Pular para o conteúdo principal

Resenha: Talvez Um Dia - Maybe # 1 - Colleen Hoover

Resenha: Talvez Um Dia - Maybe # 1 - Colleen Hoover
Classificação: 5/5 ♥♥ Favorito ♥♥
Editora: Galera Record
Skoob 

Sinopse:Talvez Um Dia - Maybe # 1 - Colleen Hoover

Um dos livros mais comentados de 2015, nos Estados Unidos, este é mais um sucesso arrebatador de Colleen Hoover, autora das séries Slammed e Hopeless.
Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.

''Ótimo. Estou chorando  agora.  Eu sou uma sem bolsa, chorona, violenta, garota sem-teto. E por mais que eu não queira admitir,  eu acho que poderia ser também uma  garota de coração partido. Isso aí.  Soluçando agora.  Certeza que isso  deve ser o que se sente ao ter seu coração partido.''

Nem sei como começar a falar desse livro! A autora já tinha ganhado meu coração quando eu li a trilogia Métrica, então comecei a ler essa obra já sabendo que seria uma leitura gostosa na certa, só não poderia imaginar amar mais que Métrica! Esse livro é LINDO! Minhas meninas românticas! Vocês não podem deixar de ler essa história. Mais que amei, Talvez Um dia da Colleen Hoover é lindo demais, romântico demais, e super arrancou lágrimas e suspiros de mim durante toda a leitura!  

''Eu acho que nunca vi olhos que pudessem realmente falar. Eu não tenho certeza do que quero dizer com isso.  Só  parece que ele poderia atirar em mim o olhar mais ínfimo com aqueles olhos escuros dele, e eu sei exatamente o que eles precisam que eu faça. Eles estão penetrantes e intenso e oh, meu Deus, eu estou encarando. O canto de sua boca se inclina em um sorriso quando ele passa por mim e vai direto para o sofá.''

Ela tinha um namorado, uma melhor amiga, um lugar para chamar de seu e uma vida boa, normal, calma, tudo que poderia esperar, só não esperava é que seu namorado fosse um traidor. Seu mundo desmoronou bem no dia de seu aniversário de 22 anos! Parabéns para Sidney!!!!! Triste e solitária, foi acolhida por um certo vizinho, este mesmo que a avisou o que estava acontecendo, esse mesmo que é lindo e arrancava suspiros da moça durante suas tardes na varanda, ao ver o belo rapaz tocando violão! Mas quem não tem uma queda por músicos!!!!?? Hummm!! 

Sidney vai viver no mesmo apartamento de Ridge, um lindo protagonista! 

Os dois fazem uma maravilhosa dupla, Ridge estava em um bloqueio artístico! Por assim dizer! Ele não conseguia escrever mais letra nenhuma de música! Sidney tem um talento nato para escrever músicas, juntos os dois se completam! Uma atração linda e irresistível, uma cura para o coração partido da moça talvez? Sim e não! 

Ridge tem uma namorada! E ama a moça! É um típico e maravilhoso mocinho fiel! Então como lutar contra essa atração por Sidney? Pior! Como lutar para não se apaixonar? Por seus sentimentos divididos que só cresciam a cada dia?
Em uma briga entre a razão e o coração! Quem ganha nossos nós, uma linda história de amor!    
  
''Bem, você alega  que  não me conhece muito bem, mas parece que você me conhece melhor do que eu mesma.''

A Autora aborda um tema lindo nesse livro! Uma história que supera todos os preconceitos, e dificuldades que os mocinhos poderiam ter!  
Não posso contar para vocês o que é, um detalhe muito importante sobre Ridge, sendo esse um tema que a autora super revolucionou toda a concepção que eu tinha sobre esse certo assunto!
E sinceramente, não fez diferença nenhuma para mim! Eu amei cada momento do que eu li! Achei um diferencial para a história!
Curiosos? Leiam!! 

