Pular para o conteúdo principal

Resenha: O Colecionador de Memórias - Cecelia Ahern

Resenha: O Colecionador de Memórias - Cecelia Ahern
Classificação: 5/5
Editora: Novo Conceito
Skoob 

Resenha: O Colecionador de Memórias - Cecelia Ahern

Quando Sabrina Boggs tropeça em uma misteriosa coleção de bolinhas de gude que pertencia ao seu pai, percebe que não sabe nada sobre o homem com quem cresceu. É uma coleção valiosa e incomum – incomum se ela pensar no homem que sempre conheceu. No entanto, há algo real lá dentro, muito verdadeiro sobre seu pai, ou sobre a criança que ele fora.
Sabrina só tem vinte e quatro horas para descobrir os segredos do homem que ela pensava conhecer. Um dia para exumar memórias, histórias e pessoas que não sabia existirem. Um dia que a mudará para sempre. Fazendo uma busca pelas memórias de seu pai, Sabrina persegue uma busca de identidade; os segredos que ela trará à tona irão mudar tudo o que dava por certo em sua vida. Mas se seu pai não é o homem que ela achou que fosse, quem é a própria Sabrina?

Até onde conhecemos aqueles que amamos? Nós nos mostramos inteiramente para as pessoas? Existem várias versões de nós mesmos? Aquelas que ao longo da vida vamos abrindo, cada uma para uma pessoas diferente? Cecelia Ahern essa monstra da literatura dramática atual  nos presenteia com uma obra que vai muito além das relações humanas, do existencial, e do interior de uma pessoa. O Colecionador de Memórias com um  texto simples e uma escrita gostosa nos questiona, nos instiga e nos captura pela curiosidade. 

Afinal, conhecemos nossos pais? Essa é a grande questão na vida de Sabrina que ao receber uma caixa com pertences do passado de seu pai, que após um derrama se encontra em uma casa de repouso, questiona se conhece mesmo o homem que lhe criou. Um saco de bolinhas de gude, seguidos de uma grande coleção faz a moça ir em busca da história de seu pai, Sabrina quer conhecer esse homem e é por meio dessas bolinhas brilhantes que quer encontrar a IDENTIDADE verdadeira desse homem.

Cecelia é brilhante, amo suas obras, e a forma sutil que começam e se tornam grandiosas, nunca sei o momento que isso acontece, se tornam fortes e cheias de significados. Nesta obra encontramos duas perspectivas, conhecemos desde a criança que Fergus foi um dia até o homem que se tornou, e o mais importante, porque ele foi se anulando durante a vida e deixando coisas que eram impotentes perderem todo o significado. A história é narrada por Sabrina no presente e Fergus no passado, revezando a história entre pai e filha, que podem ser muito mais parecidos que do que acreditam.

O livro é lindo, é como se cada memória fosse representada por uma bolinha de gude, um menino simples, um adolescente intenso, um homem anulado, e Sabrina por sua vez, uma mulher que busca repostas e que também é insatisfeita com sua vida, mesmo sendo mãe, esposa, e trabalhando num emprego tranquilo, que está longe de ser o do seus sonhos, ainda falta algo.

Cecilia Ahern sempre escreve pelas entrelinhas, é uma autora de metáforas, de significados, e essa obra não passa longe disso. Foi uma leitura intensa, e gostosa, um pouco melancólica até e muito curiosa, queria descobrir o que aconteceu com Fergus, assim como Sabrina estava mais que curiosa procurando por esse algo a mais, e encontrei! 

O Colecionar do Memórias é uma obra lindíssima, tocante, verdadeira que nos faz pensar. Uma obra de literatura brilhante que foi um prazer ler, apreciar e descobrir. Com uma escrita gostosa, bons personagens, totalmente profundos e humanos, um show de enredo, com um gostinho provocador e ideológico. Decisões que podem mudar  o rumo de uma vida!

