Pular para o conteúdo principal

Resenha: Por Isso Tudo Era Vermelho - Breno H. M. Soares

Resenha: Por Isso Tudo Era Vermelho - Breno H. M. Soares
Classificação: 3.5/5
Editora: InVerso
Skoob 

Sinopse: Por Isso Tudo Era Vermelho - Breno H. M. Soares
Uma série de crimes misteriosos em circunstâncias estranhas deixa a população de uma cidade apavorada e as autoridades perplexas. Um serial killer sádico não deixa nada mais que uma enorme poça de sangue em diversas cenas de assassinato, surpreendendo a polícia. Um jovem escritor de grande talento acaba envolvido nessa complexa trama, o que vai abalar sua carreira e mudar sua vida para sempre.



BRENO H. M. SOARES. Por isso tudo era vermelho. Editora InVerso, 2015.
Por Agda Lanzarini

 Desde muito nova, livros de horror ou suspense sempre estiveram entre os meus prediletos, de Stephen King a Lovecraft, de Junji Ito a Thomas Harris, seja sobre serial killers ou hotéis assombrados. Livros, filmes, séries e jogos de terror, horror ou suspense tem a capacidade de me causar friozinhos na barriga, mãos tremulas e ansiedade, mesmo assim, não consigo parar de consumi-los. É um gosto meio sadomasoquista, há autores que fazem você sentir empatia com o agressor, e outros, com a vítima. E por causar todos esses sentimentos dentro de nós, esse gênero se torna tão incrível. E para fechar o mês das bruxas entrando no clima sanguinolento, aqui está a resenha de Por isso tudo era vermelho, de Bruno H. M. Soares.

 O livro conta a história de Arthur Storm, um jovem escritor de origem britânica, rico, que tinha amigos fiéis e uma namorada gentil. Sua vida era basicamente o sonho de qualquer um de nós. Porém, esse sonho logo se tornaria um pesadelo quando Arthur teve sua vida devastada depois de que um serial killer entrar em sua vida, tirando as coisas que ele mais amava.  Este serial killer, chamado de A Serpente, mata sorrateiramente, não deixado nenhum indício na cena do crime além de uma grotesca mancha de sangue.

 Acompanhamos o impacto e as mudanças causadas na vida das pessoas pelos crimes cometidos por Serpente. Arthur e como ele tenta seguir em frente. Sua namorada, a gentil Lana servindo como uma ancora para Arthur, para mantê-lo seguindo em frente. O Investigador responsável pelo caso, Guilherme, que além de tudo tem que lidar com os problemas no casamento, vemos como os assassinatos não afetam apenas as vítimas.

 O autor usa muitas referências a livros do Stephen King durante a obra, o que eu achei muito bom, pois nos ajuda, como o conhecimento prévio que já temos sobre cultura pop, a enxergar e imaginar o que o autor queria expressar em determinada cena. O livro é rápido de ler, e as coisas acontecem de maneira frenética, você consegue lê-lo inteiro em uma tarde. O livro, em si, segue a estrutura clássica de narrativas de serial killers, tendo a grande revelação nas últimas páginas. Acabamos de ler com uma sensação de completude, o autor não deixa nenhuma ponta solta e usa um artificio muito prático para que no final possamos entender as motivações e mentalidade do assassino. O livro é simples, e por determinado ponto de vista, isso pode ser considerado um ponto positivo, já que torna a narrativa rápida e dinâmica, por outro lado, a falta de detalhes deixaram o livro muito centrado no personagem principal, o que afasta a narrativa da realidade do leitor.

 Indico esse livro pra quem está começando no gênero de suspense, por sua narrativa dinâmica e personagens interessantes, torna-se uma bom entretenimento para quem busca algo na linha dos serial killers, mas não está acostumado com minuciosas investigações ou detalhes grotescos de relatórios legistas, não há nada disso no livro. Boa porta de entrada para o gênero para pessoas mais jovens e sensíveis. 

 Pista 11 nos Jogos Macabros:


*Pista SEGUINTE no Blog Livros Encantos!

Resenha por Agda Lanzarini

Comentários

  1. Oiii Adga!!
    Adorei a resenha, acredita que eu nunca li um livro na linha dos serial killers?? Nem livros do Stephen King?? Até me sinto mal por isso, sei que são livros muito bons! Sua resenha me fez sentir vontade de ler esse livro, imagino um serial killer tirada a vida de uma pessoa amada... Deve ser terrível... Obrigada pela indicação!
    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, se você é nova no gênero, esse livro é uma ótima porta de entrada, beijos!