''Vou trazer minha mala
Você traz o velho mapa
Podemos viver como no livro
Mas nunca podemos voltar
Sentindo a brisa
Nunca me senti tão bem
Vamos ver as estrelas até que elas se transformem em luz
Nós podemos ter tudo o que você sempre quis
E talvez um pouco mais
Apenas um pouco mais''
  
Sidney é uma boa garota! Respeitosa, leal, inteligente, bonita, talentosa! Tudo que ela queria depois do que lhe aconteceu foi um recomeço! Um sossego na sua vida! Não queria sentir, tudo que começou a sentir.

''Ei, coração. Você está ouvindo? Você e eu estamos oficialmente em guerra.''
 
“Elas são suas palavras, Sydney. Palavras que vieram de você.”

Ridge! É o mocinho dentro dos mocinhos! Não poderia ter gostado mais dele!Lindo, talentoso, fiel, romântico! Sincero e Honesto! O que mais pedir de um homem? Eu super me orgulhei de todas as atitudes que esse mocinho tomou ao longo da história! 

''No entanto, o fato de que eu  estava  mais do que provavelmente escrevendo  sobre  ela, não pareceu me parar, porque  a única coisa em minha mente foi o simples fato de que eu estava na verdade escrevendo. Eu não tenho sido capaz de escrever letras em meses, e em apenas uma questão de minutos, era como se uma névoa  se levantasse e as palavras começassem  a fluir sem esforço. Gostaria de ter continuado se eu não sentisse que já tinha ido longe demais.''

A história é narrada de uma forma bonita e sensível pelos dois protagonistas! A forma como as coisas acontecem, como os sentimentos vão se desenvolvendo, como o casal vai se apaixonando e precisando um do outro! É lindo de se ler! É uma angustia gostosa que sentimos e uma torcida constante de apertar o coração!
Ao longo do livro todo temos as letras e as músicas que os personagens compõem juntos, e confesso que ao ler e escutar as canções, a autora arrancou lágrimas de emoção de meus olhos!  

''Talvez eu não seja o herói para ela que eu sempre tentei tanto ser, porque, agora, eu me sinto como se  ela  nem sequer precisasse  de um herói.  Pra que  precisaria?  Ela tem alguém muito mais forte do que eu jamais serei para ela. Ela tem a si mesma.''

Indico essa obra para quem gosta de uma bonita história de amor! Para quem gosta de narrativas sensíveis e gostosas, e para quem gosta de ler sobre um amor que transparece honestidade, ultrapassa barreiras e dificuldades, e por fim busca seu felizes para sempre!   

''Eu não sei por que eu estou tentando esconder a minha reação dele, mas não é isso o que as pessoas fazem?  Tentamos  tanto  esconder tudo o que estamos  realmente  sentindo daqueles que provavelmente mais precisam saber os nossos verdadeiros sentimentos. As pessoas tentam reprimir suas emoções, como se fosse de algum modo errado ter reações naturais a vida.''

Quote preferido:

 ''Quanto mais perto ele se  movia  e quanto mais  olhávamos um para o outro,  mais meu corpo foi consumido pela necessidade. Não era uma necessidade básica, como necessidade de água quando estou com sede, ou necessidade de comida quando estou com  fome.  Era uma necessidade insaciável de alívio.  
 Alívio da necessidade e desejo que havia sido reprimida por tanto tempo. Eu nunca percebi o quão poderoso  o desejo pode ser.  Ele consome cada parte de você, aumentando o que  você  sente por um milhão.  
 Quando você está  no momento, ele aumenta o seu sentido da visão, e tudo que você pode fazer é  se  focar  na pessoa da  sua  frente.  Ele  aumenta o sentido do olfato, e,  de repente, você está ciente do  fato de que o cabelo  dele  acabou  de ser lavado e sua camisa está fresca por causa do secador. 
 Ele aumenta o seu senso de tato e deixa a sua pele formigando e seus dedos pinicando,  e  isso a deixa  com desejo  de  ser  tocada. 
 Ele  reforça a sua sensação de gosto, e sua boca fica com fome e querendo, e  a única coisa que  pode satisfazê-la é o alívio de outra boca em busca do mesmo.
 Mas o sentido que o meu desejo mais aumentou? Ouvir. Assim que Ridge  colocou  os fones de ouvido em meus ouvidos e  a  música começou a tocar, os pelos dos meus braços subiram, calafrios irromperam de minha pele, e me senti como se a minha frequência cardíaca ficasse mais lenta conforme a batida da música. Ele queria me ouvir apenas  tanto quanto eu queria  que ele me ouvisse.
 O que aconteceu entre nós não aconteceu porque éramos  fracos.  Ridge não passou a mão na minha  mandíbula e ao redor da parte de trás da minha cabeça, simplesmente porque eu estava na frente dele e ele estava de bom humor pra fazer isso. Ele não pressionou seu corpo contra o meu, porque ele me acha  atraente  e sabia que  seria bom.  
 Ele  não  colocou seus lábios com os seus, porque ele gosta de beijar e sabia que ele não seria pego. Apesar de quão duro nós tentamos lutar contra isso, todas essas coisas aconteceram entre nós, porque nossos sentimentos  um  pelo  outro estão se  tornando muito mais forte do que o nosso desejo.  
 O desejo é fácil de combater.  Especialmente quando  a única arma  que o desejo possui é a atração.
 Não é tão fácil quando você está tentando vencer uma guerra contra o coração.''

Música preferida:

''MAYBE SOMEDAY (Escute a música AQUI)
(Talvez um dia)
 
Vendo algo de tão longe
Ficando um pouco mais perto a cada dia
Pensando que eu quero torná-la minha
Eu correria para você se eu pudesse ficar
O que eu quero não posso exigir
Porque o que eu quero é você
 
Refrão:
E seu eu não posso ser seu agora
Eu vou esperar nesse chão
Até você vir
Até você me levar para longe
Talvez um dia
Talvez um dia
Eu tento ignorar o que você diz
Você se vira pra mim, e eu me viro pra longe
Mas o cupido deve ter me acertado duas vezes
Verdades são escritas, nunca ditas

Repete o refrão

Você diz que é errado, mas parece certo
Você me deixa ir, depois me segura firme
Palavras não terminadas, como nossa canção
Nada bom pode vir desse caminho
As linhas estão desenhadas, mas depois desaparecem
Por ela eu me curvo, por você eu me quebro''

 (Assistam o vídeo!! É lindo demais!!)
 
Play list:

 
 

Paula Juliana

Comentários

  1. Vejo um livro da Colleen e já quero chorar, nunca li nadinha dela :( E esse assim como tantos os outros me deixa mega curiosa para conhecer a escrita dela, fico curiosa com os temas que ela aborda e claro que shipei Ridge e Sidney, ou seja, outro livro pra minha lista de desejos.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Acredita que eu tenho 3 livros da autora mas ainda não consegui ler nenhum deles? Sei lá, ainda não senti aquela vontade sabe, mas esse Talvez um dia também me é muito recomendado, talvez quando eu ler os que tenho aqui eu pegue ele também para ler né? Adorei resenha, parabéns.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Saudações literárias! Tudo bem com você? Confesso que leio e vejo muitos comentários sobre Colleen Hoover, mas nunca li nada dela. Já vou anotar sua dica para uma leitura futura, apesar que estou com uma pilha imensa de livros para serem lidos. Uma das coisas que gostei da sua resenha, é perceber que os personagens são bem construídos e dinâmicos, isso deixa nossa leitura bem fluída.

    ResponderExcluir
  4. Oiii tudo bem?
    Que dica maravilhosa, gostei muito de saber a sua opinião e achei ótima a forma que os personagens e o enredo todo é escrito, é de deixar o leitor apaixonado e envolvido em todos os aspectos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bem?
    Eu já tive a oportunidade de ler dois livros da Colleen e eles foram um tiro no meu coração, o Talvez Um Dia com certeza está na listinha também e já fico animada por saber que você adorou a historia e os personagens.

