem, a vida de Mia e Lorrie Ann é preenchida com praia, diversão e passeios ao shopping.
Por outro lado, como toda amizade, há conflitos e dores.
Mia e Lorrie Ann convivem há muito tempo e possuem personalidades opostas. Mia é a bad girl , vivendo em uma família problemática. Lorrie Ann é linda e amável, quase angelical, e tem uma família que parece ter sido arrancada de um conto de fadas. Mas, quando uma tragédia acontece, a vida perfeita sai fora de controle...


''De certa forma, Lorrie Ann fez de mim tudo que sou, pois minha personalidade tomou forma como uma reação igual e oposta ao que ela era, assim como, tenho certeza, a personalidade dela se formou como resultado da minha. As pessoas fazem esse tipo de coisa. Elas dividem qualidades, como se a realidade, para poder ser manipulada, precisasse ser classificada, rotulada, presa com alfinetes.''  

Uma história sobre liberdade. Acredito que não teria outra forma de começar essa resenha, quando comecei a leitura de As Garotas de Corona Del Mar esperava muitas coisas, um livro sobre amizade, duas garotas e uma cidade pequena, logo imaginei que encontraria algo leve com alguma mensagem inspiradora de como ter amigos pode mudar a vida da gente. Bem... encontrei uma narrativa que é muito difícil de explicar. Mia e Lorrie Ann nos mostram uma história muito real, muito crua e por muitas vezes até cruel.

A vida é difícil. As expectativas que construímos são complexas, o modo como nos cobramos como seres humanos que somos é também extremamente complicado. Rufi Thorpe a autora desta bela e forte obra nos conduz para essa história por intermédio de Mia e Lorrie Ann, duas amigas de infância que não poderiam ser mais diferentes, e não imaginam os caminhos distintos que a vida as iria levar. 

Duas garotas. 
Mia a menina malvada. A debochada a cínica, aquela que vinha de uma família desestruturada com uma mãe bêbada e dois irmãos pequenos para cuidar. A garota que fez um aborto aos 15 anos e que não esperava nada da vida além de uma grande terrível má sorte. 
Na outra metade deste pacote temos Lorrie Ann a boa menina, anjo, linda, carinhosa, com a família perfeita, pai, mãe e irmão, unidos e amorosos. O que não se esperava era que Lorrie Ann tivesse o pior destino, que fosse com ela que aconteceria as piores coisas, as piores tragédias.

''Eu só conseguia ter rápidos vislumbres do labirinto que era a mente dela, e por isso fui forçada a reunir as peças do mundo interno dela por meio de inferência e observação.''

A história começa mostrando a vida dessas garotas a forma que interagiam nesta amizade. A obra é narrada por Mia, porém, é constante na história aparecer por vezes muito mais que ela a história de Lorrie Ann, no início como leitora me perguntei até onde iria essa Mia por Lorrie Ann, como poderia o livro apesar da narração de Mia ser muito mais sobre Lorrie Ann, até que em determinado ponto da leitura entendi o que a autora queria dizer. 

A narrativa não é leve, não é bonitinha, é pesada, é cruel, é um senhor drama, nem sei expressar ao certo o que senti ao terminar a obra, uma mistura de tristeza com uma paz inspiradora. Não é uma leitura fácil, apesar da escrita em si ser fluída e bonita, ele fala sobre assuntos tabus (virgindade, aborto, violência, drogas, deficiência, maternidade) que nos fazem pensar, alguns até de forma bem subjetiva no meio dos pensamentos de Mia e dos fatos que acontecem na vida das duas amigas.

Um fato sobre a amizade, ela pode durar uma vida inteira, é inexplicável os laços que podem juntar duas pessoas. Um fato sobre a história... nada é como parece, muitas vezes somos conduzidas até por nós mesmos por caminhos e modos de agir que não deveriam ser nossos, A prisão muitas vezes é interna. Os tabus são internos, levamos uma vida para nos conhecermos, será que conhecemos os outros verdadeiramente?! As Garotas de Corona Del Mar me marcou, me questionou, mexeu comigo como leitora e como ser humano. 
Drama, amor, amizade, dor! Duas vidas em uma obra! Recomendadíssimo!

''- Mas você consegue ver que, quando se perdeu tudo de belo na vida, isso pode ser verdade?

Paula Juliana

Comentários

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Classificação: 5/5 ♥ Favorito  Editora: Companhia das Letras Skoob
Sinopse: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Vem da Suécia um dos maiores êxitos no gênero de mistério dos últimos anos: a trilogia Millennium - da qual este romance, Os homens que não amavam as mulheres, é o primeiro volume. Seu autor, Stieg Larsson, jornalista e ativista político muito respeitado na Suécia, morreu subitamente em 2004, aos cinqüenta anos, vítima de enfarte, e não pôde desfrutar do sucesso estrondoso de sua obra. Seus livros não só alcançaram o topo das vendas nos países em que foram lançados (além da própria Suécia, onde uma em cada quatro pessoas leu pelo menos um exemplar da série, a Alemanha, a Noruega, a Itália, a Dinamarca, a França, a Espanha, a Itália, a Espanha e a Inglaterra), como receberam críticas entusiasmadas. O motivo do sucesso reside em vá…

Resenha: Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler

Resenha: Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 
Editora: Novo Conceito
Skoob

Sinopse: Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler
Dez coisas que aprendi sobre o amor - Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas,…

Resenha: Louca Por Você - After Dark - Livro 01 - A. C. Meyer

Resenha: Louca Por Você - After Dark - Livro 01 - A. C. Meyer
Classificação: 5/5 Favorito

Sinopse - Louca Por Você - After Dark - Livro 01 - A. C. Meyer Ele era tudo que ela queria...
Julie Walsh foi apaixonada por Daniel Stewart a vida inteira, mas ele só a via como sua irmãzinha. Até que o destino resolve dar uma mãozinha e dá a Julie a oportunidade de balançar a vida e o coração de Danny.
Ele não queria se apaixonar...
Daniel reprimiu seus sentimentos por muitos anos. Sem interesse em investir em relacionamentos sérios, aproveitava a vida com uma garota diferente a cada dia, investindo seu real sentimento no sucesso do seu bar, o After Dark.
Até que o destino lhe dá uma pancada na cabeça e um sacolejar no coração e mostra que a garotinha que ele sempre tratou como sua irmãzinha, é na verdade, aquela que pode fazer ele começar a pensar em "para sempre". Mas quando Daniel resolve dar uma chance para esse estranho sentimento que se apodera dele, ele esbarra com um…