      Excluir
  2. Gostei da indicação!
    Estou mesmo a procura de algo fugindo dos romances que sempre leio, e como você falou que esse é bom para quem está começando a ler suspense, talvez eu o leia!
    Me empolguei com a resenha!
    Bjos

    Every Little Book

    ResponderExcluir
  3. Olha a trama do livro me parece bem interessante, mas eu não curto muito livros que tem estórias de Seriais Killers e tudo mais sabe? Eu prefiro já leituras mais leves. Mas mesmo assim eu gostei de tudo que você escreveu sobre o livro. Tu abordou muito bem sobre a estória, mas eu acho que o gênero mesmo não é pra mim não =/

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/especial-conhecendo-os-autores-6.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo perfeitamente, nem todo mundo tem estômago pra isso... Mas vale a pena dar uma olhada...

      Excluir
  4. Oi Agda
    Sempre gostei de livros de suspense e especialmente Seriais Killers.
    Não conhecia esse livro, mas fiquei curiosa, pela forma como vc contou parece ser bem envolvente.
    Estou lendo Eu vejo Kate que também é de serial, fica a dica.

    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Não gosto do gênero, mas como vc disse que para quem ta iniciando é uma boa leitura talvez deva dar uma olhada rsrs
    Sou muito medrosa para esses tipos de livros :p
    Desde pequena tu adoro o gênero né? O mulher corajosa rsrs

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é bem legal para quem tá começando, pois não é muito gráfico, não. Espero que leia ^-^

      Excluir
  6. oi!
    A trama parece ótima...mas olhaaa....não consigo!!!
    Amo os serial killers...mas lá na TV! No livros eu não consigo me envolver, queria muito, mas não dá não...
    Mas tua resenha está ótima! Aguça a curiosidade da gente....
    abraços,
    Eu Pratico Livroterapia

    ResponderExcluir
  7. Olá, eu não conhecia o livro ainda mas fiquei intrigada com essa trama cativante, eu sou suspeita de falar pois adoro tudo que envolta terror e suspense, e com esse livro não seria diferente. Fiquei querendo conhecer mais da história, espero ter a oportunidade um dia desses!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá, Agda.
    Eu também, apesar de ser medrosa, sempre estou atras desses livros assim hehe. Adoro quando o autor brinca com o leitor e muda nossa opinião de acordo com a vontade dele. Esse livro, eu não conhecia ainda, mas já coloquei na minha lista de futuras leituras. Não vou ler tão já, que estou lendo um de serial killer no momento e gosto de variar as leituras.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  9. Oiee ^^
    Não conhecia esse livro ainda, mas também não curti muito. Não gosto de terror ou suspense, e ver que ele ganhou nota 3.5 engoliu o pingo de curiosidade que tinha brotado em mim *-* Não gostei da capa *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por mais que você não tenha se interessado por esse livro em especial, por favor não desista do tema. Tem muita coisa legal nesse gênero. ;3

      Excluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Não gosto de histórias de serial killers, e não tenho a menor vontade de entender a mentalidade e a motivação desse povo doente... então não acho que seja leitura para mim. Não é um gênero que me agrade, e essas referências a obras do Stephen King eu realmente não ia entender já que corro dos livros dele... não leria.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  12. Oláá
    Eu acho que ouvi falar no livro e fiquei bem interessada, parece ser muuito bom, eu leria pois curto bastante o gênero e vou anotar a dica, sua resenha está ótima

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá Agda,
    Gostei da resenha e achei interessante o fato de o livro ser dinâmico, mas, confesso que é algo que não queira ler no momento, talvez seja uma fase ou algo assim.
    Gostei de saber das referencias ao King.
    Beijos
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  14. Adoro livros de suspense, mas tenho medinho!!!! Recentemente li um livro com serial killer e fiquei muito alucinada, achando que era o meu estilo literário favorito. Sua resenha me deixou bem interessada. Não conhecia o autor e nem o livro. Quero ler!!!
    meuamorpeloslivros.blogspot.com.br
    beijos

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Amo de paixão mistérios, suspenses e Horror, não conhecia o autor e fiquei bem curiosa para ler o livro dele, acho bem legal ele usar referências adoro ficar procurando essas coisas ^^
    Gostei muito da sia resenha, falou bem o que eu precisava saber para procurar a obra, dica anotadíssima.

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Agda!
    Estou precisando de um livro assim, pois não estou conseguindo ler mais os livros intensos... não sou mais como era antigamente, rsrs
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
  17. Olá Agda, aprecio livros do gênero e gostei dele por ser uma leitura rápida, mesmo que o livro não traga características mais aprofundadas, isso não me incomoda durante a leitura. Adorei a dica.
    Bjim!