    ResponderExcluir
  6. Todos falam muito bem dessa autora, mas ainda não li nada dela kkkk é muito livro pra pouco tempo. Porém gostei muito do dilema imposto à protagonista nessa trama e vou procurar dar uma lida com certeza!


    /Juliane

    ResponderExcluir
  7. Olá!! :)

    Eu confesso que já ouvi falar bastantes deste livro e da autora, mas ainda bem que gostaste de ler este livro!! :)

    Que bom que este livro faz a diferença! E que trata da ultrapassagem de preconceitos! Especialmente se a protagonista e assim tao cativante!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  8. Confesso que já fui adepta de enredos mais românticos, contudo isso mudou com o tempo. Ainda os leio, mas é raro. Mas, ainda assim, anotarei o nome dessa obra, vai que um dia me deparo com ela e resolvo comprar. Não conheço o estilo de escrita da autora, porém dentro desse gênero parece ser encantadora. Bela dica!

    @segredosdetinta

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde!!

    Eu já li muito este livro, mas nunca fiquei curiosa para ler. Não sei, te dizer o por que, mas ele não me atrai, embora eu quero muito conhecer a escrita da autora. Vou ponderar mais um pouquinho!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oie
    Que puto, ele traiu ela, imperdoável isso. Quero muito ler esse livro e outros da CoHo, amo a escrita dela. E amei essa ideia de uma playlist, tbm adorei saber que o livro é narrado pelos dois protagonista, assim podemos saber o que ambos estão sentindo. Amei a resenha.
    Bjos, Bya! 💋

    ResponderExcluir
  11. Este é sem dúvida o meu livro favorito da CoHo e eu o li em 2014 e desde então, ouço com frequência a trilha sonora desta obra. Que romance, que desenvolvimento e que final!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Eu ainda não li nenhum livro da Colleen, mas por todos os pontos que você relacionou parece ser bem interessante para quem curte o gênero. Eu gosto. Confesso que fiquei curioso sim com o detalhe do Ridge e em saber como termina esse enredo. Ótima resenha.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  13. Oi Paula!
    Já li quatro livros da Colleen Hoover e amo a sua escrita. O meu favorito ainda é Um Caso Perdido, mas tenho todos os outros dela aqui em casa para serem lidos e tem muita chance disso mudar. Esse eu ainda não li, mas como todos dela, estou muito ansiosa para ler - mesmo que esse tenha dividido um pouco mais de opiniões.
    Só um comentário sobre a resenha: achei que você colocou muitos quotes nela.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá! Eu conheço o estilo da autora por alto, mesmo não tendo lido nada dela. Por mais que você tenha dito que o livro é sensível, não sei porque, não consigo me interessar de primeira por romances. Mas quem sabe no futuro eu não me arrumo? rsrs
    Gostei muito da resenha. Que bom que você gostou do livro. s2
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  15. Oiii,

    Collen Houver é rainha né? Ainda não li este livro, mas tenho certeza que vou me apaixonar e de que ficarei em uma ressaca literária imensa, porque na verdade eu sempre fico de ressaca depois de ler uma obra dela rs. Adorei a resenha e espero poder conferir em breve mais este amor.

    Beijinhos...
    http://www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?

    Já li esse livro e outros da autora, e amo a escrita dela, e as histórias são apaixonantes em todos os sentidos, ela tem uma escrita maravilhosa e sabe como desenvolver uma trama de maneira especial. Os livros dela são aqueles que dão gosto de ler mil vezes, as sensações são as mesmas quando lemos pela primeira vez.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  17. Oiii tudo bem??

    Não sou muito de romance, mas Collen Houver sempre arrasa, e mesmo quem não é fã acaba se apaixonando.
    Conhecia o livro, mas não o enredo, e estou bem interessada.
    Adorei a resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  18. Oi tudo bem?
    Eu só ouço maravilhas desse livro, amo a Cooleen e Maybe someday está na minha lista de desejados tem um tempo já
    Beijoos

    ResponderExcluir
  19. Oie!!
    Paulaaaa quanto tempo que eu nao passo por aqui... e quando volto é pra ler essa resenha incrivel da autora que eu amo!
    Estou doida para ler esse livro, mas ainda nao tive a oportunidade. Não tenho a menor duvida de que a Colleen nos surpreende, nos emociona e nos cativa ainda mais!
    Sua resenha está apaixonante e esses quotes estão incriveis!

