Pular para o conteúdo principal

Resenha: Dezesseis Luas - Beautiful Creatures #1 - Kami Garcia, Margaret Stohl

Resenha: Dezesseis Luas 
Classificação: 5/5 ♥ Favorito
Sinopse - Dezesseis Luas - Beautiful Creatures #1 - Kami Garcia, Margaret Stohl
Ethan é um garoto normal de uma pequena cidade do sul dos Estados Unidos e totalmente atormentado por sonhos, ou melhor, pesadelos com uma garota que ele nunca conheceu. Até que ela aparece... Lena Duchannes é uma adolescente que luta para esconder seus poderes e uma maldição que assombra sua família há gerações. Mais que um romance entre eles, há um segredo decisivo que pode vir à tona. Eleito pelo Amazon um dos melhores livros de ficção de 2009. Direitos de tradução vendidos para 24 países. Um filme da série está sendo produzido. "Pacote completo: um cenário assustador, uma maldição fatal, reencarnação, feitiços, bruxaria, vudu e personagens que simplesmente prenderão o leitor até o fim..."


Dezesseis Luas me pegou de surpresa. Comprei o livro no escuro, sem saber nada sobre ele, pela capa e a sinopse terem chamado minha atenção, não sabia o que iria encontrar.

É um livro cheio de mistérios e suspenses, um mundo totalmente novo, maldições, voltas ao passado, histórias antigas, cultura sulista, feitiços, vodus, personagens ricos e que crescem junto com o leitor ao decorrer da narrativa.

A narrativa! Ela é escrita pelo ponto de vista do personagem Ethan, um menino que esta cansado da vida que leva na pequena vila onde nada mudava até a chegada de Lena a menina dos sonhos (literalmente). Fogo, água, tornados e lama compõem a história de amor dos dois.

O livro foi o mais bem escrito que já li, cheio de figuras de linguagem e metáforas lindíssimas, me manteve ligada e presa na história do começo ao fim.

''O abismo verde parecia ir a um lugar tão distante que jamais conseguiria alcançar, mesmo em um vida inteira...''


''A prisioneira se agarrava a mim enquanto a melodia nos envolvia...''

'' A solidão dominava aquele que ama/ Quando você sabe  que pode nunca mais abraça-lo. Nas paredes: mesmo perdida na escuridão/ meu coração vai encontrar você...''

Amei os diálogos, Amei a história do medalhão e da guerra civil, Amei não saber o que ia acontecer e ser surpreendida a cada página. Amei Link (o melhor amigo) Amma (que tem uma cara de vó), Macon (o mistério que seguia em torno dele era o melhor, porque você não tinha noção do que ele era) e Marin (a melhorrrrrrrrrrr).

Foi muito bom desvendar cada pedacinho do livro e curtir toda rica história dele. Estou ansiosa pelo Dezessete luas e todas as futuras emoções que vou sentir com ele.

'' Nunca amei você mais do que a amo nesse exato momento e nunca vou amar você menos do que a amo nesse exato segundo...'' Ethan.


O Filme:



Paula Juliana

Comentários

  1. Muito Boa Resenha!
    O filme foi uma decepção para mim!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Paula,

    Que legal a sua resenha! Já conhecia o livro e a série, embora nunca tenha lido.
    Achei o tema interessante, magia, mistério, romance...
    E pelas suas impressões parece que o livro é realmente imperdível.

    Beijos,

    --
    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Pri!
      Eu amei o livro, mas me decepcionei tanto com o filme! Espero que leia!
      Beijos

      Excluir
  3. Oi Paula, já ouvi muito sobre a série, apesar de não ter me aventurado. Mas o tema abordado realmente é uma mistura interessante de sucesso. Eu gostei dos quotes que você selecionou, deu para perceber que é um livro que demonstra bem as sensações e emoções do momento do personagem.
    Beijocas
    http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oiee =)
    ainda não li essa série, estava esperando ter todos e até hoje não tenho nenhum :|
    fiquei curiosa aqui em ler, eu nem vi o filme, por esse fato.
    Gosto muito dessa imagem que colocou |õ|
    Beliscões da Máh ♥
    Blog
    Instagram

    ResponderExcluir
  5. Oi Paula, deve ser uma história bem interessante, tem o enredo que me interessa, porém me desmotiva o fato de ser uma série, mas quem sabe um dia, não é?
    Amei este quote, me fez lembrar o amor que sinto pelo meu love marido. '' Nunca amei você mais doque a amo nesse exato momento e nunca vou amar você menos doque a amo nesse exato segundo...'' Ethan.

