Pular para o conteúdo principal

Resenha: A Filha Esquecida - Armando Lucas Correa

Resenha: A Filha Esquecida - Armando Lucas Correa
Classificação: 5/5 ♥ Favorito
Editora: Jangada
Skoob

Sinopse: A Filha Esquecida - Armando Lucas Correa

''Em 1939, um casal vê seus sonhos destruídos quando os nazistas invadem a cidade de Berlim. Enquanto o marido Júlio é levado para um campo de concentração, a esposa Amanda foge para o sul da França, onde é obrigada a fazer uma escolha impossível. Após um tempo escondida, Amanda é levada pelas forças nazistas a um campo de trabalhos forçados onde precisa mais uma vez reunir forças para fazer um sacrifício heroico. Já em 2015, Elise, uma francesa que chegou a Nova York depois da Segunda Guerra Mundial, fica chocada ao descobrir que décadas de segredos de seu passado começam a vir à tona através de cartas escritas por sua mãe. A Filha Esquecida é uma saga familiar sobre o amor e a resiliência diante dos grandes desafios da vida.''

Pura emoção! Uma obra forte, intensa e devastadora! 
O autor Armando Lucas Correa nos transporta no seu romance histórico inicialmente para uma Berlim sendo introduzida ao regime nazista, acompanhamos toda a atmosfera inicial de repreensões, dúvidas e medos até o auge do nazismo, e a Segunda Guerra Mundial com todos seus horrores. A Filha Esquecida é uma obra forte e sensível, intensa e bela, devastadora e até lírica,  Armando nos mostra uma bela história em meio a toda feiura da guerra. A Filha Esquecida não foi meu primeiro contato com a escrita do autor que é lindíssima, quando li A Garota Alemã tive os mesmos sentimentos, de querer ler e ler, ao mesmo tempo que era uma leitura dolorosa e que me causava um turbilhão de emoções.

Conhecemos o casal Amanda e Julius, e suas filhas Lina e Viera. Amanda dona de uma livraria herdada de seu pai e Julius cardiologista,  quando começa a perseguição aos Judeus que viviam na Alemanha, logo Amanda perde sua livraria e tem seus livros queimados, consegue somente salvar um antigo livro de botânica de seu falecido pai, que acaba sendo importante no desenrolar da narrativa, e Julius é preso e acaba sendo mandado para um campo de concentração. O terrível ocorrido acaba deixando Amanda só com suas filhas pequenas, como uma última tentativa de salvar sua família, Julius consegue organizar fugas deixando comandos para Amanda seguir, Lina e Viera deveriam viajar para Cuba e se refugiar lá com um tio enquanto Amanda deveria seguir para a França e ficar escondida na casa de amigos. Porém, nem tudo acaba seguindo como deveria e as irmãs acabam se separando, Viera segue para Cuba e Lina acaba ficando com sua mãe e indo para França. A partir deste ponto vemos uma mulher fazendo de tudo para salvar sua filha e lutando contra fantasmas, culpas e medos.

Não posso deixar de comentar sobre a edição e a capa nacional que está maravilhosa, a forma de divisão dos capítulos e o recurso usado nas cartas ajudam muito durante a leitura.
A narrativa é linda, a escrita do autor é sensível, muito fluída, quando vemos já estamos no fim da obra, Armando brinca com a linha do tempo e acaba nos surpreendendo, os personagens são cativantes, nos apegamos a eles e esperamos que sobrevivam aos nazistas e a guerra. Vários pontos da obra me deixaram com lágrimas nos olhos, muito emocionada e é difícil não se sentir tocada quando sabemos que muito do que estamos lendo realmente aconteceu. Um outro ponto forte da obra são as suas mulheres, principalmente as mães que fizeram de tudo para manter seus filhos vivos.

Ler A Filha Esquecida foi como estar no meio do nazismo e da guerra, a atmosfera criada pelo autor foi tão forte e palpável que somos transportados no tempo, é impossível não se emocionar e ainda mais impossível parar de ler, é uma obra que lemos e nem sentimos o tempo passar. Armando Lucas Correa fala de amor, esperança, família e vida, assim como fala de intolerância, dor e sacrifícios. A Filha Esquecida é uma bela obra que deve ser lida por todos os bons amantes de romances históricos. Recomendadíssimo!

Paula Juliana

Comentários

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Classificação: 4/5
Editora: Companhia Editora Nacional
Skoob

Sinopse: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Chamas na Escuridão - Essa série provocante vai cativar, envolver e, até mesmo, ‘intoxicar’ a leitora como nenhuma outra. Perfeita para aqueles que amaram 50 Tons de Cinza, mas ficaram querendo mais... A história central se passa em Londres, nos bairros mais badalados dessa encantadora cidade. Mas os protagonistas, Beth - graduada em História da Arte, e Dominic – consultor do mercado financeiro, vão se aventurar também na Croácia, Turquia e NY. Profundamente intensa, romântica, provocante e sensual, essa série vai levar a leitora a um lugar onde o amor e o sexo são liberados de seus limites. Fãs de E.L. James e Sylvia Day vão se manter acordados até tarde da noite com “Chamas na Escuridão”.


''Não há prazer sem dor. Não há paixão sem sofrimento. Prefiro me sentir viva a viver em seguran…

Resenha: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma

Resenha: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 
Editora: Editora Valentina
Skoob

Sinopse: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma
Proibido - Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis. Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.
Eles são irmão e irmã. Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dram…

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Classificação: 5/5 ♥ Favorito  Editora: Companhia das Letras Skoob
Sinopse: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Vem da Suécia um dos maiores êxitos no gênero de mistério dos últimos anos: a trilogia Millennium - da qual este romance, Os homens que não amavam as mulheres, é o primeiro volume. Seu autor, Stieg Larsson, jornalista e ativista político muito respeitado na Suécia, morreu subitamente em 2004, aos cinqüenta anos, vítima de enfarte, e não pôde desfrutar do sucesso estrondoso de sua obra. Seus livros não só alcançaram o topo das vendas nos países em que foram lançados (além da própria Suécia, onde uma em cada quatro pessoas leu pelo menos um exemplar da série, a Alemanha, a Noruega, a Itália, a Dinamarca, a França, a Espanha, a Itália, a Espanha e a Inglaterra), como receberam críticas entusiasmadas. O motivo do sucesso reside em vá…