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  20. Oi! Nossa, a autora é sempre muito bem comentada, mas ainda não tive a oportunidade de conhecer alguma obra.
    Achei a premissa bem interessante, e a insinuação sobre um tema marcante me deixou mega curiosa. Vou ter que ler mesmo, pois não vou me aguentar kkkk
    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Oi Paula! Tudo bem?
    Nunca li nada da Colleen Hoover, mas li um monte de resenhas com comentários extremamente positivos sobre a autora e no caso desse livro, eu sei qual o detalhe do Ridge e com certeza adorei porque já convivi com pessoas na situação dele e posso te dizer que é um assunto importantíssimo a ser tratado!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://galaxiadeideias.com
    http://osvampirosportenhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Olá
    Nunca senti vontade de ler nada dela, fico lendo as resenhas e acho que não faz muito meu estilo, apesar de gostar de romance. Eu ouvi a musica e amei, tão fofa, sua resenha está linda
    Beijuh

    ResponderExcluir
  23. Esse livro está disponível no Kindle Unlimited, mas confesso que passei batido por ele. Sei lá, não me pareceu que traria algo marcante. Continuo achando isso, mas acho que vou dar uma chance única e exclusivamente por causa de Métrica.

    Beijos,
    www.livroapaixonado.com.br

    ResponderExcluir
  24. Taí um livro da CoHo que ainda não li e to doida pra ler, principalmente por causa da playlist (e pq tudo que ela escreve é maravilhoso). A julgar pelos quotes que vc separou, vou amar!
    Bjs
    Luana

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Classificação: 5/5 ♥ Favorito  Editora: Companhia das Letras Skoob
Sinopse: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Vem da Suécia um dos maiores êxitos no gênero de mistério dos últimos anos: a trilogia Millennium - da qual este romance, Os homens que não amavam as mulheres, é o primeiro volume. Seu autor, Stieg Larsson, jornalista e ativista político muito respeitado na Suécia, morreu subitamente em 2004, aos cinqüenta anos, vítima de enfarte, e não pôde desfrutar do sucesso estrondoso de sua obra. Seus livros não só alcançaram o topo das vendas nos países em que foram lançados (além da própria Suécia, onde uma em cada quatro pessoas leu pelo menos um exemplar da série, a Alemanha, a Noruega, a Itália, a Dinamarca, a França, a Espanha, a Itália, a Espanha e a Inglaterra), como receberam críticas entusiasmadas. O motivo do sucesso reside em vá…

Resenha: Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler

Resenha: Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 
Editora: Novo Conceito
Skoob

Sinopse: Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler
Dez coisas que aprendi sobre o amor - Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas,…

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Classificação: 4/5
Editora: Companhia Editora Nacional
Skoob

Sinopse: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Chamas na Escuridão - Essa série provocante vai cativar, envolver e, até mesmo, ‘intoxicar’ a leitora como nenhuma outra. Perfeita para aqueles que amaram 50 Tons de Cinza, mas ficaram querendo mais... A história central se passa em Londres, nos bairros mais badalados dessa encantadora cidade. Mas os protagonistas, Beth - graduada em História da Arte, e Dominic – consultor do mercado financeiro, vão se aventurar também na Croácia, Turquia e NY. Profundamente intensa, romântica, provocante e sensual, essa série vai levar a leitora a um lugar onde o amor e o sexo são liberados de seus limites. Fãs de E.L. James e Sylvia Day vão se manter acordados até tarde da noite com “Chamas na Escuridão”.


''Não há prazer sem dor. Não há paixão sem sofrimento. Prefiro me sentir viva a viver em seguran…