domingo, 15 de novembro de 2015

Resenha: Alice no país das armadilhas - Alice no país das armadilhas # 1 - Mainak Dhar

Resenha: Alice no país das armadilhas - Alice no país das armadilhas # 1 - Mainak Dhar
Classificação: 5/5
Editora: Única

Sinopse: Alice no país das armadilhas - Alice no país das armadilhas # 1 - Mainak Dhar
O planeta Terra foi devastado por um ataque nuclear, e boa parte de sua população se transformou em Mordedores, mortos-vivos que se alimentam de sangue e, com sua mordida, fazem dos humanos seres como eles.
Alice é uma jovem humana de 15 anos que mora no País das Armadilhas, nos arredores da cidade que um dia foi Nova Déli, na Índia. Ela nasceu nessa nova realidade aterrorizante e teve de aprender a se defender sozinha desde cedo.
As coisas mudam quando Alice decide seguir um Mordedor por um buraco no chão: ela descobre a estarrecedora verdade por trás da origem das criaturas e se dá conta da profecia que ela mesma está destinada a consumar — uma profecia que se baseia nos restos chamuscados do último livro encontrado no País das Armadilhas, uma obra chamada Alice no País das Maravilhas .
Uma mistura incomum de mitos, teorias conspiratórias e Lewis Caroll, Alice no País das Armadilhas pode parecer mais uma história de zumbi, mas é uma metáfora instigante de como tendemos a demonizar aquilo que não compreendemos.

''- Uma morta-viva? Uma Mordedora? Ou qual outro rótolo odioso você usaria? Essa sempre foi o problema de vocês, humanos. Transformam em objeto de ódio tudo o que não conseguem compreender. É tão mais fácil detestar e destruir do que procurar entender.''

Uma história sobre LIBERDADE!
Engraçado que quando comecei a ler essa obra pensei que encontraria uma releitura bizarra de Alice no Pais da Maravilhas, não que não seja bizarra e ficcional, porém, encontrei muito mais que isso, Mainak Dhar fala não só sobre liberdade, como também sobre falsas crenças e aparências enganosas.
Quantas vezes julgamos algo sem conhecer? Ou simplesmente sem tentar conhecer, entende e compreender? E quando o mundo todo se vira contra uma coisa? Como uma grande guerra, com os inimigos e os aliados bem definidos, os mocinho e os vilões totalmente alinhados e selecionados. E nesse grande meio, tudo é como é, sem brechas para novas interpretações e conhecer os dois lados da história.
Assim é o mundo no País das Armadilhas...

''Alice viu que o Orelhudo caiu de joelhos e lhe ocorreram várias coisas. Desde quando, Mordedores estúpidos se tornaram religiosos? E, como, essa tal Rainha era em partes humanas e em partes Mordedoras? Como era possível que, logo ela, Alice, tivesse algo a ver com uma profecia que essa Rainha velha e doida alegava ter declarado?''

Poder versus independência, liberdade e igualdade.

Até onde o ser humano vai em busca de poder? Será que seria possível até experiencias... em HUMANOS?! E se essas experiencias dessem muito, muito errado, seria possível... O MUNDO ACABAR!

Alice vive em um mundo destruído! O mundo como conhecemos não existe mais, agora humanos e Mordedores vivem em uma grande guerra, lutando pela sobrevivência. 
Um grande jogo de vida e morte, onde é matar ou morrer!

Estamos agora vivendo na Insurreição, um grande ataque nuclear que deixou boa parte da população, digamos ''doente'', criando assim os Mordedores, seres que não são mortos, mais não são vivos que se alimentam de sangue, e que passam ''esse vírus'' em suas mordidas. Criando assim medo e guerra durante todo o caminho, O País das Armadilhas em Nova Déli,  é seu palco principal.

Alice com 15 anos não conheceu o mundo como era antes, uma menina forte, criada para ser uma assassina, uma lutadora, uma sobrevivente que sabe se defender. 
É quando Alice segue um Mordedor por um buraco no chão - uma toca de coelho que ela começa a descobrir que a história dessas criaturas tem muito mais para se descobrir do que lhe foi contado. 

Como será que foi a origem de verdade desses seres? Eles tem inteligencia? Conseguem raciocinar? Conseguem viver em sociedade? São só mesmo os monstros que foram pintados? Alice descobre também uma profecia, ao qual tem um papel chave, baseada unicamente em um livrinho chamado Alice no País das Maravilhas. O que será que essa Alice terá que fazer? Será ela a salvadora? Será ela a menina que cairá na toca do coelho, será grande e será pequena, será ela que irá salvar o mundo ou... reconstruí-lo! 

Com direito a Rainha, a chapeleiro, a muitos questionamentos e reflexões essa obra me surpreendeu, ela tem uma pegada distópica, mistura fantasia, mistura politica, crítica social, sendo uma grande metáfora de como vemos e criamos pré-conceitos daquilo que temos medo e nos é desconhecido. Nosso primeiro instinto antes de conhecer algo é demonizá-lo, ver esse algo como ruim, não digno de desculpas ou merecimento, de segundas chances, ou de simplesmente existir!       

