Pular para o conteúdo principal

[Que trecho é esse?!] Coluna nova - Overdose Literária - @QueTrechoéesse?! - @Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler

[Que trecho é esse?!] Coluna nova - Overdose Literária - @QueTrechoéesse?! - @Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler

Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler


Trechos:

''Alice, Alice, Alice. Não desça na toca do coelho. Não suporto vê-la partir. fique aqui comigo, Alice, Alice, Alice.''

''Sou um velho de coração meloso, não há outra maneira de descrever. E a verdade é que me sinto mais em casa aqui - à beira do rio, onde há lama e confusão...''

'' Você é mais feliz externamente do que internamente, disse ele, e eu olhei para as estrelas e percebi que ele tinha razão.'' 

''Entre; seja bem vinda. Você erguerá os olhos para o teto e sorrirá. Surpreendente? Não é? Deixe-me explicá-lo. Cada letra tem uma cor, entende? Você tem isso também? Sempre soube. Mas talvez não sejam das mesmas cores que as minhas. De qualquer modo, deixe-me lhe mostrar. Eis aqui seu nome. Este azul-claro é para o A; dourado para o L; rosa para o I; azul-marinho para o C; e cinza-escuro para o E. Você está fazendo que sim. Você entende. Claro que sim. Alice. Filha. Amor. Desculpe. Pai.''

''Por isso preciso deixar essa cidade: porque é o tipo de lugar onde alguém destruiria algo feito obviamente com cuidado, só pelo prazer de destruir.''

'' - Se você ficar imóvel num lugar tempo o bastante, ele se mostrará para você. Leva tempo, mas você encontra estampas e, depois que as encontra, pode começar a se sentir em casa.'' 

Considerações sobre a obra:

É uma história de pessoas perdidas. Perdidas de várias maneiras, perdidas dentro de si, correndo ou andando, procurando um rumo, um caminho, uma direção, procurando pessoas ou simplesmente algo que por vezes nem mesmo se sabe o que é.
Talvez Aceitação, talvez segurança, talvez aventura. Talvez somente algo para preencher o vazio que nós mesmos criamos e alimentamos constantemente. 
Dez coisas que aprendi sobre o amor é mais que recomendado, embrulhado em algo brilhante, azul e cheio de vida e não esqueça dos lenços... muitos lenços! Você vai precisar! 

Resenha original: Dez coisas que aprendi sobre o amor
Paula Juliana

Comentários

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler

Resenha: Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 
Editora: Novo Conceito
Skoob

Sinopse: Dez coisas que aprendi sobre o amor - Sarah Butler
Dez coisas que aprendi sobre o amor - Por quase 30 anos, quando a brisa de Londres torna-se mais quente, Daniel caminha pelas margens do Tâmisa e senta-se em um banco. Entre as mãos, tem uma folha de papel e um envelope em que escreve apenas um nome, sempre o mesmo. Ele lista também algumas coisas: os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu. Alice tem 30 anos e sente-se mais feliz longe de casa, sob um céu estrelado, rodeada pela imensidão do horizonte, em vez de segura entre quatro paredes. Londres está cheia de memórias de sua mãe que se fora muito cedo, deixando-a com uma família que ela não parece fazer parte. Agora, Alice está de volta porque seu pai está morrendo. Ela só pode dar-lhe um último adeus. Alice e Daniel parecem não ter nada em comum, exceto o amor pelas estrelas,…

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Classificação: 5/5 ♥ Favorito  Editora: Companhia das Letras Skoob
Sinopse: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Vem da Suécia um dos maiores êxitos no gênero de mistério dos últimos anos: a trilogia Millennium - da qual este romance, Os homens que não amavam as mulheres, é o primeiro volume. Seu autor, Stieg Larsson, jornalista e ativista político muito respeitado na Suécia, morreu subitamente em 2004, aos cinqüenta anos, vítima de enfarte, e não pôde desfrutar do sucesso estrondoso de sua obra. Seus livros não só alcançaram o topo das vendas nos países em que foram lançados (além da própria Suécia, onde uma em cada quatro pessoas leu pelo menos um exemplar da série, a Alemanha, a Noruega, a Itália, a Dinamarca, a França, a Espanha, a Itália, a Espanha e a Inglaterra), como receberam críticas entusiasmadas. O motivo do sucesso reside em vá…

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Classificação: 4/5
Editora: Companhia Editora Nacional
Skoob

Sinopse: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Chamas na Escuridão - Essa série provocante vai cativar, envolver e, até mesmo, ‘intoxicar’ a leitora como nenhuma outra. Perfeita para aqueles que amaram 50 Tons de Cinza, mas ficaram querendo mais... A história central se passa em Londres, nos bairros mais badalados dessa encantadora cidade. Mas os protagonistas, Beth - graduada em História da Arte, e Dominic – consultor do mercado financeiro, vão se aventurar também na Croácia, Turquia e NY. Profundamente intensa, romântica, provocante e sensual, essa série vai levar a leitora a um lugar onde o amor e o sexo são liberados de seus limites. Fãs de E.L. James e Sylvia Day vão se manter acordados até tarde da noite com “Chamas na Escuridão”.


''Não há prazer sem dor. Não há paixão sem sofrimento. Prefiro me sentir viva a viver em seguran…