Paula Juliana

Comentários

  1. Não lembro de ter lido nenhum livro da autora, mas sempre ouço falarem muito bem de suas obras - até porque não é a toa que publicam tanto livros dela, né. E essa história também parece ser bem bacana, achei o enredo super interessante e ficou com curiosa para ler! ☺ Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Li - Gostei e Indico! SÉRIE NIGHT HUNTRESS

Li - Gostei e Indico! SÉRIE NIGHT HUNTRESS 

1º Livro da Série Night Huntress – Jeaniene Frost

Título Nacional: A Caminho da Sepultura

Sinopse: A meia vampira Catherine Crawfield persegue os mortos-vivos atrás de vingança, esperando que um destes seres seja seu pai. Capturada por Bones, um vampiro caçador de recompensas, é forçada a uma parceria profana. Em troca de encontrar o pai, Cat concorda em treinar com o sexy caçador noturno até que seus reflexos de combate estejam tão afiados quanto os dentes dele.


2º Livro da Série Night Huntress – Jeaniene Frost

Título Nacional: Com um Pé na Sepultura

Sinopse: A meio-vampira Cat Crawfield é agora a Agente Especial Cat Crawfield, trabalhando para o governo para livrar o mundo de mortos-vivos mal intencionados. Ela ainda usa tudo o que Bones, seu ex-namorado sexy e perigoso, ensinou a ela. Mas quando Cat torna-se alvo de assassinos, o único homem que pode ajudá-la é justamente o vampiro que ela abandonou. Estar perto dele desperta todas as suas emoç…

Resenha: MAYBE SOMEDAY - Talvez algum dia - Colleen Hoover

Resenha: Talvez algum dia - Colleen Hoover
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 

Editora: Record
Skoob

Sinopse - Talvez algum dia - Colleen Hoover
Aos vinte e dois anos de idade, Sydney está desfrutando de uma grande vida: Ela está na faculdade, trabalhando em um emprego estável, apaixonada por seu maravilhoso namorado, Hunter, e é colega de quarto de sua melhor amiga, Tori. Mas tudo muda quando ela descobre que Hunter está traindo ela e ela é forçada a decidir qual será seu próximo movimento. Logo, Sydney encontra-se fascinada por seu vizinho misterioso e atraente, Ridge. Ela não consegue tirar os olhos dele ou parar de ouvir o jeito que ele toca seu violão todas as noites em sua varanda. E há algo sobre Sydney que Ridge não consegue ignorar, também. Após seu encontro inevitável acontecer, Sydney e Ridge encontram-se necessitando um do outro em mais do que uma maneira.

''Ótimo. Estou chorando  agora.  Eu sou uma sem bolsa,  chorona, violenta, garota sem-teto. E por mais que eu não queira …

Resenha: A Coleira - Nana Pauvolih

Resenha: A Coleira - Nana Pauvolih
Classificação: 5/5 Favorito

Sinopse - A Coleira - Nana Pauvolih
O que você faria se pudesse salvar as empresas de sua família da falência? Aceitaria a proposta de ir para a cama de um homem rico, frio, lindo, que mexeu com você desde que a fitou pela primeira vez? A jovem Lorenza tinha apenas dezessete anos quando conheceu Miguel Montês. Mas nunca o esqueceu. Em meio a acordos desonestos e fuga, ela acabou parando na cama dele seis anos depois, obrigada a usar uma coleira e ser prisioneira de um homem que queria cobrar velhas dívidas do passado. De uma louca e intensa atração, permeada por dramas e cenas altamente sensuais, Lorenza vai descobrir o amor de uma forma única, densa, voraz.

Ele não suportava ser passado para traz. Ela era uma moça romântica e ingenua. Ele sedutor, rico e frio. Ela ficou balançada com uma simples troca de olhares. Uma proposta. Uma fuga. Uma vingança.

Uma vingança que mudou duas vidas e entrelaçou dois destinos. Objeto simbólic…