Pular para o conteúdo principal

[Especial Quatro anos de Parceria Novo Conceito] As melhores histórias que passaram pelo Overdose Literária @EdNovoConceito @Emily Giffin

[Especial Quatro anos de Parceria Novo Conceito] As melhores histórias que passaram pelo Overdose Literária @EdNovoConceito @Emily Giffin


Primeiro e Único - Emily Giffin


''Olhei de verdade, tentando identificar a qualidade exata que o fazia diferente dos outros homens. Havia alguma coisa muito especial nele. O treinador tinha um modo de ocupar o espaço ao seu redor com tanta dignidade. Era quase como se houvesse uma barreira invisível  em torno dele que você sabia que não poderia penetrar com aquele velho discurso de parabéns depois do último jogo. Ele sempre foi caloroso e cordial, até com estranhos, mas ainda assim se mantinha numa redoma, era autossuficiente, quase misterioso, de um jeito que sempre me cativou muito.
 - No que está pensando? - Questionou ele de repente.''

O que você deseja mesmo para sua vida? É tarde para mudar? Quando é tarde? 
Será que passamos a vida toda e não entendemos de verdade os nossos desejos mais profundos? Os nossos sonhos? As nossas paixões? Emily Giffin aborda essas questões e muitos mais temas polêmicos, existências, para a vida de uma pessoa no seu lindo romance Primeiro e Único!!!

Fiquei muito surpresa com a escrita da aurora, já fazia muito tempo mesmo que estava curiosa para ler um dos seus livros, li, gostei, me envolvi e acabei me apaixonando pela história!

''CCC: Sim. Mas não se deixe enganar. As melhores coisas da vida parecem simples. Mas só parecem.''

Shea tem 33 anos e viveu sua vida toda na mesma cidade, a mulher é LOUCA por futebol americano, assim como todos lá são, Shea foi criada junto com sua melhor amiga Lucy, que é filha do treinador mais famoso da cidade, Shea é meio que obcecada pelo homem, venera o treinador, para ela, ele é mais que um ídolo, uma pessoa que admira e respeita. 

'' - Porque é parte de você. Parte de quem você é - respondi.''


A moça nunca saiu de onde nasceu, cresceu lá, fez universidade lá, e agora trabalha no departamento de esportes de onde se formou, convive diariamente com seu ídolo, namora um ex jogador do time local, mas Shea descobre que não está satisfeita!

Tudo muda quando a esposa do Treinador Carr morre, Shea começa a se questionar sobre a sua vida, sobre seus sentimentos e entra em uma jornada de amadurecimento e descobertas.
Troca de emprego, de namorado, mas tem algumas coisas junto com o futebol americano que Shea não consegue deixar para trás. Ela acaba percebendo que para seguir em frente terá que confrontar a si mesma e colocar todos os seus segredos na mesa para assim ser feliz, choque a quem chocar!   

'' - Olha, Shea. O que eu estou querendo dizer é que... às vezes você precisa fazer o que tem de ser feito.''

É bem complicado conseguir resenhar essa obra sem abrir a historia demais, quando comecei a ler não tinha ideia nenhuma do que iria encontrar, não sabia quem seriam os protagonistas, não sabia se o foco era no romance, só sabia que encontraria uma mocinha que não estava feliz com sua vida! Logo de cara a obra me assustou, começou a falar da obsessão da mocinha sobre o futebol e eu pensei que essa obra não era bem pra mim, que detesto praticar esportes e tal, porém ao me abrir para a história fui, sendo conquistada pela escrita da autora, pela forma gostoso que ela tem de contar uma história, e fui entendo como Shea era, fui entendo as coisas que nem ela mesmo entendia, e que estavam bem na cara para mim, até uma 150 páginas, a história foi boa, mas foi devagar, em um ritmo bem próprio, e eu pensei que ia seguir assim até o fim... até que a surpresa aconteceu, e de um ponto do começo ao fim, o livro voou, a história pegou fogo, e não consegui me desgrudar dele, não consegui parar a leitura nem pra comer! Ai como sofri com Shea!!!! E foi aí que percebi que não importava as parte técnicas de jogo que a mocinha divagava, não me importava que não conseguia identificar onde estava o mocinho da história, quando entrei no enredo, só o que eu queria era ler e ler e ler, e desvendar tudo que a história podia me contar! E foi fantástico! 

'' Eu estava feliz. Feliz de verdade por estar ali naquele momento, o que sempre me pareceu algo completamente diferente de reconhecer que eu fui feliz algum dia, e que acontecia comigo com frequência. ''

Emily Giffin fala sobre violência doméstica em um ponto do enredo, sobre família, as desajustadas e as ''certinhas'', fala sobre as indas e vindas da vida, fala sobre o amor, e os vários tipos que podem existir, sobre paixões, sobre o comodismo, sobre o medo de largar o seguro e fácil, ela mostra como as pessoas podem entrar e sair de suas vidas rápido, ou não, mas sempre encontramos algumas constantes, fala de lealdade, de respeito, de amizade! 

É uma obra tremendamente bem DESENVOLVIDA. Sem buracos, sem pontos soltos, é como se ela abordasse tudo da melhor forma possível, fiquei muito encantada com a escrita da autora e o ritmo da história como um todo!   

'' - Conhece alguém que se encaixe nesse perfil?
 Consegui sussurrar:
 - Talvez eu.
 - Ah, é? - ele interrogou, do jeito mais charmoso que um homem poderia ter feito, mas na dose certa, sem exagero. - Talvez?
 - Talvez. ''


Os homens: Encontramos o namorado inicial de Shea, Miller, um cara legal, mas acomodado, sem perspectiva de vida, um bom homem, só não para a mocinha, então temos também Ryan o mais famoso jogador do momento, rico, bonito, charmoso, legal, mas com um pai abusivo e controlador, mesmo sendo um homem de trinta e poucos anos, será que Ryan é o cara de Shae? É com ele seu felizes para sempre? E ai lembramos do ídolo da menina... o viúvo Treinador Clive Carr, uma figura imponente, forte, líder, leal, cheio de virtude e principio, mas será que é tudo preto no branco? Será que o treinador é isso tudo que Shea vê? Foi difícil não se encantar com Clive, o vendo pelos olhos de Shea!      

'' - Apenas se certifique de que é o que você quer.''

Difícil também é não indicar essa bela obra! Terminei Primeiro e Único totalmente cativada, encantada e apaixona, não esquecendo que foi uma leitura muito gostosa, que me fez muito bem e me deixou feliz. Emily Giffin ganhou mais uma fã, espero logo ler outros livros dela, pois devem ser ótimos também, Shea contou uma ótima história, com muito humor, amor, lealdade, amizade e paixão! Pelo jogo, pela vida e pelas pessoas!
Vai Broncos!!!! Leiam!

''Agora cá estávamos, aparentemente no mesmo lugar, exatamente onde havíamos começado. Ainda assim, não éramos os mesmos. Nada mais era.''


*Imagens retiradas do face da editora: @NovoConceito
Paula Juliana

Comentários

  1. Parabéns!!!! Que venham muitos anos mais!!!!
    Nunca li nada da autora, mas pretendo mudar isso em breve!
    Parabéns pelas leituras, pelo post, pelo sucesso com a parceria e muito obrigado pelas dicas. Anotei um monte! huahuhua

    Beijinhos!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  2. Eu amo demais Emilly Giffin, os livros dela são um amor, são histórias fortes e com personagens incríveis. Além disso, sempre podemos tirar grandes lições dos livros. Preciso ler o Primeiro e único , parece ser maravilhoso e depois do que falou fiquei com mais vontade de ler.

    bjus


    http://naturezaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela parceria tão longa e duradoura! Espero que dure muito maiiis!!! Nunca tinha lido nada sobre a Emilly Giffin, é sempre bom conhecer autores com livro que trazem tanta coisa boa!!! Obrigada pela dica!!

    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
  4. Que demais essa dica menina, realmente é incrível como os anos passam rápidos e a parceria continua firme e forte, espero que venham mais anos e fiquei bem interessada em ler também com esse enredo lindo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela parceria tão longa! Isso mostra o quanto eles gostam do seu trabalho, com esforço conseguimos ir longe! Que continue ainda por muitos anos! Sobre o livro, nunca li nenhum da autora, mas me parecem ser muito lindos. Vou tentar dar uma chance a algum, qualquer dia desses =)

    Um beijo, Por Amor aos Livros

    ResponderExcluir
  6. Olá, eu ainda não li nada da autora (apesar de ter um livro dela encalhado na estante há anos). Depois do seu post já fiquei curiosíssima para ler Primeiro e Único, parece ótimo.

    ResponderExcluir
  7. Quem leu esse livro primeiro e único foi minha colunista, ela não curtiu muito.
    Por falar em NC lembrei que nunca mais recebi contato deles, sumiram faz um tempão.
    Beijooos

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Uau que legal essa parceria que já dura essa quantidade de tempo, que ela perdure muitos outros. Gosto muito dos livros da Novo Conceito, mas acredita que ainda não li nada da Emily Griffin mesmo tendo uns livros dela na estante, gosto dessa pegada com dramas e conflitos dentro dos romances.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  9. Gosto muito da escrita da autora, mas os últimos livros que foram lançados eu não li.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Eu nunca li nada da autora, mas tenho curiosidade.
    Ainda não tinha ouvido falar sobre esse livro, mas sua resenha despertou minha curiosidade. Gostei de saber que, apesar do começo mais lento, o livro tem uma mudança e segue em um ritmo mais intenso.
    Adorei o post e vou adicionar o livro na lista de desejados.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Acredita que nunca li nada dessa autora? Até tenho um livro dela que ganhei, mas - não sei porque, nunca parei para ler ;/

    ResponderExcluir
  12. Eu nunca li nada dessa autora, mas sua resenha até me deixou curiosa! Parabéns pela parceria, espero que venham muitos anos mais!

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Primeiramente, meus parabéns pela parceria.
    Segundo, eu AMO os livros da Emily Griffin, de paixão. Eles são tão envolventes que você nem percebe que terminou de ler o livro e quer mais páginas. O último titulo que li dela foi "O Amor em Primeiro Lugar" e é simplesmente incrível.

    Bjs
    blog Tell Me a Book

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Vejo sempre ótimas recomendações essa autora, mas nunca cheguei a ler um livro dela haha
    Espero que 2018 vocês continuem parceiros da editora para continuar recendo ótimos livros dessa autora

    ResponderExcluir
  15. Que indicações incríveis! Tenho certeza que são anos de uma parceria muito incrível, livros maravilhosos e um trabalho árduo para manter o blog top! Espero que continue senso assim por muito tempo! Beijos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Classificação: 4/5
Editora: Companhia Editora Nacional
Skoob

Sinopse: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Chamas na Escuridão - Essa série provocante vai cativar, envolver e, até mesmo, ‘intoxicar’ a leitora como nenhuma outra. Perfeita para aqueles que amaram 50 Tons de Cinza, mas ficaram querendo mais... A história central se passa em Londres, nos bairros mais badalados dessa encantadora cidade. Mas os protagonistas, Beth - graduada em História da Arte, e Dominic – consultor do mercado financeiro, vão se aventurar também na Croácia, Turquia e NY. Profundamente intensa, romântica, provocante e sensual, essa série vai levar a leitora a um lugar onde o amor e o sexo são liberados de seus limites. Fãs de E.L. James e Sylvia Day vão se manter acordados até tarde da noite com “Chamas na Escuridão”.


''Não há prazer sem dor. Não há paixão sem sofrimento. Prefiro me sentir viva a viver em seguran…

Resenha: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma

Resenha: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 
Editora: Editora Valentina
Skoob

Sinopse: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma
Proibido - Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis. Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.
Eles são irmão e irmã. Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dram…

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Classificação: 5/5 ♥ Favorito  Editora: Companhia das Letras Skoob
Sinopse: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Vem da Suécia um dos maiores êxitos no gênero de mistério dos últimos anos: a trilogia Millennium - da qual este romance, Os homens que não amavam as mulheres, é o primeiro volume. Seu autor, Stieg Larsson, jornalista e ativista político muito respeitado na Suécia, morreu subitamente em 2004, aos cinqüenta anos, vítima de enfarte, e não pôde desfrutar do sucesso estrondoso de sua obra. Seus livros não só alcançaram o topo das vendas nos países em que foram lançados (além da própria Suécia, onde uma em cada quatro pessoas leu pelo menos um exemplar da série, a Alemanha, a Noruega, a Itália, a Dinamarca, a França, a Espanha, a Itália, a Espanha e a Inglaterra), como receberam críticas entusiasmadas. O motivo do sucesso reside em vá…