Foi uma leitura rápida, forte, nada romantizada, me deixou muitas vezes indignada e com vontade de entrar na história e sacudir certos personagens, é o tipo de leitura que você termina e continua pensando nela e no que aquilo quis lhe contar, em todas as possibilidade de significados e interpretações!  
Alice no país das armadilhas é recomendado para os fã de distopias, para os fãs do clássico original e para as pessoas que gostam de histórias sociais, politicas com muita ação e aventura!

'' - Não posso culpá-la por acreditar no que acredita. Você cresceu ouvindo só um lado da história e, a julgar pela minha antiga vida, sei exatamente o poder que uma propaganda tem.''

Paula Juliana

45 comentários:

  1. Dica muito boa!
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Não tenho costume de ler... Mas uma pessoa que tirei no amigo oculto ainda não disse o que quer, mas ela adora livro.

    Quem sabe?!
    Beijos
    Mari do Like a Make
    http://www.likeamake.com

    ResponderExcluir
  3. Nossa paula fiquei super curiosa para ler este livroo
    Ótima dica
    Ameiii
    Beijokas

    ResponderExcluir
  4. Adorei a Resenha,
    sempre que venho aqui sinto vontade de sair comprando os livros que indica
    adoro bjss
    http://www.vocechicbonita.com.br/

    ResponderExcluir
  5. gostei muito da resenha e quero muito ler este livro é inspirador bjokas

    ResponderExcluir
  6. O livro parece ótimo, gostei do enredo, e dessa pergunta "Até onde o ser humano vai em busca de poder? " Deve ser uma leitura interessante com muita coisa pra se colocar na balança. As ficções as vezes nos levam a grandes reflexões, ao menos isso sempre acontece comigo ... já que se misturam a nossa realidade ...

    E essa frase fecha com chave de ouro - '' - Não posso culpá-la por acreditar no que acredita. Você cresceu ouvindo só um lado da história e, a julgar pela minha antiga vida, sei exatamente o poder que uma propaganda tem.''

    Fiquei louca para ter o livro, amei a resenha Paula!

    Bjos
    Minda

    ResponderExcluir
  7. O livro parece excelente, adorei a resenha, mas ñ é o tipo de livro q gosto de ler.. bjs e sucesso!
    www.karinapadilha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. otima sua resenha
    o livro parece ser muito bom mesmo
    fiquei curiosa para ler
    bjs

    ResponderExcluir
  9. A resenha ficou maravilhosa, agora que imaginação da pessoa que fez o livro, nunca pensaria nesse lado.
    Beiijooos!
    http://carolinapaivaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. A resenha ficou maravilhosa, agora que imaginação da pessoa que fez o livro, nunca pensaria nesse lado.
    Beiijooos!
    http://carolinapaivaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. a resenha ficou otima, eu não leria esse livro porque não sei comecei entre dentro do livro quando começo ler e viajo junto.

    beijinhos
    falaseriorah.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oii,
    Quero muito esse livro. Achei a história muito bacana, vou ler com certeza. Adorei a dica :D
    bjo

    ResponderExcluir
  13. Uma duvida! Este livro seria uma versão da historia de Alice ou seria Alice em um mundo paralelo?
    Uma ótima resenha, parabéns!

    Até mais!
    Ana Paula Mercado
    www.correspondenciasperdidas.com

    ResponderExcluir
  14. Woww conseguiram fazer uma história bem bolada que remete ao conto adoreiii beeijos

    ResponderExcluir
  15. O livro parece excelente, resenha ficou muito boa , fiquei mega curiosa pra ler

    ResponderExcluir
  16. Muito bom sua resenha ficou excelente querida, gostei da pergunta também."Até onde o ser humano vai em busca de poder?Mim fez refletir bastante..

    www.studiocriativoarteemeva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. otima resenha,parece que entrei nas paginas rsrs parabens voce é boa amiga

    ResponderExcluir
  18. Nossa que diferente, amei a ideia do livro, fiquei morrendo de vontade de ler!!!

    ResponderExcluir
  19. Esse livro deve ser muito interessante, ainda não conhecia mas gostei da história! Adorei a resenha e acho que esse livro é daqueles que você começa a ler e não consegue parar, né?

    Bjo flor!!

    ResponderExcluir
  20. Oi amore tudo bem? Gostou muito da sua resenha essa pergunta foi muito forte "Até onde o ser humano vai em busca de poder???? tem pessoas que vão longe demais mesmo, que da ate medo, parabens pelo post resenha maravilhosa bjs

    ResponderExcluir
  21. Adorei a resenha, me deixou com muita vontade de ler esse livro.
    Achei bem bacana!

    ResponderExcluir
  22. Amo o livro amo o filme é amei sua resenha falou super bem bjoss linda

    ResponderExcluir
  23. Oii, tudo bem?
    Ainda não li esse livro, mas ouço comentários muito positivos sobre ele.
    Quero muito ler, mas não estou podendo comprar livros agora, a crise me afetou kkkk.
    Amei o post de hoje, Parabéns.
    **Bjs da Mary**
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir