Pular para o conteúdo principal

[#Instaliterário] Está rolando no @Overdoseliteráriaoficial

[#Instaliterário] Está rolando no @Overdoseliteráriaoficial 

 
Vai além de cativante.
Graffiti Moon foi uma leitura melancólica, uma história leve, ao mesmo tempo que forte, um lirismo impressionante, uma sensibilidade que comove e envolve o leitor.

Difícil descrever um enredo que se passa tão rápido, em uma só noite, que conta uma história tão profundamente, de um modo tão inteligente, tão artístico. O livro tem muito do que costumo chamar de literatura por literatura, aquele apego ao poético, as descrições emotivas, o lado sensível das palavras.

A autora Cath Crowley escreve o tipo de história que pode ser lido por todos e que acaba encantado a todo o tipo de leitor, tendo um apelo especial aos fãs das artes, dos livros, das gráficas, desenhos, trabalhos manuais, poesia. As descrições em si são pura arte. Um prazer ler, acompanhar, conhecer Lucy e Ed, entrar em uma aventura de uma noite com eles e seus amigos. Jovens, românticos, espíritos livres, em busca de algo mais. Em busca de se encontrarem, de declararem ao mundo suas verdades, suas imperfeições, suas histórias.

Engraçado como o enredo de Graffiti Moon é de certo modo simples de ser contado e ao mesmo tempo tão complexo, como seus personagens tão bem formados e com seus bons diálogos conseguem contar uma história completa, contar vidas entre idas e voltas, entre o presente momento de uma noite que é onde se passa e se fecha essa história.

Graffiti Moon foi uma leitura que me deixou melancólica, me envolveu, me fez sorrir, e sonhar, admirei a beleza da escrita e a simplicidade e fortaleza da história, a capa é completamente coerente com o enredo e seus personagens. Arte e poesia de uma forma que nunca vi. Recomendadíssimo para os fãs de boa literatura e de obras ricas!

@edvalentina #instaliterario #bookstagram #resenhas #blogoverdoseliterária #editoravalentina

Comentários

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler

Resenha: Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 
Editora: Novo Conceito
Skoob

Sinopse: Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler
Dez coisas que aprendi sobre o amor - Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas,…

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Classificação: 5/5 ♥ Favorito  Editora: Companhia das Letras Skoob
Sinopse: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Vem da Suécia um dos maiores êxitos no gênero de mistério dos últimos anos: a trilogia Millennium - da qual este romance, Os homens que não amavam as mulheres, é o primeiro volume. Seu autor, Stieg Larsson, jornalista e ativista político muito respeitado na Suécia, morreu subitamente em 2004, aos cinqüenta anos, vítima de enfarte, e não pôde desfrutar do sucesso estrondoso de sua obra. Seus livros não só alcançaram o topo das vendas nos países em que foram lançados (além da própria Suécia, onde uma em cada quatro pessoas leu pelo menos um exemplar da série, a Alemanha, a Noruega, a Itália, a Dinamarca, a França, a Espanha, a Itália, a Espanha e a Inglaterra), como receberam críticas entusiasmadas. O motivo do sucesso reside em vá…

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Classificação: 4/5
Editora: Companhia Editora Nacional
Skoob

Sinopse: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Chamas na Escuridão - Essa série provocante vai cativar, envolver e, até mesmo, ‘intoxicar’ a leitora como nenhuma outra. Perfeita para aqueles que amaram 50 Tons de Cinza, mas ficaram querendo mais... A história central se passa em Londres, nos bairros mais badalados dessa encantadora cidade. Mas os protagonistas, Beth - graduada em História da Arte, e Dominic – consultor do mercado financeiro, vão se aventurar também na Croácia, Turquia e NY. Profundamente intensa, romântica, provocante e sensual, essa série vai levar a leitora a um lugar onde o amor e o sexo são liberados de seus limites. Fãs de E.L. James e Sylvia Day vão se manter acordados até tarde da noite com “Chamas na Escuridão”.


''Não há prazer sem dor. Não há paixão sem sofrimento. Prefiro me sentir viva a viver em seguran…