segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Resenha: O Livro dos Negros # 1 - Lawrence Hill - Por Agda Lanzarini

Resenha: LAWRENCE HILL. O livro dos negros. Tradução: Dina Blaj Schaffer, 1ª ed. São Paulo: Primavera Editorial, 2015.  
Classificação: 5/5

Sinopse: O Livro dos Negros # 1 - Lawrence Hill
O Livro dos Negros conta a história de Aminata Diallo, uma das personagens femininas mais fortes e marcantes da ficção contemporânea. Aminata foi sequestrada, ainda criança, na África, e vendida como escrava na Carolina do Sul. Após a Revolução Americana, ela foge para o Canadá e escapa da vida de escrava para tentar uma nova história em liberdade. O livro traz uma história que nenhum ouvinte e nenhum leitor esquecerão. O nome “O Livro dos Negros” se deu devido ao documento histórico, mantido por oficiais navais britânicos, ao fim da Revolução Americana. O documento oficializou os negros que serviram ao rei na Guerra e fugiram para Manhattan, no Canadá, em 1783. Apenas os negros que estivessem no Livro dos Negros poderiam escapar e conseguir sua liberdade.Aminata Diallo percorre toda uma longa trajetória com a finalidade de conseguir entrar no livro dosnegros e conquistar sua liberdade.A obra, marcante e inesquecível, tornou-se uma miniserie de sucesso nos Estados Unidos. Dirigidae escrita por Clemente Virgo (The Wire) e protagonizada pela atriz Aunjanne Ellis e Cuba GoodingJr., vencedor do Oscar em 1996.
Por Agda Lanzarini

“Olhar o rosto de uma pessoa é fazer duas coisas: reconhecer a humanidade do outro e assumir a sua” (O livro dos negros, pg. 35) 

O livro dos negros é uma ficção histórica em que Aminata Diallo, uma africana sequestrada ainda quando criança para ser vendida como escrava, narra sua trajetória, depois de ter sido sequestrada de sua casa na África. Fato importante é que Aminata não é uma escrava, ela era uma garota, que vivia numa família amorosa e que tinha um papel na sociedade onde vivia.

 O autor foi muito feliz em nos deixar conhecer Aminata na infância antes do sequestro, pois assim a entendemos como uma criança que pertencia a um lugar e teve tudo tirado de si.  O livro não repete o erro de outras obras sobre a escravidão, que já nos apresenta o protagonista escravo como objeto-vítima, um observador inerte a margem de sua própria extorsão. O livro faz questão de demonstrar os cativos como sujeitos ativos de sua própria história, mostrando diversos atos de reação e rebeldia. Aminata, mesmo jovem e amedrontada, se rebela construindo, articulando, se recusando a trabalhar, sendo consciente de sua própria identidade, lembrando se sua religião, origem e cultura. Posteriormente, o amor torna-se um mecanismo de reação contra a opressão para Aminata, mesmo quando tudo o que ela tinha fora-lhe tirado. 

O autor, Lawrence Hill, é um sociólogo canadense descendente de escravos, cujo os pais eram ativistas pró-causas sociais, e lendo o livro, podemos identificar como o local de fala do autor dá o tom ao livro. O livro é extremamente bem estruturado quanto a narrativa histórica e geográfica, situando o leitor no tempo e espaço para tornar a história interessante, aprofundando-se somente o necessário para deixar o leitor ciente situação político-social na qual a personagem se encontra, sem sufocar o leitor leigo com informações desnecessária.   

Outra grata surpresa é ver uma personagem tão bem escrita quanto Aminata. Temas tão profundamente femininos como a puberdade, objetificação, gravidez, a perda de um filho, estupro e outros tipos de violência, são abordados com sensibilidade e empatia por parte do autor, que escreve uma personagem feminina complexa, que não é apenas carregada pela trama e, contudo, consegue fugir do tropo injusto da “mulher guerreira”. 

