quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Entrevista Blog Overdose Literária: Autora: Juliana Daglio “Uma Canção para a Libélula”

Entrevistando meus Autores - O Prazer da Literatura Nacional!

Entrevista Blog Overdose Literária:

Autora: Juliana Daglio


“Uma Canção para a Libélula”

O. L. - Oi Querida Autora! Conte aos leitores como surgiu a sua história como escritora e suas expectativas com a publicação.
Autora: Desde pequena tenho uma paixão absurda pelos livros, mas o desejo de escrever ficou bem intenso na adolescência, quando eu ficava rascunhando em agendas e contando histórias ao meu irmão. Na minha mente, essas cenas e personagens passavam e repassavam, e às vezes me deixavam louca! Hoje eu aceito meus amigos imaginários e os transformo em palavras.
Minha expectativa continua a mesma: mudar algo para o bem. Nem que seja na vida de uma pessoa, mas se eu puder fazer as pessoas refletirem e se sentirem acolhidas em seus sofrimentos, terei cumprido minha missão.

O. L. - Como surgiu a ideia de escrever o livro? Quanto tempo levou mais ou menos para escrever?
Autora: “Uma Canção para a Libélula” começou a ser escrito em 2009 depois de um sonho misterioso e inspirador que eu tive. No meu coração eu tinha o desejo de escrever algo que pudesse mudar algo na vida de alguém, gerar algo diferente, então escolhi um tema que havia muito tempo estava presente em minha vida e de minha família: a depressão.
Levei três anos para escrever, mais um para reescrever e um procurando por uma editora. Posso dizer que esse livro sofreu muitas mudanças, e que eu creio que houve uma luz divina que ficou aguardando o momento certo, quando ele estivesse pronto para o público, para me enviar a editora certa.

O. L. - O que você anda lendo no momento e qual é o seu gênero de leitura preferido? Algum autor preferido?
Autora: Atualmente estou lendo o Romance Belo Desastre, famoso best seller do New York Times. Não estou gostando muito da leitura, mas não quero arrumar briga com as fãs! hauHAUha 
Desse livro vou para “A Rainha dos Condenados” da Anne Rice, que eu tenho certeza que vou amar! Lestat é meu primeiro amor.
Meu gênero preferido é difícil de definir. Adoro suspenses que mexem com o psicológico, sobrenatural, fantasia, romances e... EU GOSTO DE LIVROS! Meu autor preferido é Markus Zusak, pois ele escreveu meu livro favorito de todos os tempos: A Menina que Roubava Livros. Contudo, se eu tiver que escolher um autor favorito por quantidade de livros geniais, fico com Carlos Ruíz Zafón. Esse espanhol magnifico dispensa comentários.

O. L. - Tem algum lugar onde você tem mais inspiração para escrever?
Autora: Lugar não, mas tem um horário. Escrevo nas madrugadas. Ter que trabalhar as oito da manhã é uma tristeza em tempos de inspiração.

O. L. - Fale um pouco sobre as dificuldades de publicação.
Autora: As pessoas estão cada vez lendo mais. Isso é perfeito, que continue assim. Porém o grande consumo é de livros internacionais. Minha percepção de dificuldades do escritor brasileiro, é que as editoras nos abrem muito pouco as portas, pois preferem investir nos gringos, que são venda certa. O brasileiro precisa lutar muito para ganhar seu espaço por aqui.
Entretanto, estão surgindo editoras que nos valorizam e investem em nós. Isso é ótimo e gratificante.

O. L. - Quais conselhos você daria para os que sonham em escrever um livro?
Autora: LEIA LEIA LEIA! Leia até doer os olhos e leia de tudo.
Seja sempre humilde, mas confie em si mesmo. Se você não gostar do que está escrevendo, quem vai gostar? Mas cuidado com a onipotência que se sente ao ser dono de uma história. Ela pode não estar pronta ainda, mas estará. É só ter paciência.
E não desista! Nunca desacredite do seu sonho. Há um tempo para as coisas e o seu está chegando. Pedras no caminho são parte da preparação do escritor, então preste atenção nelas.
Todos nós temos um potencial criativo enorme, e só deixe o seu fluir.

O. L. - Você acha que a Internet e os blogs literários têm um papel importante na divulgação dos livros nacionais?
Autora: Caramba, muito! Os blogs tem sido os melhores amigos do meu livro. E meus também. Me apaixono por cada parceiro que fecha comigo, e estou sempre ajudando os blogs da forma que posso, pois admiro muito o trabalho de cada um. Num país com índices como esses de educação, ver um jovem ler e resenhar livros, é tipo um milagre! E esses milagres com suas palavras na telinha da web tem sido anjos na literatura nacional.