    Tammy
    Livreando | Facebook

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bom? Obrigada pela dica, tenho muita vontade de ler livros com essa temática, mas tenho medo, é sério! Li A Hora das Bruxas, da Anne Rice e fiquei com muito medo em grande parte da leitura. Me interessei por esse livro e vou procurar por ele. Beijos!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi Agda, não conhecia o livro e gostei muito da sua resenha. Vou deixar anotada a dica para conferir.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá!

    Não o conhecia, mas não sei se o leria, não é meu gênero favorito, sem contar que sou bem medrosa com esses livros... Sua resenha está muito bem escrita, parabéns.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Olá! Adorei sua resenha, gosto do gênero mas, não costumo ler muitos títulos, com certeza pelas suas palavras esse é um ótimo título para mim. Dica anotada, pretendo lê-lo em breve!

    beijos!

    ResponderExcluir
  22. Eu acho encantador o jeito como algumas pessoas conseguem resumir meu livro melhor do que eu mesmo.

    ResponderExcluir
  23. Oii, tudo bem?
    Eu adoro livros de Serial Killers! Eu acabei de ler um e a leitura foi de tirar o folego. Eu ainda não conhecia o autor e o livro, mas com certeza o livro já está na minha lista de desejados.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: MAYBE SOMEDAY - Talvez algum dia - Colleen Hoover

Resenha: Talvez algum dia - Colleen Hoover
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 

Editora: Record
Skoob

Sinopse - Talvez algum dia - Colleen Hoover
Aos vinte e dois anos de idade, Sydney está desfrutando de uma grande vida: Ela está na faculdade, trabalhando em um emprego estável, apaixonada por seu maravilhoso namorado, Hunter, e é colega de quarto de sua melhor amiga, Tori. Mas tudo muda quando ela descobre que Hunter está traindo ela e ela é forçada a decidir qual será seu próximo movimento. Logo, Sydney encontra-se fascinada por seu vizinho misterioso e atraente, Ridge. Ela não consegue tirar os olhos dele ou parar de ouvir o jeito que ele toca seu violão todas as noites em sua varanda. E há algo sobre Sydney que Ridge não consegue ignorar, também. Após seu encontro inevitável acontecer, Sydney e Ridge encontram-se necessitando um do outro em mais do que uma maneira.

''Ótimo. Estou chorando  agora.  Eu sou uma sem bolsa,  chorona, violenta, garota sem-teto. E por mais que eu não queira …

Resenha:Amante Vingado - Irmandade da Adaga Negra, Livro 7 - J. R. Ward

Resenha:  Amante Vingado - Irmandade da Adaga Negra, Livro 7 - J. R. Ward
Classificação: 5/5 ♥ Favorito



Sinopse - Amante Vingado - Irmandade da Adaga Negra, Livro 7 - J. R. Ward
Nas sombras da noite de Caldwell, Nova York, desenvolve-se uma furiosa guerra entre os vampiros e os seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. Enquanto eles defendem a raça dos redutores, a lealdade de um vampiro especial será posta a prova - e sua perigosa natureza será revelada... Rehvenge sempre manteve distância da Irmandade, pois guarda um letal segredo que poderia fazer dele uma arma na guerra contra os redutores. E enquanto as conspirações dentro e fora da Irmandade ameaçam revelar a verdade sobre o ele, Rehv se aproximará da única luz que clareia seu mundo de escuridão e jogos de poder, Ehlena, uma vampira que nunca conheceu a corrupção e traição... é a única que pode salvá-lo da destruição eterna.
'' Todos os Reis são cegos…

Li - Gostei e Indico! SÉRIE NIGHT HUNTRESS

Li - Gostei e Indico! SÉRIE NIGHT HUNTRESS 

1º Livro da Série Night Huntress – Jeaniene Frost

Título Nacional: A Caminho da Sepultura

Sinopse: A meia vampira Catherine Crawfield persegue os mortos-vivos atrás de vingança, esperando que um destes seres seja seu pai. Capturada por Bones, um vampiro caçador de recompensas, é forçada a uma parceria profana. Em troca de encontrar o pai, Cat concorda em treinar com o sexy caçador noturno até que seus reflexos de combate estejam tão afiados quanto os dentes dele.


2º Livro da Série Night Huntress – Jeaniene Frost

Título Nacional: Com um Pé na Sepultura

Sinopse: A meio-vampira Cat Crawfield é agora a Agente Especial Cat Crawfield, trabalhando para o governo para livrar o mundo de mortos-vivos mal intencionados. Ela ainda usa tudo o que Bones, seu ex-namorado sexy e perigoso, ensinou a ela. Mas quando Cat torna-se alvo de assassinos, o único homem que pode ajudá-la é justamente o vampiro que ela abandonou. Estar perto dele desperta todas as suas emoç…