O livro é uma boa escolha para pessoas mais sensíveis, pois apesar da temática forte, não há descrições muito gráficas de atos de crueldade, eles estão lá, o autor os descreve de maneira sutil o suficiente para te sensibilizar, mas sem ser extremamente violento ou chocante em sua narrativa. É um livro sobre escravidão que ultrapassa o limite das plantations, e que alcança um espectro muito mais abrangente do que outros livros ficcionais sobre o tema, uma boa leitura para quem está interessado em romances históricos emocionantes, com uma boa base teórica e trazem a nossa atenção para um assunto tão importante quanto os horrores da escravidão e suas consequências atuais.  

Agda Lanzarini

42 comentários:

  1. Não conheço o livro e nem o documentário, mas os negros sofreram e sofrem até hoje.
    É muito preconceito

    Beijos

    Mari do Like a Make
    http://www.likeamake.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mari,

      Concordo com você, e a leitura desse tipo de material é importante para entendermos a origem do preconceito e descriminação.

      Beijos, Agda.

      Excluir
  2. Pelo que li na resenha parece ser um livro com um tema muito atual, não conheço a obra, mas fiquei muito interessa sobre o assunto, penso que sabemos muito pouco sobre a escravidão que persiste até hoje, mesmo que de forma diferente ... Ótima resenha Agda!

    Bjos
    Minda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Minda,

      Sim, nunca abandonamos essas raízes baseadas na exploração, mas é conhecendo o nosso passado que conseguiremos mudar o futuro!
      Que bom que gostou da resenha.
      Obrigada pelo comentário, Agda.

      Excluir
  3. Não conheço o livro e nem o documentário, mas os negros sofreram e sofrem até hoje.
    que injustiça.
    beijinhos
    http://falaseriorah.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, vale a pena ser lido! Como você falou, é muito importante para entendermos a origem dessas injustiças atuais.

      Beijinhos, obrigada pelo comentário,
      Agda.

      Excluir
  4. não conheço o livro mas me deu uma super vontade de comprar para ler ..adorei sua resenha bjokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,
      Vale a pena ser lido! Fico feliz que você gostou da resenha.
      Beijos, Agda.

      Excluir
  5. Me interesse pela leitura, é um assunto que há muito a conhecer e as pessoas aceitarem, bela resenha. Beijos
    www.tamoderna.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ulhyana,

      Sim, é um assunto muito importante e todas nós deveríamos dedicar um tempinho para ele.
      Obrigada pelo comentário.

      Beijos, Agda.

      Excluir
  6. Me dedicaria um tempo para esse tipo de leitura, muito boa a dica e muito boa a resenha. Gostei!
    ✡✡Blog Com Mãos de seda ✡✡
    ✡✡Fan Page do Blog✡✡
    ✡✡Participem de nosso Grupo✡✡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário, fico feliz que tenha gostado da resenha.
      O livro vale a pena ser lido, sim...

      Beijos, Agda.

      Excluir
  7. Muito interessante esse livro, eu nao conhecia. Livros assim são mais que uma distração, sao verdadeiras fontes de conhecimento. Gostei de saber mais sobre ele. Bjo

    www.somandoconhecimento.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Suzi,

      Sim, é bom dedicar um tempinho para esse tipo de leitura.

      Obrigada, Agda.

      Excluir
  8. É um tema muito interessante a ser abortado ,e só por isso o livro ja ganhou ponto positivo comigo, muitos ignoram mais a escravidão exite ainda atualmente , quero ler esse livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, o livro é interessante por trazer um tema tão relevante.

      Obrigada pelo comentário, Agda.

      Excluir
  9. Fiquei bastante interessada no livro. Parabéns pela belíssima resenha, rica em informações que nos levam a querer saber mais sobre o assunto. Abraços
    http://analauraartes.blogspot.com.br/
    http://maedalaurinha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ana Carolina,

      Que bom que gostou da resenha, e o tema do livro é, de fato, muito relevante.

