sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Entrevista Blog Overdose Literária: Autor: Tony Ferraz

Entrevistando meus Autores - O Prazer da Literatura Nacional!

Entrevista Blog Overdose Literária:



Autor: Tony Ferraz

O. L. - Oi Querido Autor! Conte aos leitores como surgiu a sua história como escritora e suas expectativas com a publicação.
Autor: Eu comecei a escrever cedo. Logo na primeira e segunda série eu já fazia gibis que eu mesmo desenhava, e poesias dois anos mais tarde. Quando tinha 16, coloquei meu foco em letras de músicas e fiz muitas. Foi com essa idade que decidi escrever meu primeiro romance.

O. L. - Como surgiu a ideia de escrever o livro? Quanto tempo levou mais ou menos para escrever?
Autora: Foi no banho, tive a ideia de um romance policial, sabia parte da história e o final. Pouco tempo depois quis escrever um livro de contos tradicionais do zen e fundi tudo em O Artífice.

O. L. - O que você anda lendo no momento e qual é o seu gênero de leitura preferido? Algum autor preferido?
Autor: Estou lendo Antropologia Estrutural 1, do Lévi Strauss. Meu gênero predileto é não-ficção, li pouquíssima ficção na minha vida, por mais incrível que isso possa parecer. Livros técnicos com temas entre a filosofia e a psicologia sempre foram minhas preferências.

O. L. - Tem algum lugar onde você tem mais inspiração para escrever?
Autor: Eu só escrevo em casa, embora leve sempre meu Ipad para todos os lugares para fazer anotações. Prefiro que o ambiente da escrita seja tranquilo, gosto mais de escrever a noite, de preferência, se estiver em um tempo frio ou chuvoso.

O. L. - Fale um pouco sobre as dificuldades de publicação.
Autor: Demorei 13 anos para publicar O Artífice, e isso já é um sinal dos problemas que os escritores nacionais têm em lançar a primeira obra.  Por muito tempo mantive meu foco em outros ofícios, mas acredito muito que, se você fez um trabalho bom e confia nele, de um jeito ou de outro você terá resultado.

O. L. - Quais conselhos você daria para os que sonham em escrever um livro?
Autor: Busque informações sobre o processo de escrita. O site da Laura Bacellar é muito bom. Defina um objetivo, comece, comece, e depois se aprimore. O escritor precisa começar, depois é só direcionar o caminho de algo que já está em movimento. E acima de tudo, se você acredita, batalhe e não desista, não é demagogia, é a verdade sobre todo o sucesso do mundo. O sucesso não nasce da sorte, do acaso, nasce de tentar com determinação, falhar milhares de vezes, e nunca desistir.

O. L. - Você acha que a Internet e os blogs literários têm um papel importante na divulgação dos livros nacionais?
Autor: Com certeza, a internet é um grande canal que conseguiu reunir as pessoas e fazê-las interagir como nenhum outro. Os blogs são ótimos para a divulgação e definitivamente são de grande ajuda para os autores.

O. L. - Como funciona a criação dos seus personagens? Eles nascem prontos ou são desvendados pouco a pouco?
Autor: Os meus nascem com uma personalidade pronta, apenas as atitudes deles podem mudar no decorrer da história. Acho que é como nós mesmos, nós parecemos mudar, mas nossa essência é a mesma, apenas nossas atitudes são modificadas pelos acontecimentos e pelo tempo, o que nos faz parecer muito diferentes do que já fomos.

O. L. - Eles costumam ser inspirados em pessoas reais ou são apenas frutos da sua imaginação?
Autor: Às vezes são inspirados em outros personagens de ficção, misturados, certas vezes são inspirados em pessoas reais. Mas o produto final nunca é igual à inspiração, sempre tem alma própria, porque é fruto da imagem que aqueles objetos de inspiração me transmitem mixados com coisas que só existem dentro de mim.  

O. L. - Um livro que todos deveriam ler e por quê.
Autor: O Alquimista, porque fala de maneira muito simples e de fácil acesso sobre a importância de encontrar sua vocação e missão no mundo.

O. L. - Muito obrigada pela entrevista e pela oportunidade de conhecermos um pouco mais sobre você. Quer deixar uma mensagem aos leitores?
Autor: Sim, vou estar na Bienal do Livro de SP, dia 23 de Agosto, às 11:30 no estande na Universo dos Livros para autografar O Artífice. Conto com a presença dos interessados no meu trabalho lá. Agradeço também a todos os leitores, vocês são a razão de todo o trabalho que os escritores produzem.

Paula Juliana

10 comentários:

  1. Parabéns para a entrevista do Tony Ferraz um grande autor, Paula beijos.
    Blog /Fan Page / Twitter /

    ResponderExcluir
  2. Parabéns ao autor pela batalha, publicar um livro no Brasil é missão quase impossível. Parabéns a ele por não desistir. Achei curioso ele não ter o hábito de ler ficção. Que a Bienal SP seja muito produtiva para ele divulgar seu trabalho. Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito a entrevista, bem completa e direta.
    Abraço, www.likelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nossa! A entrevista falou bastante comigo, principalmente na parte que ele fala dos desafios e que precisamos tentar; o ciclo do ensaio e erro!
    E já fui correr atrás da Laura Bacellar para conferir as dicas. Já tinha comentado que amei a sinopse e gênero desse livro me chamaram a atenção.

    Parabéns e sucesso com outras entrevistas.

    ResponderExcluir
  5. Caramba! 13 anos é muita coisa! Tudo bem que saiu pela Universo, mas mesmo assim haja paciência! Eu sou bem diferente dele, prefiro os livros de ficção.
    Beijinhos!
    Giulia - prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela entrevista! É sempre bom saber um pouco mais sobre os autores nacionais, não é mesmo? Nos sentimos mais perto deles e de suas obras. Sucesso!

    Até logo,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Paula amor!
    Adorei a entrevista! É sempre bom conhecer um pouquinho mais dos autores!
    E bem, pelo o que vi por aí, o Tony foi sucesso total na Bienal rsrs

    Beijos,e parabéns pela entrevista!

    ResponderExcluir
  8. Nossa, ele levou 13 anos para publicar? Fiquei até assustada!! Achei legal o que ele falou sobre as personagens e suas atitudes, realmente foi bem explicado, mantemos nossa essência mas adaptamos nossas atitudes de acordo com o que vivemos.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  9. Oi Paulinha!
    Parabéns pela parceria com o autor primeiramente! Ele parece ser muito profissional! Aguardo sua resenha ansiosamente, suas resenhas sempre são as melhores! A entrevista foi linda, sempre adoro saber um pouco mais sobre nossos autores nacionais!
    Vc é Diva! Beijão

    ResponderExcluir
  10. Gostei muito da entrevista, espero sua resenha, gostei muito da premissa do livro dele e a capa. Parabéns pelo incentivo a literatura nacional do seu blog. é muito bom!
    Abraços

    ResponderExcluir