O. L. - Como funciona a criação dos seus personagens? Eles nascem prontos ou são desvendados pouco a pouco?
Autora: Eles aparecem na minha mente e vão ganhando umas formas... Aí, eu confesso, já que alguns outros blogs já propagaram minha loucura, que eu converso com eles. Isso mesmo – em voz alta. Tipo: senta aqui, deixa eu lhe conhecer, meu querido.
Não peguem as camisas de força ainda, eu não sou louca. Só um pouquinho...
À medida que converso com eles, minha mente vai criando as características, e então, num surto, sento no computador e discorro sobre tudo que descobri sobre eles. Logo, quando vocês conhecerem a Vanessa, A Rebecca, o Vitor, Nathan... Saiba que já bati altos papos com eles.

O. L. - Eles costumam ser inspirados em pessoas reais ou são apenas frutos da sua imaginação?
Autora: Frutos da minha imaginação total! haUAHUhau
Alguns dos meus “mocinhos”, eu me inspiro fisicamente em personalidades que eu admiro. Mas isso só acontece com os protagonistas masculinos, e não me pergunte porquê. Estou descobrindo na terapia (:P). Só não vou contar em quem, pois quero que vocês imagem os rapazes na mente de vocês, sem influencias.

O. L. - Um livro que todos deveriam ler e por quê.
Autora: Essa é difícil...
Acho que todos deveriam ler A Menina que Roubava Livros... Mas é porque esse é meu livro favorito, e quando a gente fica obcecado com uma história, ela te persegue em todos os cantos, em todas as horas, e você fica com aquela sensação de que todo mundo deveria ler.
Recomendo muito!

O. L. - Muito obrigada pela entrevista e pela oportunidade de conhecermos um pouco mais sobre você. Quer deixar uma mensagem aos leitores?
Autora: Obrigada, minha querida, você tem sido uma linda nessa minha jornada. Estar aqui no Overdose Literária é uma honra.
Aos leitores, apreciando ou não o livro, saibam que sou grata a vocês por terem aberto as portas do coração para minhas libélulas encantadas. Aqueles que ainda vierem a ler, grata da mesma forma. Sintam o pedaço do meu coração que vai aí com vocês. Cada uma dessas páginas é um pedaço de mim, então vou morar dentro de vocês, e isso não tem preço.
Muito amor por vocês!!!! :*

Paula Juliana

28 comentários:

  1. Boa noite,
    Como vai?
    Curti a entrevista :)
    Juliana é muito simpática não é? To ansioso pra ler a obra dela ^^

    Beijos e se cuida
    Rimas do Preto

    ResponderExcluir
  2. Orgulhosa demais, a cada dia que passa, de fazer parte do Overdose Literária. Cada post desses me deixa toda derretida.

    Obrigada, minha flor linda!!
    *-*

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia a autora. Sempre é bom conhecer mais da moderna literatura nacional.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de agosto

    ResponderExcluir
  4. Que entrevista bacana!! O processo todo para lançar o livro foram 5 anos, e ela seguiu firme e forte aprimorando seu sonho até o lançamento perfeito :)
    Sucesso Juliana, vc é muito fofa!!!
    Beijos, Té
    www.bloglola.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi Paulinha linda!!!! só ando vendo elogios para a autora e sua obra, estou mega curiosa quanto ao livro e espero conseguir um exemplar para mim!

    Adorei sua entrevista, quero ler a resenha!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  6. Oi, Paula! Eu vi sobre essa autora aqui antes e ela até me add e veio falar cmg porque eu falei da capa. rs!
    Ela é mais uma autora a aconselhar que os iniciantes leiam; leitura e estudo são fundamentais pra quem quer escrever um bom livro!
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  7. otima entrevista dela...achei interessante o que ela disse,ter que trabalhar cedo em tempos que estamos inspiradas kk
    adorei,parece ser simpatica e talentosa..
    Suas perguntas foram otimas,como sempre
    mil bjsss
    www.zilandramakes.com.br

    ResponderExcluir
  8. É bom conhecer mais sobre a escritora, suas experiências, dicas, sempre tem muita coisa para passar, ainda mais para quem quer seguir nessa área.
    Bjús
    http://quadrofeminino.com/

    ResponderExcluir
  9. Adorei a entrevista, super interessante!

    www.maribelezapura.com

    ResponderExcluir
  10. Muito louco isso de a inspiração vir de um sonho, né?
    Uma pena ter demorado tanto para sair! Fiquei super curiosa...
    Beijos

    Little Bit of Glamour

    ResponderExcluir
  11. Olá, adoro essas entrevistas em que os autores dão dicas e contam mais sobre os bastidores da escrita. Nem preciso dizer que gostei muito dessa. Achei a autora bastante simpática e tenho muita vontade de ler algo da Anne Rice. Achei bacana e interessante o tema do livro ser a depressão, tenho muita vontade de conhecer e estudar mais sobre isso. Sou parecido com ela quando vou criar personagens. Eles surgem e vou moldando até ficarem coesos à narrativa.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  12. Oi Paulinha! Acho que conheci esta autora aqui no seu blog, e tenho vontade de ler o livro dela. Gosto muitos de entrevistas, porque é uma forma de conhecer os autores melhores. Pelo que percebi a autora é muito simpática e legal, gostei dela.