      Obrigada, Agda.

      Excluir
  10. interessante novidade pra mim adorei a dica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, vale a pena ler esse livro, obrigada.

      Excluir
  11. Parece ser muito bom, deu até vontade de ler rs.. Beijooos

    ResponderExcluir
  12. Flor não conhecia esse livro e nem a historia, sua resenha mesmo com pouca informações ja nos mostrou o conteudo do livro, infelizmente os negros sofrem ate hj, triste demais não é mesmo. amei seu post bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Andrea,

      O tema é realmente importante e atual. Fico feliz que tenha gostado do post,

      Beijos, Agda

      Excluir
  13. oi
    não li este livro, mas adorei a resenha.
    Fiquei super curiosa e vou ler com certeza :D
    bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Joana, fico feliz que a resenha tenha acendido seu interesse. ^-^
      Beijos, Agda.

      Excluir
  14. Muito interessante! Fiquei com muita vontade de ler. Parece ser uma obra muito boa e sua resenha achei perfeita.
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado da resenha. O livro é realmente bom, na minha opinião.

      Beijos, Agda.

      Excluir
  15. Muito interessante! Fiquei com muita vontade de ler. Parece ser uma obra muito boa e sua resenha achei perfeita.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  16. Muito interessante! Fiquei com muita vontade de ler. Parece ser uma obra muito boa e sua resenha achei perfeita.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  17. Gostei de saber do documentário, pois sempre tras alguns ensinamentos

    Beijos
    Rafael

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, vale a pena ler o livro também.
      Obrigada pelo comentário.

      Beijos, Agda.

      Excluir
  18. Muito legal seu documentário,me deixou curiosa para ler,sua resenha ficou bem elaborada e é sempre bom fazer esses tipos de leitura aprendemos sempre mais.
    www.estilosamorena.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale muito a pena ler o livro, fico feliz que tenha gostado da resenha. ^-^

      Beijos, Agda.

      Excluir
  19. Muito me interessa ler o livro, já tinha ouvido falar dele e da Aminata, mas resenha ainda não tinha lido. É uma história que vale a pena ser conhecida por todos nós, humanos.

    ResponderExcluir
  20. Oooi Agda, sua resenha ficou incrível.
    Já tinha lido outras opiniões sobre este livro, todas muito boas, mas sua resenha colaborou para me deixar ainda mais ansiosa para conhecer esta história.

    ResponderExcluir
  21. nossa que legal a resenha
    a historia da personagem parece ser muito forte e emocionante
    ja quero ler com certeza
    bjs
    http://clubedabelezaemaquiagem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Me interessei pelo livro.
    A nossa cultura está toda baseada na cultura africana.
    Acredito que deveria ser leitura obrigatória!
    Gostei!

    ResponderExcluir
  23. Não conhecia essa história ainda, mas com sua resenha podemos entender um pouco do que se fala, os negros infelizmente ainda sofrem com racismo, preconceito e muitas outras coisas....

    ResponderExcluir
  24. Oie, tudo bem? Ainda não conhecia o livro, mas gostei bastante da proposta. Alguns livros que descrevem cenas de violência com muito detalhe não me chamam a atenção, depois não consigo parar de pensar. Que bom que o autor teve esse cuidado. Um livro que tem cenas bem escritas é Garota Exemplar, você já leu? Sua resenha ficou ótima e já anotei aqui. Beijos, Érika

    ~www.queroseralice.com.br~

    ResponderExcluir
  25. Oii, tudo bem.
    Ainda não tinha ouvido falar desse livro, parece ser interessante.
    Gosto muito de ficção cientifica, provavelmente gostarei desse também.
    Parabéns pelo post ficou ótimo.
    Bjs Mary!
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. vc arrasa nas dicas, adoro suas resenhas!!!

    ResponderExcluir