Pular para o conteúdo principal

Resenha: Carta a D. - História de Um Amor - André Gorz

Resenha: Carta a D. - História de Um Amor - André Gorz
Classificação: 5/5
Editora: Companhia das Letras
Skoob

Sinopse: Carta a D. - História de Um Amor - André Gorz

Uma das declarações de amor mais conhecidas e emocionantes de nosso tempo, este livro é também uma afirmação comovente de companheirismo entre duas pessoas apaixonadas."Você está para fazer 82 anos. Encolheu seis centímetros, não pesa mais do que 45 quilos e continua bela, graciosa e desejável. Já faz 58 anos que vivemos juntos, e eu amo você mais do que nunca." Assim André Gorz inicia sua carta de amor a Dorine, mulher ao lado de quem ele passou a vida e que há alguns anos sofria de uma doença degenerativa incurável. Como um dos principais filósofos do pós-guerra francês, Gorz escreveu inúmeros livros influentes, mas nenhuma de suas obras será tão amplamente lida e lembrada quanto esta carta simples e bela, em que ele rememora tanto a história de companheirismo, amor e militância do casal como a trajetória intelectual que percorreram juntos.Um ano após a publicação de Carta a D., um bilhete encontrado na casa onde moravam fez as vezes de pós-escrito à narrativa: André e Dorine tiraram a própria vida juntos, numa renúncia comovente a viver sozinhos.

''Você tinha uma cumplicidade contagiosa com tudo que é vivo, e me ensinou a olhar e a apreciar o campo, as árvores e os animais. Eles a ouviam tão atentamente, que eu tinha a impressão de que estavam entendendo as suas palavras.'' 

Devoção. Amor. Cumplicidade.
Essas são algumas das palavras que podem descrever muito bem o sentimento do leitor ao ler essa obra.  Carta a D. - História de Um Amor de André Gorz, é acima de tudo uma declaração de amor e uma história de vida, que apesar de pequenina em suas 100 páginas tem em suas palavras significados e sentimentos tão grandes.

''Você descobriu para mim a riqueza da vida, e eu amava através de você - ou o contrário, quem sabe...''

Não conhecia o autor, e ao terminar essa obra me sinto íntima de sua história, de sua vida e de sua relação com Dorine. O livro é muito romântico, André transborda sentimentos, uma devoção avassaladora por sua esposa, em alguns momentos a carta de amor se mistura com uma biografia do casal, contando como se conheceram, o que passaram ao longo dos anos até o fim, todas as fases da vida a dois, com o trabalho, as mudanças de região, a forma como Dorine entendia e apoiava o marido como escritor, ou melhor, como ele mesmo se chamava ESCREVEDOR, assim como também se mistura inúmeras vezes com pedidos de desculpas e confissões de André. 

A forma que André vê Dorine é linda, todos deveriam passar pela vida e terem o prazer de olhar alguém dessa forma. De contrapartida André é duro demais consigo mesmo, o que mostra na carta é que sempre se cobrou muito em sua vida, e ao mesmo tempo que era tão suave com sua mulher, era totalmente exigente com ele mesmo.

 '' Tenho certeza que você trabalhava para domesticar a morte, para combatê-la sem medo. Estava tão bela e resoluta em seu silencio, que eu  não seria capaz de imaginar que você pudesse renunciar à vida.'' 

A obra tem também um teor histórico muito grande e significativo, o casal passou por muitos fatos importantes e também por muitos lugares do mundo. Ao terminar o livro que tem uma edição maravilhosa de capa dura e está perfeito, fui pesquisar mais sobre a época que a história se passava e sobre o fim de Dorine e André que na verdade se chamava Gerhart Hirsch, como conta sobre o autor no fim da obra, e descobri também que depois de 60 anos de relacionamento, por Dorine sofrer de uma doença degenerativa fatal, ao final da vida os dois cometeram suicídio juntos.  Com certeza muito trágico, mas só deixa ainda mais forte todas as palavras escritas pelo autor ao longo de sua Carta.

Carta a D. - História de Um Amor de André Gorz é uma obra linda, forte, marcante, verdadeira e trágica. Tem um toque clássico, tanto na sua escrita quanto na sua edição, é uma riqueza da literatura e uma grande história de amor. Recomendo a todos, é uma leitura rápida, precisa, e muito bonita, uma visão sem igual do significado do que é o amor.

''Nós tínhamos um mundo em comum, do qual percebíamos aspectos diferentes. Essas diferenças eram as nossas riquezas.''  

Paula Juliana

Comentários

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler

Resenha: Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 
Editora: Novo Conceito
Skoob

Sinopse: Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler
Dez coisas que aprendi sobre o amor - Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas,…

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Classificação: 5/5 ♥ Favorito  Editora: Companhia das Letras Skoob
Sinopse: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Vem da Suécia um dos maiores êxitos no gênero de mistério dos últimos anos: a trilogia Millennium - da qual este romance, Os homens que não amavam as mulheres, é o primeiro volume. Seu autor, Stieg Larsson, jornalista e ativista político muito respeitado na Suécia, morreu subitamente em 2004, aos cinqüenta anos, vítima de enfarte, e não pôde desfrutar do sucesso estrondoso de sua obra. Seus livros não só alcançaram o topo das vendas nos países em que foram lançados (além da própria Suécia, onde uma em cada quatro pessoas leu pelo menos um exemplar da série, a Alemanha, a Noruega, a Itália, a Dinamarca, a França, a Espanha, a Itália, a Espanha e a Inglaterra), como receberam críticas entusiasmadas. O motivo do sucesso reside em vá…

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Classificação: 4/5
Editora: Companhia Editora Nacional
Skoob

Sinopse: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Chamas na Escuridão - Essa série provocante vai cativar, envolver e, até mesmo, ‘intoxicar’ a leitora como nenhuma outra. Perfeita para aqueles que amaram 50 Tons de Cinza, mas ficaram querendo mais... A história central se passa em Londres, nos bairros mais badalados dessa encantadora cidade. Mas os protagonistas, Beth - graduada em História da Arte, e Dominic – consultor do mercado financeiro, vão se aventurar também na Croácia, Turquia e NY. Profundamente intensa, romântica, provocante e sensual, essa série vai levar a leitora a um lugar onde o amor e o sexo são liberados de seus limites. Fãs de E.L. James e Sylvia Day vão se manter acordados até tarde da noite com “Chamas na Escuridão”.


''Não há prazer sem dor. Não há paixão sem sofrimento. Prefiro me sentir viva a viver em seguran…