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  13. Paulinha parabéns pela entrevista adorei conhecer um pouco mais da autora, como assim ela não está gostando do Travis kkkk brincadeira , feliz em saber que nossos blogs ajudam e muitos os autores em suas divulgações. beijos

    ResponderExcluir
  14. ADOREI A ENTREVISTA
    QUERO MUITO LER ESSE LIVRO
    BJS
    WWW.SATISFASHIONBRAZIL.COM

    ResponderExcluir
  15. gente que menina mais linda! Eu tmb prefiro escrever (os posts do blog) na madrugada, parece que eu fico mais esperta hahaha

    www.umbigosemfundo.com.br

    ResponderExcluir
  16. Que legal conhcer melhor os autores! Ela é muito linda!!!!

    Beijos

    http://vanvariedades.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. realmente os blogs ajudam e muito na divulgação dos livros
    Portal de Beleza

    ResponderExcluir
  18. Olá Paula,
    gostei desta autora, ela é espontânea e simpática. Já conhecia a obra dela através de você, mas fico feliz mais uma vez conhecer uma autora aqui no seu blog. Acho muito legal este espaço que você dá.
    Adorei a entrevista.

    Beijoaks Ana Zuky

    ResponderExcluir
  19. Penso eu, que todo escritor e ou poeta tem amigos imaginários e fazem deles suas palavras, sentimentos, atitudes...
    E ainda, de que os livros são feitos de muito do que vimos e do que imaginamos, e neste mix, nasce algo paralelo e com infindável notoriedade e percepção para as coisas, para a vida.
    Muito legal o post!!
    <3
    BJs

    ResponderExcluir
  20. Acho o máximo quando os autores se inspiram em sonhos! Adorei a entrevista, ficou bem legal. Fiquei arrasada que a autora não está gostando de Belo Desastre, mas achei ótimo que A menina que roubava livros seja o livro preferido dela de todos os tempos, é um dos meus preferidos também!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  21. Oi, Paula
    Adoro conhecer novas pessoas e escritores e ela é muito fofa. Adorei as respostas e a premissa de seu livro é incrível.
    Curti demais saber que ela se inspirou em sonhos (*o*) E saber que ela tem a A menina que roubava livros como preferido já me fez gostar mais ainda. <3 AMQRL é tão lindo, perfeito e maravilhoso!! hahaha

    Abraço
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com

    ResponderExcluir
  22. Olá, eu já conhecia a Juh. Super fofa e comprometida com os leitores. "Uma canção para a Libélula" tem várias quotes inteligentes que nos fazem refletir mesmo sobre nós, sobre o que realmente somos. Acho super digno o fato de ea ter se inspirado em um sonho.

    Beijooos!
    Vivendo em Livros

    ResponderExcluir
  23. Adoro ler as entrevistas com as autoras, mesmo pq nao conheço a maioria delas... adorei saber mais um pouco sobre a Juliana Daglio. Vou anotar o livro para procurar na livraria.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Não sei se comentei já, mas achei essa capa tão fofa! Uma pena que o nome dela tenha ficado um pouco apagado.
    Eu espero que ela consiga ler Rainha dos Condenados, porque eu já tentei e não consegui hahaha O Lestat foi quem me introduziu no mundo dos vampiros - e fez com que eu me apaixonasse por eles -, mas isso não faz as histórias deles serem mais fáceis de se ler rs

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  25. Já tinha visto esse livro por ai e ficado interessada, ele parece ser bem bacana, mas eu não conhecia a autora, com a sua entrevista pude conhecer um pouquinho ela e simpatizar com ela também, pois as respostas dela foram ótimas, adorei ela dizer que quer escrever para mudar algo para o bem, nem que seja para apenas uma pessoa, isso mostra o quanto ela deve ser uma pessoa de caráter e de bom coração, ou seja, só com a primeira resposta ela já me conquistou kkkkk Mas também gostei muito ao ver ela falar sobre os blogs literários, muitos autores não dão valor para o trabalho de um blogueiro, então é ótimo quando algum autor fala tão bem sobre o nosso trabalho *-* Enfim, amei a entrevistas o/

    Beijos
    Larissa - Srta. Bookaholic

    ResponderExcluir
  26. Olá Paula!
    Adorei a entrevista.
    A escritora parece ser uma fofa. Amei conhecer o processo de criação dos livros. E essa de que ela bate papo com os personagens é muito engraçado.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Olá Paula, tudo bem?

    Participo do grupo da autora, mas infelizmente ainda não tive o prazer de ler sua obra. Vou aguardar sua resenha.

    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Quanta gente linda comentando aquiiiiiiii!!
    Meu coração pula de alegria ao ver coisas tão boas sobre a obra e sobre a entrevista. Amo estar nesse blog e não vejo a hora da resenha sair :D

    Quem quiser pode me add no face, pois adorarei conversar com todos. Só procurar por Juliana Daglio lá. :*

    ResponderExcluir