    Bjs
    Tânia Bueno
    http://facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Já li várias resenhas ótimas dessa série, mas infelizmente não me atraiu,mesmo sua resenha estando ótima como sempre!
    Beijinhos
    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  7. Ai menina, Dezesseis Luas é sem dúvida um dos meus livros prediletos sobre Bruxas. Mal vejo a hora de conseguir dindim para os demais da série. Na Bienal de 2012 consegui comprar esse por apenas 10 reais. Vamos ver se esse ano tenho a mesma sorte!

    Beijo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Últimas Postagens Overdose:

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews

Resenha: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Classificação: 4/5
Editora: Companhia Editora Nacional
Skoob

Sinopse: Chamas na Escuridão - After Dark - Livro 01 - Sadie Matthews
Chamas na Escuridão - Essa série provocante vai cativar, envolver e, até mesmo, ‘intoxicar’ a leitora como nenhuma outra. Perfeita para aqueles que amaram 50 Tons de Cinza, mas ficaram querendo mais... A história central se passa em Londres, nos bairros mais badalados dessa encantadora cidade. Mas os protagonistas, Beth - graduada em História da Arte, e Dominic – consultor do mercado financeiro, vão se aventurar também na Croácia, Turquia e NY. Profundamente intensa, romântica, provocante e sensual, essa série vai levar a leitora a um lugar onde o amor e o sexo são liberados de seus limites. Fãs de E.L. James e Sylvia Day vão se manter acordados até tarde da noite com “Chamas na Escuridão”.


''Não há prazer sem dor. Não há paixão sem sofrimento. Prefiro me sentir viva a viver em seguran…

Resenha: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma

Resenha: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma
Classificação: 5/5 ♥ Favorito 
Editora: Editora Valentina
Skoob

Sinopse: Proibido - Como uma coisa tão errada pode parecer tão certa? - Tabitha Suzuma
Proibido - Ela é doce, sensível e extremamente sofrida: tem dezesseis anos, mas a maturidade de uma mulher marcada pelas provações e privações da pobreza, o pulso forte e a têmpera de quem cria os irmãos menores como filhos há anos, e só uma pessoa conhece a mágoa e a abnegação que se escondem por trás de seus tristes olhos azuis. Ele é brilhante, generoso e altamente responsável: tem dezessete anos, mas a fibra e o senso de dever de um pai de família, lutando contra tudo e contra todos para mantê-la unida, e só uma pessoa conhece a grandeza e a força de caráter que se escondem por trás daqueles intensos olhos verdes.
Eles são irmão e irmã. Com extrema sutileza psicológica e sensibilidade poética, cenas de inesquecível beleza visual e diálogos de porte dram…

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Classificação: 5/5 ♥ Favorito  Editora: Companhia das Letras Skoob
Sinopse: Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Millennium # 1 - Stieg Larsson Os Homens que Não Amavam as Mulheres - Vem da Suécia um dos maiores êxitos no gênero de mistério dos últimos anos: a trilogia Millennium - da qual este romance, Os homens que não amavam as mulheres, é o primeiro volume. Seu autor, Stieg Larsson, jornalista e ativista político muito respeitado na Suécia, morreu subitamente em 2004, aos cinqüenta anos, vítima de enfarte, e não pôde desfrutar do sucesso estrondoso de sua obra. Seus livros não só alcançaram o topo das vendas nos países em que foram lançados (além da própria Suécia, onde uma em cada quatro pessoas leu pelo menos um exemplar da série, a Alemanha, a Noruega, a Itália, a Dinamarca, a França, a Espanha, a Itália, a Espanha e a Inglaterra), como receberam críticas entusiasmadas. O motivo do sucesso reside em vá…